Na sauna com o coroa

Click to this video!


Olá me pessoal! Trabalho em uma empresa multinacional por isso não vou dizer meu nome, mas sou moreno, 1,85cm alguns pelos no corpo, 18cm de pau, grosso, tenho as pernas grossas com alguns pelos, tenho uma bunda grande e redonda um pouquinho gordinha, o que as vezes me incomoda justamente por chamar atenção dos homens e por alguns fazerem algumas piadinhas... mas em fim, vou relatar uma experiência que tive algum tempo atrás, sempre tive tesão em fazer sexo com outros homens, até em tão só havia sido ativo... estava a fim de dar uma relaxada fugir da rotina, então procurei uma sauna que fica em bairro de classe média alta, afastado aqui na cidade aonde eu moro, chegando lá fui muito bem recebido, o local é bem discreto de início, parecia mais um bar do que uma sauna de fato, peguei uma caipirinha e sentei em uma mesa e fiquei olhando o movimento, entrava e saia vários tipos de homens, altos, magros, gordos, bonitos... depois de alguns bons minutos tomando minha caipirinha eu já me sentia calibrado rsrs, tomei coragem e peguei um roupão e me dirigi para a área da sauna, chegando lá passei por um corredor com várias cabines, algumas com as portas fechadas outras abertas, escutava alguns barulhos, como se fossem gemidos... troquei alguns olhares com alguns homens que passaram por min, mas não foi nada demais... fui até um chuveiro tirei meu roupão e comecei a tomar uma ducha, quando olho para trás reparei que havia um homem que aparentava ter em torno de 40 anos, em forma, com o corpo másculo e peludo, peito largo e pernas peludas, mas o que mais me chamou atenção foi o seu saco, era algo enorme, eu não conseguia tirar os olhos daquela ferramenta, seu pau estava mole, com a cabeça meia coberta pelo prepúcio, sua virilha estava bem peluda também, ele começou a se ensaboar e notando que eu não tirava os olhos de seu pau, ele ensaboava seu pau, suas bolas, e olhava pra min, como se estivesse exibindo pra min, nesse momento meu pau já dava sinal de vida, estava meia bomba e pulando de tesão, o safado lavava o pau fazendo movimentos de vai e vem como se estivesse se punhetando para min, ao final do banho seu pau estava duro e apontava para min igual uma estaca, pronta para ser fincada em um buraco... sai pelado e de pau duro e fui me sentar em uma daquelas cabines para aproveitar o vapor da sauna, ele veio atrás de min e sentou na minha frente com as pernas abertas, exibindo seu corpo e seu tesão para min, seu pau estava duraço apontando para cima, suas bolas enormes ficaram ainda mais em evidencia, ele balançava seu pau pra min e em um sussurro rápido ele disse:
-Vem mamar vem!
Meu corpo se movimentou quase que sozinho em sua direção, sentei do lado dele, segurei em seu pau, senti ele pulsando na minha mão, seu pau não era muito grande era norma, porem grosso e cheio de veias, puxei a pele para trás expondo uma cabeça grande, rosada e que brilhava por causa do melzinho que saia, com a outra mão segurava em seu saco e que saco, parecia um cavalo, suas bolas enchiam minha mão, parecia que eu estava segurando dois limões, eu estava maravilhado segurando aquele pedaço de carne quente e latejante nas minhas mãos, criei coragem e não me fiz de rogado, lambi a cabeça que estava toda babada, tinha um gosto meio adocicado e salgado, achei estranho mas gostei, senti o cheiro, de pau, seu corpo estava todo molhado de suor o perfume daquele pau era irresistível, só quem já sentiu o cheiro de um pau de macho sabe do que estou falando, só de lembrar já me dá agua na boca, comecei a chupar seu pau, de início não consegui colocar tudo na boca devido a grossura, mas eu não podia deixar aquela oportunidade passar, fui descendo aquela tora de carne na minha garganta até esfregar meu nariz em seus pentelhos grossos, o filha da puta segurou minha cabeça e gemeu, engasguei e consegui sai, me levantei ainda meio sem ar e ele logo veio me abraçou e beijou minha boca, parecia que ele queria me devorar pela boca, enfia sua língua na minha boca e chupava ela, foi um beijo sem vergonha e cheio de tesão, nos paus roçavam em nossas barricas, vaziamos movimentos como se estivéssemos nos comendo, senti sua mão descendo pra minha bunda, ele apertava ela e abria com as duas mãos, sua pegada era deliciosa, sentia seu dedo indicador acariciando de leve meu cuzinho que piscava descontroladamente, senti seus dedos me invadindo, agora sua língua invadia minha boca e seus dedos o meu cuzinho, seus dedos eram ásperos, o que davam uma sensação deliciosa, em um jogo rápido ele me virou de costas e começou a esfregar seu pau na minha bunda, sentia seu pau quente e molhado entre minhas coxas, ele dava estocadas procurando meu cuzinho, parecia um cachorro no cio, em uma dessas estocadas por causa de nossos corpos molhados, seu pau entrou de uma vez no meu cuzinho, eu vi estrelas, doeu muito, tentei sair, mas perdi as forças das pernas e ele me segurou com as duas mãos me abraçando por trás, ficou com seu pau socando fundo em min por alguns minutos e logo ele dava umas estocadas fundas e rápidas e parava, parecia que ele estava se controlando para não gozar rápido, a dor foi passando e foi dando lugar ao prazer, meu cuzinho parecia uma buceta, pulsava e mordia aquela tora quente, ele me abraçou pela cintura e fomos andando engatados para um banco que estava ao lado, ele me empurrou e cai de quatro em cima do banco, ele não pensou duas vezes começou a socar lentamente quase que rebolando, parecia que ele estava aproveitando o meu cuzinho apertado, ele me puxava pelos ombros e bombava gostoso, se eu soubesse que dar era bom teria dado bem antes rsrs, socava com a maestria de um macho dominador, me sentia empalado com aquela rola no rabo, vinha mil e uma coisas na minha cabeça, eu me sentia uma vagabunda sendo comida por um estranho em uma sauna, mas o tesão estava a flor da pele, meu pau escorria um fio de baba, eu rebolava e empurrava meu rabo contra seu pau, quase que involuntariamente, aquela sensação de estar preenchido é maravilhosa, meu pau estava muito duro, eu não conseguia me controlar, à cada estocada eu sentia que estava mais próximo do gozo, ele aumentou suas estocadas me segurou forte quase que dando um mata leão no meu pescoço, senti sua respiração quente e ofegante no meu ouvido e logo veio uma mordida no meu pescoço e uma estocada funda, senti seu leite quente estrando fundo em min, não aguentei e gozei forte também, não consegui ficar em pé e cai ajoelhado com aquele macho me inseminando, não tinha forças para me livrar dele, sentia seu pau pulsando em min, ele ficou engado em min até seu pau começar a amolecer e saiu de cima de min, eu mal tinha forças para me levantar, sem trocar nenhuma palavra ele foi embora e eu fiquei lá sentado no chão todo gozado tentando me recuperar.... apesar da loucura foi uma das fodas mais deliciosas da minha vida.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


