ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI

Click to this video!


ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVINHO
Bom como vocês sabe eu sou advogado tenho um escritório de porte grande, e comigo trabalha bastante pessoas, e a um tempo a traz foi contratado alguns estagiários e estagiarias, esta função não é minha eu tenho pessoas que trabalha comigo que cuida dessa parte, eu nem percebia eles cumprimentava todos como faço normalmente só olha quando é garota ou mulher gostosa que chame minha atenção, bom um dia o pessoa resolveu fazer uma confraternização, e alugaram um espaço e foi feito esta confraternização, e todos estavam se divertindo e foi chegando gente familiares e amigos convidados e ai chega este estagiário novo, eu estava sentado embaixo de um sombreiro e vi ele chegar normal ai ele já se enturmou foi ao toalete e retirou sua roupa e colocou uma sunga, olha eu confesso que nunca tinha sentido tanto tesão por uma bunda masculina geralmente eu como bundas masculina quando eu saio com casal ou travesti que é semelhante a mulher, mas quando ele deu o primeiro mergulho saiu pegou uma cerveja e foi cumprimentando as pessoas chegou perto de mim eu estava com um boné já tinha tirado e colocado sobre meu pau tampando porque o bicho já estava ficando duro então ele chegou perto de mim e me cumprimentou e sentou ao meu lado até para fazer uma moral comigo, então trocamos um papo e eu sempre de olho nas partes de seu corpo já que estava com óculos de sol escuro e não dava para ele ver onde estava os meus olhos então fui medindo ele deitou em uma cadeira daquelas de piscina eu também estava em uma e eu fui medindo vi que tinha coxas grossas pelos loiros ele é bem loiro sabe olhos claros, vi sua barriga definida e um belo rosto com um enorme sorriso sabe aquela pessoa de bem com a vida vi aquele corpo ali só de mini sunga vi aquela carne branca com seus pelos dourados e ai ele me pede licença e sai para nadar e eu consigo observar aquela bunda loira uma bunda gostosa volumosa arrebitada tesuda, meu pau endureceu, ele saiu e caiu na agua eu fiquei observando, e passado um bom tempo almocemos e a coisa rolou a tarde toda ai teve um momento que ele deitou nas espreguiçadeiras de bruços ficou com a bunda para cima arrebitada e por sua posição parece que aquela bunda realçou, nossa não aguentei fui ao toalete e bati uma punheta só pensando naquela bunda nossa nunca senti tanto tesão por uma bunda masculina como a que senti por aquela então já aliviado sai do toalete após o pau ter amolecido, então já cansado me despedi e sai ainda perguntei alguém quer carona para o centro, para de repente ele falar eu quero e eu investigar um pouco mas isso não ocorreu então fui embora, mas ai em diante eu estava achando e tentando criar uma oportunidade para tentar algo com aquela bunda e o dono dela que é um belo garoto muito bonito loiro gostoso e simpático, bom o tempo foi passando e um dia entrou um caso grande no escritório e eu tinha que ficar muitas horas debruçado em cima deste processo então passava horas estudando o processo e entrava horas a dentro e eu perguntei se ele poderia ficar comigo aquela semana até mais tarde me auxiliando ele de pronto aceitou então ficávamos até média de nove da noite no escritório ele chegava no escritório as quatorze horas e saia as dezoito porque ele estuda na parte da manhã, só que nesta semana ele ficava comigo até as nove da noite (vinte e uma horas), e quando sai eu passava em uma lanchonete com ele e fazia um lanche e com isso fomos trocando ideias e ficando mais íntimo e percebi que ele me admirava