Andar Sem Calcinha Deixa o Cu Arrombado.

Click to this video!


Mulher sofre para deixar o corpo perfeito, não é?! Bom, tenho 23 anos, sou branca, loira e adoro atividades físicas. Sou malhadinha, não do tipo com músculos, mas adoro o que vejo no espelho. Como todas as mulheres, existem coisas que não gosto muito. Uma dessas coisas é usar calcinha. Não sei as outras, mas acho horrível aquela calcinha que parece com uma cueca dos anos 80. Ah! Também não sou muito fã daquelas tirinhas dentro do meu bumbum, mas prefiro as tirinhas do que aquela cueca enorme. Prefiro viver minha vida sem calcinha.

Houve um jantar e família e fui para a casa de minha mãe. Aqui em fortaleza o clima é muito quente e coloquei uma sainha e uma blusa mais frouxa. Claro, almoço em família eu estava de sutiã, bem arrumadinha, mas sem calcinha. Estava quente né!
Tenho 5 sobrinhos, lindos que estavam brincando no chão. Variam de 13 a 4 anos de idade. Me abaixei um pouco e falei com eles; o de 13 disse: “Vamos derrubar a tia!” Me derrubaram no chão e cai sentada com as pernas um pouco abertas. Somente meu cunhado viu. Viu minha bucetinha raspada e meu grelinho rosado.

Fomos sentar à mesa para almoçar e estávamos rindo e conversando e me levantei um pouco para pegar as batatas fritas que estavam bem ao meio da mesa. Meu cunhado estava ao um lado e percebi que o seu celular estava na sua perna. Quando levantei, olhei de canto e vi, ele colocou o celular por baixo da minha saia para filmar minha bucetinha. Que cara safado! Mas fiquei um pouco excitada. O cara estava louco para ver e eu fiquei com vontade de mostrar. Fiquei de pé saindo da mesa, e conversando e rindo demorei alguns segundos para sair, mas fiquei de pé, de frente para o ombro dele e abri as pernas, pois sabia que o celular ainda estava filmando. Quando voltei fiz da mesma forma. Ele deve ter se acabado na mão ao chegar em casa.

Enfim, o almoço acabou e voltei para casa. A saia não é curta nem longa, no meio da coxa. Resolvi abastecer e parei num posto de gasolina que fica em frente a um shopping na Av. Frei Cirilo. Quando o frentista veio, eu estava com as pernas um pouco abertas, pois meu carro não é automático e ao chegar ao posto, os dois vidros laterais estavam baixos, pois gosto de dirigir sentindo o ventinho em mim. Ele viu minha buceta. Percebi nos olhos dele. Chegou até mesmo a gaguejar. Ele foi limpar o vidro da frente do carro, mas demorou tanto e o vidro ficou quase da mesma maneira. Ele não conseguia nem disfarçar. Eu fiz de conta que não estava percebendo. Mas percebi, o pau dele duro naquele uniforme. Nossa, parecia um desodorante spray. Fiquei com tanta vontade de pegar...

- Moço não sei se os pneus do meu carro estão cheios. Você pode ver para mim?

- Claro. Mas senhora, é bom calibrar.

- Eu não sei. Todas as vezes eu apenas o deixo na revisão. Nunca troquei nem um pneu sequer.

- Não se preocupe. Coloque o carro ali que eu calibro seus pneus.
Estacionei o carro no local que ele indicou e desci. Ele muito proativo ligou o aparelho e se abaixou para encher os pneus.

Fiquei de costas para ele, e o posto só tinha outros frentistas e eu. A avenida é movimentada e o posto é muito iluminado. Me inclinei um pouco e perguntei:

- Como você sabe se o pneu precisa calibra só de olhar para ele?

Na realidade eu estava olhando para o reflexo dele no carro. Ele estava olhando para meu cuzinho e acariciando o pau.

Enfim ele terminou agradeci e fui embora. Fui dirigindo e olhando para trás, e vendo ele comentando com os outros frentistas e pegando no pau. É muito bom fazer a alegria dos outros.

Fiquei muito excitada com isso, primeiro o cunhado, depois o frentista... eu tinha que gozar. Não estava mais aguentando minha buceta pingando de tesão. Eu queria transar. Transar com alguém. Eu estou de mudança, vou me mudar para outro bairro e fazer uma última loucura no apartamento seria o ideal. Como eu moro sozinha e não fiz laços de amizade com ninguém, poderia fazer qualquer coisa. No apartamento da frente tem um garoto que tem cara de nerd. Com certeza deve consertar computadores.

