Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Click to this video!


MUITO OBRIGADO A TODOS PELO CARINHO DOS VOTOS E COMENTÁRIOS, E PEÇO DESCULPAS PELA DEMORA, MAS EU ESTAVA RESOLVENDO ALGUNS PROBLEMAS... BEM, QUEM TEM ACOMPANHADO MEUS CONTOS SABE COMO MINHA ESPOSA LOIRA, GOSTOSA E CAVALONA (DONA DE UM RABO ESPETACULAR) COMEÇOU A DAR PRO MEU TIO COROA E CACETUDO QUE VEIO MORAR CONOSCO... ATÉ QUE UM AMIGO DELE TAMBÉM PRECISOU VIR MORAR UNS TEMPOS COM A GENTE, ERA UM NEGÃO IMENSO, CUJO APELIDO “TORPEDÃO”, DEVE-SE AO TAMANHO DESCOMUNAL DA SUA ROLA E AO SEU FORMATO QUE LEMBRA UM TORPEDO, NO ÚLTIMO CONTO MINHA ESPOSA PEDIU PRA VER O PAU DO NEGÃO E FICOU MARAVILHADA COM AQUELA PICA IMENSA....continuando...

Depois que Carol pegou na pica do negão o seu fogo foi a mil, fazia de tudo para provocar e o torpedo como não era nem bobo nem nada percebeu isso e passou a cantar ela e se insinuar de forma descarada... nem meu tio parecia estar mais apagando o fogo daquala vadia, achei até que os dois haviam parado de meter, mas teve um dia em que estavamos eu, o Tonhão e ela na sala, Carol estava com um top e um calçãozinho apertado, meu tio apareceu na porta do quarto, completamente pelado e punhetando sua picona dura:
- Carol, estou vendo aquele filme de gang bang que te falei... quer assistir comigo?
Minha esposa saiu salivando e rebolando sua bundona e os dois se trancaram no quarto, o negão me olhou abismado e eu fingi normalidade... nem dez minutos depois dava pra ouvir os gemidos da vagabunda e a cama rangendo, Tonhão apenas me olhou e deu um sorrisinho.
Uns cinquenta minutos se passaram e ela saiu do quarto, toda suada e descabelada, estava apenas de calcinha e top, dava pra ver que andava de pernas abertas, certamente meu tio havia arregaçado ela de todo jeito, Carol passou rebolando e foi até nosso quarto, torpedo nem conseguiu disfarçar e foi acompanhando com o olhar ela andando com aquela tanguinha indecente e mexia no seu cacetão sem parar por cima do shorts.
Depois desse dia o negão viu que ela se tratava de uma baita puta e eu era um corno manso e, a exemplo do meu tio, passou a andar só de cueca pela casa, e Carol, com suas calcinhas cada vez menores e tops e blusinhas que deixavam seus peitões balançando.
Numa noite de muito calor estávamos na sala vendo TV, eu e meu tio no sofá e o negão em um colchão no chão (era onde ele estava dormindo), estávamos todos só de cueca devido ao calor e carol estava no banho, dali a pouco ela saiu, estava com uma blusinha branca dessas que deixam o umbigo de fora, ainda um pouco úmida, o que deixava-a transparente e com uma visão nítida dos bicos rosados dos seus seios, e em baixo uma calcinha listrada dessas de malha, bem pequenininha. Ela veio e sentou-se ao meu lado, meu tio e o negão tinham que ajeitar os seus enormes cacetes a toda hora, cujas cabeças teimavam em sair pra fora a todo instante, Carol percebeu isso e se divertia com o fato...em dado momento ela pediu:
- torpedão – ela só chamava o negão assim – posso deitar ai com você? É que estou morrendo de dor nas costas nesse sofá!
- claro que pode Carol! - disse o negão abrindo um sorrisão, então ela deitou ao lado dele, os dois de barriga pra cima, mas como o colchão era desses de solteiro e o negão era enorme e minha loira sendo uma cavalona os dois quase caíam dele, então ela sugeriu que mudassem de posição, deitando de lado com ele encoxando ela por trás, dava pra ver o cacetão dele duro e a cabeçorra saindo por cima da cueca bem no meio da bundona de Carol, que às vezes dava uma reboladinha de leve.
