ex-presidiarios que nos fodem - dei o cu

Click to this video!


Tudo foi muito rápido. Me converti e dois anos depois casei com um dos obreiros da igreja. Três anos depois meu casamento parecia estar esfriando, conversei com outras irmãs que disseram que tudo voltaria ao normal. Meu marido e eu fazíamos atividades no presídio da cidade todos os domingos e as vezes ele fazia um serviço paralelo indo ao presídio as quartas-feiras também. Ele não me possuía mais como mulher. Um dia sai do trabalho mais cedo estava morrendo de dor de cabeça, abri a porta, escutei algo que me deixou petrificada. Gemidos vindo do quarto. Alguém dizia que não via a hora de...como posso dizer... penetrar aquele anus. Quando recuperei as forças fui lentamente ao quarto, seria meu marido com outra mulher, ali estaria a explicação para tanta frieza.
Olhei pela fresta da porta, outro susto. Vi algo que me deixou chocada. Vi meu marido de quatro na cama e por trás dele lhe penetrando... sr. Alberto, um dos obreiros de nossa igreja. Um senhor de 52 anos, com bigode, barrigudo... Meu marido sorria, lambia os lábios, gemia e muito, aquele senhor sobre meu marido me enojou, saí de lá chorando. Fui até a igreja e encontrei nosso pastor, contei tudo a ele.
Ele me ouviu e no final me disse que era pra eu não me preocupar, aquilo poderia ser uma fase, que o importante é que meu marido não saísse de casa, que nada me faltaria... ele disse que falaria com meu marido, nisso me dá um forte abraço e disse que eu era uma mulher muito bonita e tive a impressão que seu membro estava rijo.
Fui pra casa. A noite meu marido chega em casa todo alegre, disse que o pastor conversou com ele e que me entendia, jantamos e fomos pro quarto. Lá meu marido fez amor comigo como nunca havia feito, fiquei exausta e feliz.
No outro dia fui agradecer ao pastor, perguntei a ele o que havia feito, ele na maior calma disse que havia feito sexo com marido e entendia o motivo de seu Alberto currar meu esposo toda a semana, afinal o rabo dele era incrível.
Quase desmaio com aquilo. Como aquilo poderia estar acontecendo. Ele disse que meu marido ficou muito excitado em saber que eu o vi transando com seu Alberto, tanto que ele deu para o pastor. Disse ainda que eu deveria sempre meu marido se realizar e até ajuda-lo, assim eu teria meu marido com todo o vigor. Eu disse que era inaceitável aquilo tudo, ele falou inaceitável era uma mulher como eu ficar seu rol pra me saciar. Fiquei assustada. O pastor disse que se me faltasse rola que ele estava ali para me satisfazer, eu tentando entender aquilo só volto a mim quando sinto o pastor segurando em meus dois seios, não consigo me mexer tamanho espanto.
Ele cola sua boca na minha, tento empurrá-lo, ele pega em minhas nádegas, me alisa, começo a gostar daquela língua áspera em minha boca. Esqueço quem sou e me entrego a loucura, o pastor me faz mulher em cima de sua mesa, ele faz sexo oral comigo, me faz por a boca em seu membro, tem coito comigo e tenho um orgasmo.
Quando terminamos ele diz que é daquilo que preciso de sexo. Saio de lá envergonhada. Quando chego em casa meu marido já sabe de tudo e diz pra eu não ter vergonha, que o importante era curtimos os momentos. Perguntei se ele não estava com raiva e ele respondeu e perguntando se eu havia gostado, eu assumi que sim, ele então falou que não havia motivo pra ele ficar com raiva. Que seria assim se eu aceitasse, ele teria os casos dele mas que sempre voltaria pra casa e que sempre me faria ter muito prazer após isso. Fomos para o quarto e tivemos outra noite de amor incrível.
Pela manha sinto o cheiro de café, quando chego na cozinha estão meu marido e o nosso pastor tomando café, fico branca de susto, meu marido contou tudo ao pastor.
Nosso pastor pergunta minha decisão, como amo muito meu marido resolvo aceitar. Ele diz que não vou me arrepender.
