Meus dois filhos

Click to this video!


Faz um tempo que eu quero visitar meu irmão então minha mulher sugeriu que eu levasse meus dois filhos e passasse o fim de semana lá então aproveitei a chance.
Saímos cedo numa tarde de quinta-feira. Eu esperava chegar na casa de me irmão de noite, mas quando fico tarde eu me senti muito cansado para continuar. O único lugar que conseguimos encontrar era um pequeno quarto de um motel. Pelo menos tinham uma cama grande.
“Essa cama vai ter que servir, garotos“, disse para meus meninos, Carlos e Júlio.
“A gente pode assistir um pouco de Tv, pai? “ Perguntaram.
“Claro“, respondi. “Vou tomar um banho“. Os meninos ligaram a TV enquanto eu começava a tirar minha roupa na frente de meus dois filhos. Eu tirei minha camisa e percebi que não lembrava da última vez que fiquei pelado na frente de meus filhos. Eu pendurei minha camisa e desabotoei minha calça. Eu tirei minha calça e fiquei só de cueca. Eu notei meus meninos olhando para me quando eu não estava olhando para eles. Eu sorri ironicamente.
Deixei minha cueca escorregar e fiquei pelado na frente de meus filhos. Eu não sei por que, mas eu me sentia bem em estar mostrando meu corpo nu para eles.
Depois de tomar banho peguei a toalha e me sequei próximo a cama. Eu dei a meus filhos um tempinho para dar uma boa olhada no corpo de seu paizão.
“Pronto, agora é a vez de vocês tomarem banho“ mandei quando o programa de TV acabou. Enquanto si despiam tentei lembrar quando tinha visto seus corpos pela última vez. Nada veio na minha mente.
Eu estava sentado nu na cama com minhas pernas abertas. Antes de Carlos e Júlio entrarem no banho e dei uma boa olhada em seus corpos. Carlos, meu filho mais velho, tinha alguns pequenos pentelhos ruivos embaixo de seu pau. Isso me fez lembrar de mim quando tinha sua idade.
Eu estava embaixo das cobertas quando eles terminaram de tomar banho. Parte porque estava começando a ficar frio e parte por que meu pau estava um pouco excitado. Seus corpos trouxeram memorias de minha juventude e dos tempos divertidos que quando aprendia sobre sexo.
Meus filhos subiram na cama próximo a mim. Seus corpos jovens pareciam tão macios perto do meu. Estava com receio deles se baterem com meu pau, mas nós caímos no sono bem rápido.
Quando acordei de manhã, meus filhos ainda estavam dormindo. Nós três estávamos de lado Júlio estava na minha frente, virado de costas e Carlos aconchegado contra minhas costas.
Para minha surpresa eu percebi que minha mão estava encima no corpo de Júlio e minha mão caída sobre seu jovem pau. Eu mexi meus dedos e pude sentir suas bolas de menino. Lentamente movi minha mão e senti a base macia de seu pau. Sua pele era suave e tenra.
Movi minha mão envolta e gentilmente apertei seu pequeno pau em minha mão. Para meu deleite seu pau rapidamente ficou duro. Apesar de seu pau estar ainda em desenvolvimento, parecia ser um belo pau. Não pude resistir, sentia o corpo de seu pau, sua glande, e suas bolas macias.
Os raios de sol já esquentavam o quarto, então eu fui puxando devagar a coberta para que pudesse ver seu pau. O meu já estava duro que nem pedra e cutucando sua bunda.
