ROOM SERVICE

Click to this video!


Mesmo após todas as confidências feitas a mim por Henrique de suas aventuras incestuosas, nós permanecemos amigos, e eu sempre procurei preservar essa amizade, sem, jamais, emitir qualquer juízo crítico acerca de seu comportamento, até mesmo porque isso não era da minha conta. Mas, fato é que, essa amizade rendeu algumas outras confidências que eu pedi permissão para partilhar com amigos e leitores.

Um desses depoimentos, contados por Henrique, despertou minha mente e minha libido ao mesmo tempo. Ela aconteceu ainda quando ele exercia suas atividades profissionais no ramo de petróleo e derivados. Por conta de uma negociação delicada envolvendo uma empresa multinacional com sede no Chile, Henrique viu-se obrigado a empreender uma viagem àquele país, a fim de chegar a um acordo que o favorecesse. Por isso, ele embarcou para a capital do Chile, Santiago, sendo recepcionado, logo em na chegada ao aeroporto, por um funcionário da empresa local.

Sem perda de tempo, e após os cumprimentos de praxe, Henrique e seu acompanhante, rumaram para o centro da cidade, em um bolsão conhecido por abrigar diversas empresas em seus enormes arranha-céus. No interior de uma dessas enormidades, Henrique foi apresentado a Amanda, a executiva-chefe da empresa para assuntos ligados à América do Sul. Com olhos gulosos, ele examinou a executiva, cuja elegância não superava sua beleza quase icônica.

Amanda era natural da Austrália, filha de pai latino e mãe árabe, resultando em uma beleza exótica, somada a um corpo escultural que faria qualquer um babar até não poder mais. Eles se cumprimentaram, mas ao longo daquela primeira conversa, Henrique percebeu que qualquer tentativa de flertar com Amanda redundaria em um insucesso, como também poderia comprometer o negócio que o trouxera até ali. No fim da tarde, após um almoço e outra rodada de propostas e contrapropostas, Amanda sugeriu que continuassem no dia seguinte, pedindo ao acompanhante que conduzisse seu convidado ao hotel onde um quarto o aguardava.

No caminho, Henrique puxou conversa com Ernesto, seu acompanhante, o que resultou em uma parada no bar do hotel para, juntos, sorverem uma bebida e jogarem conversa fora. E foi durante essa conversa que ele descobriu que jogar charme para cima da Amanda seria infrutífero, já que ela era “chegada a uma vagina, ao invés de uma rola”, nas palavras do próprio Ernesto, frustrando qualquer expectativa de Henrique saborear aquela mulher deliciosamente linda.

Mais tarde, após a checagem de praxe na recepção do hotel, Henrique despediu-se de Ernesto que se comprometeu a buscá-lo no dia seguinte pela manhã. Henrique subiu para o quarto, abrindo a porta com o cartão magnético e seguindo pelo estreito corredor que, do lado direito, se abria para o quarto propriamente dito, onde se via uma cama confortável, uma poltrona aconchegante, um rack e uma enorme televisão; seguindo pelo corredor ele findava no banheiro amplo com uma banheira de hidromassagem.

Imediatamente, Henrique desfez sua mala, livrando-se do paletó e da gravata, ficando inteiramente nu. Ao entrar no banheiro para tomar uma ducha, verificou que não havia toalhas disponíveis. Imediatamente, ele ligou para o serviço de quarto, solicitando a entrega de um jogo de toalhas. A atendente informou-lhe que, logo, alguém atenderia ao seu pedido.

Sem se preocupar com sua nudez, Henrique aproveitou para abrir seu notebook para ver as mensagens em seu e-mail, mas, quase que sem interrupção, ele acessou um site pornô e ficou apreciando os vários clips de vídeos eróticos. Ele se esparramou na confortável poltrona em frente ao rack e também ao enorme espelho que cobria a lateral de canto de parede e quedou-se absorto.

De qualquer maneira as cenas quentes e frenéticas de um casal de corpos sarados, ativou a libido do sujeito que, imediatamente, viu a sua excitação transparecer em uma retumbante ereção de carga máxima; Henrique aproveitou o momento, o filme e as lembranças de Amanda para entreter-se em um prazer solitário.

Ele estava tão entretido em masturbar-se que mal percebeu quando a campainha tocou, a porta principal se abriu e alguém anunciou: “Room Service!”. Henrique não notou quando a camareira, uma mulher de cerca de trinta anos, baixinha e peituda, entrou no quarto, trazendo nas mãos as toalhas que ele havia solicitado.
E apenas depois de alguns minutos, no momento em que ele entreabriu os olhos, percebeu uma presença no recinto. Henrique olhou para a camareira e viu que seus olhos faiscavam, fixos na rola dura e na mão dele, subindo e descendo em movimentos cada vez mais frenéticos. Henrique encarou-a com olhar de safadeza, mas ambos nada disseram …, o silêncio do estranho casal não combinava com a cena: um homem nu se masturbando, sendo observado por uma camareira também de meia-idade e que parecia hipnotizada pelo pau dele.