por ser seu chefe e por ser um advogado bem sucedido e via que el tinha eu como exemplo e brilhava os olhos quando lhe passava algum ensinamento e alguma experiência, então estava mais fácil mas não sabia sua preferência sexual, ai passou um rapaz perto de nós eu falei nossa que file esse cara deve pegar muitas mulheres só para ver a reação ele deu uma gargalhada eu disse desculpa mas não é errado um homem admirar outro é ele disse não lógico que não eu também achei o cara bonitão ai pensei opa já gostei, ai na sexta eu disse olha gente infelizmente terei de levar serviço para casa pois não acabei de analisar esse processo, e quando estava no carro o estagiário foi até mim e disse se quiser eu posso ir a sua casa e te ajudar no fim de semana eu disse ok eu te ligo amanhã cedo e vejo ok, ele disse beleza mas estou à disposição, ai no dia seguinte pela manhã liguei para ele e disse olha você vai poder me ajudar ele disse com certeza eu disse então arruma umas coisas que vamos trabalhar mas não em casa que preciso concentração, vou a minha chácara leva coisas que talvez temos que passar a noite lá, você pode passar a noite fora ele disse se o senhor passar aqui e explicar para mamãe ai tudo bem eu disse ok passa seu endereço, ele passou fui até lá expliquei para sua mãe ela falou ok, tudo bem pode sim só cuida menino, ai fomos, levei algum alimento e bebidas pois percebi que na festa ele bebeu bastante não soltava a latinha de cerveja e o copo de caipirinha, então como bebidas fortes e vinho eu tenho na chacra só levei comidas e cervejas, então chegando lá eu disfarcei a manha toda e depois do almoço falei vou relaxar vou tomar um banho e cai na piscina foi o que fiz, tenho caseiro mas ele fica numa casa bem longe da casa principal e na casa principal e murada e a piscina e restrita, e o caseiro tem ordem de só subi na casa quando eu estiver lá só quando eu interfona pedindo para que eles vai até a casa principal, então ele ficou olhando eu e bermuda na piscina falei vai rapaz descansa vem pra piscina ele falou olha não sabia e não tenho roupa só trousse essa roupa e uma roupa para dormir eu falei olha você tem algumas opção ou ficar me vendo no calor, ou ir até o quarto pegar uma calcinha da minha esposa que tem ai, ou entrar na piscina pelado e dei uma risada ele deu uma risada também e falou acho que vou pegar a calcinha da sua esposa e riu e disse não faz assim vou de cueca depois e visto a causa sem cueca eu disse isso rapaz está vendo como você resolveu um caso você será um bom advogado, ele riu, a cueca dele era aquela tipo machão só que era branca então quando ele entrou ficou meio transparente ai passado uns minuto eu falei da parra você buscar cerveja lá dentro ele foi e vi sua bunda perfeito quando saiu da agua a cueca branca deixava bem transparente tudo na volta vi seu saco e pau mole, entrou me deu a cerveja e tomamos, ai passado um tempo ali conversando brincando falei bom vamos ao trabalho ai sai da agua ele também, o dia correu trabalhamos e lá pelas seis horas da noite (dezoito horas) falei para ele pronto acabamos tudo graças, ai eu falei olha podemos ir embora ou podemos ficar aqui curtir essa piscina e amanhã iremos embora o que você acha ele disse prefiro ficar e dormir aqui ok então tiramos a roupa de novo fomos para a piscina já que estava muito quente, ai ficamos até escurecer ai saímos e eu fui fazer uma comida mas como eu queria que ele ficasse um pouco alegre com a bebida eu fiz uma coisa bem leve para a bebida poder fazer efeito pois se tiver bem alimentado e mais difícil a bebida nos derrubar, no almoço já tinha comido uns