- Nossa torpedão... esse pintão tá duro né seu safado rs, se eu não estivesse de calcinha ia me arrombar inteira rsrs – ele riu e comentou:
- Desculpa Carol, é que estou sem mulher a um tempão e a senhora é linda e cheirosa demais!
- imagina seu bobo rs
Depois de um tempo resolveram mudar de posição, ela ficou por trás do negão e passou a mão pela sua barriga, com se estivesse de conhinha, sua mão foi descendo e encostou na cabeça da pirocona dele que saía pra fora da cueca, Carol ficou alisando com o dedinho, da ponta já saia um líquido lubrificante que ela recolheu disfarçadamente com o dedo e levou aos lábios para sentir o gostinho daquele mastro.
Quando fomos dormir ela praticamente me estuprou na cama, sua boceta estava encharcada e ela quase não me deu sossego a noite toda, ai tomamos um banho e fomos deitar, de madrugada me levantei pegar água e vi o negão tocando uma punheta e cheirando a calcinha que ela havia deixado no banheiro, ele alisava aquela cobra monstruosa e dizia o nome da minha esposa, voltei pro quarto sem fazer ruído e dormi.
Na sequência dos dias as provocações entre os dois continuaram, ela desfilando pela casa com suas microtanguinhas e ele e meu tio de cueca, e agora até o negão começou as brincadeiras de encoxar e dar tapas na bunda dela, que adorava ter aqueles dois machos pirocudos morrendo de tesão por ela o tempo todo.
Quando chegou o sábado ficamos todos de ir ajudar o torpedo com os reparos de sua borracharia, eu esperava uma dessas borracharias feias de beira de estrada, mas o lugar era bem bacana, a borracharia ficava embaixo e no andar de cima era onde ficava a casa dele; as paredes estavam chamuscadas mas a estrutura estava intacta, com alguns reparos e uma boa pintura tudo ficaria novo em folha.
Trabalhamos ali o dia todo, Carol estava com um vestido levezinho e bem curto, e por baixo uma calcinha branca de rendinha, bem pequenininha e enfiada no rabão que ela tem, eu, meu tio e o torpedo estávamos de bermuda e sem calção... a toda hora minha esposa ficava provocando os dois, dando beliscões e se aganhando sem se preocupar em esconder nada por baixo do vestido... e eles não deixavam por menos, a toda hora meu tio dava tapas em suas nádegas e a chamava de cavalona, teve uma hora em que o negão pegou a mangueira do compressor de ar e ligou embaixo da sua saia, fazendo seu vestido levantar e ela dar um gritinho safado, ela estava adorando a atenção dos dois machos.
De tarde antes de ir ela queria tomar banho, pois estava muito calor e havíamos trabalhado bastante, o negão torpedo disse que teria de ser um banho rápido, pois a caixa d'água estava quase no fim, ela falou que não tinha problema e tirou seu vestido ali mesmo na nossa frente, deixando o negão maravilhado com a visão dos seus peitões já com os bicos durinhos de tesão, ela colocou o vestido numa cadeira e saiu rebolando dentro daquela tanguinha indecente, os dois acompanhavam tudo com os olhos e mexiam nos cacetes.
- não gasta toa a água – pediu meu tio – pois eu também preciso tomar banho.
- Eu também – retrucou o negão.
- Ah, mas assim não vai dar pra se lavar direito – protestou Carol – Porque então vocês não entram junto?
É lógico que os dois concordaram no ato e já se livraram dos calções, e nemhum deles usava cuecas. Os paus deles eram monstruosos e já estavam em plena ereção, o do meu tio (que minha mulher já conhecia muito bem) era grosso e bem comprido... já o do negão fazia jus a seu apelido.. seu pau era tão grande e cabeçudo quanto o do meu tio, com o diferencial de ser absurdamente grosso do meio até a base... um verdadeiro “torpedão”.
