Tatuagem na coxa!

Click to this video!


Boa noite, a pedidos escrevo novamente mais uma aventura daquelas bem picantes! Novembro 2015 as 22 hrs
Chego na faculdade e aquele olha volta a me cerca, fico ansiosa e apreensiva, sala cheia, gelada e bem na porta ela Alice, morena seios lindos e fartos empinados,cintura fina, um pouco baixa, rosto angelical daquele que vc se apaixona e não sabe o capeta que tem por trás de grandes olhos e boca carnuda. Essa eh Alice, estudante de farmacia, misteriosa,noto esses olhares desde o primeiro dia de aula,depois de uma linda aula de laboratório, fico à esperar a única pessoa que me cumprimentava na aula a Luciana, eu não sou tímida porém não tenho facilidade de me aproximar do que não conheço. Em pé ao lado de uma porta branca,Alice se aproxima bem ao meu lado que sinto o perfume e o calor da boca ao dizer Oi. Trocamos conversa e passa alguém de outra turma, aparentemente lésbicas mas com um jeito masculinizado eu olho e disfarço, ela percebe e indaga, Monalisa te agrada isso?
-logo digo prontamente, não eu sou hétero e se optasse por mulheres não seriam essas.
Saiu de lá me despeço e sigo rumo para casa. Mas com algo a me incomodar naquela pergunta.
Dias se seguem e os olhares não param, ao adentrar na aula Alice me olha tanto que tremo.
Um dia em uma sexta feira antes da aula u um convite.
Monalisa vamos sair pra tomar uma cerveja ?
Prontamente eu digo que tipo sim!
Após a aula seguimos cada uma em seus carros.
Alice num gol nf
E eu no meu velho Jeep Troller, estiloso musical alta braço pra fora cabelos ao vento batom vermelho sigo em direção a area praiana.
Chego no bar, junto a ela, adremos e pedi uma cerveja e ela uma caipirinha, seguida de um comentário, não bebo cerveja.
Após muito papos sorrisos, piadas, enfim.
Alice me mostra o que realmente planjera.
Monalisa percebeu que eu sou lesbica?

Treme toda...
Tremir todinhaaaa... Mas algo me deixa muito molhada nessa pergunta meio afirmação.
Eu singela e sinceramente digo, que imaginei mas não tinha certeza.
Ela direta ao ponto diz, e quem mais me excita na faculdade e vc!
Quando vc chega de short curto, blusa colada com essa perna torneada, anéis nos dedos batom vermelho estilo meio roqueira urbana c aquele chapéu de sambista na cabeça eu não consigo tirar os olhos.
Eu digo com a voz trêmula que já havia percebido mas que não chegava a acreditar que era por Taís motivos.
Ela me conta muito mais, sobre namoros ficas enfim. E eu atônita a cada detalhe, cerveja e mais caipirinhas rolando, sinto um calor e logo ela convida.
Vamos ao banheiro?
Depois de sentir as pernas dela encontrando as minhas em baixo da mesa e um cheiro no pescoço parecendo ser inocente. Sei muito bem a sentença dessa ingênua ida ao banheiro.
Seguimos juntas e ao entrar ela logo diz vem junto para não demorarmos e perde nossa mesa.
Eu entro e em seguida ela pega meu cabelo me encosta na parede e me beija deliciosamente, com calor e eu o que mais quero eh só transar com ela ali mesmo.
Deixo que ela me acaricie toda, são apenas 5 minutos naquele banheiro mas parecem eternos.
Ela tira meu seios e mordisca todo eu seguro o cabelo de Alice fazendo com que ela se apóie e mame, mame sugue a vontade. A outra mão esta na bunda dela e é a dela procurando o zíper de meu shortinho, ao encontrar a minha buceta molhada ela passa um dedo, e eu quero gritar implorar pra ela me fuder com esse dele aí mesmo. Ela passa não enfia e tira e eu grito naoooo. Mas ela cheira e diz que a minha buceta está deliciosamente cheirosa, pronta pra ser fodida mas não ali.
A essa altura estamos ofegantes, e eu quero trasar com ela ali mesmo.
Saímos do banheiro com uma imensa fila onde pelo gemido que ecoavam todos sabiam que estávamos no comendo ali mesmo.
Decido pagar a conta e sair dali. Garçom se apresse por favor, preciso ir.
Quando saímos ela me diz que quero dentro do teu jeep. Lá eu quero vc pra mim, deixe comigo eu vou levar vc ao gozo profundo, quero esse grelinho latejando quando gozar na minha boca.
Eu fico entre a loucura e a razão.
Mas já não há como desistir, ela vem caminhando ao meu lado, preparada, de vestido colado e tennis e amostra aquela tatuagem que me tira o fôlego.
Adentramos no meu carro, e ela não perdi tempo.
Tira meu short, e mergulha na minha buceta praticamente gozada. Chupa todo grelinho abrindo e buscando o mais profundo que a língua alcance. Grito é dou gemidos profundo e finos, tento beija-la mais ela está afundando cada vez mais no meio de minhas pernas. Lambendo meu cuzinho e depois metendo aquele dedo. Entre socadas e chypadas chego sem mais de longas ao ápice de tudo, gozo profundamente me deixando trêmula e com a buceta ardida. Ela volta me beija e eu consigo sentir o quanto gostosa esta minha buceta,deixo ela mamar mais, sugando e dizendo que quer mais e mais, não perco tempo e perco a inibidez e avanço sobre o corpo dela, dizendo que agora era a minha vez e que ela fica quietinha chego com a língua nos seios dela duros bicos pequenos envolvidos naquele seios fartos, sugo os dois sinto o cheiro e elogio dizendo q são lindos, desço com os dedos sobre sua barriga e enfim chego às coxas e me posiciono em frente à buceta,morena brozeada com um bigodinho lindo e bem feito, vejo e beijo aquela tatuagem q me domina, e enfim chego aquela buceta, com um cheiro de tensão, um grelinho já excitado durinho,passo a língua em torno seu contorno lambendo e enfiando onde posso, tirando e metendo, sinto aquele cheiro em meu rosto e isso me faz molhar novamente.
Enfio dois dedos e ela grita pedindo mais amor mais. Me soca com força com ele e segura meu peito.
Enquanto vou chupando o grelinho dela, ela grita vou goza Monalisa vou gozarrrr. Senti senti o latejar do meu gozo. Sinto seu corpo quente e a apenas o que se escuta e o coração batendo forte. Nos vestimos, voltamos a conversa e sorrir. Olhamos em volta nenhum sinal e se pessoas ou carros passaram não demos conta por que o que houve no banco detrás do meu carro era mais com penetrante do que pessoas ao derredor. Ela então decidir ir já são duas da manhã, se despedi de mim com um beijo no rosto e pergunta haverá uma próxima, eu digo que não sei, mas agradeço o prazer q me proporcionou. Sai rebolando e sorrindo faceira, segunda a prova da faculdade te espera ela diz, a observo pelo retrovisor até que liga o seu carro e então nós caminhão se separam.
Ao chegar em casa exausta jogo os livros e a bolsa no sofá. E falo pra mim mesma, foi só uma brincadeira e eu vou continuar hétero, mas que foi bom foi.
Segunda prova me espera...

