Trai Meu Noivo Com o Segurança Negão Na Noite de Núpcias

Click to this video!


Me chamo Heloísa, tenho 28 anos e o dia do meu casamento com Luciano foi perfeito! A cerimônia na igreja foi emocionante, eu estava linda com meu vestido de noiva. A festa então foi um luxo, tinha de tudo do bom e do melhor! Não quisemos economizar, tinha comida, bebida e música de primeira. A animação foi completa! Tudo estava caminhando para uma noite dos sonhos, que toda mulher deseja vivenciar, se não fosse por um detalhe...

Meu noivo, ou marido agora né, Luciano, ficou completamente bêbado! Eu só fui perceber o estado de embriaguez do elemento na hora em que a gente estava indo pro motel... Nos despedimos dos convidados e fomos de carro pra tão esperada noite de núpcias.

Ah! Eu tinha me preparado com tanto carinho para esse momento. Fiz depilação completa na xaninha e no cuzinho, coloquei um conjuntinho de lingerie pra lá de sexy que ganhei das minhas madrinhas e o melhor, eu ia fazer sexo anal com Luciano pela primeira vez! Prometi isso a ele durante nossos cinco anos de namoro, que o meu cuzinho ele só ia comer depois de casados.

No caminho do motel eu já percebi que ele não estava nada bem! Quase bateu o carro várias vezes e andava em ziguezague pelas ruas, a nossa sorte é que já era de madrugada e não tinha muito movimento... Chegamos e o papelão continuou! Luciano não conseguia colocar o carro na vaga de garagem de tão bêbado que estava, dava ré, virava pra cá, virava pra lá, cantava pneu... Até que um segurança do local, um negro alto e bem forte, veio ver o que estava acontecendo ali e nos ofereceu ajuda pra estacionar, disse que era comum chegar gente doidona no motel, principalmente aos finais de semana, foi super gentil!

Mas assim, quando meu noivo bebe ele fica metido a valente, então o Luciano ficou puto da vida e mandou o tal segurança ir “trabalhar no canto dele”, que “aquilo ele resolvia”. Depois de muitos minutos, finalmente entramos na suíte! Reservamos a mais sofisticada: pista de dança, pole dance, hidromassagem e até uma poltrona erótica. Aquele clima aguçou ainda mais o meu tesão!

O meu noivo e agora marido, Luciano, estava praticamente “morto” e me levar no colo para o quarto foi um sacrifício! Chegando lá, ele foi pro banheiro mijar, apertado de tanta cerveja que bebeu! Tirei o vestido de noiva e fiquei de baby-doll, deitada na cama esperando. A minha buceta latejava e já sentia a calcinha molhada só de imaginar que ia dar o cuzinho pela primeira vez! O problema é que quinze minutos se passaram e ele não voltava.

Fui ver o que tinha acontecido e tomei um baita susto! Ele estava caído na frente da privada! Fiquei apavorada achando que ele tinha passado mal e corri até a garagem do motel pra pedir ajuda ao segurança negrão. Contei o ocorrido e ao voltarmos ao banheiro, meu marido roncava alto! “Dona! Não tem nada de errado aqui! Ele está apenas dormindo!”, o segurança me disse... Luciano tinha é apagado de tão bêbado e me deixado na mão em plena noite de núpcias!

Carregamos o Luciano até o quarto e o deitamos na cama. O segurança então ficou parado na minha frente, achei que ele estava querendo uma gorjeta pela ajuda, eu disse que não tinha trocado... Mas estava enganada! Porque foi aí que notei um enorme volume crescendo na sua calça! Ele me secava com um olhar faminto, afinal eu estava uma delícia vestida naquela roupinha. E “aquilo” no meio das pernas dele não parava de aumentar de tamanho, eu já estava puta da vida com aquela situação, molhadinha de tesão achando que ia trepar a noite toda... Não quis nem saber, voei em cima daquele negrão viril e roludo! Nos pegamos loucamente, bem ali na frente do corno do meu maridinho que dormia totalmente chapado.

Tiramos um a roupa do outro, o segurança apertava meus melões e os abocanhava um de cada vez, enquanto isso eu punhetava aquele mastro enrijecido que deveria ter no mínimo vinte e três centímetros, muitoooo maior do que o do Luciano. Eu já estava achando ótimo aquilo tudo ter acontecido, algo me dizia naquele momento que minha noite de núpcias seria realmente inesquecível! E eu estava certa...

Transamos de todas as formas. Sem camisinha mesmo! O segurança negrão sabia como maltratar uma mulher, socava aquele pau enorme com muita força pra dentro da minha xoxotinha rosada e cuidadosamente depilada praquela noite... Depois me colocou por cima dele, bem do lado do meu marido que nem se mexia, e enterrou aquele mastro já todo lambuzado com meu néctar, enfiou tão fundo que eu sentia a cabeça da pica batendo no meu útero.

Ficamos alternando as posições durante uns trinta minutos, até que ele pediu que eu empinasse minha bunda bem pra cima, fiz tudinho sem questionar, o segurança deu uma cuspida no meu cuzinho e direcionou aquela cabeçorra na porta do meu furico! Pensei em desistir, afinal o cacete daquele homem era gigante pro meu buraquinho virgem, mas eu tinha me preparado tanto pra um sexo anal naquele noite que deixei rolar.