Meu marido vai para o trabalho e me deixa com nosso pastor, recomendando que eu o trate muito bem para a noite estarmos bem felizes, assim que meu marido sai o pastor abre as calças e diz pra irmos para o quarto lá começas a ter relações, os dois totalmente pelados, confesso que é a primeira vez que fazia amor durante o dia. Já estávamos na segunda relação quando seu telefone toca, ele atende, é sua esposa, pedindo que vá busca-la em algum lugar, ele diz que já vai. Acelera os movimentos e ejacula em mim. Passo o dia pensativa. Quando meu marido chega temos outra noite de amor incrível.
Duas noites foi assim, até que meu marido não me procurou mais pra fazer amor. Liguei para o pastor e ele me orientou a ligar para seu Alberto, que ele mesmo não ia lá pra nos aliviar pois estava treinando um outro irmão.
Desliguei o telefone, pensei um pouco, sim aquilo era para manutenção do nosso casamento.
Liguei, seu Alberto estranhou, disse para visitar meu marido que estava morrendo de saudades dele, ele riu, e perguntou grosseiramante seu eu queria que ele, como dizer... vou dizer com as palavras dele, enfiasse eu enorme pênis no rabo do meu marido, eu fiquei calada por um tempo, e disse que sim, ele riu e mandou ficar despreocupada, pois iria tirar meu marido do chão, e que era pra meu marido depilar o cu.
Disse ao meu marido e ele correu ao banheiro vi quando ele passou espuma de barbear em sua bunda e depois depilar-se. As quatro da tarde seu Alberto chega, me cumprimenta, peço que ele sente no sofá, e pergunto se ele quer algo, ele reponde que quer montar no meu marido. Me envergonho, ele diz pra eu nao me preocupar, que ele já havia trazido alegria a muitos homens e mulheres em sua vida antes de entrar na igreja, mas a única coisa que ele não havia deixado era a vontade de comer cuzinhos de homens.
(Aqui começo a relatar conforme as palavras dos envolvidos para ficar claro suas intenções)
Seu Alberto perguntou ainda seu iria assistir meu marido ser transformado em sua puta, disse que não, ele falou que seu quisesse ele também me foderia de todo o jeito. Nisso meu marido entra na sala, os dois se cumprimentam, seu Alberto se levanta e dá um beijo na boca do meu marido, eu me envergonho. Digo ao meu marido que vou sair ele me olha nos olhos e diz que sou a melhor mulher do mundo e que serei recompensada, saio da sala e antes de fechar a porta olho pra traz e vejo meu esposo de joelhos na frente de seu Alberto abrindo suas calças, rindo como uma criança que abre um presente.
A noite meu marido faz um amor incrível comigo. Entendi, a partir de agora seria assim. O nosso pastor continuou a ter relações comigo, comigo não conosco. Foi ele quem fez sexo anal comigo. Um dia estávamos tendo relações e ele me disse que queria meu cu, disse que nunca havia feito anal e ele disse que agora sim ele iria meter no meu cu, pra eu saber o motivo do meu marido dar tanto o cu, que me faria ser a maior fornecedora de cu da igreja dele.
Me penetrando ele ligou para o meu marido dizendo que iria comer meu cu e perguntou se le se importava, meu marido não só deixou como pediu que ele deixasse o telefone ligado que queria me ouvir gemer em sua rola, assim como ele fazia.
Eu gritei quando entrou a cabeça da rola do pastor no meu cu (peço desculpas pelo linguajar, mas não há mais motivos para ser aquela mulher pura, porque eu gostei daquilo). Depois ele tapou minha boca e me deu uma bela surra de rola, socou com tanta força que muitas vezes eu não aguentava ficar de quatro, quando isso acontecia ele tirava a rola de mim e me colocava de quatro novamente. Gozou em toda a minha bunda. Pegou o telefone e disse para meu marido que eu havia nascido para dar o cu e que era pra ele treiná-lo bastante.
