Guilherme... O reencontro

Click to this video!


O relógio desperta! São 07:00, manhã de terça-feira.

Não consigo descrever a felicidade que sinto. Meu corpo...meu corpo ainda sente as mãos de Guilherme, que deliciosamente devorou-me...

Nunca havia sentido tanto prazer, de forma simultânea.

“Ofereço muito prazer” era o que prometerá Guilherme em seu perfil. Mas o que escrever... Mas o que dizer... Guilherme não oferece prazer, ele é literalmente o prazer....

Ainda despertando...

Não resisto masturbo-me, com o travesseiro entre as pernas, freneticamente rebolo, rebolo freneticamente, entre gemidos, gozo desesperadamente...

Levanto-me exausta... começo a despir-me, sigo para o box, coloco uma canção para traduzir o que estou sentido e ouço “Feeling Good” na voz de Michael Buble...

Guilherme atormenta meus pensamentos...

A caminho do escritório decido enviar uma mensagem instantânea para Guilherme, não poderia deixar de agradece-lo pelo respeito, carinho e principalmente pelo momento inusitado e memorável.

No decorrer do dia, recebo sua resposta: - “Você é deliciosa!”...

Meu rosto fica rubro... Abro um singelo sorriso... Estou no meio de uma reunião... fecho os olhos e sou transportada para a noite passada... “uma noite...uma fantasia...um desejo...um desconhecido...um prazer indescritível...”

De volta para minha sala... fecho os olhos novamente...minhas mãos percorrem meu corpo, aperto meus seios, abro as pernas, minha buceta esta molhada ...sinto a língua de Guilherme, estou enlouquecida pela sensação que aquela língua... causou-me ...um prazer nunca sentido antes,...ardentemente me chupava... língua quente.... língua de Guilherme.... minha buceta lateja....

Guilherme atormenta meus pensamentos... e assim eu passo o dia....

Recompondo os sentidos... o dia termina... a inesquecível madrugada de segunda para terça-feira fica na memória ....

Os dias transcorrem, aparentemente mais uma semana se inicia .... e quarta-feira amanhece, ensolarada...

Sobre a mesa meu celular vibra, anuncia uma nova mensagem...

Guilherme: - Quero de novo!

Meu coração dispara... É ELE!!!

Respondo prontamente: (de forma que não perceba minha euforia) – Hoje!?

Guilherme: - Hoje!

Respondo: - Mesmo horário e local!?

Guilherme: - Perfeito

Respondo: - Como deseja que o espere!?

Guilherme: - Nua, despida e vendada...

Antes de encerrarmos as trocas de mensagens, Guilherme enfatiza as mesmas condições. Em hipótese alguma poderei toca-lo, beija-lo e vê-lo.

O relógio marcava 15:45...dei como encerrado meu expediente!! Uma vez que Guilherme, já tumultuava meus pensamentos, com todas aquelas condições.... Impossível não enlouquecer com a expectativa que Guilherme havia criado novamente.

Minha razão, questionava-se a todo instante:
- Como não beija-lo? (se a minha vontade era de beija-lo muito, sentir seus lábios, ahhhh como será seus lábios!!!)
- Como vou fazer para não toca-lo? (se a minha vontade era de sentir sua pele, toca-lo por inteiro, deslizar meu rosto pelo seu corpo todo!!! E sentir o seu cheiro)

O desejo é enlouquecedor....

O desejo é a minha tortura...

As 18:40 chamo um taxi pelo App, embriagada pela ansiedade do reencontro, o que mais desejava naquele exato instante, era que o taxista se transformasse num piloto daqueles jatos que rompe a barreira da luz...

As 20:57 entro correndo no elevador, já em casa aviso a portaria pelo interfone que Guilherme era esperado e não deveria ser anunciado...

As 21:30 estou pronta, nua... apenas calçando um scarpin preto, salto 15cm..... Pulverizo meu corpo com uma fragrância que chama-se “forbidden euforia”, bem apropriada para a ocasião.

O celular vibra, nova mensagem, Guilherme chegou. Respondo dizendo que estou à sua espera... meu coração palpita, sinto um prazeroso calafrio...

Rapidamente...deixo a porta destrancada e levemente encostada... vou para o quarto, coloco a venda nos olhos (mascara provençal preta, forrado de tule preto no lugar dos olhos), posiciono-me na cama, lembro que Guilherme havia pedido a posição de 4, acomodo-me de forma que minha bunda fique em direção da porta... e assim estou à sua espera...

Olhos vendados... meus sentidos são estimulados... meus sentidos estão aguçados...

A porta da sala é aberta, ouço o barulho da chave, porta trancada...