94702 - Viadinho afeminado - Categoria: Gays - Votos: 9
94704 - O negro, meu novo vizinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
94709 - No banheiro do carrefour - Categoria: Gays - Votos: 3
94710 - Aliviado pelo urologista - Categoria: Gays - Votos: 17

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico dfaque

Nome do conto:
Na sauna com o coroa

Codigo do conto:
95652

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
15/01/2017

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos com cinco ano dei bucetacontos de machos roludos dominando cornos das esposasConto erotico burro comendo novinhachupanda uma buceta ate ela senti prazer tremendorelatos eróticos reais incesto mãe sentada no coloContos eróticos adoro dar a minha buceta pro meu vovô pirocudocontos encoxando no showconto erotico travesti namorandoeu meu marido corno e o nativo na praiacontos eroticos sentando no colo na viagemvideos porno contos flagrei morena na rua oferecir ajuda ate casa dela analcontos eroticos comendo uma dona de casa de bikinicontoerotico sobrinha cabacinhabucetaclitoriograndecomo me tornei prostitutacontos eroticos primeira traicao esposairmao.coloca a irma de juelho para foder a sua buceta virge e ela chora e grita de dorcontos eroticos de sub 24/7Conto eroticos de sogra presenteia genro com uma punheta5 sado contos eroticoscontos eroticos de sexo com pai da amigaminha tia peladacearense mostrando a bucetaConto erotico vizinha gravidacontos de sexo com a minha avoincesto veridico mae cinquetona filho conto fotocontos eróticos gay no dia que comi o cara cheio de marracontos e encoxando a tiafotos de sexo com jaquelineContos eroticos de velhas sendo fudidasContos eroticos de pedreiros com fotos ilustradasconto erotico minha prima me seduziuconto erótico primeira vez sexo com a velha gordaconto mama no grelinho dessa vadiazinhamarianaxvidioconto eurotico gay comi o bombadoasanhada pegou meu Pintofotos cotos eroticos tirando atrazoTia peladavideos de mulher chupando os cunhãozinhoSexo foi sem quererconto sobrinho mamar na tiacu grande conto eróticov videos encooxou e ela pegouleomar1111contoerotico sobrinha cabacinhakixx40conto porno sogrocontos eroticos castiguei miha mae na picacontos eroticos forcado insesto 2016conto erotico usadocontos eroticos desejos de chuparcontos psicologa casada e rabudaconto erotico sogracontos eroticos minha mãe de roupa curta.ALEX_pirocudo.spcontos erotico marido corno dos amigosconto erotico minha empregada travestifamília pervertidapais a emrrabar as filhasconto erotico filha a força incestovirei mulherzinha hoje contosminhas fotos peladas filho viu contomeninas da buceta piquena e apertada virgemhomem escroto excitado gozando gemendo no grelo pra caralhofotos buceta velhas suja menstruação.contos minha mulher mim traiu na lua de meu eu vi ela nao sabquadrinho porno gay adolecentesLimpando xoxota contos tutorfilinhacontoeroticoConto erotico 12 bucetinhaContos eroticos levei meu tio pra asisti futebol lá em casa e acabamos comendo minha esposa juntosسكس قصص لولوquadrinhos de familia pornôconto fragei meu enquilino