Dei para meu marido também o cu, noutro dia ardia muito, meu marido estava excitadíssimo, chamei seu Alberto e pela primeira vez assisti realmente a vadia que meu marido era, ele fez coisas que jamais conceberia e seu Alberto também é um grande amante, esporrou na boca do meu marido que sorveu tudo, meu marido levou seu Alberto para tomar banho enquanto fui fazer um lanche, quando voltei para o quarto com os lanches, os dois estavam em cima da cama de pé com seu Alberto levantando a perna direita do meu marido e metendo nele por trás. Meu marido o chamava de cavalo insaciável e ele dizia que era insaciável por cu de putinhas, que iria estourar o cu do meu marido.
Eu estava com o cu em desgraça, mas vendo aquilo senti vontade de dar mais o meu e dei, não aguentei, dei para seu Alberto com meu marido segurando minha mão. Como foi bom. Mas só dessa vez, nosso pastor disse que não ficaria bem e dar para o amante de meu marido, que ele estaria ali pra meter dentro do meu agora iniciado cu.
A coisa mais incrível que aconteceu um dia no culto quando um homem negro de mais ou menos 1, 85m, estava em nossa igreja, era um homem magro, muito magro, a ponto dos olhos ficarem fundos. Usava um bigode bem aparado, e a cabeça totalmente raspada. Estava de terno cinza que parecia ser maior que ele. Estava me olhando e enxugava o suor do bigode com um lenço. Comecei a ficar muito excitada. No meio do culto o pastor chama alguns homens até o palco entre eles o negro que me olha a todo instante. O pastor diz que eles são ex-presidiários convertidos a partir do projeto de visitação. Descubro que seu nome é Juarez, tem 45 anos, o pastor explica que eles saíram da cadeia naquele dia e que não tem onde ficar e o único bem que possuem é aquela roupa, meu marido olha pra mim e pergunta se gostei de Juarez, ele percebeu que olhei para ele, disse que sim.
NO final do culto e meu marida vai até o pastor e diz que temos interesse de ajudar Juarez, nosso pastor ri e diz pra meu marido sabe a ajuda que ele quer dar. Nosso pastor diz que Juarez precisa de um lugar pra ficar por um tempo até se recuperar. Sou apresentada a ele, digo sou porque meu marido já o conhecia das visitas ao presidio.
Levamos ele pra casa, conversando me falou que tem 12 filhos de várias mulheres, pergunto porque tantos ele responde porque as camisinhas não aguentam a pressão e se rompem com sua violência sexual, e como as mulheres não dispensam um bom negro ele não regula rola para elas, e complementa dizendo que não é só as mulheres alguns homens também não dispensam passando a mão na cabeça do meu marido.
Perguntei se ele já havia transado com meu marido, ele disse que algumas vezes, mas que ele não aguentava tudo. EU ri. Ele disse que queria saber seu eu aguentaria, que desde a hora que me viu ficou com tesão na minha bunda grande. Disse que não sabia o tamanho de seu membro, ele disse que tinha 23x8, eu ri mais uma vez, ele disse que me mostraria quando chegássemos em casa.
Quando chegamos perguntei se ele tinha alguma mala ele segurou no seu pau e disse que a única mala que ele tinha era aquela e que bastava, perguntou se eu gostaria de carrega-la.
Ele tirou o paletó ficando só com a camisa social e a calça, percebi que se armou uma barraca enorme. Depois do jantar ele perguntou para meu marido que ele comeria primeiro ele ou a mim, pois ele sabia que ficaria ali para só nos fuder, meu marido me olhou, viu todo o tesao que tomava conta do meu corpo por aquele negro. Meu marido disse que era pra ele me dar muito prazer. Ele soltou um sorriso, mostrando dentes bem grandes, meu marido mandou le ficar de pé e lentamente desceu seu zíper meteu a mao e lá de entro retirou um caralho gigantesco semi duro, meu marido chupou somente a cabeça e em poucos segundos ganhou toda a sua proporção, um pombão que não chegava a ficar todo pra cima devido seu peso, Juarez me apresentou seu quilo e meio como chamava seu enorme pau.