De repente Júlio ficou de barriga para cima. Tirei minha mão devagar, então ele abriu as pernas, botei minha mão entre suas pernas e segurei seu pau duro.
Quando ele abriu os olhos e sorriu, eu soube que poderia continuar tocando seu corpo. Eu me inclinei sobre ele e o beijei suavemente. Para minha surpresa ele, retribuiu meu beijo.
Comecei a masturbar seu pequeno pau pulsante na minha mão. Ele se contorcia em prazer. Eu queria olhar de perto seu pau então sentei e botei meu rosto próximo a sua virilha.
Eu tinha seu pequeno pau a alguns centímetros de meu rosto enquanto eu batia uma e mexia em suas bolas com minha mão. O odor de sua virilha fez meu coração acelerar.
Botei minha língua para fora e lambi a cabeça de seu pau. Em segundos em já estava com seu pau inteiro em minha boca. Pelo canto de meu olho e vi que meu olho filho, Carlos tinha acordado também. Ele sentou e estava exibindo seu pau já duro. Seu pau era maior que o do Júlio, mas não tanto quanto o meu.
Ele deve ter ficado excitado e batido uma enquanto me assistia chupar Júlio. Eu queria provar o pau de Carlos também, então indiquei para ele deitar perto de Júlio.
Quando ele o fez, eu peguei seu pau pulsante e o senti. Seus pentelhos macios contra minha mão. Eu tirei minha boca do pau de Júlio e comecei a chupar o de Carlos. Tinha um gosto muito bom.
Depois de chupar, Carlos por um tempo, eu voltei a Júlio. Dessa vez eu chupei suas pequenas bolas e levantei suas pernas para ver seu cuzinho apertado. Ele realmente gostou quando comecei a lamber seu cuzinho. Eu imaginei o quão bom seria se eu botasse meu pau dentro de seu botãozinho apertado.
Enquanto fodia a bunda de Júlio com minha língua, Carlos segurou meu pau babando. Ele observou por alguns segundos, mostrando para Júlio. Depois senti suas mãos tateando e brincando com minhas bolas e a cabeça melada do liquido transparente de meu pau. Eles revezaram puxando a pele de meu pau para baixo e observando ela voltar para cima.
Eu peguei um lubrificante que tinha comprado. E lambuzei bem meu dedo, e melei bem o cuzinho de Júlio.
Escorreguei um dedo dentro do cuzinho de Júlio.
“Fale se doer, filho“ disse. Eu olhei para seu rosto enquanto enfiava meu dedo médio todo para dentro. Ele não mostrou nenhum sinal de dor então comecei a tentar o segundo dedo.
Carlos sentou para que pudesse ver o que eu estava fazendo. Seus olhos arregalaram quando me viu enfiar três dedos dentro do cuzinho de seu irmão. Depois comecei a escorregar meus dedos para dentro e para fora, Carlos ficou bastante excitado. Ele agarrou seu pau em uma mão e o pequeno pau de seu irmão com a outra mão e começou a bater uma para os dois.
Eu estava preparado para meter meu pau na bundinha de Júlio. Eu fiquei de pé, e puxei bunda de Júlio para ponta da cama. Carlos foi para ponta da cama também para poder observar tudo.
Eu alojei a cabeça de meu pau na portinha de seu cu. Carlos assistia com bastante atenção enquanto empurrava a cabeça para dentro do cuzinho de Júlio.
“Aqui filho“, disse para Carlos. “Abre o cuzinho de seu irmão com os dedos e me ajuda a botar meu pau dentro dele“.
