CAMINHAO ESCOLTADO

Click to this video!


SAI DE BELO HORIZONTE COM DESTINO A IPATINGA E UMA PEQUENA ENTREGA EM BELO ORIENTE. PAREI NO POSTO RAVENA PRA UM BANHO E JANTAR. TIVEMOS PROBLEMAS COM O CARREGAMENTO E ACABEI QUE SAI TARDE DE BH, MAS SEGUIRIA DEPOIS ATE IPATINGA E DESCARREGARIA PELA MANHA.
O POSTO TINHA O PATEO CHEIO, RESTAURANTE COM ALGUMAS PESSOAS E ASSIM QUE ME DIRIGI AO BANHEIRO FUI ABORDADO POR DOIS POLICIAIS QUE PEDIAM CARONA ATE IPATINGA.
--MEU NOME E GERSON, MORO EM IPATINGA E NUNCA VI UM DIA TAO RUIM PRA CARONA. ESTE E DOUGLAS, MEU COMPANHEIRO DE FARDA.
PEDRO--SOU O PEDRO, CAMINHONEIRO E TENHO ESPAÇO SIM, ESTOU INDO MESMO PRA IPATINGA, MAS PRECISO DE UM BANHO, SAI TARDE DA TRANSPORTADORA E PRECISO COMER ALGUMA COISA. E TEM MAIS, SOU CHATO, OUÇO MUSICA E SOU FUMANTE.
DOUGLAS--TAMBEM SOU FUMANTE E NUNCA CONHECI NINGUEM MAIS CHATO QUE ESSE MEU COMPANHEIRO. PODE FICAR A VONTADE, SE NAO FOR PROBLEMA PRO SENHOR ACEITAREMOS A CARONA.
PEDRO--SE DISSEREM A PALAVRA SENHOR RETIRO O QUE DISSE.
GERSON--VOCE TEM RAZAO, O DOUGLAS NAO REPETIRA.
TOMEI O MEU BANHOAO LADO DE UM OUTRO CAMINHONEIRO, MAS ANTES FIZ QUESTAO DE ENROLAR DIANTE DO BOX QUE ELE ESTAVA E PRESTAR BASTANTE ATENÇÃO NAQUELE CORPO, ME DESPI ALI NA SUA FRENTE E SO DEPOIS ENTREI TOMAR MEU BANHO, DO MEU BOX PUDE VE-LO SE SECANDO E DANDO ATENÇÃO AQUELE CACETE MARAVILHOSO, PELUDO E SEMI ERETO.
PEDRO--CUIDADO COM ESSE TESAO AI QUE NAO TEM MULHER NESSE POSTO.
--EU SEI, NEM ME IMPORTO. SOU CAMINHONEIRO E NAO SOU EXIGENTE, UMA BOA BOCA JA RESOLVE MEU PROBLEMA.
PASSEI A MAO NA BOCA E DISSE QUE PRECISAVA FAZER A BARBA.
ELE SE APROXIMOU COM O CACETE EM RISTE E DISSE QUE NAO ERA EXIGENTE.
19CM DE ROLA DURA, GROSSA E PULSANTE A MINHA FRENTE. NAO PODERIA E NEM QUERIA RESISTIR, MAMEI DELICIOSAMENTE ATE LEVAR UMA LEITADA NA BOCA. ELE ME PUXOU PELO CABELO.
--GULOSO, DIVIDE UM POUCO COMIGO.
E ME DEU UM BEIJO PROVANDO DA PROPRIA PORRA. SE VESTIU E NEM O VI SAIR. NOS ENCONTRAMOS NO RESTAURANTE MAS FIZEMOS QUE NAO NOS CONHECIAMOS.
DOUGLAS E GERSON TOMAVAM UM REFRIGERANTE NO BALCAO. OS CONVIDEI A JANTAR E INSISTI QUANDO DISSERAM QUE ESTAVAM LISOS E JANTAMOS OS TRES ALI.
QUANDO FUI GUARDAR AS ROUPAS E TOALHA NO CAMINHAO ACOMODEI MINHA CAIXA DE DVDS NO BANCO DE TRAS, NA CAMA E ISSO DARIA UM TEMA A NOSSA CONVERSA.