misto quente ai eu fiz um molho de cachorro quente cozinhei algumas salsichas e fiz um lanche para nós e ai abri um vinho que tomamos todo e logo eu fiz uma caipirinha bem doce e gostosa e bem gelada sabia que ele ia beber sem perceber, ai assim foi mais cerveja e lá pelas dez da noite ele já estava alegre falei vamos pra piscina ele falou vamos ai disse mas um desafio, ele disse o que falei os dois peladão ele riu e disse topo e já tirou a cueca e já ficou pelado ali mesmo na sala e saiu com uma lata de cerveja e já foi para a piscina, como eu só estava provando bebida estava sóbrio então fui atrás dele observando que bunda linda ai ele caiu na agua eu fiquei olhando ai tirei a cueca e fiquei pelado cai na agua peguei uma bola e falei vem você é o bobinho ele vinha e eu erguia a bola ele tipo me agarrava roçava em mim ai deixei ele pegar a bola ai eu ia pegar ele corria para o canto da piscina e eu tentava pegar ele se virava de costa escondendo a bola eu abraçava ele e meu pau roçava na bunda dele e o pau já estava duro mas ele não ligava e assim foi então quando ele virou para mim eu olhei para ele e abracei e falei deixa eu te dar um beijo ele disse deixo eu o beijei de língua gostoso ele me abraçou deixando a bola cair, eu beijava ele correspondia e eu fui descendo a mão comecei passar a mão em sua bunda ele não ligou ficamos ali por uns dez minutos ai para quebrar o gelo eu larguei corri na agua peguei a bola e falei vem bobinho ele veio eu tentava de mentirinha correr dele ele me encostou na parede da piscina em vez de pegar a bola ele me beijou de novo por mais uns dez minuto, ai eu falei vamos sair da agua ele disse vamos ai saímos nos enxugamos e peguei na mão dele e o levei para o quarto ele deitou eu deitei em cima dele beijei ele olhou e disse nossa eu tenho namorada será que isso não e coisa de veado eu disse não isso e só atração sexual e curtição saiu daqui acabou o assunto até porque eu sou casado e não sou veado, mas quero curtir com você ele disse ok, ai beijamos eu fui abrindo as pernas dele e estava por cima ele com pernas aberta encolhida eu por cima meu pau tocava a porta do cu dele, ai eu estava doído e disse você já fez isso com homem antes ele disse não só com meus priminhos quando era pequeno coisa de criança eu disse mas você tem coragem de fazer ele disse o que eu disse me chupar e deixar eu comer essa bunda maravilhosa ele disse olha mas isso não e coisa de veado mesmo eu disse não ele disse e se alguém ficar sabendo eu disse só se você falar, ai ele falou bom vamos ver ai ficamos beijando mas vi que ele estava doido pra tocar no meu pau ai, sai de cima dele deitei do seu lado e peguei no pau dele eu não sou veado mas o momento era propício e eu gosto de sexo, com todos isso e sexo e nada de veado bicha ou outras coisas, ai ele pegou no meu pau também, ficou bem devagar me massageando eu também, ai falei quer mais caipirinha ele disse quero eu fui a cozinha fiz mais uma jarra de caipirinha mais doce e bem gelada e ele tomava de copada e logo aquilo subiu na cabeça ele já estava meio alegre após aquela jarra de caipirinha ele ficou molinho rindo e ai vi que estava do jeito que queria então fui ao guarda roupa peguei uma tanguinha preta bem fio dental que e coisas da patroa que fica no guarda roupas da chácara, e falei posso pôr em você ele disse pode eu vesti aquela calcinha nele e pedi fica de quatro ele rindo e meio grogue rindo muito ficou de quatro falei coloca a cabeça e o peito na cama ele fez nossa pensa numa bunda nem na minha esposa realça tanto aquela tanguinha, ai eu fiquei acariciando a bunda dele ele deixando, ai