A Vizinha Misteriosa

Click to this video!


Aqui estou eu para mais uma loucura, quero me desculpar pela demora de postar novos contos, mas eu só posto quando eu como alguém, pois meus contos são reais, e gosto de deixar vocês um pouco ansiosos para a próxima leitura. Esse conto aconteceu esse final de semana, espero que gostem, pois eu amei.

Minha irma mora num condomínio grande em campinas e recente mudou para o ap ao lado uma mulher de 43 anos, uma negra com um corpo roliço bem tratado, olhar tristonho e vestindo de modo sombrio. Encontrei a no corredor e nos cumprimentamos, sorri e ela abaixou o olhar e respondeu com pressa o bom dia. fiquei olhando ela andar ate descer pelo elevador, era uma mulher estranha com um rosto triste, uma negra de pele lisa e oleosa, cabelos negros alisados desgrenhado jogado na cara tampando o rosto. eu sempre quando minha irma viaja durmo na casa dela para tomar conta do ap, sem fala que é perto do meu trabalho em Paulínia, nesse dia minha me ligou... Dom, você pode ficar no ap esse final de semana, pois vamos para a praia e o Ancelmo só tem mais 3 dias de ferias ; sim claro deixa a geladeira cheia ta kkk. Na sexta feira eu me dirigi para a o ap da minha irma eram umas 18;00 assim que sai do trabalho fui direto para la. falei com umas amigas de monte mor no grupo que elas fizeram e também brinquei no zap com outras amigas em nossa grupo cabaré, um grupo muito divertido todas as pessoas são casadas, uma putaria gostosa, sempre posto uns contos la e elas comentam. umas 2 horas da manha escutei uns berros no corredor, uns gritos, sai daqui, vai embora, por favor,não volte mais aqui. sussurros de choros e depois uns vizinhos saíram para ver o que estava acontecendo, eu fui dormir era ja umas 5 da manha, a vizinha nova que eu falei no inicio estava no meio da confusão. acordei ja era 9 horas no sábado e fui ate a padaria comprar pão, mais uma vez la vinha ela a vizinha, cabeça baixa com um vestido preto curto um pouco a cima do joelho cabelos ainda desgrenhado, acho que era estilo americano, ficou bem nela,sandália salto alto uma bolsa preta com dourado, tentei olhar no rosto dela, mas um bom dia saiu e eu fiquei sem graça. fui ate a padaria na volta, ela estava próximo ao elevador, me desculpe moço eu sou assim mesmo estou passando por uns problemas, mas ja tudo se resolve, você mora aqui... a voz era macia mais ríspida dava para sentir um certo rancor, tudo bem amiga não se preocupe eu moro em outro bairro minha irma mora aqui e eu fico aqui quando ela viaja, e percebi que a senhora,posso chamar assim, tanto faz mas pode me chamar de você, então percebi que você é nova aqui, nunca tinha visto. meu nome é Francisca estou aqui a 2 meses, mas ainda tenho um vinculo com meu ex, qual seu nome, meu nome é Dom, Dom Monteiro, serio nossa, tem como ser chamado de Dom! sim tem, eu acho que é um fetiche, né você curte bdsm Dom... pq pergunta francisca, pq Dom é muito usado nesses casos, um você é sabida, você curte.. sim tenho meus segredos, hum interessante, quer tomar café comigo.. eu tenho um compromisso Dom, mas quem sabe depois, posso te chamar de senhor, ou de você mesmo, você é uma sub... sim as vezes faço o papel de sub mas sou rebelde, aquilo me deixou intrigado a mulher era uma praticante de bdsm, isso iria ficar interessantemente se despediu e desceu pelo elevador, eu fui de pau duro para o ap. No mesmo dia, a tarde eu estava subindo para o ap pois vinha vindo da 13,(uma rua onde tem varias lojas concentrada em campinas) eu esbarrei com ela no elevador, havia chorado, a maquiagem estava borrada, puxei assunto, nada respondeu, saiu correndo do elevador em direção ao ap dela, fiquei preocupado e então, fui atras dela
Ela abriu a porta do ap olhou para trás eu ja estava passando por ela pois o ap da minha irma é enfrente, ela entrou correndo e deixou a porta aberta, um convite, fiquei confuso, mas preocupado, entrei, o ap era sofisticado indicando um pouco de poder nos moveis, e quadros nas paredes, vi que fora para quarto, fechei a porta e fui até ela. Estava deitada de bruços, o vestido preto estava levantado, aparecendo a poupa da bunda e o fundo dava para ver o rego e o pacote da xoxota, surpreendentemente como por instinto olhei para aquela bunda roliça e constatei que ela estava sem calcinha, ela olhou para trás chorando me viu, o que você quer, Dom, diz o que é que você quer, calma francisca só quero ajudar, sentei na cama, não me toque, aff sai daqui, fui levantando mas quando estava ja na sala, Dom, Dom, você esta ai, volta, eu voltei, sentei outra vez na cama e comecei a tentar consola-la, ela soluçava, eu não sabia o que fazer, olhei para a bunda dela estava esta toda de fora ela tinha levantado