- Oi vizinho, boa noite. Eu gostaria de saber se você sabe consertar computador?

- Oi! Eu sei um pouco. Você pode trazer aqui em casa que eu dou uma olhada.

- Ah, estou perto de me mudar e preferiria que você o olhasse lá em casa; pode ser?

- Sim, estou indo, mas só para adianta, o que aconteceu com o seu PC?

Droga, ele tinha de perguntar isso mesmo? O que eu ia dizer? O computador está em perfeitas condições. O que eu ia dizer?

- Bom, ele está muito lento e demora muito a responder os meus comandos...

- Ah tá... Vamos ver então.

Ele entrou e eu fechei a porta. Ele tem um corpinho magro sarado, perninhas grossas, maior de que eu... Bom imagino que dê para hoje. Liguei o PC e o deixei olhando. Não apaguei nada, deixei ele lá olhando e no meu computador, tem algumas fotos minhas nua, sites e filmes pornôs. Quero ver a cara dele, se ele ver, minhas fotos nuas e eu do lado dele.

- Por favor, pode ficar à vontade que vou só tomar um banho rápido, certo?

- Ah tudo bem.

Fui tomar um banho bem gostoso, e deixei e porta semiaberta, e estava com tanto tesão, que a rola dura daquele frentista não saía da minha cabeça. Peguei um tubo de desodorante aqueles ‘‘rexona’’ e comecei a enfiar na buceta de tanto tesão. Eu estava tão excitada, que comecei a gemer e a gemer. Acho que ele ouviu. Parei que me masturbar, não gozei como queria, mas eu queria mais. Saí só de toalha e fui no meu quarto onde o garoto estava.

- Tudo ok vizinho?

- Bom, seu computador está lento por falta de atualização do antivírus, mas eu atualizei e agora deve ficar ok.

Sentei ao lado dele e cruzei as pernas, com o corpo todo molhado. Queria ver ele com aquele shortinho do Flamengo ficar de ‘‘barraca Armada’’.

- Só mais uma dúvida, como faço ver todas as fotos do meu PC de uma vez só?

- Ah é muito fácil, é só clicar na busca e colocar: .jpg que aparece tudo.

Ele fez isso, apareceu todas as minhas fotos nuas. Meus seios, minha buceta passando na tela da cara dele. Esse garoto ficou com o pau duro na hora. Minha boca encheu d’agua e pense numa rola grande. Que garoto roludo!

- Desculpe, eu não sabia que...

- Tudo bem. Nunca viu uma mulher nua?

Eu comecei a rir e ele também, ele estava com o pau duro e todo envergonhado. Eu cruzei as pernas e rindo me estiquei um pouco e a toalha se abriu um pouco. Deu para ver minha buceta bem lisinha e fiz de conta que não percebi. Me levantei e me estiquei um pouco para pegar um papel para anotar a dica dele e abri um pouco as pernas perto dele. Com meu grelinho rosado balançando na cara dele. Anotei e disse:

- Vem, te acompanho até a porta.

Ele levantou e eu disse:

- Nossa que pau grande. Deve ter muitas namoradinhas né?

Eu na frente dele, passei a mão na buceta e peguei no pau dele. Ele avançou em cima de mim, me beijou botou o pau para fora, me colocou de quatro e enfiou com tudo. Eu mordi a fronha da cama de dor. Ele fez com tanta força e com tanta rapidez que meu cu começou a sangrar. Ele estava me rasgando toda.

- Para! Não é aí não. Enfia na buceta seu louco!

- É que fiquei com tanto desejo pelo seu cuzinho quando vi nas fotos que não aguentei.

Ele me comeu de todo jeito e não queria mais parar. Chupou meu grelinho com tanta vontade, com tanta força que eu gozei na cara dele. Eu coloquei o travesseiro na minha cara e eu gritei. Urrei de tesão. Estava morta de cansada, toda arrombada e ele não gozava.

- Quero comer seu cu de novo.

Que escolha eu tinha né? Eu ‘‘acordei’’ o garoto, agora ele estava acabando comigo.

- Come com tudo que você pode garoto.

Ele lambeu meu cuzinho, deixou bem meladinho e empurrou. Empurrou com tanta força que saiu lágrimas dos meus olhos. Ele fez mais forte e mais rápido que no começo e vi o sangue descendo do meu cu pela minha perna. Ele gozou. Pensei que era uma mangueira aguando o jardim, mas era gala no meu cu.

- Sempre que quiser consertar o PC me chama viu. Sempre estarei aqui para te ajeitar todinha.