Como o banheiro estava sem porta eu podia assistir a tudo, já com meu pau estourando de tesão, era lindo ver a minha cavalona apertada naquele box no meio daqueles dois homens enormes e com cacetes também enormes.
- Tira a calcinha Carol, ou vai molhar – pediu meu tio.
- Mais do que já está acho que não fica – disse ela com um sorrisinho e com a maior cara de puta, depois deixou a calcinha escorregar por entre suas coxas e a chutou pra longe ficando ali peladinha no meio dos dois, com aquela linda bucetiha toda depilada.
- Que beleza hein – exclamou o negão com um sorriso de orelha a orelha, admirando o corpo maravilhoso da minha esposa.
Ligaram o chuveiro e foi uma sessão de esfregação enorme, os dois passavam a mão por todo o corpo dela, dando uma atenção especial aos seios e as pernas dela, meu tio inclusive abriu suas nádegas e esfregou seu cuzinho, o que a fez gemer como uma cadela, e pra todo lado que ela virava havia uma pica imensa a encochando.
- Não esqueçe de lavar o torpedão tá rs – disse ela pegando o pauzão do Tonhão e dando-lhe uma senhora lavada, que mais parecia uma punheta, o negão delirava com as mãos da minha putinha... depois ela se virou e fez o mesmo com o pau do meu tio, enquanto o negão sarrava sua picona na bunda dela.
Aquela putaria toda durou até acabar a água da caixa, na hora de sair Carol pegou os calções dos dois e saiu correndo e rindo.
- Agora quero ver vocês irem assim pelados rs – os dois só se olharam e deram um sorrisinho cúmplice, depois passaram a correr atrás dela pela borracharia, e quando ela chegou perto de uma mesa eles foram cada um por um lado e a cercaram... Tonhão a pegou pelos braços e puxou, fazendo-a ficar com o peito em cima da mesa e a bundona toda arrebitada, ela só gargalhava.
- Agora pegamos você sua danada – disse meu tio dando um tapa em sua bunda – Voc~e merece uma surra sua malandrinha rs
- Vão me surrar com o quê? - disse ela – tá todo mundo pelado rs, com o que vai me bater hein? Rs
Meu tio olhou pro negão e disse:
- Vamos mostrar com o que né tonhão? - vamos dar uma lição em você minha sobrinha sapeca sr – dizendo isso meu tio pegou seu cacetão duro e começou a dar lapadas em sua bunda, o negão fez o mesmo, só que no rosto de Carol, aquelas anacondas imensas davam estalos que pareciam tapas na bunda e na cara da minha putinha, que ria sem parar... até que meu tio abriu suas nádegas e começou a bater bem no buraquinho do cu dela, que de risadas passou a dar gemidos, depois colocou a língua pra fora e o negão batia com o pinto direto na língua dela... Tonhão não se aguentou e começou a gozar, foram uns quatro jatos enormes de porra na cara da minha esposa e em sua boca, que ela fez questão de engolir.. meu tio ao ver a cena também encheu de leite as suas costas e a entrada do seu cuzinho... olhei pra baixo e minha calça estava úmida, eu havia gozado sem nem tocar no meu pau.
- Vocês são muito tarados rs – limitou-se a dizer Carol com a cara mais deslavada do mundo, depois pegou sua calcinha mesmo pra se limpar, ainda fez questão de limpar a porra do pau dos dois, achei que ela jogaria a calcinha fora, mas a vestiu mesmo assim toda esporrada
Nos olhamos todos meio constrangidos, até que eu quebrei o silêncio:
- bem, acho melhor irmos pra casa, está tarde ne? - todos concordaram e voltamos pra casa.
A noite, depois do banho e do jantar Carol apareceu com um baralho querendo jogar cartas.
- Ai depende - brincou o negão – se o prêmio for bom eu jogo
- uhmm – fez ela – e o que vocês vão querer hein?

CONTINUA...

Foto 1 do Conto erotico: Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Foto 2 do Conto erotico: Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Foto 3 do Conto erotico: Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Foto 4 do Conto erotico: Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Foto 5 do Conto erotico: Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario goncalencesex

goncalencesex Comentou em 26/08/2016

Que mulher que corninho legal vc e! rsrsrs

foto perfil usuario pantaneironegro

pantaneironegro Comentou em 31/03/2016

Todos os relatos são maravilhosos, parabéns ao casal e os envolvidos. Quem sabe dou uma passada por aí.

foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 17/03/2016

nossa se o premio for esse da foto quero jogar tb, votado

foto perfil usuario jjtorres

jjtorres Comentou em 15/03/2016

acabou???já faz 1 mês que escreveu e não teve continuação

foto perfil usuario fegh

fegh Comentou em 10/03/2016

cara cade o 8 ? morrendo de tesão esperando por ele, espero que poste o 8 e 9 juntos ja, pela demora !

foto perfil usuario gigio579

gigio579 Comentou em 07/03/2016

Estamos ansiosos pra saber sobre essa sua cavalona. Rsss

foto perfil usuario morata17

morata17 Comentou em 06/03/2016

tá de parabéns,aguardando a continuação

foto perfil usuario wolfhunter

wolfhunter Comentou em 02/03/2016

sempre venho cheio de vontade pra ver se saiu a outra parte

foto perfil usuario jjtorres

jjtorres Comentou em 01/03/2016

Ansioso pelo 8 e ai já escreveu manda ai no site

foto perfil usuario jjtorres

jjtorres Comentou em 25/02/2016

eu entro no site todo dia para ver se tem continuação estou muito ansioso o melhor conto do site é o seu que venha logo o 8

foto perfil usuario ingredcajaty

ingredcajaty Comentou em 23/02/2016

Cadê o 8? kkkkkk bjocas

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 22/02/2016

novamente perfeito, virei fã dos seus contos gozo toda vez que leio e releio eles, prefeito, votado...

foto perfil usuario srcharada

srcharada Comentou em 21/02/2016

Muito bom,mesmo com varias partes consegue manter o nível e deixar o leitor naquela curiosidade e exitação a cada fim do capitulo,Abrçs,votado e no aguardo.

foto perfil usuario mich

mich Comentou em 21/02/2016

Demorou mesmo pra sair a continuação, pensei q ia ate lançar dois volumes seguidos, mas é isso ae, ficou legal so me parece que você esta reduzindo os detalhes no momento da transa e aumentando nos momentos de banalidade. so acho ;)

foto perfil usuario gigio579

gigio579 Comentou em 20/02/2016

Wagner nao demore. Que venha a continuacao

foto perfil usuario gigio579

gigio579 Comentou em 20/02/2016

Cara tua estoria ta deliciosa. Nao demore a proxima etapa

foto perfil usuario c1

c1 Comentou em 19/02/2016

MARAVILHOSA SEQUENCIA, ESTOU COM ÁGUA NA BOCA, E TESÃO A MIL, PARABÉNS, MUITO BEM ESCRITO, AGUARDO ANSIOSO OS PRÓXIMOS CONTOS. NOTA UM MILHÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

foto perfil usuario rafoliveira

rafoliveira Comentou em 19/02/2016

sensacional sua sequencia de contos.... sem duvida alguns dos melhores do site...na torcida para que vc relate o proximo... sua esposa é mto danada...

foto perfil usuario militargaucho

militargaucho Comentou em 19/02/2016

Nooosssaaa .... nao demora pra escreve!!! Muito bom teus contos!!!

foto perfil usuario manovicente

manovicente Comentou em 19/02/2016

cada historia melhor que a outra . votado, mas por favor mande a proxima parte logo .a loira vai gemer muito nos cacetes dos negos .

foto perfil usuario manovicente

manovicente Comentou em 19/02/2016

cada historia melhor que a outra . votado, mas por favor mande a proxima parte logo .a loira vai gemer muito nos cacetes dos negos .




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


75359 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 66
75467 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 55
75769 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 62
76332 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
77124 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 45
78009 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 48
80450 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 8 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 36
81533 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 9 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 40
83869 - Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 10 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 26
87688 - Minha esposa cavalona e a família torpedão 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
87937 - Minha esposa cavalona e a família torpedão 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 28

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico wagcornodacarol

Nome do conto:
Minha esposa cavalona e meu tio cacetudo 7

Codigo do conto:
79184

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
18/02/2016

Quant.de Votos:
55

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


quadrinhos porno gay dbzContos erótico meu pau e enorme mas a sogra quisswing na cadeira cai na netLesbian Sobrinha Sexcontos de mulheres q ja deram a buceta p aitianoConto erotico perfil usuario dudinha sou mulherperdi as preguinhas do cu quando era pequenawww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoArregaçando cu.com/sadomazoquismo/fisting.conto engravidando minha filha parte2sobrinho comendo sua tia de sangue conto eroticoNamorado vendo namorada emrrabada por dois ao mesmo tempoconto esposa gozada farta no úteroContos eroticos comi a nalvaconto erotico buceta azeda da irmacontos erotico das gostosonas e perigosas.contos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gaypai tio e amigos contoschupando no onibus conto eroticovidio porno negro a desvirginar nifetinhasgordas e novinhos conto erotocoquadrinho eroticos espiando a tiaSABELYA INDEPENDENTE pornconto minha tia minha safadacontos pornor lebian incestuoso com enteadascontos eroticos dando em baixo do chuveirocontos eroticos minha esposa deu a forçaquadrinhos eroticos eu no quarto com meu irmaoconto porno com o tiocontos porno gay daniel e cirilo do carrosselpai e filho gays sexo desenhosconto com foto bundudacontoeroticodfcomedor de cdzinhasconto erotico comi o filho do meu amigocontos erótico acordei taradocontos eroticos meu pai adotivo comeu a minha boceta quando eu ers pequenaBucetao da egua no ciocontos de encoxada de kellContos eróticos bem safadao com o amigo tímido e virgemfamília favela fodendo na favela com o negrohistória de porno na cantocarinhos e posicões que travestis adoramconto erotico patroa taradasmeu genro pauzudo me rasgou toda flagras reais meu nome e nayanne.contos eroticodom_cuervo@hotmail.comcomercuegostosoContos de cornos de siliconadaslanbendo buceta porno doidomuito inchada e molhada de gosoguadinho entiada erótico cotocontos eroticos dividindo corno do Tapajós Contos vereadora deu o cu pra mim.conto erotico novinha na escada do prediocadela uivando na vara video zoofilia pornoContos eroticos cretinhas novinhassaite porno desfilando nua ou votacao nuaxivideos pequenininha mais aguenta pau grandeContos eroticos quadrinhos sadicosvadias d mozzoofelia com cazaisesposa+corno+e+putaconto erotico meu marido mim levou a um rionovinha da a buceta no restaurante na área de repousocoroa brasileira da o cuzinho apedadiho gemendocontos porno com animaiscontos eroticos fui chantageadaporno Mãe cunhadomeu padatro e gostozapcontos gordinho rabudo brincando escinde escondaconto erotico comi no meio do cafezal uma cdzinha com da fodaspapai lembeu minha xota depous meteu sua rola grassa em mimi gozeimaurosafadocontos eroticoscontos eroticos abri a xaninha delahentay gibis gay