os pés e o vestido subiu mais, tentei abaixar,mas tomei um susto quando ela virou o pescoço para trás me olhou e disse; gostou do que esta vendo, fala se gostou ou não, fiquei sem jeito gaguejei, fala! sim amei sua bunda é bem grande e lisa, e você esta sem calcinha,isso é exitante... Então Dom, me bate, dá na minha cara, vai, com força, rasga minha roupa. ela segurava meu pulso com força, quero apanhar bate, Não tive dó, mas bati com moderação pois sou grande, minha mão é enorme, eu poderia machuca-la, dei um tapa, na cara dela, ela lambeu a boca, outro tapa agora mais forte ela parou de chorar, ela se virou totalmente então rasguei lhe o vestido, mas tomei um susto quando vi ela totalmente nua na cama, vi muitas marcas de cigarro pelo corpo, seus mamilos ainda sangravam, marcados pela ponta de alicate. que isso francisca, que aconteceu... que isso, por que seus seios estão sangrando- isso é alicate Dom, eu estava vindo da masmorra, deixa eu ver isso... não tira a roupa, eu gosto de sentir dor, e foi puxando minhas roupa, Tirou minha bermuda e como sempre eu estava sem cueca, e meu pau estava duro, mas ao ver aquela sena ele amoleceu e ficou pendurado olhando para baixo, ela segurou ele pelo meio, que rolona amigo, olhou toda a extensão ficou admirando e como uma leoa com sua vitima, engoliu até engasgar, tirou da boca e engoliu de novo, mais uma vez tirou para fora e cuspiu e babou ele todo ate escorrer, e cair pelo lençol, haaaaaa, que delicia quero ela dura totalmente, tirou da boca e cuspiu desta vez nos próprios seios e começou a esfregar minha rola nos bicos machucados, cura meus mamilos, cura meus mamilos,olhou para mim, segurando a rola agora gigantesca e enfiou tudo na boca e ficou se sufocando. huuuuuu, se torturando sozinha, tentei pegar na rola, não toca nela, fica só olhando... engoliu de novo lambeu ela toda, soltou a rola e começou a brincar sem por a mao, delicia Dom, adoro essas loucuras, ja fez algo assim... cachorro, ela estava toda molhada de baba,ela chupava e cuspia nela mesma, Tirou o pau da boca e disse me bate na cara que vou gozar apanhando,e voltou a engoli meu pau. Bati com força dessa vez,ela deu uma balançada, enfiou a mão na buceta e começou a se masturbar com força. ficou com a rola por alguns segundos entalada na garganta com os olhos estalados, hummmmmmmm, babando tudo, e se retorcendo, ela pegou minha mão com força, e colocou no pescoço dela,entendi que era para apertar, então eu apertei, ela teve um orgasmo múltiplos, soltou minha rola da boca a baba escorreu e caiu se retorcendo na cama gritando, e ainda com a mão na xoxota, abriu as pernas e o mijo espirou na minha perna e barriga, haaaaaa, huuuuuuu, aiiiiiiiiiii, delicia, sempre aos berros, vem lambe, tudo, eu me abaixei e lambi todo o xixi misturado com leite gosmento da buceta, chupa, chupa, eu enfiei minha língua no grelo dela levantei as duas pernas segurando no calcanhar e lambia do cuzinho e subia ate a xoxota negra lisa e suculenta,haaaaa que delicia aiiiiii, continuei assim por alguns minutos ela se retorceu de novo e gozou aos berros, pensei que ela agora iria querer sentir o monstro dentro dela, mas ela com muito esforço se levantou e enfiou a rola na boca de novo, quero porra Dom, segurou a rola foi movimentando a boca, como se tocasse uma punheta com a garganta, sempre socando la no fundo da garganta, ela se ajeitou e ficou de 4 com a bunda bem empinada e com a boca na minha rola, o movimento era constante e sem parar, dessa vez ela não tirou a rola da boca, só puxava um pouco, quando engasgava, mas sempre com a rola dentro da boca e escorrendo muita baba, não estava mais aguentando segurei a cabeça dela,mas ela me deu um tapa na mão minha rola começou a pulsar muito e o primeiro jato de porra saiu gozei, ela quase vomitou, mas continuou com o pau na boca, hummmmm, mais um jato de porra, e outro seguido,huuuuuu, ela ainda continuou com a rola na boca e começou a sair porra pelo nariz e muitas lagrimas nos olhos. a boca dela estava espumando e o pau amoleceu . ela engoliu o que estava na boca, limpou minha rola toda, me limpou com seu vestido, eu fiquei olhando ela me limpar, sem falar nada, vestiu minha bermuda como se estivesse vestindo uma criança, colocou em mim, minha camisa, seu chinelo esta aqui Dom,obrigado pelo consolo, agora você precisa ir, tenho que tomar um banho e cuidar de uns compromisso. na porta do ap dela me virei e disse; posso te fazer uma pergunta Francisca... sim Dom, por que estava chorando.. eu estava chorando porque passei o dia querendo gozar e não consegui apesar de toda dor que senti na masmorra, de todas as torturas que sofri nao gozei faz 4 dias, mas com você gozei gostoso, tive o orgasmo que queria.