-Se quiser ver melhor, pode se aproximar – disse ele, sem se preocupar com eventual barreira linguística – Eu não mordo …

Lentamente, a camareira caminhou com passos curtos e hesitantes até ficar ao lado da poltrona, onde Henrique estava nu e de rola na mão, masturbando-se lentamente, apenas para os olhos dela, que ele sequer sabia o nome. Era uma deliciosa aventura carregada de safadeza e obscenidade, onde Henrique exibia, orgulhoso, sua virilidade para uma mulher. Por isso mesmo, ele intensificou os movimentos em sua rola dura, ora apertando a base e fazendo inchar a glande, ora puxando o mastro evidenciando a extensão e o volume de seu instrumento.

-Então, está gostando do que vê? – perguntou ele com tom provocativo.

-sí mucho! – balbuciou a mulher, ainda com o olhar fixo na rola de Henrique.

-Gostaria de pegar nele? – insinuou o sujeito, exibindo sua rola enorme.

-No señor, me gusta mirar – Respondeu ela, com um tom de voz inseguro.

-Qual é o seu nome, lindeza? – Henrique tornou a perguntar.

-Me llamo Isabela – respondeu ela, ainda com voz perdida.

-Ai, Bela! – gemeu o sujeito – acho que vou gozar …, você quer me ver gozar?

-¿Cómo quiere? – respondeu ela, mordiscando os lábios.

Imediatamente, Henrique acelerou os movimentos, até que o orgasmo sobreveio, intenso e caudaloso, lambuzando a barriga e o peito dele. Ofegante, mas satisfeito, Henrique olhou para Isabela e pediu que ela lhe desse uma toalha; a mulher tomou uma daquelas que trazia no braço, junto ao peito e estendeu para ele; suas mãos não se tocaram, e os olhares continuavam repletos de insinuações. Henrique limpou-se como pôde e agradeceu a Isabela.

-¿Puedo ir? – perguntou Isabela, sem mover um músculo.

-Claro que pode, Belinha – respondeu Henrique com tom de safadeza – Mas se quiser ficar, eu vou gostar muito …

-Tengo que ir, estoy trabajando – justificou ela com certa insegurança.

-Está bem, então – respondeu Henrique insatisfeito – Mas, se quiser voltar, eu vou gostar!

Isabela deu o primeiro sorriso desde que chegara ao quarto de Henrique, e depois de colocar as toalhas sobre a cama, desapareceu corredor afora, ouvindo o barulho da porta sendo trancada. Com a rola meio mole, Henrique sorriu, curtindo a situação e depois foi tomar um banho.

Pela manhã, Ernesto pegou Henrique no hotel, conforme combinado, e rumaram para o escritório. Foi um dia frenético, com reuniões, apresentação de relatórios e discussões que pareciam não ter fim; mas, mesmo diante de todas essas atribulações, Henrique ainda pensava na noite anterior e na presença de Isabela observando enquanto ele se masturbava. Foi algo interessante e que o estimulara na tentativa de repetir a experiência …, mas, para isso, ele precisava de sorte …, muita sorte!
No fim da tarde, Ernesto e Henrique estavam no lobby do hotel, deliciando-se com uma cerveja bem gelada e jogando conversa fora. E foi nesse momento que Henrique viu Isabela; ela passou pelo corredor lateral à entrada do lobby e por mais discreta que ela tentou demonstrar, uma troca de olhares foi inevitável. Henrique não se afobou, pois não queria chamar a atenção de ninguém, principalmente de Ernesto, preferindo continuar conversando amenidades com o colega de trabalho.

Passava das nove da noite quando os dois homens se despediram, e Ernesto informou a Henrique que, no dia seguinte, as reuniões somente seriam retomadas a partir das quatorze horas, informação que muito agradou ao visitante, já que poderia relaxar um pouco …, e, quem sabe, divertir-se com Isabela. Ele subiu para o quarto e ficou matutando o que fazer para trazê-la ao seu quarto, já que não podia pedir algo que fosse direcionado a ela, pois isso poderia acarretar-lhe problemas no trabalho.

Meio desolado com a falta de ideias, Henrique decidiu tomar um banho. Quando entrou no box, lamentou a constatação de que havia toalhas mais que suficientes. Ele abriu o chuveiro e deixou a água morna escorrer por seu corpo, enquanto seu pensamento estava em Isabela; ela não era bela, nem parecia ser muito sensual …, uma mulher comum …, uma mulher que adora ver homens se masturbarem! E foi nesse clima que ele ouviu uma frase ecoar pelo quarto: “Room Service!”.

-Estou aqui! – gritou Henrique, de volta – Aqui, no banheiro.

Logo, Isabela surgiu na soleira da porta; ela estava de uniforme e sem toalhas na mão. Os dois se entreolharam, e, imediatamente, Henrique percebeu uma ereção projetar-se contra a gravidade, apontando para a camareira, que quedava-se apenas observando enquanto o pau de Henrique crescia e ganhava volume.

-Você voltou! – comemorou ele, com um sorriso maroto – Quer outra sessão particular?

-Si quiero mucho! – respondeu ela, com certa ansiedade na voz.

Henrique voltou-se para ela, e ainda debaixo do chuveiro, tomou a rola na mão a iniciou uma masturbação exclusiva para uma plateia também exclusiva. Os olhos de Isabela faiscavam, muito embora ela não se movesse ou esboçasse qualquer reação …, apenas observava com olhos gulosos. Henrique divertia-se em servir de objeto de prazer para uma camareira em um país distante do seu …

Em dado momento, Henrique interrompeu a punheta, e balançou a rola dura na direção de Isabela, que, por sua vez, engoliu em seco ao ver aquela benga enorme sendo apontada para ela.