Eu disse que aguentaria tudo aquilo e ele falou que eu não deveria me preocupar que ninguém aguentava de primeira, mas ele iria sim socar tudo aquilo nos buracos e que so iria parar de éter e mim quando ele me deixasse toda arrombada. Fiquei excitada com aquelas palavras. Meu marido me levou ao quarto e disse pra eu relaxar que Juarez tinha anos de experiência, Juarez entrou no quarto pelado e mandou meu marido sair e so voltar no outro dia. Meu marido obedeceu, Ficamos só nós dois, vi que ele era bem pentelhudo que aprendi a apreciar e a cheirar e com um saco que enchia tranquilamente minha boca.
Na primeira noite ele fudeu minha buceta sofri muito, parece que ele dentro do meu útero, gozou dentro de mim, fiquei muito froxa, nunca tinha tido algo tao grande dentro de mim, aquele homem se resumia a rola, andava pelado dentro de casa e me comia sempre que sentia vontade, e isso era pelo menos duas vezes por dia.
Meu cu foi um processo muito lento, gritei muito quando ele na primeira meteu a cabeça, senti que estava sendo bandada, levou quase sete meses pra ser totalmente arrombada por aquele homem, foi a primeira vez que gozou dentro do meu cu, era tao grande aquela rola, que acho que ele gozou dentro do meu estomago, pois nunca sai de dentro de mim, ele adorava gozar em minha buceta e fazer meu marido depois beber tudo.
Eu sabia que ele queria gozar na minha boca quando depois de arregaçar meu cu, fazíamos um 69 onde ele enfiava literalmente a língua dentro do meu cu, pois ficava bem arregaçado, comparava sua língua a uma lixa úmida ele dava um beijo de língua no meu reto.
Meu marido participava de tudo, até ele conseguiu aguentar o caralho gigantesco dentro do seu cu, quando ele fez isso fomos a um restaurante comemorar, dormíamos os 3 na mesma cama, varias vezes acordei com meu marido sendo violado por Juarez.
Ele ficou conosco por exatos 1 ano e 7 meses, até que foi morar com um obreiro de outra igreja. Sentimos falta daquele caralho enorme nos arrombando. Estamos ajudando outro ex-presidiario, esse é apenas hetero, o pau de 18 cm, muito veiúdo e cabeçudo, comedor de primeira, trouxe um primo dele do Ceará pra nos visitar, no mês passado, a pedido nosso, negro 1,60 de altura, negro tambem, bem trabalhador braçal, e o melhor, bi sexual com 20cm de pau, baixinho e roludo, acabou com o rabo do meu marido, disse que em sua cidade todo mundo se conhecia e queria aproveitar, três filhos e uma mulher, meu marido o convenceu a se mudar para tentar uma vida melhor, semana passada veio nos ver novmente dizendo para mulher que vinha ver uma oferta de emprego, ele não sai de dentro do cu do meu marido que pediu licença do trabalho pra dar conta dele, já gastou dois tubos de anestésico no seu cu.
Nosso pastor já conseguiu um emprego para ele numa distribuidora de bebidas de um conhecido. Ele nos disse que ainda vai levar uns 6 meses para trazer a família pois ainda quer trepar bastante. Ontem nosso pastor nos convidou pra conhecer dois rapazes que haviam sído da prisão e estavam em custodia e precisavam de alguém para orientá-los, o mais alto disse que na verdade queria era voltar pra favela pois queria sombra e putaria, olhei para meu marido e depois para ele e perguntei se gostava de trepar, ele me olhou, perguntei então se ele gostava de dar pombadas.
Ele me encarou e depois falou me chamando de dona que gostava tanto que nem cu de home ele dispensava. Entao perguntei se ele não queria o meu e o do meu marido, ele falou que com certeza iria nos fazer chorar na sua pica, meu marido perguntou do outro se ele topava, o pastor disse que daquele ele cuidaria pois o negocio dele era sentar em pombas, só queria um lugar para currá-lo com calma. Aceitamos. Nossa casa virou uma Sodoma e Gomorra, mas vivo muito feliz com meu marido. Aprendi o quão gostoso e dar o cu e principalmente gozar dando o cu. Experimentem.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario maristello