Ainda não comi ela, mas vou comer, ai com certeza voces vão saber..


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


89855 - Recheada de Bombom - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
89905 - Carente De Amor - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
89973 - Minha Quase Sobrinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
89974 - Minha Primeira Vez Com Uma Cdzinha - Categoria: Gays - Votos: 16
89977 - Cdzinha Adrianinha - Categoria: Travesti - Votos: 11
89979 - Diabinha do Ipanema - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
89983 - A Mamadeira Da Boneca - Categoria: Travesti - Votos: 11
90012 - Minha Tia Helena - Categoria: Coroas - Votos: 5
90043 - Minha Sobrinha Fernanda. - Categoria: Incesto - Votos: 11
90054 - Comendo Pelo Whatsapp 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
90122 - Ja Estou Fechando - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
90184 - Os Delirios De Uma Manicure - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
90304 - Comendo Pelo Whatsapp 2 - Categoria: Masturbação - Votos: 8
90376 - Fiz Meu Sobrinho de Putinha.(Parte 1) - Categoria: Gays - Votos: 31
90424 - Fiz Meu Sobrinho de Putinha (Parte2) - Categoria: Gays - Votos: 18
90450 - Fiz Meu Sobrinho de Putinha (Ultima Parte) - Categoria: Gays - Votos: 19
90458 - Eu Ela e Meu Cachorro - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
90592 - 3 Safadas 1 Pai e 2 Maridos - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
90924 - No Onibus para.Floripa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
91088 - Casada de Americana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
91161 - 30 Dias com meu Casal de Primos (Parte 1) - Categoria: Gays - Votos: 7
91238 - 30 Dias com meu Casal de Primos (Parte 2 ) - Categoria: Gays - Votos: 7
91327 - 30 Dias com meu Casal de Primos (Parte 3) - Categoria: Gays - Votos: 7
91374 - 30 Dias com meu Casal de Primos (Parte Final) - Categoria: Gays - Votos: 10
92400 - Sussuros de Uma Mulher Carente - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
95539 - A Coroa do Hospital Tatuapé - Categoria: Coroas - Votos: 4
96270 - Gosto Assim - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
100297 - Dedada Milagrosa - Categoria: Fetiches - Votos: 3
101623 - Reencontro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
101685 - Cdzinha Kamilinha - Categoria: Gays - Votos: 2
105682 - Sem Dentadura - Categoria: Coroas - Votos: 7
106649 - No Pesqueiro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil dommonteiro
dommonteiro