-Você está gostando, não é? – perguntou o sujeito com um tom carregado de safadeza – Já viu um assim …

-En este tamaño, nunca! - respondeu Isabela, quase balbuciando as palavras - Y es tan gruesa!

-Sim, grande e grosso! – exultou Henrique com uma risadinha safada – Creio que você ainda não quer pegar nele, não é?

-No señor, si se me permite, con tan sólo mirar – respondeu a mulher, tentando esconder a vontade de pegar na rola de Henrique.

-Está bem, Belinha, pode olhar a vontade – conformou-se ele, enquanto se masturbava com fúria – Aiiiiii …, está chegando, Belinha …, Ahhhhhhhh! Vou …, gozarrrrrrrrrrrrrr!!!!

Os jatos de esperma quente explodiram, projetando-se no ar e caindo sobre o piso molhado do box, sob os olhos atentos e brilhantes da camareira. Henrique desligou o chuveiro e saiu do box, tomando uma toalha e enxugando-se calmamente, sem se aproximar de Isabela …, afinal, não queria assustar a mulher.

-Agora, preciso de algo em troca – pediu Henrique sem qualquer pudor.

-Y ¿qué es lo que quieres de mí? – perguntou Isabela, curiosa, mas também temerosa.
-Quero ver esses peitões que você tem aí! – respondeu Henrique, segurando a rola meio mole com uma das mãos.

-No, no puedo hacer eso aquí ... es mi trabajo – respondeu ela, com certo temor e hesitação.

-Deixa eu vê-los! – quase suplicou o sujeito – Não vou tocar …, apenas olhar.

Após um longo suspiro, Isabela fitou Henrique e com um discreto sorriso no rosto, desabotoou a parte superior do uniforme, revelando seus peitos grandes; ela não usava sutiã e a firmeza daqueles melões deixaram Henrique em ponto de bala novamente. Isabela olhou para a rola de Henrique e, instintivamente, levou uma das mãos ao mamilo, acariciando-o, enquanto tornava a fitar o sujeito, cuja rola pulsou mais uma vez.

-Você viu o que fez! – perguntou Henrique em tom de safadeza, enquanto exibia sua rola dura novamente – E agora? O que faço? E esses peitos lindos? Você é linda, garota.

-Gracias Señor, pero nunca había visto nada como esto! – disse Isabela com os olhos fixos na pica de Henrique.

-Nunca viu o quê, menina? – questionou ele, curioso e excitado.

-Nunca he visto un pene se endurecen tan rápido! – respondeu ela, ainda acariciando o mamilo.

-Tudo isso por sua causa, viu! – comentou ele sorrindo orgulhoso.

-Perdóname, pero me tengo que ir – disse Isabela, fechando o vestido e tencionando sair do banheiro.

-Espere, por favor! – rogou Henrique – Você vai voltar? Amanhã?

-Mañana es mi día libre – respondeu Isabela, desaparecendo pelo corredor, deixando Henrique, literalmente, na mão.

Mais tarde, deitado em sua cama, Henrique pensava em Isabela. “Essa safadinha vai me pagar!”, ponderava, enquanto acariciava sua rola dura debaixo dos lençóis. “Ou ganho uma punheta ou uma mamada dela …, de um jeito ou de outro!”, concluiu ele antes de pegar no sono.

Na manhã do dia seguinte, Henrique tomou café e decidiu dar uma volta em torno do hotel; era uma região interessante, já que reunia o polo empresarial e comercial junto com áreas arborizadas e repletas de parques e praças bem cuidadas. Henrique caminhava, apreciando a paisagem ao seu redor e também pensando em Isabela. E foi nesse clima que ele a viu! Ela caminhava com certa pressa, vindo em sua direção. Não vestia o uniforme, e Henrique lembrou-se que era seu dia de folga, razão pela qual não havia razão para que ela estivesse nas imediações (se bem que ele não fazia ideia de onde Isabela residia).

-Buenos días señor – cumprimentou ela, enquanto se aproximava de Henrique, sem perder de vista um comportamento adequado e discreto.

-Bom dia, Belinha! – respondeu ele, exultante em revê-la – Hoje não é seu dia de folga? O que faz por aqui?

-He cambiado mi día libre con una amiga – respondeu ela, incapaz de esconder um sorrisinho sapeca.

-É mesmo! – comemorou o sujeito – Que bom isso! Então, nos veremos à noite?

-Ciertamente sí, es decir, si usted quiere – respondeu ela, sem denunciar uma ponta de ansiedade.

-Vou te esperar ansioso – respondeu Henrique – Então …, até a noite.

Eles de despediram à distância, evitando eventuais comentários ou olhares preconceituosos. Henrique voltou para o hotel e vestiu-se para retomar seu trabalho. Ele estava contente e também ansioso pelo que o aguardava com relação à Isabela. Junto com Ernesto ele seguiu para a nova maratona de reuniões, e ficou tranquilo quando concluiu que as negociações, finalmente, haviam progredido. E no final da tarde, lá estavam ele e Ernesto no lobby do hotel, bebericando e comemorando. Jantaram juntos e despediram-se lá pelas dez da noite.