O garotinho com cara de nerd, magrelinho me deu uma surra de rola. Rasgou as pregas do meu cu e foi para casa.
Fiquei deitada com a bunda para cima, sentindo ainda a gala descendo do meu cuzinho. Passei uma semana com o cu doloridíssimo. Mas com um tesão imenso.

Me mudei para um bairro chamado Parangaba longe do meu antigo bairro, a Messejana. Mas acho que vou quebrar meu PC de novo. Nunca esqueci aquele short de futebol do Flamengo. Eu só queria alguém que me consertasse de novo.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


86315 - Ônibus Lotado - Categoria: Fetiches - Votos: 6
86316 - Cunhada Estudiosa - Categoria: Masturbação - Votos: 7
87226 - Atendente de Telemarketing - Categoria: Fantasias - Votos: 4
87503 - Ciclismo sem calcinha em Fortaleza - Categoria: Exibicionismo - Votos: 11
88468 - Cubo de Gelo Dentro do Cu da Vizinha - Categoria: Fetiches - Votos: 15
92377 - Gozei no Banco da Moto - Categoria: Exibicionismo - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil marcelorodriguez
marcelorodriguez

Nome do conto:
Andar Sem Calcinha Deixa o Cu Arrombado.

Codigo do conto:
91580

Categoria:
Exibicionismo

Data da Publicação:
08/11/2016

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


mae fica olha afilha de calsinha cabando chundo elaFilho come mae bebada historias em quadrinhoscontos eroticos incesto maravilhosocarne mijadas casadas conto eroticos com fotoshistória em quadrinho eroticos comadrequadrinhos porno contos eroticosmae e filho conto heroticoarrombamos minha irmãzinha contoscontos eróticos excitante e ilustrados de dotadosdesde pequena iniciada em zoofiliaarrombada com ajuda da mamaeconto pornconto fui a florianopolia gayConto erotico meus pais meterao no meu cuzinho quando eu era pequenaCHUPADO NA FESTA DA PRINCESA FROZEM CONTO EROTICOcontos erótico prima da minha esposaconto gay dei pra varioscontos eroticos pai usava vibrador para filha ficar com o grelaocontos eroticos reais/corno nem viuContos comi o cu da cuidadoracasadas estrupadas amarradas tapa na cara conto eróticosconntos erotecos fudei rabao de menha irmafotonovela pornoconto incesto subi em meu filho pra bricar seu pinto entroucontos eroticos de meninas cedutoras que fazem de tudo para pega 3 pau no cu e na buceta e ainda choram muitocontos gay uberTrai meu marido com um garoto roludofodendo a xana da minhq enteada contoconto erótico chocolate enfiado no ânusdois maconheros me comeram gaysexo entre pais e filhos desenhosexo sonambula cai de baca na porana farra com a esposa na pescaria contoconto no banho com tiasmeninas da buceta piquena e apertada virgemcontos ciumes do marido dominadorconto erotico o medicocomeram minha mãe contoAFELHADA PELUDA FODENDO COM PADREContoseroticosdeiocucontos eroticos dei pra dois caras no cinema e depois um travestilimpa minha buceta seu corno contoquadrinhos eroticos aventura no aviaoContos eroticos minha mulher traz porra para mimincesto entre irmã e irmão gemeos contos eroticoscarmemhotfaturei cu da priminha contosfotos novela eroticoscontos comi minha tia com 25 cmconto erotico minha namorada dançando forro com meu tioAnal gay fuderoso de chorarmariliapchc@gmail.ccontos eroticos de imcesto mae e filho 12Contos éroticos caseiro taradão da rolona grossa rasgando o cusinho da patroa loirinhapornô conto erótico dando um trato na vizinhaSexo com Beto PapakuContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casaContos erotico de incesto putaria entre familia em gang bang no sitioPicas cearenses com 25cminquilina paga aluguel mama maior pica sexo videosComi o cu da minha vizinha de quatorze anos a forca e gozei na cara delafudeno a minha cunhada bebida vdeo caseiro em no Par Soca essa rola na minha buceta arromba vai contosContos eroticos minha mulher traz porra para mimquatrinhos do t.zConto erotico de pedreiroContos eroticos festa desenhoSexo com Beto Papakuirmao.coloca a irma de juelho para foder a sua buceta virge e ela chora e grita de dorcontos eroticos padrasto e seus amigoscontos eróticos dei a cu pro vizinhoporno corno ainda nao consumado conto eroticomeu sogro mim comeu a forca agora sou a escrava dele contos ero.contos adoro no cuconto erotico gay meu vizinho casado conto erotico