Nome do conto:
A Vizinha Misteriosa

Codigo do conto:
96336

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
31/01/2017

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


mamae boqueteira conto pornotetas sendo mamadas lactofiliacontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha tiatia da minha namorada contos eróticoskelly e jenny porno parte 3porno nora bate punheta pro sogro de baixo da mesacontos meu pai pintudoconto incesto o dia enque eu.cominha sogra vídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhaencoxando a minha tia contocontos eróticos de doutor advogado e clienteler contos de incesto eu e minha irmã lutando jiu jitsoconto+dei a bunda e meu marido ganhou empregoConto erotico minha buceta ficou ixanda as buceta sussurranteContos eroticos dê encoxadasvizinha sozinha carente so de biquinisputaria punheta sem experiênciaultimos contos sadotraiçao punheta publico video contosgibi porno o amario com acoroacontos eroticos.inquilino fudendo a vizinha coroa safada casada no banheiroacontos eroticos mae e filhocomveçou cm travestri e depois comeuminha priminha titio contos eróticoscontogaypornoporno gay quadrinho mozto ruthe willing ward quadrinhos gay pornonudes da amiga da minha namorada peladacontos de sexo bar stripteasefotos amadoras porno lucia gordinhacontos erotico buceta de julianaMinha esposa fudendo com dois marido brexando historiasporno soutinhoconto erptico comi minha tiacontos eroticos de madura com neguinho novinho analdei a buceta meu filho na frente de todoeu arreganhei minha bucetacontoseróticos abusei de minha netinha brincando de médicoConto erotico esposa de short branco e o coroa felizfoder no jardim contoscontos eroticos - minha esposa na saunao massagista me fudeu: contosfui trair meu marido e chorei arependida o cara comeumeu cucearense mostrando a bucetacontos com iquilino com mãe bebadacontos erotico dei calmante a minha maê para lhe comertaninha moz nuadominando com hipnose tesudacontoerotico safadaultimos contos sadovideos de sexochupadas gostosa e profundafui com minha esposa no clube de swing virei mansoultimos conto sadocontos eroticos de negona bundudacontos veridico como minha esposa aguento o pau dotado do travesti na boceta e no cubanda desenhada pornoxvido mulher gozádo sim paravendo foto da minha mae pelada que eu tireipai eu nao quero contos pornocontos foryes de mastubatfomos acampar praia naturista e garotos comeram esposaerotismo contosEu e minha Amiga fomos fudidas pur um colega do meu irmo conto erotic video motorista fretado esquece video pornominha tia lig pra minha e pede pra mim dormi na sua casa eu comi sua bocetaContos érotico de visinhas vigenscontos empregada do vizinhocoroa pauzudo surpreende a todos em uma troca de casalcontos eroticos fudendo a aluna do futsalfiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornoirmao.coloca a irma de juelho para foder a sua buceta virge e ela chora e grita de dorcontos eroticos comi meu filho novinhocontos brasil cunhadinha da pra 4