Henrique sentiu-se aliviado enquanto subia ao seu quarto, pois tudo indicava que, antes do fim de semana, os negócios no Chile estariam encerrados com um excelente resultado. Já no interior de seu quarto, ele se livrou das roupas, serviu-se de uma dose de uísque e, sentado na poltrona, esperou pela chegada de sua visitante tão aguardada. Ao ouvir o giro da maçaneta da porta, Henrique encheu-se de tesão …, Isabela chegara!

Eles apenas se olharam e nada disseram …, Isabela aproximou-se da poltrona e fixou seu olhar na rola que já pulsava feito louca. Henrique sorriu para ela e sacudiu seu instrumento rijo com orgulho; Isabela ajoelhou-se ao lado da poltrona e sorriu.

-Quiero recoger en él ... yo puedo? – perguntou ela com tom de voz hesitante.

-Claro que pode pegar nele, Belinha! – respondeu Henrique, enquanto acariciava o rosto da mulher de meia-idade.

Isabela cingiu a rola grossa com sua mão pequena e gordinha, incapaz de completar o círculo, dada a grossura do instrumento, passando a masturbá-lo lentamente. Henrique deliciou-se com a punheta carinhosa da camareira, acariciando seus cabelos. Quedaram-se nessa “brincadeira” gostosa, e o olhar guloso de Isabela revelava que ela tinha outros desejos inconfessáveis em relação à rola do seu macho.

-Belinha, porque você não tira a roupa? – sugeriu Henrique com olhar repleto de safadeza – Afinal, eu já estou nu!

-No, no puedo hacer esto! – recusou-se ela, sem demonstrar muita resistência.

Henrique pediu licença para ela e levantou-se, retornando com sua carteira na mão; dela, retirou duas notas de vinte dólares, oferecendo-as para a jovem.

-¿Qué es señor! Usted piensa que soy una perra! – asseverou Isabela, com ar de indignação.

-De jeito nenhum, Belinha! – respondeu Henrique – Não acho que você seja uma puta …, isso é um presente …, eu dou a você e você me dá algo em troca.

-Y es mi desnudez que desea a cambio? – perguntou ela, sem esconder uma excitação.

Henrique acenou afirmativamente com a cabeça; Isabela pegou as cédulas, e depois de colocá-las no bolso de seu uniforme, levantou-se e despiu-se, ficando nua para delírio de Henrique. Isabela era gordinha, com peitos grandes e um baixo-ventre generoso, sem ser opulento. Ela tornou a ajoelhar-se e retomou a masturbação no pau duro de seu parceiro. Ela foi intensificando os movimentos, enquanto Henrique brincava com seus mamilos durinhos, apertando-os com carinho, sentindo sua textura e também apalpando os peitões.

-Vem aqui, Belinha – pediu Henrique, enquanto ficava de pé – Chupa minha rola, chupa!

Sem cerimônias, Isabela abocanhou a rola e começou a chupá-la com sofreguidão, ora apertando as bolas, ora pressionando a base e fazendo com que a pica se projetasse para a frente. Henrique acariciava os cabelos de Isabela, mas, em nenhum momento, forçou os movimentos, deixando a ela o controle da situação.

Depois de algum tempo, Henrique sentiu um estertor, denunciando que ele poderia gozar a qualquer momento. Todavia, antes que isso pudesse acontecer, ele tomou sua parceira pelo braço e levou-a para a cama. Isabela bem que tentou resistir.

-¿Quieres joderme? – perguntou ela, enquanto ensaiava uma resistência não muito convincente.

Henrique não respondeu, limitando-se apenas a sorrir marotamente; sem uso de força, ele empurrou Isabela sobre a cama, e abriu suas pernas, mergulhando seu rosto em direção à vagina que encontrou úmida e quente; ele chupou e lambeu a parceira com tanta intensidade que Isabela não demorou a atingir uma sequência de orgasmos que a fizeram gemer baixinho enquanto se contorcia de prazer.

No momento certo, Henrique subiu sobre ela, e segurando a rola pela base, fez com que ela escorregasse para dentro da vagina de sua parceira, ocasionando uma penetração perfeita, que, por sua vez, provocou uma onda de gemidos e suspiros vindos de sua parceira; Isabela enlaçou seu macho pela cintura, passando a incentivá-lo a iniciar movimentos de vai vem que foram se sucedendo de forma intensa e prazerosa.

E não foi necessário muito tempo para que a camareira experimentasse uma inédita sequência de orgasmos que eram celebrados por ambos, especialmente com palavras entrecortadas e gemidos arfantes.

-¿Cómo te folla sabroso! – sussurrava Isabela com voz entrecortada por suspiros - Su pene es tan grande y grueso …, pero no hace daño ... es muy bueno!

-Que bom que você gostou, Belinha! – retribuiu Henrique, sem perder de vista o ritmo das estocadas – Porque você é uma delícia de mulher …, uma das melhores fodas que eu já tive na vida!

Lá ficaram eles …, fodendo gostoso sem que houvesse amanhã; e mesmo pressentindo que o limite de seu corpo chegara ao seu ápice, exigindo seu preço, mesmo com sua parceira nadando em sua própria seiva, Henrique ainda queria a “cereja do bolo”; anunciou para sua parceira que estava prestes a gozar.

-Por favor, no disfrute dentro de mí …, tengo marido! – suplicou Isabela com olhar amedrontado.