Olhos vendados... meu corpo deseja Guilherme...

Ouço seus passos.... Passos firmes... passos largos... (imagino: - ele deve ser alto)...

Sinto sua presença... o silencio é uma tortura...

Depois de alguns instantes, Guilherme quebra o silencio colocando seus pertences sobre o móvel ...meu corpo arrepia-se ... minha respiração está ofegante... o desejo toma conta dos meus pensamentos insanos... meus sentidos estão enlouquecidos...

Aproxima-se...

O silencio perturba... Guilherme não diz uma palavra...

Com as pontas dos dedos, toca meu corpo... percorre lentamente minhas costas, desliza pela minha bunda, coxas, panturrilhas, contorna minhas curvas como quem conhece meu corpo... minha buceta esta molhada, completamente molhada...

Minha respiração denuncia o prazer, que aqueles dedos causam... (desejo que naquele instante Guilherme me devore).
Seus dedos encontram a minha buceta completamente molhada, levemente sou acariciada por eles, (minha vontade é de chupa-los) ...que passam a penetrar lentamente... inicia um ritmo frenético, minha buceta está encharcada, facilitando o vai e vem daqueles deliciosos dedos... soltos gemidos de prazer, estou alucinada... faço menção de gemer alto, mas sou silenciada por Guilherme... meu prazer é intenso, meu prazer é único e gozo...

Guilherme agarra-me pelos braços, coloca-me de joelhos, seu pau invade minha boca... que delicia sentir aquele pau novamente dentro da minha boca quente... pau enorme... pau grosso... chupei muito sem poder toca-lo, enlouquecidamente chupei... com muita destreza para não sair da minha boca.... Guilherme passa a socar com força, muita força, segura minha cabeça, agarra meus cabelos como rédea, avisa que irá gozar e que terei que tomar todo o seu “leite” sem deixar derramar uma gota...

Não reagi ao seu pedido, nunca havia tomado “LEITE” de ninguém... não sei dizer porque permiti... o prazer era intenso...

Guilherme goza! E fiz exatamente o que ordenou, tomei tudo sem deixar uma gota cair...

Já não sabia mais o que estava fazendo!!! O prazer tomara conta dos meus sentidos, do meu corpo, da minha alma, Guilherme toca-me como nunca ninguém havia antes...

Sem pausa ergueu-me... novamente na posição de 4 sobre a cama, meu cuzinho passou a ser acariciado pelos seus dedos, introduzindo 1, 2, 3 dedos...

Meu prazer era a tradução de insanidade, literalmente profana... Guilherme pergunta se já havia feito sexo anal, respondo dizendo que não.

Carinhosamente bem devagar colocou seu pau na minha buceta, bem devagar... que delícia... sentir aquele delicioso pau, entrando lentamente, estou alucinada de prazer, ... entre um lento vai e vem, seu pau me devora... lentamente me devora...

Seus dedos acariciam meu cuzinho... sinto prazer inexplicável...

Guilherme intensifica as caricias ... com a cabeça do seu pau.... dá pequenas pinceladas no meu cuzinho... minha buceta esta latejando.... molhada ... e aos poucos ... lentamente... vai metendo seu pau no meu cuzinho ... lentamente... bem devagar... sinto um tesão enorme...

Minha boca saliva, que vontade de chupa-lo novamente...

Guilherme posiciona minha bunda, a empina ainda mais e a coloca contra seu corpo... aos poucos vou sentido seu enorme pau devorando o meu cuzinho, que proporciona prazeres indescritíveis... estou completamente alucinada...
Agarra-me pela cintura, com suas mãos grandes...começa a socar com força... mudando a intensidade gradativamente...

Enlouquecida de prazer... ouço Guilherme dizer: - Você é minha PUTA! – Minha safada!

Recebo alguns tapas na bunda.... E Guilherme faz um pedido: GOZE QUANDO EU MANDAR!!!! Aquela voz deliciosamente perturbadora...

Estabelece uma contagem 1,2,3,4,5...GOZE AGORA!!! ESTOU MANDANDO!!! GOZE AGORA!!!!, E assim aconteceu por várias vezes... entre os intervalos gozei inúmeras vezes ... gozei simultaneamente... gozei até ficar exausta... E assim Guilherme goza... Beija minhas costas, coloca-me deitada e pedi para que não se mexa...

Ainda com os olhos vendados, percebo que Guilherme está se preparando para ir embora... de repente aproxima-se, carinhosamente beija minha testa, permaneço ainda deitada, aproxima-se novamente e diz baixinho no meu ouvido:
- Deliciosa!
- Obrigado pela confiança!
- Adorei!