Ele foi enfiando aos pouquinhos, fazendo movimentos de vai e vem, e a cada centímetro que entrava parecia que eu era rasgada ao meio! Uma mistura de dor e tesão tomavam conta do meu corpo, minha perna ficou toda arrepiadinha... Depois de alguns segundos eu já estava lubrificada pelo caldinho do meu rabo e a rola deslizava fácil pra dentro e pra fora! Trepamos gostoso durante quase uma hora e gozei como nunca tinha gozado na minha vida! Ele também gozou e fez questão que eu engolisse todo a sua porra, eu ainda pude sentir o gosto do meu próprio cuzinho na boca. Me senti uma verdadeira vagabunda!

O segurança se despediu e disse pra eu ficar tranquila, pois eu já tinha pago do melhor jeito a ajuda que ele me deu! Luciano continuava roncando, quase quebramos a cama e o meu queridinho marido nem se mexeu. Fui dormir com a buceta toda vermelha e com o cuzinho todo esfolado, nem me preocupei em tomar banho ou vestir a roupa, apaguei de tão cansada!

Dia seguinte meu marido acordou reclamando da ressaca, olhou pra mim ao lado dele e me viu toda arrombada, não tinha como esconder o estrago que aquele negão me fez! Pensei comigo mesma: “Pronto! Meu casamento acabou!”. Luciano com cara de orgulhoso e se gabando todo disse então: “Amor! Eu não lembro de nada que aconteceu nessa noite, mas pelo seu estado tô vendo que mandei muito bem!”. Ufa! Que alívio! Hahaha!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 01/02/2017

Delícia de conto

foto perfil usuario diamante32

diamante32 Comentou em 01/02/2017

se fudeu cornoooo kkkkk




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


96341 - Trai Meu Marido Com o Síndico - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
96425 - Dei Pro Amigo do Corno - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico luizaugusto24

Nome do conto:
Trai Meu Noivo Com o Segurança Negão Na Noite de Núpcias

Codigo do conto:
96342

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
31/01/2017

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


vanessinha.net familia incestuosaconto erotico de dona florindaver desenho animado gratis porno HQ hentai amigo negro do meu filhoconto erotico cunhadinhaboys égua pica sexocontos eroticos porq muitos homens negam sentir vontade de chupar ou ser chupado por outr homemcumi tia da minha namorada contos eroticosencoxar hetaicontos-comi o cú da sobrinha na chanagemContos erotico ninfetasinha com bucetao cabeluda dando pro padrasto bem dotadoconto gozando gostoso no onibusConto Erotico Sonhava com a cunhada, desvirginei a sobrinha iimeu namorado rasgando minha bundinhaConto porno desdi pequena pai e mae me comeporn netinha na mesacontos eroticos tudo em familiaContos e fotos maes e filhos pauzudosnua na rua contoadolecentede18anos dandoabucetameu compadre tem fantasia herotica cm migo o q devo fazercontoeroticodesdecedocontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhahq porno cunhadacontos eroticos travesti com empregadaconto erotico obrigueicontoseroticosdpvaginalultimos contos sadocontos eroticos travesti como me transformei numa meninacontos eroticos gay papai e euainda bebe meu papai me deu mamar contos eroticoContos eroticos no meu 8aninhoscontos eroticos de mullheres que aman barbeariacontos erotico casada com entregadorContos eroticos comi a nalvavonto menininha cu relato garotinha cuTia coroa dando o cu para sobrinho bem dotado contos eróticoquero ver cabacinnha gemer de tesaosendoContos zoofilia de mulheres veterinarias q transam cm cachorros das clientesbanhado com a irma contos eroticosporno ny quadrinhos contosContos eroticos familia mae filha sobrinha novinhasquadrinho erotico dando um trato na vizinhahomem passa o pau no peito da mulher no onibus conto eroticoultimos contos sadosexogabicontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaaContos eroticos fiz da minha,sogra minha putabucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudanegão hqxvıdıo VENDOU A ESPOSA PRA NAO VER OUTRO COMER ELAwww.contoerotico.pai e filhosconto erótico estrupo na lua de meucontos incestos dupla penetraçaoconto erotico estuprando a amante da mulher violenciacontoerotico filihas sapecassogra gostosa metendovcom o genroconto incerto o dia em que peguei minha própria mãe transando com meu filhoOs Simpsons sexo pornô em quadrinhoseu arreganhei minha bucetaConto porno de avo da minha amiga me comeutirando cabaçinhovirei mulherzinha depois da noitada votamos e dei e chupei ele gostei .. virei travestiex mulata do sargentelli metendoContos Eróticos MEU BUNDAOcontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhacontos eroticos sexo com minha mae de bikinicontos real de incesto demaes fudendo com filho menor de dezesseis anossou putinha do papai e amigos contos eroticosultimos contos sadomasoquistacontos a punheteira da familiatravesti e minha esposa contopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaconto erotico putinha de dois amigossobre lamber e chupar a vaginacontos eroticosmeu montador de moveis gostosocontos eróticos em quadrinho tio tirando o cabaço da sobrinhaLingua na buceta contos