-Não se preocupe, meu doce – disse Henrique tranquilizando-a – Quero gozar em outro lugar. Imediatamente, Henrique saiu de cima de sua parceira, trazendo-a consigo, fazendo com que ela ficasse de joelhos, enquanto ele se masturbava – Chupa minha rola, belinha, chupa …, quero gozar na tua boca!

Isabela olhou para ele e sorriu satisfeita, demonstrando que aquilo muito a agradava; sem perda de tempo, ela abocanhou a rola e chupou com sofreguidão. Tal era o estado de excitação de Henrique que, em poucos minutos, uma cachoeira quente e caudalosa de esperma jorrou de sua rola, inundando a boca de sua parceira, que quase engasgou com o volume de porra que escorria para dentro de sua garganta, obrigando-a a deixar que parte vazasse, lambuzando seus peitos nus.

Um pouco depois, já recomposta, Isabela estava para deixar o quarto, quando Henrique veio ao seu encontro com mais duas notas de vinte dólares; ela olhou para ele sem compreender a razão daquela “gorjeta”.

-Isto é para você – disse Henrique com um sorriso no rosto – Não apenas pelo serviço de quarto, mas também pela sua doçura e gentileza.

-Gracias, ... más, lo que debería darle las gracias por el mejor sexo de mi vida! – respondeu ela, também com um sorriso no rosto, devolvendo as cédulas para Henrique.

Eles se despediram como um beijo …, e, na tarde do dia seguinte, Henrique embarcou de volta para casa com uma deliciosa lembrança de Santiago do Chile e de uma deliciosa camareira, cujo nome ele jamais se esqueceria.

Foto 1 do Conto erotico: ROOM SERVICE

Foto 2 do Conto erotico: ROOM SERVICE


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 06/11/2016

Serviço completo! Perfeita! Betto

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 06/11/2016

adoreiiiiiiiiiiii de novo bjos Laureen

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 06/11/2016

-¿Cómo te folla sabroso! – sussurrava Isabela com voz entrecortada por suspiros - Su pene es tan grande y grueso …, pero no hace daño ... es muy bueno! -Que bom que você gostou, Belinha! – retribuiu Henrique, sem perder de vista o ritmo das estocadas – Porque você é uma delícia de mulher …, uma das melhores fodas que eu já tive na vida!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