tirei a tanguinha do ladinho coloquei uma pedra de gelo na boca pra língua ficar gelada, ai beijei a bunda dele e fui beijando até o seu cuzinho, rosadinho preguinhas bem apertada, ai eu coloquei a língua gelada no cuzinho dele ele deu uma negada na bunda mas ai arrebitou mais ainda eu enfiava e lábia o cuzinho dele ele começou a gemer e mexer a bunda que coisa linda eu fiquei ali chupando o pau dele já estava fora da calcinha não cabia dentro eu fui por trás lambendo seu cú e punhetando ele fique que seu pau estava pulsando e meladinho, ai eu comecei esfregando o meu pau no cuzinho dele ele ficou quietinho, ai falei vira para cá, ele virou eu de pé no chão ele de quatro na cama e eu esfregava o pau na cara dele e ele foi até abrir a boca e começou a chupar meu pau lambia e eu por cima olhava aquele quadril e aquela bunda de tanguinha aquele corpo loiro branco liso com poucos pelos loirinhos, ali na minha frente chupando e babando no meu pau ele ria e chupava meu grogue, então depois dele chupar bastante eu disse vou gozar ele parou de chupar eu disse vira deixa eu gozar na sua bunda ele disse você vai enfiar em mim eu disse não gozar em cima da sua bunda ele disse a bom ai sim virou eu gozei a porra escorria na sua bunda entrava no rego eu esfregava a ponta do pau espalhando a porra na sua bunda e até na portinha do cu ele deixava tranquilo eu percebi que tinha que deixar ele mais mole para comer seu rabo, ai vi que ele estava com tesão falei deita ai vou bater uma pra você ele riu e deitou de barriga para cima eu bati uma ele gozou rápido e muito sua porra subiu quase no teto, ai fomos tomar banho ai nos enxugamos e fomos para a sala coloquei um filme ele sentou ao meu lado estávamos pelado ai ele me abraçou e disse gostou eu disse sim mas queria comer sua bunda ele disse bom mais tarde se quiser você come mas não vai falar nada ok, eu disse lógico não sou doido eu sou casado, ai passou mais um pouco eu dei mais bebidas a ele e quando vi ele já era estava pra lá de Bagdá, ai levei ele para a cama coloquei a tanguinha nele coloquei ele d bruços e fiquei admirando o rabo, passei um creme no cuzinho abri as pernas coloquei um travesseiro embaixo da barriga para a bunda ficar arrebitada, e então lambuzei o meu pau com o creme, e deitei sobre ele e enfiei o pau no cu dele ele torcia queria reagir mas estava praticamente desmaiado então não conseguia uma reação contraria mas sabendo que mais cedo ele disse que eu poderia tentar então não estava violando seus direitos e sim fazendo o permitido, cara que cu gostoso nossa arrebentei as pregas, enfiava até o saco bater na bunda fiquei ali fodendo aquela bunda por uma meia hora até não aguentar mais e gozar naquele rabo gozei lá no fundo enchendo seu rabo de porra tirei o cacete meio vermelho saiu um pouco de sangue, e eu limpei ele não reagia e dormimos no dia seguinte acordamos ele foi ao banheiro e quando voltou disse você^^e comeu minha bunda eu disse porque ele disse está doendo e eu caguei porra eu disse a sorte que você não fica gravido ele olhou meio com medo e disse olha por favor eu não sou veado você não vai falar nada eu disse calma jovem fica tranquilo, o máximo que vou fazer e em vez enquanto usar meu estagiário gostoso ele riu e disse você gostou eu disse nossa adorei, ele riu, ai quando foi lá pelo meio dia fomos embora quando chegamos nos despedimos e na segunda feira estava tudo normal não parecia que havia acontecido nada, e após isso tem mais historias com meus estagiário inclusive este, até mais. Beijo.
Foto 1 do Conto erotico: ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI

Foto 2 do Conto erotico: ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario boynego

boynego Comentou em 09/12/2016

Adorei, queria um chefe assim!

foto perfil usuario coroa70

coroa70 Comentou em 29/10/2016

Que delicia tirar o cabaço de um cusinho virgem .li gostei .gozei e votei

foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 22/10/2016

Que delicia de conto meu amor, fiquei toda molhadinha enquanto lia, teve meu voto com louvor. Adoraria sua visita na minha página, eu e meu marido temos contos novos postados. Beijinhos, Ângela: Casal aventura.ctba

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 22/10/2016

Oi Marcus, a fim de massagear o anus de um casado? Venha! Betto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78280 - COMI O CASAL DE NOIVOS - Categoria: Fantasias - Votos: 23
79955 - COMI A CATADORA DE RECICLÁVEL PARTE 1° - Categoria: Virgens - Votos: 14
80390 - COMI A BUNDA VIRGEM DA CATADORA DE RECICLAGEM 2º - Categoria: Virgens - Votos: 11
84833 - FIZ A CASADINHA DE PUTA RASGUEI SEU CUZINHO VIRGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
85298 - FIZ ELA TRAIR O MARIDO PARA NÃO PERDER O EMPREGO E - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
86310 - MINHA PRIMEIRA VEZ COM UM CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
90353 - COMI OUTRO CASAL - Categoria: Fantasias - Votos: 8
90431 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 1º - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
90436 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRRGEM DO MEU PEDREIRO 2º - Categoria: Virgens - Votos: 11
90746 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 3º - Categoria: Fantasias - Votos: 15
91637 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
91911 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
92391 - O NOIVO TRAIU A NOIVA, E A NOIVA TRAIU O NOIVO NA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
93011 - COMI A ESPOSA DO MEU TIO COM ELE DENTRO DE CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
93323 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
94615 - COMI A CUNHADA NO QUARTO AO LADO E VOU COMER AS FI - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
94781 - COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
94970 - COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
96286 - COMI O NAMORADINHO DA MINHA SOBRINHA - Categoria: Virgens - Votos: 15
103732 - EMPREGADA CRENTE DA CCB - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
104310 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA PARTE 3 - Categoria: Virgens - Votos: 4
104519 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 2. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
105036 - EMPREGADA CRENTE DA CCB parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
106373 - EMPREGADA CRENTE DA CCB parte 3 - Categoria: Virgens - Votos: 13
106856 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 3. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
107199 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 4. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil marcussex
marcussex

Nome do conto:
ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI

Codigo do conto:
90841

Categoria:
Virgens

Data da Publicação:
20/10/2016

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


Conto erotico de menina de 12contos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barConto erótico transei com o motorista do uberconto comendo o cu do sogrocontos eroticos irmao safadoporno sou amante do sogro contoConto Erotico Gay conhecendo o prazer com o vizinhoa linda bucetona da minha tia incestomae safada=professora putaminha namorada me traio com meu tioporn netinha na mesaContos de incesto gravidaVidioporno professora quadrinhoxxx conto erótico ranquei o cabacinho da minha filinhacomercuegostosocontos eróticos titia negra interracialDei minha buseta pro meu irmao conto pornohentais pornocontos papai qurbro meu cabassomeu pai abusou de mim-contos heroticosComtos recem casada fodemdo com o irmaoContos de gozadas nas calcinhas das sograscontos eroticos esse coroa me deixa taradconto erotico deixei o viado sem andarpunheta amigos conto eroticoConto erotico corno capixabaentiadacontoeroticocontos meu.tio roludo doeu pediu arregoporno quadrinho freirascontos eróticos sua revista grátiscasada de vestidinho curto na casa dos vizinhoscontos eroticos mae e filho MozHentai quadrinhos pai ve a filha de vestido e sem calsinha filho ve a mae de vestido e sem calsinhaquadrinhos erotico contos eroticos medico assistente parte 2o filho picudo e a mae bucetuda contoscontopequeno tio agarrou os peito damoca e mamouconto erotico ajudei meu primo e virei cornomai brasirera pedi pede para o filhi fudela gostosocontos porno de mulheres que não aguentarao pau enormecontos eróticos sobre cunhada bucetudamoreno hetero contoConto erótico de coroa com bigodinho na bucetaContos gay pau pequenokomik porn old mancontos negao da rola jumento arromba velhaexperiência lesbica contos lesbicoscontoeroticoburrofoto de cacete18bucetas labios gigantes carnuda exageradaPorn totosa do papaicontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciacudida por meu filho contos eroticosdeve aluguel de o cu pornoVideos travestis sado dominatrix boafodacontos eroticos incestuoso minha filha minha amantevelho com novinhos conto eroticosfui corno na praia de ponta negraconto erotico caminhoneirocontos erótico com fotos sou casada mas adoro dar pra molequesconto erotico patroa taradasConto erotico sogra bundudaEstória em quadrinhos euroticos de vovó tranzando com netamarido pega sua gordinha tranzando com pintudoGay picas grandes quadrinhofigurinhas de sexo de adulto a sério novinha rabuda levantando peso e transando na academiarelatos contos eroticos haitianoconto me lambuzou de porraformas de cariciar as virgens na camafiquei bebada traimeu marido pornoconto erotico briga gayconto erótico de lésbica com cenoura na bucetanegao me estrupou conto erotticohistoria em quadrinho que movimento para uma boa masturbaçaofui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta com o sograo contosconto erótico de padrasto de rola grande que fudeu sem dó nem piedade enteada de dez anoscontos eroticos fodendo minha sobrinha de menor