Novamente beija minha testa e vai embora...

Meu corpo está exausto ...

O celular toca, tiro a venda dos olhos e atendo prontamente. É Guilherme, perguntando-me se estou bem, agradece pela noite e despede-se com um beijo.

Não faço a menor ideia de como esta relação termina! Se este é o último encontro ou mais um de muitos!

Mas tenho uma certeza, Guilherme mudou minha forma de perceber e sentir o prazer que o sexo pode proporcionar...

Guilherme... meu precioso Guilherme.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario keromaduras

keromaduras Comentou em 08/02/2018

muito bom....

foto perfil usuario maythe

maythe Comentou em 11/12/2016

Conto bem narrado.. muito excitante! Maravilhoso!

foto perfil usuario reginha.larga

reginha.larga Comentou em 10/12/2016

O amor nos sexo dá nisso! Votado.

foto perfil usuario soldierblack33

soldierblack33 Comentou em 05/12/2016

muito bom




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


69935 - Guilherme! Meu precioso Guilherme... - Categoria: Heterosexual - Votos: 29

Ficha do conto

Foto Perfil giza
giza

Nome do conto:
Guilherme... O reencontro

Codigo do conto:
92740

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
04/12/2016

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


sogrinha pegando genro virgemcontos eroticos fodendo a baba do filho filEntiada ninfeta assustada com pausao do padrasto conto eroticocontos eróticomães filhas e vizinhaporno ai meu cu caralho tira pora ta adendohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://mozto.ru/conto/75623/270189/meu-padrasto-nao-para-de-me-comer-mais.html&ei=3OhdBsVg&lc=pt-BR&s=1&m=840&host=www.google.com.br&ts=1504559040&sig=ANTY_L3NL5rkrEoVxCRsCJl2PMlI2ywMOAporno de os Simpsons quadrinhostomando linguadinhaconto erotico com padrever imagem porno dA liga da. justica em quadrinhogibis porno de um negaoconto erotico tia peludacontos eroticos seu gilMulher chora de dor na buceta uma jigantão meteu nô fundo da buceta dela sexo e vidiosconto erotico comendo a sobrinha mal humoradacontos enganei e xupei minha netinhaContos porno minha esposa de micro vestido na baladaxvideo gay mecanico sendo ertrupado por patraoEmpregada virgem que seu patrao coroa rico dava dinheiro pra ela conto eroticoBlack Wade: O Lado Selvagemdo Amor - Parte3conto erotico psicologa tirou minha virgindadenegao conto eroticocontos eroticos incesto comendo minha filhascasa dos contos eroticos descabaçando meninas de nove anosCarolgostozafilhas conto eróticocontos eroticos entre maes raspadinhas e nuas e filhos.GATA KERENDO FODER RAPIDOmetendo a mao no rabo da vadia no ônibuscontos eroticos minha tia caboetaultimos contos sadoDividindo a esposa novinha com um senhor de idade contosmulher gozando no casete do maridoconto erotico de empregada travestidoce nanda contos eroticoso cara sarrou na mulher no onibus e ela gostou e gozou conto eroticoconto gay incesto irmãosconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotocontos eroticos vizinha crente kkkkconto herotico incesto papai me chupouquadrinho porno justa causaeu imitando.commeu pai em quadrinho eroticocontos eróticos dando o troco na minha mulhercontos eroticos de travestis com fotos ,e cdzinhascontos eroticos novinha chantagemconto erotico capo de fuscasexo com pai e mãe acaba sobrando porra para filhinhapadastro preconceituoso conto gayporno minha madrasta toda gostosa. indo pra piscinae eu doido pra foder elacontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gaycontos eroticos de incenso, a melhor tranza da minha vidaporno gay bundudo doi dormi no colega popular pegador de menina e teve que da pra leleflagrei a minha cunhada d********* contoscontos eroticos meu padrasto mim criou para ser escrava sexualSexo Eu meu marido e minha amigano conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiacontos eroticos fudi o padrinho gaycontos eroticos em quadrinhos a sogra .em quadrinhosContos erot travesti garota vaiBanda Desenhada Pornoconto erotico conquistado homem casadocontos estrupada estacionamentoFotos mulher manda marido chama dotado pra fuder contos eroticoaronbando as pregas com pausadoconto erotico estrupada pelo voconto malicia incestuosabuceta da minha tiameu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhocontos erótico campo grandevídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvirmae super rabuda sendo chantagiada pelo filho conto erodicoquadrinhos erotico engravidando a maecontos eroticos casadas exibicionistas no motelNegros solteira suruba conto