Carlos inclinou-se e botei suas mãos na bunda jovem de seu irmão. A ponta de seus dedos passou pela cabeça de seu pau enquanto ele enfiava envolta do cuzinho rosa de seu irmão. Ele olhou para cima e sorriu.
Carlos alargou o cuzinho de Júlio. Eu enfiei com mais força contra o cuzinho delicado de meu filho. A cabeça de meu pau passou pelos dedos de Carlos para dentro daquele buraquinho quente e apertado. Eu quase jorrei naquele momento. Tive que parar de empurrar para evitar de gozar.
Quando fiquei seguro de que não iria gozar, enfiei mais fundo. Carlos moveu seus dedos envolta do corpo de meu pau enquanto eu escorregava fundo e mais fundo dentro de Júlio. Era tão gostoso sentir a mão de meu filho envolta do corpo de meu pau.
Antes de eu perceber meus pentelhos estavam tocando as bolas de meu filho. Quanto estava com meu pau todo dentro, eu deixei meu pau dentro por um tempo sentindo ele pulsar dentro de meu garoto. Seu cuzinho apertava meu pau tão forte.
Carlos desceu da cama e se ajoelhou atrás de mim. Eu abri minhas pernas para que ele pudesse ver por trás. Ele estava tão tomado pelo tesão que ele moveu seu rosto o mais próximo possível. Eu senti sua testa ralando contra minhas bolas. Seu nariz e boca estavam só a alguns centímetros do cuzinho de Júlio e meu pau pulsante.
Eu lentamente retirei até a bordinha da cabeça de eu pau aparecer. Assim que fiz meu pau tocou o rosto de Carlos. Eu deixei ele vislumbrar meu pau duro e depois meti tudo para dentro. Gradativamente aumentei velocidade enquanto fodia aquele cuzinho. Carlos continuava próximo até que ele praticamente estava tocando Júlio e a mim com seu rosto.
Logo estava fodendo bem rápido. Eu acabei puxando demais e meu pau saiu daquele cuzinho e bateu na boca de Carlos. Quando botei de volta eu vi Carlos lamber seus lábios.
Eu fodi um pouco mais e tirei meu pau todo para fora de novo. Eu deixei meu pau cai contra a boca de Carlos. Com minha mão eu esfreguei meu pau contra o lábio dele. Para meu prazer ele abriu a boca e deixou eu fode-la até a garganta algumas vezes.
Quando voltei a foder Júlio, comecei a revezar meu pau com meus dois garotos. Eu fodia a bunda de Júlio por um tempo e depois fodia a boca de Carlos. Os dois estavam masturbando seus paus.
Eu não conseguia segurar mais. Na próxima que meti minha pica dentro do cuzinho apertado de meu filho meu pau explodiu. Eu senti jato após jato saindo de meu pau para dentro do cuzinho de meu filho.
Cai sobre Júlio e meu pau escorregou para fora de seu cuzinho melado de porra. Meu pau ainda estava gotejando porra quando saiu. Eu senti a boca de Carlos chupando meu pau. Ele me chupou até eu parar de gozar. Depois ele botou a boca contra o cuzinho rosado de Júlio e lambeu toda minha porra que escorria do cuzinho de Júlio.
Quando olhei para baixo para observar, eu o vi jorra bastante porra de seu pau.
De repente o corpo de Júlio começou a tremer e assisti enquanto ele jorrava porra de seu pauzinho. A primeira jorrada caiu sobre sua barriga, mas eu consegui botar minha boca a tempo em seu pau e sugar o resto de sua porra. Mais tarde ele me contou que era a primeira vez que ele havia gozado.

Não deixem de comentar e votar se gostarem obrigado.
Créditos: Handjobs Magazine Anthology Volume 2 – My Two Sons



Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario safadaoker

safadaoker Comentou em 03/02/2017

Tesão de conto. Parabéns! Estamos aguardando ansiosos por novos contos.

foto perfil usuario gatovelho51

gatovelho51 Comentou em 31/01/2017

Delicia de conto ... recordei minha infância com meu pai ... sempre que podia .. a gente batia uma .. rolava uma mamada gostosa entre a gente ... queria arrumar um grupo só pra isso ... punheta com mamada ... delicia ...

foto perfil usuario loirourso

loirourso Comentou em 30/01/2017

Tesão de conto, queria tanto que meu pai fizesse isso comigo e meu irmão.

foto perfil usuario casadobiabc

casadobiabc Comentou em 30/01/2017

Muito delicioso, eu adoraria.

foto perfil usuario adimy

adimy Comentou em 30/01/2017

Cara vou te falar você é bem filho da puta kkkkkk que tesão de conto. Se isso for verdade mesmo você é cachorrão. No bom sentido mas tem que ter muita coragem de comer um filho ou filha. Mas se esse conto for real, cada um é cada um.

foto perfil usuario boynego

boynego Comentou em 28/01/2017

Adorei, será real?

foto perfil usuario kazado-bi-sp50

kazado-bi-sp50 Comentou em 27/01/2017

Que delícia. To me acabando na punheta com esse conto.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


95918 - Vídeo entre amigos - Categoria: Gays - Votos: 15
95934 - Minha primeira foda - Categoria: Gays - Votos: 8
96022 - Meninos lutando - Categoria: Gays - Votos: 18
96089 - Meu irmão Léo me mostrou como se faz - Categoria: Gays - Votos: 15
96161 - Amor de irmão - Categoria: Gays - Votos: 14

Ficha do conto

Foto Perfil thiagolightwood
thiagolightwood

Nome do conto:
Meus dois filhos

Codigo do conto:
96203

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
27/01/2017

Quant.de Votos:
22

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


sempre quando dancavamos eu passava a mao na bunda delacontos dei a buceta virgeconto erotico cunhada masturbandoContos eroticos comendo cu da vizinha com o maridocontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho claroflagrei papai fodendo a empregada casadaconto erotico e foto amadora ocaseiro comeu meu rabalContos fudendo com professor coroa gordo dlcQuadrinhos incesto mãe real gostosacontos eroticos juvenisvirei putinha na pescaria gayContos Eróticos. de Minha Madrinha VeraContos eroticos descabacando o sobrinho novinho1820 anos toda pelada tomando banho na banheira bem gostosa mostrando o bucetãocontos papakuconto fuder cona peludacontos chantagem para enrrabar a maecontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulhercontos eroticos chupando a rola do novinhoelise e ernesto pornobatendo punhet no onibusconto gayContos eoticos de sexo perdi a virgindade com o pausudo do pedroContos erotico uma suruba regada a pepinoMarcia conto herotico capixa acontos encoxadasconto erotico no dia seguinte eduardo veio me buscar pela manhacontos meu irmãozinho boto o piruzinho no cuzinhoconto erotico desejada e enlouquecida com manuela 1-2-8conto erotico gay o gurizinho e o negao antigomuito sexo e tesaomenina de rua conto eroticovideos caseiro verdadeiro amante pauzudao dotado falo que so iria esfregar mas coloca no cu da mulher que grita de dorcontos eroticos gay virei gay no exercitocontos.eroticos biquini punheta incestocontos eroticos coroas casadas usando tamancos de madeiracontos porno jumentoos policias comero minha muler porno contos eroticoConto eroticos papakucontos de machos que experimentou um boqueteconto porno velho roludocontos eróticos agarraram a minha esposa e comeram ela até ela gozarconto comendo a babaconto+eroticoContos com fotos de gozadas nas calcinhas das sograscontos de taracontoei maridp wueris chifrecontos erotico presente. para esposacontos eróticos quadrinhos caverna do Dragãoporno esposa flagra marido chupando picaConto novinho da o cuzinho bebadowww sexo cartoon negros travestes senzalas compokemon sexkomik hentai miftoon mama afterdei pra um cara muito gostosoconto erotico eu minha esposa e amigoCONTOS FOTOS EROTICAS COROAS COM NEGAO PIROCUDOcontos eróticos chantagem com a balconistasexo menage femininoconto eroticoq u a d r i n h o t r a n s a sexo emquadrinhoConto erotico de evangélicaconto erotico.com furry gayquadrinhoseroticosrealquadrinho em porno na praiaconto erótico com fotos dei a bundinha só pro meu filhoconto gay ubercontos eroticos vovos gaysContos eroticos lebicos de professoras e alunasconto erotico gay menino solitario da o cufotos de gay novinhos todos juntosdando o cuamigo do meu marido en caza contos eroticoscontos:pênis do meu filho endurececontos mamei o novinhoCunhados putinhos contoscontos eróticos de suruba com cunhadas virgensconto erotico viado fogosofilho lua de mel contos eroticosconto de suruba caseira insestuosa