21377 - A DOCE IRONIA DE UMA VINGANÇA - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
21390 - A DOCE VINGANÇA DO GLADIADOR CELTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
21391 - A FANTASIA - DESCOBRINDO A SI PRÓPRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
21392 - A HISTÓRIA DE CIDÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
21393 - FANTASIA II: UMA DESCOBERTA INESPERADA, MAS FELIZ! - Categoria: Gays - Votos: 15
21394 - FANTASIA III: A MENINA COM ODOR DE JASMIM - Categoria: Lésbicas - Votos: 4
21395 - A GORDINHA QUE NÃO SE ACHAVA GOSTOSA. (Ou melhor, - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
21435 - VIZINHA GORDELÍCIA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
21665 - MATURE FITNESS - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
22284 - A INICIAÇÃO - QUANDO O DESEJO SUPERA TUDO - Categoria: Incesto - Votos: 11
22845 - FANTASIA IV: DESCOBRINDO A DELÍCIA DA SUBMISSÃO. - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
23590 - A DIARISTA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 8
24086 - O ORGASMO INESPERADO! - Categoria: Incesto - Votos: 6
24229 - UMA PEGADA SURPRESA – A EMPREGADINHA DELICIOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
24394 - FITNESS MATURE II – O REENCONTRO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
25241 - A COROA ESNOBE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
25831 - A GUIA TURÍSTICA URUGUAIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
26090 - HOMEM OUTRA VEZ! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
27456 - VIOLENTADA E SUBMISSA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 13
27462 - DOCE VINGANÇA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 7
27857 - A RETRIBUIÇÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
28583 - O DOCE SACRILÉGIO DA VIOLAÇÃO! - Categoria: Fetiches - Votos: 5
28710 - SURPRESA NAS COMPRAS - Categoria: Fantasias - Votos: 11
28810 - "** DE BÊBADO NÃO TEM DONO" - Categoria: Fantasias - Votos: 14
28883 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONOII " - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
28935 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO (03)" - Categoria: Virgens - Votos: 9
29181 - ENRABOU A FILHA, … TEM QUE COMER A MÃE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
29509 - ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO IV - Categoria: Fantasias - Votos: 2
29545 - AVENTURA SEXUAL VINTAGE - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
29949 - VICIADO EM SEXO! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
30035 - O TELEFONEMA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 9
30165 - MULHERES PERFEITAS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
31936 - A CAPITÃ E O PRISIONEIRO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
32186 - PRESENTE DE AMIGO! - Categoria: Virgens - Votos: 2
32245 - MULHERES PERFEITAS III - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
32359 - O PRESENTE SURPRESA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
32567 - PAGAMENTO DOLOROSO - Categoria: Incesto - Votos: 12
32998 - O LEITOR - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
33273 - PECADOS NÃO SE CONTAM - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
33691 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
34067 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE DOIS) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
34476 - A SEXAGENÁRIA GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 8
34685 - MEDO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
35219 - A DERMATOLOGISTA TARADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
36469 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE TRÊS) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
36498 - A GARI DA BUNDA GRANDE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
37109 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 1) - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
37110 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 2) - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
37256 - MAMÃE PRÁ LÁ DE GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 5
37526 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
38109 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
38406 - A AUXILIAR DE LIMPEZA GOSTOSA E INSATISFEITA - Categoria: Masturbação - Votos: 4
38714 - A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
39522 - VINGANDO A AMIGA DA VIZINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
39686 - A ENTREGADORA DE PANFLETOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
39785 - O ATAQUE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
39883 - BRINCANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
39951 - FANTASIANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
40029 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
42695 - OUSADA E BOA DE CAMA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
43788 - O GINECOLOGISTA, PARTE UM - Categoria: Fantasias - Votos: 1
43906 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
43999 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 02 - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
44089 - A CUIDADORA (UMA HOMENAGEM E UM SONHO) - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
44265 - O GAROTO MALABARISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
44453 - A CHANTAGEM! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
44645 - O MONTADOR DE MÓVEIS E A CLIENTE ASSANHADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
44815 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 03 - Categoria: Gays - Votos: 2
45069 - Prazer solitário ... a dois! - Categoria: Incesto - Votos: 14
45175 - NO CIO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
45243 - O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
45543 - O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (GRANDE FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
45754 - SEDUÇÃO E VONTADE - O DESEJO DE UM PAI! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
45995 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 04 (FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
46045 - PAGANDO O PREÇO PELA OUSADIA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
46067 - A DUPLA RECOMPENSA - Categoria: Incesto - Votos: 7
46240 - JOGO DE INTERESSES - A VOLTA POR CIMA - Categoria: Incesto - Votos: 4
46549 - O QUE TE EXCITA? - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
46659 - Rompendo Barreiras, Conhecendo os próprios limites - Categoria: Travesti - Votos: 2
46925 - NOVIDADE DUPLA! - Categoria: Travesti - Votos: 9
50735 - UMA SITUAÇÃO INESPERADA! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
55754 - O CURATIVO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
56098 - EXPECTATIVAS - Categoria: Coroas - Votos: 1
56369 - NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
56701 - OUTRAS EXPECTATIVAS - ACIDENTE DE PERCURSO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
57343 - A LEITURISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57400 - A ARRUMADEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57747 - CRÔNICA: O ABAJUR - Categoria: Incesto - Votos: 3
57748 - FELIZES PARA SEMPRE! - Categoria: Incesto - Votos: 2
58057 - PRELÚDIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
58795 - PAGANDO UMA DÍVIDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
58796 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
58797 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 03) - FINAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
58798 - INTERLÚDIO - Categoria: Incesto - Votos: 4
58982 - TRAPAÇA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
59268 - SONATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
59405 - A APRENDIZ SAPECA! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
59608 - ADDAGIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 0
59728 - A LINHAGEM - Categoria: Incesto - Votos: 4
60077 - CONTATO IMEDIATO NA REDE SOCIAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
60574 - TOCATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
62692 - Aprendendo novas formas de prazer - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63133 - A AMIGUINHA DE MINH A FILHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
63336 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 01) - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63337 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63526 - NICE, A GAROTA DO CALENDÁRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63527 - A GAROTA DO CALENDÁRIO (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
63660 - UMA EXPERIÊNCIA INUSITADA - Categoria: Travesti - Votos: 3
63661 - A EXPERIÊNCIA (PARTE 02) - Categoria: Travesti - Votos: 3
63926 - O SEGREDO DE ALICE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
65545 - A HISTÓRIA DE MARINALVA … OU MELHOR LÚCIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
65547 - A HISTORIA DE MARINALVA - PARTE 02 - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
65776 - CONHECENDO A INVERSÃO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
66384 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 6
66385 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 3
66386 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 3
66388 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 04 - Categoria: Incesto - Votos: 5
67064 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
67066 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
67067 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
67127 - A DESQUITADA (UM CONTO VINTAGE) - Categoria: Coroas - Votos: 4
67372 - MANDA QUEM PODE - Categoria: Virgens - Votos: 4
67497 - PREMONIÇÃO MALDITA! - Categoria: Fantasias - Votos: 3
67979 - TESÃO BANDIDO - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 5
67980 - TESÃO BANDIDO - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 2
67981 - TESÃO BANDIDO - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
68132 - TESÃO BANDIDO - PARTE 04 (Final) - Categoria: Incesto - Votos: 3
68352 - O CANTO DA IARA (Uma lenda Urbana) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
68483 - A COROATATUADA - Categoria: Coroas - Votos: 12
68649 - CARRO USADO - Categoria: Coroas - Votos: 9
69106 - A DO OUTRO É SEMPRE MELHOR! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
70082 - DESPERDÍCIO! - Categoria: Masturbação - Votos: 1
70083 - COMIDINHA CASEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
70084 - DOCINHO DE MULHER - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
70464 - LAMBUZADO A BEÇA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
72106 - DESEJO E PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 7