maristello Comentou em 05/07/2016

Muito bom enredo..

foto perfil usuario sergiohenrique

sergiohenrique Comentou em 04/07/2016

Demais. Seus contos são garantia de rola dura !




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78621 - O início do meu treino - meu padrasto - Categoria: Incesto - Votos: 21
78633 - O início do meu treino - meu tio - Categoria: Incesto - Votos: 10
78634 - O início do meu treino - o próximo passo - Categoria: Incesto - Votos: 10
78670 - Rola no rabo - Categoria: Gays - Votos: 17
78862 - Casado enraba melhor - Categoria: Gays - Votos: 10
78865 - eu quero pau, pau, pau - Categoria: Gays - Votos: 9
79350 - DEPOIS DO FUTEBOL, ROOOOOLAAAAAAA - Categoria: Gays - Votos: 17
80003 - DOU O CU PARA MEU EX-PADRASTO - Categoria: Incesto - Votos: 17
82207 - Vou esfolar teu cu: primeiro dia. - Categoria: Incesto - Votos: 11
82333 - Segundo dia: no motel conheci um pentelhudo 1 part - Categoria: Incesto - Votos: 5
84659 - Segundo dia: no motel conheci um pentelhudo 2 part - Categoria: Incesto - Votos: 3
84660 - Incesto rápido - Categoria: Incesto - Votos: 10
84794 - Na igreja descobri minha vocação: dar o cu, o cu.. - Categoria: Gays - Votos: 21
85037 - Adoro comer cu - Categoria: Gays - Votos: 18
85038 - Incesto com quase sobrinho - Categoria: Incesto - Votos: 9
85149 - Puta pai e putinha filho - Categoria: Gays - Votos: 27
85151 - Sou submisso do meu sogro - Categoria: Gays - Votos: 13
85386 - Comendo o cu da minha namorada e do meu enteado - Categoria: Incesto - Votos: 19
85393 - Minhas aventuras com minha puta - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
85705 - Meu irmao e eu comendo o cu do meu enteado. - Categoria: Incesto - Votos: 14
85964 - Meu pau no cu da namorada, do filho e do enteado - Categoria: Incesto - Votos: 15
86340 - Quero dar até o cu ficar dormente - Categoria: Gays - Votos: 8
86342 - Putaria familiar - Categoria: Incesto - Votos: 16
86818 - Comendo o cu do professor do meu filho - Categoria: Gays - Votos: 21
86819 - Papai noel, meu padrasto e meu cu - Categoria: Gays - Votos: 13
87284 - Meu cu pro papai - Categoria: Incesto - Votos: 8
87291 - Levando meu enteado pra dar o cu pro treinador. - Categoria: Incesto - Votos: 9
87294 - Ajudei ele a comer o cu do filho - Categoria: Incesto - Votos: 9
88599 - Levar no cu é bom demais - Categoria: Incesto - Votos: 8
88768 - Argemiro, nem o cu do filho escapou. - Categoria: Incesto - Votos: 8
88770 - O Lobo e o lenhador no cu de Bonezinho Vermelho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
90885 - Mae viciada, filho viado: pau no cu dos dois - Categoria: Incesto - Votos: 14
92191 - Por que meter em cu é muito bom - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
92456 - Aprendendo a gostar de cu. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
92462 - Viadinho dominado por um coroa roludo-cu arrombado - Categoria: Incesto - Votos: 4
92619 - Orgia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
94569 - Passei a adorar dar o meu cu - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
94573 - Meu amante comendo meu cu e o cu do meu filho - Categoria: Incesto - Votos: 6
94677 - O padrasto do meu filho me fez comer meu filho. - Categoria: Incesto - Votos: 9
94678 - Patrao e empregado, fudendo seus filhos. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
94679 - irmaos virao putinhas dos velhos pauzudos. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 4
94680 - meus filhos agora tem macho em casa - Categoria: Incesto - Votos: 4
94681 - começou com papai noel, terminou com o vo no cu - Categoria: Incesto - Votos: 7
94682 - dando o cu pro vovô, 23 cm no cu do netinho. - Categoria: Incesto - Votos: 4
94684 - orgia, muita rola no cu, ate minha mulher aderiu - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
102419 - Vovô enrabaou meu cu só com meias pretas. - Categoria: Incesto - Votos: 9
105837 - Meu macho passou a comer o cu da minha mulher também - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
105888 - Ai meu cu, doeu, mas eu aprendi a dar - Categoria: Gays - Votos: 10
108429 - Familia incestuosa, acabei com o sobrinho no meu cu - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
108445 - Fudendo meu enteado, depois a mamãe dele, só no cu, pra ficarem bem adestrados - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
108446 - Papai e filhinho, aas putinhas de todoo escritório - Categoria: Gays - Votos: 6
110483 - Tio Mauro e seu filho enrabaram meu cu, depois desocobri que eram meu pai e meu irmao, mais no cu. - Categoria: Incesto - Votos: 4
110484 - Gosto de fuder cu, incluisive o cuzinho do meu filho. - Categoria: Incesto - Votos: 8
110512 - Virei namorado de um viadinho de 20 anos, e como o cu do do pai dele. - Categoria: Gays - Votos: 12
110513 - Eu, putinha dos parentes da minha mulher, tres paus pretos no meu cu. - Categoria: Incesto - Votos: 5
113363 - Papai descobriu e foi dar pombada no meu cu - Categoria: Incesto - Votos: 0
113364 - Quando os machos do trabalho comeram meu cu depois do futebol - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
113365 - Meu sogro negao fudendo meu cu depois do beck - Categoria: Incesto - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico kkchorrao