GERSON ERA UM HOMENZARRAO, 190, 90K, MORENO, BARBA NEGRA, CERRADA E CABELOS LISOS, DOUGLAS ERA BRANCO, 180,75K, FORTE, CABELOS RASPADOS E ERAM LINDOS, A FARDA DA O TOQUE FINAL.
DOUGLAS--ESTAMOS ATE CONSTRANGIDOS AGORA, ALEM DA CARONA AINDA PAGOU O JANTAR.
PEDRO--BOA VIAGEM PRA NOS!
GERSON--BOA VIAGEM
DOUGLAS--QUE SEJA MESMO UMA BOA VIAGEM. NAO VEJO A HORA DE TOMAR UM BANHO E DORMIR.
PEDRO--PODE IR DEITADO AI ATRAS, VIAJO TRANQUILO E DA PRA DORMIR.
O ASSUNTO DOS DVDS VIERAM LOGO A TONA E PASSARAM A OLHAR, ENTRE ELES ALGUNS GAYS.
PEDRO--QUANDO A GENTE MEXE ONDE NAO DEVE PODE VER O QUE NAO QUER.
DOUGLAS--DESCULPA AI PEDRO, PENSEI QUE FOSSEM FILMES.
PEDRO--E SAO, PODEM VER, MAS O TEMA PODE ASSUSTAR.
DOUGLAS--EU JA TINHA VISTO UM DE HOMENS AQUI, MAS ISSO NAO ASSUSTA EM NADA NOS DIAS DE HOJE. COMO CAMINHONEIRO VOCE ENCONTRA DE TUDO POR AI, NAO E DIFERENTE COM A GENTE, RECEBEMOS CANTADAS DIRETO, MAS SOMOS LIVRES PRA DIZER SIM OU NAO.
GERSON--E VOCE TEM DITO MAIS SIM OU MAIS NAO DOUGLAS. PORQUE JA DISSE SIM QUE EU ESTAVA PERTO E VI.
PEDRO--FIQUEI CURIOSO. SO DIGO NAO QUANDO NAO VALE A PENA.
DOUGLAS--SE EU NAO TIVER QUE DAR MEU RABO EU DIGO SIM SE ME APROUVER.
PEDRO--DESCULPA AI MAS JA DEI UMA CORRIDA DE OLHOS NESSAS BUNDAS FARDADAS E NAO RECUSARIA NENHUMA DAS DUAS.
DOUGLAS--JA COMI SIM, MAS DAR NUNCA TIVE VONTADE.
PEDRO--MAS POSSO GARANTIR QUE JA LEVANTOU MUITO CACETE COM ESSA BUNDA AI.
DOUGLAS--PROBLEMA DE CADA UM, MAS ESSA BUNDA NAO REALIZA DESEJOS DE NINGUEM, SO QUANDO ELA IMPULSIONA O CACETE GARGANTA, BUNDA E BUCETA ADENTRO.
GERSON--EU MESMO JA BATI ALGUMAS PENSANDO NELA.
DOUGLAS--EU DEIXO VOCE PEGAR NELA PRA PUXAR MEU CACETE DE ENCONTRO COM A TUA GARGANTA.
PEDRO--E VERDADE QUE BUNDA GRANDE E PAU PEQUENO, GERSON, PORQUE A TUA E ENORME E LINDA.
GERSON--VINTE CENTIMETROS GROSSO PEDRO. INFALIVEL.
DOUGLAS TO FELIZ COM MEUS DEZOITO CENTIMETROS. A BUNDA DA MAIS PRESSAO NA ENTERRADA. A OBRA FOI FEITA COM PERFEIÇÃO.
PEDRO--BORA PARAR COM ESSE ASSUNTO QUE EU PERCO O CONTROLE AQUI.
GERSON--JA FALAMOS DE NOS. E VOCE PEDRO,CAMINHONEIRO, ESTRADEIRO. É UM CU POR NOITE?
