Escravo da irmã4: Tarde na piscina

Click to this video!



Depois que minha irmã Cintia uma gostosa com bunda grande, pernas torneadas, barriga sequinha, seios médio, olhos castanhos, boca carnuda, cabelos castanho claro no meio das costas me fez gastar quase todas as minhas economias comprando roupas para ela, parece que entramos em sintonia que eu não a questionava mais e em troca ela ficava desfilando as roupas que e eu tinha comprado para minha admiração e depois ela me liberava para ir para o banheiro.
As roupas que eu comprei foram usadas em casa por Cintia, principalmente os macacões de Lycra que ela usava depois da academia, mas a roupa que eu mais tinha gostado era o vestido de festa vermelho justamente a que ela não usava porque não tinha motivos para coloca-lo em casa, ela usou só uma vez para me recompensar por ter comprado as roupas, mas desde então só conseguia vê-la com o vestido na minha imaginação.
Outra regra que minha irmã tinha determinado é que todo mês eu teria que tirar uma parte da minha mesada e comprar algum presente pra ela. Quando eu recebi não tinha ideia do que minha irmã gostaria de ganhar, então decidi que escolheria o presente que me agradasse e fui as compras.
Quando cheguei em casa minha irmã estava no quarto ouvindo música, estava vestida de forma até comportada para os padrões da minha irmã, estava com uma camiseta dos preta Beatles e um short jeans largo. Eu bati na porta e disse a ela que já tinha escolhido o presente deste mês e estendi o embrulho em sua direção, ela se levantou veio em minha direção, me abraçou, me deu um beijo no rosto e falou:
-Obrigada Rodrigo eu achei que você ia esquecer e eu ia ter que arrumar uma punição. É um embrulho pequeno. Mas vamos ver se você acertou no presente?
Quando ela abriu e viu do que se tratava sua expressão abrindo aquele sorriso de safada que ela faz sem mostrar os dentes e que me deixa maluco. Ela percebeu que minha intenção:
-Mas que irmão safado que eu tenho, eu te dou a tarefa de comprar um presente pra mim e já no primeiro mês você compra um presente pra você.
-Na verdade senhora eu comprei este presente pensando em nós dois.
-Gostei da resposta meu irmãozinho está aprendendo, mas eu gostei de qualquer jeito. Vou experimentar. E saiu correndo pro banheiro.
Quando ela saiu eu realmente tinha acertado aquele biquíni ficou perfeito em Cintia eu tinha escolhido um biquíni cortininha fio em duas cores a parte de cima era branca e a parte de baixo verde escuro, mas quando Cintia deu uma volta e eu vi que ela tinha colocado a parte de trás toda enfia da na bunda meu queixo foi no chão e meu pau foi no teto, ela veio andando e com a mão fechou minha boca me deu mais um beijo no rosto olhou pro meu pau e falou:
-O presente foi mesmo pra nós dois, vamos pra piscina que eu quero estrear este biquíni hoje mesmo. Vai colocar sua sunga.
-Sim senhora
Eu saí correndo pro meu quarto enquanto via Cintia se admirando em frente ao espelho, lembro que aquilo me deu uma satisfação tão grande de saber que tinha agradado minha irmã.
Quando eu cheguei na piscina com meu corpo magro, e minha sunga azul marinho Cintia já estava lá e me disse:
-Eu estava te esperando. Estou precisando de ajuda pra passar o protetor solar.
-Com prazer senhora eu passo nas suas costas.
-Nas costas não eu quero que você passe no meu corpo todo que eu não quero ficar com as mãos grudentas. E ofereceu o frasco de protetor solar para mim.
-Sim senhora!
Eu disse com empolgação e já fui em sua direção. Minha irmã nunca tinha me deixado encostar tanto em seu corpo quanto estava preste a acontecer, quando eu estiquei o braço para pegar o fraco ela o tirou do meu alcance e disse:
-É apenas para passar protetor solar não quero que se aproveite de mim. Está bem? Ela perguntou com um olhar sínico e safado ao mesmo tempo.
-Sim senhora. Eu respondi com um sorriso bobo de desdém. Até parece que eu não ia me aproveitar.
Mas minha irmã consegue ler meus pensamentos ela tinha criado um sistema de punição que era assim: Ela dividiu o corpo em cinco partes, eu deveria aplicar o protetor uma parte de cada vez e cada parte que eu resistisse a ficar de pau duro me livrava de dois chutes no saco. Só que ela resolveu me explicar este sistema em quanto alisava minha barriga, meu peito e com a boca colada em meu ouvido foi falando:
-Eu estou falando sério se você ficar de pau duro eu vou te punir. Vai ser assim você vai começar pelo meu rosto, desce para os meus ombros passa em volta dos meus seios, na minha barriga, nas minhas pernas, nas costas e termina na espalhando em toda minha bunda.
Não preciso nem dizer que quando terminou de me explicar meu pau já estava duro e ela disse:
-Nem começou e você já está de pau duro, parece que vou ter que colocar uma punição extra, mas antes termina de passar o protetor solar em mim.
Eu fiz exatamente como ela tinha mandado e claro que me aproveitei ficando de pau duro enquanto passava protetor em cada centímetro daquele corpo, cheguei a ouvi-la soltando até alguns gemidinhos enquanto eu passava na parte de dentro das coxas, quando eu terminei ela disse só pra me provocar ainda mais:
-Esqueceu do espaço entre meu seio.
Mal terminei de passar o protetor entre seus seios ela já me deu a primeira joelhada e eu cai, eu já sabendo como funcionava tratei de contar logo antes que ela desse uma segunda, eu levantei e na segunda eu não resisti dei dois passos para trás e cai dentro da piscina, minha irmã parece ter gostado da ideia e pulou dentro da piscina também eu tirei a cabeça de dentro d’agua minha irmã já estava bem perto, mas eu consegui contar a segunda ates de ela aplicar a próxima joelhada, depois a sequencia seguinte foi a pior sessão de joelhadas que eu sofri depois de cada joelhada minha irmã afundava minha cabeça na água eu engasguei comecei a me desesperar na oitava joelhada que eu bebi muita água eu comecei a implorar:
-Por favor senhora para eu nunca mais fico de pau duro, mas para por favor eu não aguento mais.
Ela ficou ate assustada no inicio ela achou que era parte da brincadeira, mas com ela percebeu que era sério ela concordou em não me afogar mais e terminou as duas joelhadas que faltavam, mas acho que ficou com pena de mim e pegou ais leve que nem doeu tanto nós ainda ficamos na piscina um bom tempo até que ela se lembrou que tinha que me dar a punição extra por ter ficado de pau duro antes mesmo de começar a passar o protetor solar.
Ela decidiu que estava a muito tempo sem bater na minha bunda e que a punição seriam dez tapas eu fiquei deita do de bruços na borda da piscina e ela de dentro dando os tapas depois que ela terminou ela disse:
-Você tem uma bundinha tão bonitinha da vontade de morder.
Depois que ela falou isso ela cravou os dentes tão forte que eu cheguei a gritar, nisso ela me puxou pra dentro da piscina e me abraçou e disse que tinha adorado o biquíni e que estava ansiosa pelo próximo presente. E perguntou:
-A mordida doeu tanto assim?
-Claro senhora deve até deixar marca.
No segundo que eu disse isso eu me arrependi eu sabia que minha irmã ia adorar a ideia de me deixar marca e me pediu:
-Cadê deixa eu ver?
-Não senhora eu não posso deixar.
-Por quê?
-Porque a senhora é minha irmã
-Até parece que você se importa fica de pau duro o tempo todo pra mim.
-Nã...
Ela me interrompeu dizendo:
-Olha eu poderia até te obrigar a me mostrar, mas vou fazer um jogo mais divertido.
Ela disse isso e partiu pra cima de mim me segurou a força e começou a tirar minha sunga, meu pau logo pulou pra fora, mas estávamos dentro da piscina ela colocou o pé atrás do meu e me empurrou eu caí afundando a cabeça e fiquei com as pernas balançando na água ela não teve nenhuma dificuldade de puxar minha sunga. Depois ela saiu da piscina rebolando com o braço levantado e minha sunga na mão e disse:
-Se quiser vem buscar.
Ela sentou de pernas cruzadas na cadeira que ficava na beira da piscina e ficou apenas com os pés dentro d’agua. Eu pedia implorava para ela me devolver minha sunga e ela só dizia:
-Eu não estou te impedindo de nada é só vir buscar ou esperar nossos pais que vão querer saber o motivo de você estar nadando pelado.
Eu segurei os pés dela e comecei a beija-los dezendo:
-Por favor senhora se nossos pais me virem aqui eu vou ficar de castigo, por favor me devolve.
-Gostei de ter beijado meus pés mas é só sair da piscina e pegar. Está bem aqui.
Nisso ela esticou a mão segurando a sunga na minha direção, eu tentei pular e tomar da sua mão, mas ela foi mais rápida e puxou antes que eu alcançasse.
-Ta achando que é mais esperto que eu então eu vou lá pra dentro vou trancar a casa e você que se entenda com nossos pais quando eles chegarem.
-Não senhor por favor isso não eu saio.
Ela começou a gargalhar e pular comemorando mais uma vitória então ela parou e falou séria:
-Vamos sai agora.
Eu comecei a sair da piscina não com vergonha da nudez, mas com vergonha de ter perdido e da marca que minha irmã tinha deixado no meu corpo. Quando eu sai pela escada já dava pra ver a marca, mas minha irmã queria me humilhar ainda mais e disse pra eu dar uma voltinha, depois que eu terminei eu perguntei:
-Posso ter minha sunga de volta?
-Claro, mas como me fez perder muito tempo quero que você fique de joelho, beije meus pés.
Eu beijei sem nenhuma cerimônia, depois ela me fez levantar, me abraçou um abraço longo eu ainda estava sem sunga meu pau duro encostando na boceta da minha Irmã ela disse que tinha adorado o presente e que tinha gostado mais ainda da tarde e também que adorou os beijos nos pés e de deixar marca na minha bunda e que isso faria parte da nossa rotina agora me devolveu minha sunga e disse:
-Corre pro banheiro.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario tatuadojpa

tatuadojpa Comentou em 22/01/2016

POSTA FOTOS DESSA GOSTOSA!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


77045 - Escravo da irmã - Categoria: Fetiches - Votos: 10
77138 - Escravo da irmã2 - Categoria: Incesto - Votos: 9
77419 - Escravo da irmã 3: Ida ao shopping - Categoria: Incesto - Votos: 7
77751 - Escravo da irmã5: Dividindo o quarto - Categoria: Incesto - Votos: 7
77863 - Escravo da irmã6: Surpresa agradável - Categoria: Incesto - Votos: 7
78832 - Escravo da irmã7: Sábado de Carnaval - Categoria: Incesto - Votos: 3
79075 - Escravo da irmã 8: Domingo de carnaval - Categoria: Incesto - Votos: 3
79959 - Escravo da irmã 9: Segunda de carnaval - Categoria: Incesto - Votos: 2
80268 - Escravo da irmã 10: Todo carnaval tem seu fim. - Categoria: Incesto - Votos: 5
84026 - Frustração de mulher casada 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 27
84482 - Frustração de mulher casada 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
84950 - Frustração de mulher casada 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
86092 - Frustração de mulher casada 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
87176 - Frustração de mulher casada 5 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
88977 - Frustração de mulher casada 6 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
91118 - Frustração de mulher casada 7 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
96091 - Frustração de mulher casada 8 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
97090 - Frustração de mulher casada 9 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
98778 - Frustração de mulher casada 10 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
100406 - Frustração de mulher casada 11 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
100846 - Frustração de mulher casada 12 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico tutuca2

Nome do conto:
Escravo da irmã4: Tarde na piscina

Codigo do conto:
77592

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
18/01/2016

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


quadrinhos eroticos a cu invocante 1Conto erotico amei o picudocasa dos contos eroticos descabaçando meninas de nove anosconto erotico com foto de maechupando netacontos eroticos estou ficando louca de vontade de chupar meu cunhadoconto erotico de pedreiro e esposa de cornogostosa d shortinho arumando a cozinhaconto erotico kawaiiconto de sexo meu padrinhosexoanal loira anikka senta tudo em pau grande egrossopornô gay olhando o meu primo contosmeninas irmas transandoa caminho da scanagemvideo porno sequestrou minha filha e comeu ela a forca. gozando neladormi bebado perdi as pregaswww.contoeroticos mae fihlo.brcontos de fetiches eroticos de incesto entre tia e sobrinhoMe insinuei para meu genro da rola grande contos femininocontos erodicos minha colega de karatêcontos fudi zenildatitia é de mais contospés gordinhos contos eroticoscontos eroticos de incesto: mamae me ajudovídeo de buceta novinha lisinha lisinha até dentada comentáriosnifetinha do interior na orgia com os peoes da fazendadominando com hipnose tesudaconto fama ter pau enormemamei leiteno peito da gostosa contoscontoos eroticos gay entre primos em quadrinhosContos eroticos cheirando calcinhas no banheiro da lojao amigo negro do meu filho quadrinhoconto erotico pega forçadaConto com foto vizinha peluda de vestido no matoconto vai fode a bucetona da sograconto erotico gestante do paicontos eroticos incestos meu filho novinho me satisfaz enquanto o pai nao estaContos porno flagrei meu filhofotos eroticosconto eroticos amiga vAdiaconto erótico , cornodotado com novinha c pelinho ralo na bucetavovó bundudacontoeroticocornoirmaoContos eroticos sarrei no meu bebe inocentesultimos contos sadoObrigeui mey filho me come conto eroticoincestoscontoseroticoscontos de incesto cuidando do enteadoconto estorico urorogista com seu pasienteMeu vizinho veio trocar o gaz na minha casa e acabou me fidendoquadrinhos pornôs de mães juíza f****** com seu filho gaycontos erooticos meu cachorro lambendoimagens de rolas eretas e jorrando porraOs carreteiros gay peludosférias com vovó na roça metendoAlyamirantinaneconto herotico msis excitante vovo comeu netinhsbuceta aberta em tambabacontos eroticos de muleque dando o cufoda para engravidar.conto. eroticotrai lado corno ele rocavarConto erotico meus pais me ensinaramcontos eroticos tirei sangue do cu virgem da minha sobrinhasexo com a minha sogra flagrantequal a senssao q a mulher sente na buceta peluda quando e estrupadaVirgindade arrancada a força contovídeo de pornô de Recife mulher boa para o Pouso da metendo putãocontos de corno namorada me trocou por um negaoconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeuconto erotico novinho comeu a sogra safada