72107 - MAIS DESEJO QUE PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 7
72248 - TÔ TE QUERENDO! - Categoria: Travesti - Votos: 6
72356 - EM ALGUM LUGAR DO PASSADO ... (A DECEPÇÃO) - Categoria: Travesti - Votos: 4
72638 - AFOGANDO AS MÁGOAS - Categoria: Coroas - Votos: 4
73410 - Uma Linda Vingança, chamada Brigitte! - Categoria: Travesti - Votos: 8
73478 - Uma Linda vingança chamada Brigitte (Parte dois) - Categoria: Travesti - Votos: 6
73912 - UMA LINDA VINGANÇA CHAMADA BRIGITTE (PARTE 03) - Categoria: Travesti - Votos: 11
75153 - VOLÚPIA - Categoria: Incesto - Votos: 1
75154 - CHÁ DE BOLDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
75155 - E O CARRO EMPERROU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
75156 - MITO OU REALIDADE? - Categoria: Incesto - Votos: 4
75157 - A ENDOCRINOLOGISTA FOFINHA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
75434 - FLAGRANTE! - PARTE UM - Categoria: Incesto - Votos: 9
75435 - FLAGRANTE! - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 9
75564 - UMA MANHÃ INESQUECÍVEL! - Categoria: Travesti - Votos: 6
75667 - UM CÃO CHAMADO "NENÊ" - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
75905 - MATANDO A FOME! - Categoria: Coroas - Votos: 1
75907 - SACIANDO A FOME (FINALMENTE!) - Categoria: Coroas - Votos: 1
75908 - MATANDO A FOME! (PARTE FINAL) - Categoria: Coroas - Votos: 2
76005 - UM CONVITE NO SQUEEZE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
76113 - TESÃO REVELADO (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
76207 - TESÃO REVELADO (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 8
76503 - PROVOCAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 2
76504 - SEDUÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 2
76505 - TENTAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 3
76983 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
76984 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
76985 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
76986 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
77220 - INTERMEZZO - Categoria: Incesto - Votos: 6
77221 - INTERMEZZO (2) - Categoria: Incesto - Votos: 3
77222 - INTERMEZZO (3) - Categoria: Incesto - Votos: 5
77696 - O PRESENTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
77697 - O PRESENTE (A CONSUMAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
78720 - CAINDO DE BOCA! (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78721 - CAINDO DE BOCA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78722 - CAINDO DE BOCA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78723 - CAINDO DE BOCA (PARTE 04) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78724 - CAINDO DE BOCA (PARTE 05) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
80764 - DOCE VENENO - Categoria: Travesti - Votos: 2
80765 - DOCE REMÉDIO - Categoria: Travesti - Votos: 3
80766 - QUE MULHER É ESSA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
80767 - QUE MULHERES SÃO ESSAS! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
80768 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
80769 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 6
80934 - CONFIDÊNCIAS - Categoria: Incesto - Votos: 2
80935 - AMOR DE PAI (CONFIDÊNCIAS II) - Categoria: Incesto - Votos: 2
84793 - ATRÁS DA JANELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
84867 - DEVANEIO DELIRANTE (UMA HOMENAGEM) - Categoria: Gays - Votos: 2
85343 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL (1) - Categoria: Virgens - Votos: 4
86423 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
86424 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
88562 - VALENDO A PENA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
88563 - ABUSANDO DA SORTE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
88812 - Terceira idade, uma ova! - Categoria: Coroas - Votos: 10
89009 - UM CONVITE INUSITADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
89606 - CARPE DIEM - A DAMA E O CACHORRINHO - Categoria: Coroas - Votos: 3
89607 - CARPE DIEM - VONTADE INCANSÁVEL - Categoria: Coroas - Votos: 1
89608 - CARPE DIEM - MENINA SAPECA! - Categoria: Coroas - Votos: 2
89954 - SUPERANDO AS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
89955 - DELICIOSA EXPECTATIVA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
89956 - CONHECENDO AS NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
90013 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 01) - Categoria: Incesto - Votos: 1
90459 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 02) - Categoria: Gays - Votos: 0
90665 - VOVÔ VIU A UVA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
90807 - VOVÔ VIU A UVA! (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 6
91302 - VOVÔ VIU A UVA! (TERCEIRA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 7
91489 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
91510 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
94851 - A CHANTAGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
94855 - DO FACEBOOK PARA O MUNDO REAL! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
94857 - PARA NÃO PERDER UMA OPORTUNIDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
94859 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
94860 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
94861 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
97907 - Promessa Quebrada - Tesão Avassalador! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
99362 - GREVE: Ameaça ou oportunidade? - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
99403 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
99404 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
99405 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
100208 - CONTOS SÓRDIDOS 01 SORDIDEZ - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
101868 - FRENÉTICO! - Categoria: Coroas - Votos: 5
101869 - FRENÉTICO E SURPREENDENTE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
102224 - ATÉ A ÚLTIMA GOTA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
102228 - POR DINHEIRO (01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
102229 - POR DINHEIRO (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
102230 - POR DINHEIRO (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
102574 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (02) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102587 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (01) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102858 - A TROCA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
102859 - TROCO NA MESMA MOEDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
103334 - VOVÓ SAPEQUINHA! - Categoria: Incesto - Votos: 17
103335 - VOVÓ SAPEQUINHA 2: APRIMORANDO O QUE JÁ ERA BOM! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
103981 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 7
103982 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - COMPARTILHANDO - Categoria: Incesto - Votos: 4
103984 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - RETRIBUIÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 11
104332 - APRENDIZADO FRATERNAL - Categoria: Incesto - Votos: 8
104333 - APRENDIZADO FRATERNAL - DEPOIS DA TEMPESTADE - Categoria: Incesto - Votos: 9
104334 - DESTINO TINHOSO! - Categoria: Incesto - Votos: 10
104335 - DESTINO TINHOSO! IRREVERSÍVEL! - Categoria: Incesto - Votos: 11
104396 - UM SONHO (HOMENAGEM À TODAS AS TRANS QUE EU ADORO E VENERO) - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 7
105120 - DOCE MEMÓRIA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105121 - DOCE LEMBRANÇA - DOCE OPORTUNIDADE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105122 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - VIRANDO O JOGO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
105133 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - Categoria: Incesto - Votos: 10
105654 - Uns quilinhos a mais, não faz mal! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
105707 - ONE MORE NIGHT - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
105755 - QUEM FOI QUE DISSE BERENICE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
105890 - SLAVE TO LOVE - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
106154 - DUPLA SURPRESA - PARTE UM - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
106155 - DUPLA SURPRESA - PARTE DOIS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
106236 - SEM PERDÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 10
106615 - ENCONTRO CASUAL E SURPREENDENTE! - Categoria: Masturbação - Votos: 4
106938 - TRAÍDA PELA MEMÓRIA - Categoria: Incesto - Votos: 6
107169 - SUCCUBUS (DEVANEIO) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
107458 - NEM TUDO É ILUSÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
107511 - NINFA - Categoria: Incesto - Votos: 13
107709 - BIG SURPRISE! - Categoria: Lésbicas - Votos: 4
108191 - SONHAR PODE SER PERIGOSO ..., OU NÃO! (FICÇÃO) - Categoria: Incesto - Votos: 10
108489 - CONTOS DRIVE THRU (PARTE 1) - Categoria: Incesto - Votos: 8
108533 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 1
108832 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 3
108882 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
108883 - JOGO DE SEDUÇÃO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 1
109166 - NOTURNO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
109178 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 05 - Categoria: Incesto - Votos: 3
110874 - A ESCRAVA GREGA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 5
111135 - CABEÇA RASPADA - PARTE 01 - Categoria: Fantasias - Votos: 6
111136 - CABEÇA RASPADA - PARTE 02 - Categoria: Fantasias - Votos: 4
111360 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (01) - Categoria: Incesto - Votos: 10
111361 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (02) - Categoria: Incesto - Votos: 7
111362 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (03) - Categoria: Incesto - Votos: 6
111363 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 4
111745 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
111746 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111747 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111748 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
112315 - SAUDADES JAMAIS TEM IDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
112317 - UMA NOITE EM NÁPOLES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
112363 - PRIMEIRAS LIÇÕES - Categoria: Incesto - Votos: 6
113062 - ANTES DA BATALHA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 1
113168 - OBSERVANDO PÁSSAROS E OPORTUNIDADES! - Categoria: Coroas - Votos: 5
113169 - SUPERANDO EXPECTATIVAS! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil trovão
bemamado