PEDRO--HOJE AINDA NAO GANHEI NADA, MAS SE A CONVERSA PERSISTIR EU TEREI QUE BATALHAR.
DOUGLAS--NAO TENDO MINHA BUNDA COMO ALVO, TO NEM AI. DESDE QUE MANTENHA O CONTROLE DO GIGANTE.
PEDRO--EU PARO O CAMINHAO, NAO CORRERIA O RISCO DE PERDER O CONTROLE.
GERSON--MAS DIZ AI O QUE VOCE CURTE PEDRO. JA VIU QUE BUNDA AQUI NAO ROLA.
PEDRO--EU DEIXO A VIDA ME LEVAR, TUDO E VALIDO. NA ESTRADA A GENTE NAO PODE ESCOLHER MUITO NAO, MAS E CLARO QUE BUSCO QUALIDADE.
DOUGLAS--EU SOU SOLTEIRO E DEPOIS DE UM BANHO VAI SER CAMA E A RESERVA DE LEITE TA GUARDADA TEM TRES DIAS.
PEDRO--PARO O CAMINHAO E REALIZO TODAS AS FANTASIAS DOS DOIS, MAS EU TENHO QUE METER A LINGUA NO RABO DOS DOIS, TENHO TESAO EM RABO DE MACHO, QUE NAO DA NEM A PAU.
DOUGLAS--MINHA BUNDA NAO.
GERSON--AI VOCE PEGA PESADO. BUNDA DE MACHO E SAGRADA.
PEDRO--TA CERTO. É SO NAO TIRAR O PE DO ACELERADOR E ENTREGAR VOCES EM SEGURANÇA.
GERSON--VOCE DISSE TODA FANTASIA?
PEDRO--SO NAO CURTO ESCATOFILIA.
GERSON--JAMAIS, TENHO NOJO. SEMPRE QUIS MIJAR E VER UM MACHO BEBER MINHA URINA, VER UM CARA ENGOLIR MINHA CACETA E SEI QUE SO MACHO FAZ ISSO, ATE TEM MULHER QUE ENGOLE, MAS E DIFICIL.
DOUGLAS--JA ATE VI UM PE NO FREIO.
PEDRO--SO DEPENDE DE VOCES
GERSON--SO LINGUA, SEM DEDO OU COISA PIOR.
PEDRO--SIGO AS REGRAS.
PARAMOS NO POSTO MAIS PROXIMO E FICAMO ALI MESMO, ESCURO E TRANQUILO COMO DEVERIA SER. JA FUIME AJOELHANDO PRA RECEBER A MIJADA E JA NAO TINHA NENHUMA ROUPA, DESCI APENAS COM A TOALHA. BEBI CADA GOTA DA URINA DOS DOIS E ENQUANTO CHUPAVA GERSON, DOUGLAS ME FODIA COM FORÇA.
DOUGLAS--TA VENDO PRA QUE SERVE A BUNDA? PRA SOCAR MAIS FORTE, BUNDA DE MACHO NINGUEM MEXE.
NAO DEMOROU MUITO E GERSON ME SEGUROU A CABEÇA FORÇANDO SEU CACETE NA MINHA GARGANTA E DESPEJOU TODA SUA GALA, AO MESMO TEMPO, DOUGLAS ME ENCHIA O RABO E REVEZARAM NO MESMO INSTANTE, ONDE RECEBI MAIS DUAS GALADAS, UMA NO RABO E OUTRA NA BOCA. ESTAVA FELIZ DEMAIS, AQUELES DOIS HOMENS FARDADOS DE CALÇAS ARRIADAS ME DANDO O MAIOR PRAZER.
GERSON--BOM DEMAIS, ADORO ESSAS LOUCURAS, ESSE MEDO DE SER FLAGRADO.
DOUGLAS--TEM TUDO A VER COM A ADRENALINA DA NOSSA PROFISSAO.
PEDRO--AGORA QUERO GOZAR CHUPANDO O CU DE VOCES, PROMETO NEM COLOCAR A MAO.
DOUGLAS--EU NAO CONCORDEI COM ISSO.
GERSON--EU SIM E DEI MINHA PALAVRA. SEM DEDOS.
GERSON ARRIOU AS CALÇAS E COMECEI A DAR UM TRATO EM SUA BUNDA E ELE ESTAVA TAO EMPOLGADO QUE GEMIA SUSSURRAVA E ABRIA A BUNDA PRA EU IR MAIS FUNDO.
GERSON--QUE TREM LOUCO DA PORRA. NUNCA DARIA MINHA BUNDA MAS ESSE LANCE E BOM DEMAIS.
DOUGLAS--AMACIOU PRA MIM PEDRO- LOGO VOU TER QUE COMER ESSA BUNDA. GERSON SE VIROU E GOZOU NA MINHA CARA SEM COLOCAR A MAO.
GERSON--VIU ISSO DOUGLAS, GOZEI SEM COLOCAR A MAO, O TREM E BOM DEMAIS.
DOUGLAS--EU FAÇO UM CARINHO NELA QUANDO VOCE QUISER.
GERSON--EXPERIMENTA CARA, NUNCA FALAREMOS SOBRE ISSO, MAS VOCE TEM QUE EXPERIMENTAR, TO TE FALANDO COMO AMIGO.
DOUGLAS RODOU, RODOU E ABRIU AS CALÇAS E ARRIOU ATE O JOELHO, CUIDEI COM CARINHO ESPECIAL E ELE REPETIA AS PALAVRAS DE GERSON QUE DESPUDORADAMENTE SE CURVOU CHUPANDO O AMIGO.
DOUGLAS--TE FALEI QUE VOU TER QUE COMER ESSE PORRA, JA VIROU VIADINHO.
GERSON--ME COME DOUGLAS, TEM QUE SER AQUI E AGORA, AMANHA JA ERA.
DOUGLAS--SEMPRE QUIS ESSA BUNDA, MAS QUERO A LINGUA DO PEDRO QUANDO FOR GOZAR E ENCHER TEU CU DA MINHA PORRA.
GERSO GEMIA DE DOR E PRAZER E DOUGLAS URROU LEITANDO O CU DO AMIGO. LIMPEI O CACETE DE DOUGLAS E CAI DE BOCA NO CU MELADO DE GERSON QUE GOZOU DE NOVO.
GERSON--SOBE NESSE CAMINHAO ANTES QUE EU TE BEIJE NA BOCA E TE CHAME DE MEU AMOR.
NO CAMINHAO HOUVE UM SILENCIO QUE SO FOI QUEBRADO QUANDO CHEGAMOS EM IPATINGA. DOUGLAS NOS CONVIDOU PRA IRMOS A SUA CASA, MAS PRECISAVA MARCAR FILA NA TRANSPORTADORA E SEGUIR MINHA VIAGEM. GERSON TOPOU O CONVITE E DIRIA EM CASA QUE NAO CONSEGUIU CARONA E QUE FICARIA EM BH. QUERIA ENCONTRAR OS DOIS DE NOVO E SABER O QUE ROLOU. INFELIZMENTE NAO TROCAMOS WHATS. PARECE FANTASIOSO, MAS VIVO NESSE MUNDO DE ERROS E ACERTOS, ONDE O SEXO E LIVRE PRA QUEM E LIVRE.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


17629 - o recheio da pizza - Categoria: Gays - Votos: 5
18102 - DANDO CARONA PRA SORTE - Categoria: Gays - Votos: 13
19261 - DISPONIVEIS.COM - Categoria: Gays - Votos: 5
21082 - CAMINHAO NA ESTRADA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
21302 - CAMINHAO EM GOIAS - Categoria: Gays - Votos: 21
21726 - CAMINHAO NO PARÁ - Categoria: Gays - Votos: 10
22257 - caminhao na rodovia 381 - Categoria: Gays - Votos: 9
22933 - INICIADO NO CAMINHAO - Categoria: Gays - Votos: 20
24271 - FIM DE FESTA - Categoria: Gays - Votos: 12
25129 - O RETORNO DO POLICIAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
25312 - O RETORNO DO POLICIAL II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
83519 - ERAMOS CINCO COM MANUELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
83678 - CHURRASCO COM AMIGOS E MANUELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
83734 - ESCOLTADO NA VIAGEM A SAMPA - Categoria: Gays - Votos: 14
83779 - ESCOLTADO NA VIAGEM A SAMPA II - Categoria: Gays - Votos: 12
83932 - VOLTANDO DE SAMPA, SEM A ESCOLTA POLICIAL - Categoria: Gays - Votos: 6
84438 - DANDO O TROCO - Categoria: Gays - Votos: 1
86969 - O SENHOR DOS SENHORES - Categoria: Gays - Votos: 4
87179 - MUDANDO DE VIDA - Categoria: Gays - Votos: 3
87433 - CAMINHONEIRO EM BH - Categoria: Gays - Votos: 11
87562 - O CAÇADOR VIRANDO A CAÇA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
89678 - CAMINHAO NO PARANA PARTE I - Categoria: Gays - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil pedropietro
pietro

Nome do conto:
CAMINHAO ESCOLTADO

Codigo do conto:
89518

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
23/09/2016

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto zeladorcoroa gaydeixaram minha esposinha toda baguncada contos cornosnoras nos contos eroticoscontoerotico.com/quadrinhos.cfmcontos eroticos dominaçãofui chantageada contos eroticosTirei os dois cabaços da buceta e do cu da minha sobrinha fiz ela ser mulher ela era minha amante conto eroticoA buceta da esposa para um jovem negro 3 -pai pegou a filha Barbuda transando e meteu a rola nela tambémfui me confessar e padre roludo me fodeu gostoso contobebeu e pau comeuporno quadrinho massagistacontos eróticos publicados Fiz grupal para me vingarirmao.coloca a irma de juelho para foder a sua buceta virge e ela chora e grita de dorcontos eroticos de estupro anal de virgensconto etrotico de bunduda fazendo dp com macacosa mulher e os mendingos quadrinhoscontos eroticos a primeira vez com ginecologista lesbicame perdi no mato eles me encontraram e me fuderam pornovantade de xixi sadamosquismo conto euroticocorno de caminhoneiro contoscontos eroticos zoofilia cao super bravoscontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu a forca quando eu tinha oito anossexoconto erotico de irma e irmao transando escondido do maridocontocontoeroticosconto erotico minha esposa me traiu e eu me vinguei delaconto erotico filho encoxa amaeComtoseroticos afreiraconto erotico cumi minha subrinha no onibos lotadomenini dragao porno hq gayfui trocar o gaz pra vizinha ela tava de saia sem calcinhacomi acadela de ruscontos de estrupo com entregador de águaConto erotico ninfetinhamelhor dormindo eroticocontos erotico sendo comida por travesticonto erotico dando banho nas filhinhasconto pai pintudo engravido a filliaconto erótico de gay fodenfo com catadores de recicláveis machohq porno freira dando o rabo para o meninoconto gay com entregador de pizza baianoluizao no xvidio porno gayconto erotico amando meu amanteContoeroticocasada anovinhacontos encoxadasbuceta gibi as mais excitantesfiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornoporno negao banbiou a perna de lapaguei caguei boca da puta sexo scat contoquadrinho erotico dando um trato na vizinhacontos de sehoras coxudas que deram o cucontos eroticos de caras bêbados com garota de programaquadrinho porno pai e filhocontos eroticos trepando com o sograo 2contos menage masculinocontos eroticos genro sortudo sogra pede rolacontos eroticos entre irmao e irma especias com fotos do incestomaloqueiro doido por gay passivo contoContos gay com espadachimconto pornô de marido e chamando o sogro para poder ir junto com elefilha puta conto eróticoscat a força contoconto erotico tia pousada jacuzzi pornocontos eróticos variadoscontos eroticos demenor e tioPatroa loira negao conto eroticooldmengirlspornoexperiência lesbica contos lesbicoscontos eroticos namorada em milaoconto erotic genicologistacontos de corno de acailandia maranhaoconto erótico exibicionismoestoria porno o sonho do meu marido e cornoquadringo porno anal