....... Fim......
P.s perdoe quaisquer erros. Digitei pelo celular.
Bjs


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario guedão

guedão Comentou em 11/01/2017

Adorei, fiquei excitado com você gozando e fazendo gozar, parabéns e continue assim

foto perfil usuario vegetojlle

vegetojlle Comentou em 28/12/2016

Bem excitante. Votado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


25552 - Banheira Erotica - Categoria: Lésbicas - Votos: 56
45210 - porque primo e primo - Categoria: Incesto - Votos: 37

Ficha do conto

Foto Perfil vaidadeaguda
vaidadeaguda

Nome do conto:
Tatuagem na coxa!

Codigo do conto:
92390

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
24/11/2016

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


ultimos contos sado professora submissa 29conto erotico viciada em beber porraConto erotico porno comendo a mãe bunduda realcontos eroticos comir uma dengozinhaObrigeui mey filho me come conto eroticocoleira bdsm metalica mulherconto eurotico de garotinha bem novinha virgen ser vendeno doce e o corpoconto erotico novinho e o coroa calcinha gaynegro porno quadrinhosConto erotico de bucetinha apertadapornô gay olhando o meu primo contoscontos eróticos gay taxiconto erotico no metrolesbian etiada porno filmeconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioConto erótico dp na bucetaporno contos eroticos pai comeu meu cu numa aposta ,gayfilhaputacontobuceta inchada e ardida macho deixou para o cornocontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimos ela engoletodo pau e aparece na gargantacontos eroticos comendo uma carcereiraperdi as preguinhas do cu quando era pequenaFotos e contos de menininhas safadasconto erótico coroa dano p mlkcontos transei com minha tia gostosa no cinema ela chupou 23cmconto minha mae carente eu dormia com ela e um dia ela pegou no meu pipiucontos eroticos de lactofiliaconto a pipa do vizinha na minha casa mim fodeu no quibtalultimos contos sadoparque bacacheri conto eroticoconto trepando genrovideo porno do casal vodikconto eróticos c afilhada b novinhaFrogo a irmã na siririca e deu uma forcinha no.xvidiosconto erotico abusando no onibuscontos de traição sexocontos eroticos boca grandeconto erotico boquete ceagespcontos de traiçãowww.xvidio prima neguinha virgemeu quero ver vídeos do feriado da cachorra lambendo o pau duroO tio da minha prima me fodeu conto eróticofiumi porno adoro ver acaucinha da minha irma no varausexo:fotolesbicascontobundao grande da minha irmaxota roxa escorrendo com bera aberta comcontos pornôs tiazinha boazinhaconto o meu filho me fodeucearense mostrando a bucetacazada q s da o cucasada meu patrão me comprou e arrambou meu cú virgemcontos novinha delicia cunhadoporno gay eu comi meu primo kkkkcontos meu filhote adora mamar em mimcontos comi a gostosa na chantagembucetasMinha namorada deu pro cara do uber conto eróticoconto erotico gay fardado casadobranca dos cabelos pretos e longos melando o pau do amigo de bosta xvideosHq hentay o ultimo desejohttp://comtos eroticos de estuprocontos eroticos incesto maravilhosoContos eroticos de a filhinha safada amamentando o papaiSexoincestocontosleomar1111pivete faz casada urrar na rola contosEngravidando do negao quadrinhos eroticosnegan meteno no cu novinhamulher de bocão enorme engole caralho ggconto erotico com neguinha da rocasexo a três conto safadoConto erotico meus pais me ensinarammuhler acho negao roludo demais tento fujircontomaedeucontos+casada+precisa+de+pica+grande+e+preta+xvidiocontos eróticos casadaloira gostosacontos eróticos gay chupei o cu do meu pai