Nome do conto:
ROOM SERVICE

Codigo do conto:
91487

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
05/11/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


cavalo goza dentro de mulhercontos erotico em quadrinho arrombando a minha mae no churrascocontos eróticos de patricinhas trasando com os paiscomto erotico encestro irma novinhaconto erotico zoofiliaContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativasmamae.putaconto gay pai bombadoultimos contos sadoincesto quadrinhos irmaos virgens"contos eroticos" "amiga do meu filho" nudismosiririca contos eróticos esguicheicontos eroticos casal sendo revistado pelo policial gaycdzinha bombomchupei meu irmao contossaxyelatribal fode esposa cornocontos erotico pastorafoto de cacete18Contos gay pau pequenoPorno contos incesto pais e maes iniciando filhinhas no banho e na camawww conto engravidei a mulre do meu amigoarrombou meu cu contocontos orgasmo na clinicaSEXOS. BEM ERODICOamiga chupando amiga contover vidios di pornó meninas sendo estupadra ah força di quatro pociçao di quatro gemendo gostososexo conto banda desenhadacontos comer cu de travesti pesador que era mulherme chupou na frente do meu marido contogibi porno uma coroa muito sorcontos eróticos comento a viuva evangélicaconto erotico tia peludacontos eroticos tirando o cabacinhoporno contos de incestos com sograse maescriamos uma putinha contoscontos eroticos jade casaiscontos de madrasta se exibindo para enteadoa maior pica contoscontos gays novinhohentai meu sogro me come semprenegão hqArmando a saia da empregadinha e metendoultimos contos sadocontos de sexo casada traindo com picudo e a filha ouvido tudoconto erotico dei o cu pro meu filhoPONODOIDO CONTOsexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhaconto erotico Edilenecontos eróticos de encoxando coroa no tremConto comi minha irmãa vingança do corno conto eroticocontos eroticos putinhas arronbadas se fazendo de inocente vovo comeucontoeroticodfContos erotico de incesto putaria entre familia em gang bang no sitiocontos eroticos comendo sua madrasta gostosaadolecentede18anos dandoabucetacomendo gostoso a mãe contos eroticospornocontosinsestomeninas irmas transandocontos erotico gay na liga da justiçaeu e a sogra contoscontoeroticoburroContos guey oralcontos erotico prenhaquadrinhosreais de incestoconto erotico suruba em familiacontos eroticos zoofilia cao super bravossexo vovóvidio de sexo de estrupri meu primo a forcabati uma siririca pra meu cunhado contosx men quadrinho gay porncontos gay gostoso do tinder ele: