Júlia - a reconciliação

Click to this video!


— Tens noção do acabou de fazer? — grito passando a mão na minha pele avermelhada — Você me bateu, sim! Você me bateu!
— Lembra bem o que tu fez, Júlia? — responde no mesmo tom, segurando-me forte pelos braços — Acabou de confessar que deu pro teu assistente dentro do nosso carro... Tu perdeste a noção das coisas mulher!
Fito-o assustada, os olhos arregalados de João indicam a sua fúria, mas eu não estava mais conseguindo viver na mentira e precisava esclarecer tudo. Depois de algum tempo, enfim solta dos meus braços e sento na beirada da cama, chorando. João caminha pelo quarto, desconcertado, rosnando palavras que não consigo entender, batendo nos objetos.
— Eu quero o divórcio — murmuro.
— Ah, muito óbvio Júlia, mas quem deve pedir sou eu, afinal eu fui traído — responde ao sair do quarto.
Tomo a iniciativa e pego uma mala pequena, coloco algumas poucas roupas dentro da mesma e arrumo meus objetos mais necessários para alguns dias. Dou um trato no rosto, a fim de esconder o vermelhão todo.
João está na sala, apoiado sobre a bancada bebendo seu uísque caro. Passo por ele para pegar meu celular, quando o mesmo toca.
— Deve ser teu amante... Ele ligou faz pouco tempo perguntando sobre os...
— Amante? Nós transamos uma única fez, e quer saber o motivo? As vezes nós dois ficamos quase um mês sem fazer amor, e eu tenho as minhas necessidades João — digo —, em todos esses anos de casamento foi essa única vez, afinal eu sempre te amei...
— Então não ama mais? — pergunta com os olhos cheios de lágrimas, deixando o copo de lado.
— Eu... Eu não sei João.
O desespero toma conta de meu corpo e não conseguindo mais conter as lágrimas, choro feito criança em sua frente e, de repente, estamos em um abraço forte, carinhoso, ambos chorando.
— Eu te amo Júlia, só tenho você... Por favor, me desculpe. — diz olhando em meus olhos, segurando meu rosto com as mãos. Beijo-o, fa forma mais amorosa que posso. O gosto de nossas lágrimas se misturam e quando percebemos já estamos deitados sobre o tapete da sala.
Devagar, João tira minha camiseta e meu sutiã, descendo por meu corpo até chegar em meus seios e deixando ali, inúmeros beijos. Chegando à barra da minha jeans, ele abre com agilidade e lentamente vai puxando, levando junto a minha calcinha.
Novamente seu corpo está sobre meu, dois corpos nus se amando como nunca. Pele com pele, boca com boca. Várias carícias, sempre com carinho e muito cuidado.
— João, eu esqueci da pílula hoje.
— Tudo bem, eu tiro antes de gozar — responde.
Aos poucos João vai abrindo minhas pernas e se posicionando, sinto um arrepio interminável em todo o meu corpo. Enfim sinto o membro de João me preencher, devagar. Assim como todos os seus movimentos, sempre beijando-me. Aos poucos, vai acelerando e, ao mesmo tempo, começa a me masturbei. Chego ao orgasmo logo em seguida, deixando meu corpo se entregar totalmente e quase que ao mesmo tempo, João goza também.
Ficamos por um longo tempo deitados juntos, abraçados. Escuto seu coração bater forte, acelerado e sua respiração ainda um pouco ofegante. Acaricio seu peito enquanto João faz um cafuné maravilhoso, massageando meu couro cabeludo.
— Júlia... Não me deixe, nunca. — diz suavemente, beijando meu cabelo logo em seguida. — Eu a amo tanto que, sei lá, não imagino viver sem você.
— Eu não...
— Shhhh. Apenas escute — interrompe —, eu estou muito arrependido. Foi de impulso que lhe dei aquela maldito tapa, Júlia... Não sei se consigo acordar e não ter você do meu lado pra dar bom dia ou dividir o chuveiro comigo. Eu não te procurei mais — ele pausa —, bem, achei que você não estivesse tão afim e disposta. Sabe que chega uma certa idade que as coisas mudam.
— João, eu te amo! Nunca vou te deixar.
Olho em seus olhos brilhantes e lhe dou um beijo suave. Aconchego-me mais em seu colo e descanso, até que adormecemos juntos. Quando acordo, estou na cama aquecida. Abro os olhos e o observo desfazer a minha mala.
O amor foi tanto naquele dia que não coube em nossos corações. Fui mãe pela primeira vez aos 38 anos enquanto João foi pai aos 44.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario eutoaquipraver

eutoaquipraver Comentou em 03/11/2015

Lindo. Isto se amem e maravilhoso

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 03/11/2015

Um conto muito interessante. Conto de muita qualidade. Votado

foto perfil usuario ksadodf

ksadodf Comentou em 03/11/2015

Gostei!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


22484 - Primeira Vez com o namoradinho - Categoria: Virgens - Votos: 90
25448 - Primeira Traição - Categoria: Traição/Corno - Votos: 49
32659 - Sonho Erótico - Categoria: Fantasias - Votos: 12
42698 - Primeira Vez Forçada - Categoria: Fetiches - Votos: 46
42858 - O filho do padrasto - Categoria: Fetiches - Votos: 35
44605 - Com o Cunhado - Categoria: Fetiches - Votos: 9
44774 - O Troco da mamãe - Categoria: Fetiches - Votos: 15
46000 - Conhecendo o Papai - Categoria: Incesto - Votos: 47
46603 - Conhecendo Papai-2 - Categoria: Incesto - Votos: 17
50248 - Conhecendo Papai -3 - Categoria: Incesto - Votos: 5
50516 - Conhecendo o Papai - Final - Categoria: Incesto - Votos: 11
65069 - Primeiro Contato Homossexual - Divino! - Categoria: Lésbicas - Votos: 18
67778 - Chantagem do Diretor Gerson - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
70190 - Forçando minha ninfeta virgem - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
72458 - Lia: a melhor aluna! - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
73418 - Júlia - traição - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
73419 - Júlia - Marcas - Categoria: Heterosexual - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil evelyn_carol
evelynsapekinha

Nome do conto:
Júlia - a reconciliação

Codigo do conto:
73479

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
02/11/2015

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de avo e netos gayporno conto erotico virei putinha do chefeconto comi a menininhacasadinhafrutalcontos eroticos homens fudendo vendedor ambulante na praiasogra gostosa metendovcom o genrosobrinhacabacinhoagarrei minha tia e ela gozou contoscontos eroticos de asfixia eroticaquadrinhos erotico contos eroticos medico assistente parte 2vidio de sexo porno fudendo nos onibus interestaduauconto casada novinha pintudo me arregaçou na brutalidadecontos veridico incesto eu e minha esposa e meu irmao fodendo e bem dotadocontoerotico a enteadinhaporno contos dipei minha tia dundonacdzinhas nuas fotos no clo do coroascatvedeofazendo minha esposa da para o uber contos eroticos Contos Eróticos. Vizinha Coroa Veracontos casada e a vizinha dando e tomando porracontos eroticos fodendo minha sobrinha de menorconto sobrinho mamar na tiaContos eróticos, papai me levou para praiacomendo o cu da filha em conto eroticoMagiespadas hentaivídeos cabelo da bucetas pretimConto porno desdi pequena pai e mae me comeQuadrinhos eróticos Mãe e filhocasada amasso coroa caronaconto erotico cunhada e sobrinhacontos de tio safadoporno gay guarda da cptm de fardadando p meu irmão. conto eroticoNovinho do cuzinho ardido contos eróticos gaysSua vizinha.com gordas com o cu todo esfolado i a buceta cheia de porrachorou na pica contopadrasto a proveita a donselinha dormindo a mulhe a vai desvirginar a entiadacomi minha tia porno quadrinhoContos erotico travest baile funkMe comeram na praça contos eroticoscontó gratis o roceiro chupou minha bucetacontos eróticos com fotos de marido sendo traído pela esposa 2017Conto gozei sendo encoxadabombadinha mete a boca em pica suculentaleomar1111 fotoscontos eróticos de filha ficou gafida decontos eroticos dando cu pro filhoporno érotico de meninas perdendo a virgindade brincando de esconde escondecontos eroticos puta fode e fala no telefonevem me esfola isso me fode contocontos de marido da minha prima"ficou aberto" gay contosou putinha do papai e amigos contos eroticosfoto novela porn incesto flagra comendo cu irmãcontos eróticos sobre nora bucetudaContos o dia que mae do meu amigo pediu pra ve meu penis se tem fimosecontos eroticos caseiros no quintal de madrugada com a vizinhaadorei dar a buceta pro meu filho contos com fotoconto erotico comi o cuzinho de casadaConto erotico gay comi o cu do mendigoconto erotico minha mulherzinha honestacontos eroticos gay de negaoContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciaporno desenho quadrinho familiacontos erotico cavalgando o cacetao do negaonyrp contosantoniomarcoscwb@hotmail.comsexo gai com pai taradocontos eroticos de incesto pai encoxado a filha de shortinho curto atolado no rabogostoZissimo sexo fotosjusticeira hentaiconto minha tia tímidaviciei dar a bucetinha pro meu dog. adoro ficar. engatada contos eroticoscontos eroticos beira de estradacontos eroticos de madura desvirginando novinhocontos e fotos de coroas velhas fodendo no dwolland