Nome do conto:
ex-presidiarios que nos fodem - dei o cu

Codigo do conto:
85703

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
04/07/2016

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


meninas brincando de esconder e sendo encoxadasminha mae e o empregado conto eroticofotos de brusquences nuasContos eróticos /estuprada no cuconto erotico roseXVídeos pornô com história em quadrinho n**** f****** a mãe do amigohentai shemale fuckingcontos eroticos de incesto mae tica o filho mais com babydoolfilhaputacontocontos eróticos dando pra negros bem dotadoscontos eróticos amigo novinhocontos eróticos levou no cuzinho virgem sem querercontos gay uberpauzao do negao no meu rabo contoscontos sexo dildos duploszoofiliacantoporno gay quadrinho kakecontos eroticos quer duas picaContos coroas biconto erotico uberconto erotico apostei minha namoradaconto erotico vadia do ranchohomem pintudo estrupa fi-lha virgemquadrinho erotico dando um trato na vizinhaporn vidio belinha com calsinha ao lado da vajinaQuadrinhoseroticossobrinhascontos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntocontos eróticos só dos corno que gosta de se castigado pela a rapariga da esposaporno contos eroticos punheteirascontos eroticos as amiguinhas da minha esposacontos de cu de ladinhoConto erotico gay a minhoca do vizinhoCorno sissy historias em quadrinhofode minha buceta vai fode fiadaputaTesao pela minha maeporno em quadrinhos com negroescontos eróticos - gravida de um pivetecontos eróticos com imagenssexo em desenho. safadovelho comedo cadela no cioconto eróticosvovos gays viciado contos eroticoscontoseroticosvirgemmae deita se nua na cama filho contos eroticosconto erotico dei o cu a estranho no matosipisons albom de imagens pornocontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho claroconto erotico gay a caronasedutoras e marrentas parte 4 contos eroticostravesti com rola ensebada contos eroticosContos porno castigando a esposa desobedientearreganhei minha buceta e o cu para meu filho cumercontos de grelos enormes gozando encaixadinhos num sabao gostosoxramster fode caralho me arrombapenetrei minha mãe bêbadacontos eroticos marido e gravidas violenQuadrinhoseroticossobrinhascontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimas publicaes Contos gay pau pequenocontos eroticos fui me esibir pro meu marido e o amigo dele e os dois me comeram e meu marido chupou a rola do amigo sem querer mas gostouporn corno contos eroticos amarrada e espancadaconto eroticosafadoconto erotico transei com um caocontos eroticos convenci minha mulher a usar um biquine fio denta na praiaconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotoconto tata cornoporno cadrinho estrupopegei minha tia no banho buseta carnudacontos de filhos e mães pelados na praia de nudismofudi com a empregadacontoQuadrinhoseroticosirmascontos porno jumentoquadrinho porno simpsonscontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistas