ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA

Click to this video!


Como muitos já leram nossas histórias, somos casados, agora a 15anos, fazemos ménage masculino desde que casamos e também a libero para sair sozinha, atualmente ela tem três comedores fixos, um antigo que a come a 14anos mas que viaja muito, então a encontra com menor frequência, um outro colega de trabalho que a come a mais de um ano, este acha que eu não sei de nada, ele pensa que ela me trai rss, eles se encontram em média uma vez por semana, as vezes mais, ela vai para a casa dele e diz que eu penso que ela esta na academia enquanto ela esta lá com ele, geralmente são encontros de duas horas por semana o tempo que ela ficaria na academia, como ela faz academia duas vezes por semana estes encontros oscilam entre estes dois dias, as vezes ela vai para academia mesmo, tem semanas que ela vai os dois dias para a casa dele.
Pois bem, como muitos sabem somos gaúchos, e para o gaúcho que cultua a tradição a semana farroupilha é uma semana de festa, nós participamos de um CTG onde tem festa todas as noites durante esta semana. Eu sou um dos responsáveis pela organização incluindo a comida que é servida toda noite para pais e crianças da invernada, por todas noites esta é nossa rotina, eu fico organizando, assando carne e outras coisas enquanto ela fica com amigas pelo CTG, nosso Ctg é muito movimentado como tem baile toda noite vem gente de várias cidades aproveitar, no segundo dia de festa ela veio me dizer que tinha um cara bem atraente de olho nela, eu perguntei o q ela fez e ela safadamente disse q deu alguma esperança a ele rss, perguntei se não era conhecido pois este é nosso medo ela disse q não, que nunca o havia visto, então disse para ela dar corda, só não sabia até onde ela iria, eu até tentei ver quem era mas ela disse q seria surpresa e tal, e no fim como mta gente esta sempre me chamando ou falando comigo acabei por esquecer, e só em casa depois do baile e do nosso banho para deitar ela veio me atacar com um fogo enorme, então me disse o que houve, segundo ela ficaram trocando olhares até que ele chegou para falar com ela, para quem não conhece, num CTG isto é bem normal, não é uma festa em que homem e mulher só conversam se tem interesse um no outro, é um ambiente familiar onde estranhos se cumprimentam e conversam educadamente, mesmo assim ela deu um oi, e assim que pode falou para ele ir espera-la no estacionamento pois ela não queria que o marido visse ela conversando com ele, ela acha que ele não tinha notado que ela era casada e ficou com uma cara de safado quando ela propôs isto, eles disfarçaram ela viu ele saindo e depois de uns minutos foi atrás, o estacionamento é grande, tinha gente por ali, ele estava na entrada a esperando, ela nem falou com ele e se dirigiu a nosso carro, é um carro grande e com películas, ele foi atrás e entrou no carro no banco do caroneiro, o carro estava num local com pouco movimento de frente para um muro o que facilitou, ela disse que em poucas palavras ja estavam se beijando, disse que ele era bem gostoso mas que não fizeram mais que isto dentro do carro, ficaram por no máximo uma meia hora depois sairam pois ela nao queriam que descobrissem e isto ainda era cedo, ainda claro pois era no domingo e podemos chegar mais cedo no CTG, ela voltou e não me falou nada, por vezes nos encontravamos tratavamos das coisas do CTG enquanto isto ela disse que curtia uns flertes com ele, até que la pelas 22h enquanto todos jantavam ela novamente foi com ele para o estacionamento, desta vez ja no escuro eles ficaram em pé encostados no nosso carro, ela usa saia e blusa de prenda o que a deixa muito tesuda, saia sem armação onde marca a cintura e o bundão, então enquanto agora se beijavam agarradinhos ela pode sentir o desejo dele por ela pois seu pau endureceu rapidamente, ela como boa puta que é e ele ja sabia disto pois ela contou que o marido esta no CTg, então ele ja a tratava como tal a chamando de safada e tudo mais, então ela pode matar sua vontade e curiosidade e desta vez agarrou o pau dele por cima das bombachas, bombacha é folgada é bom para manusear e sentir o pau não é como uma calça de brim apertada, ela pode ver que era de bom tamanho, não dos maiores que ja levára mas era grandinho e grosso mas principalmente duríssimo, ele ficou louco a beijando e apertando sua bunda e seios enquanto ela apertava o pauzão, ela me disse que iriam trepara ali mesmo mas quando iam se preparar para isto alguem passou por eles, ela continuou beijando ele para esconder o rosto e nem viu quem tinha passado só então ela viu o risco que corriam e falou em voltar, ele resistiu pois estava louco e de pau duro rss, então a agarrou, passou a mão em sua buceta por baixo da saia mas por cima da calcinha ficou louco vendo ela molhada e ela falou que foi dificil resistir e que a vontade era entrar em nosso carro e trepar com ele, mas como ja fazia um certo tempo que haviam saido ela conseguiu convencer ele a voltar, e por esta noite foi só, eu depois da janta ainda dancei com ela um pouco ela estava toda feliz e fogosa, mas eu só soube destas proezas em casa, ela me contou e trepamos gostoso, ela falou que nao sabia se ele iria no outro dia, eu acertadamente falei que duvidava que não fosse. O outro dia foi segunda, dia em que trabalhamos tbm, portanto, chegamos mais tarde no CTG, ja a noitinha la pelas 19h, estava uma noite agradável não tão fria, logo eu ja estava envolvido com tudo o de sempre, só na churrasqueira q fica em outra peça, longe do salão, ela neste dia começou a beber caipira, ela adora, então logo ja estava toda assanhada e mais desinibida, quando ia falar comigo fazia cara de safada, eu logo vi que ele estava lá, então só disse um 'aproveita' e fiquei naquele mixto de ciumes e tesão que sempre antecedem uma foda da esposa, não tinha como ficar cuidando ela mas disse q ela fizesse o que quisesse que eu segurava as pontas e caso alguem a procurasse eu poderia dizer que foi em casa buscar algo, ela sorriu e falou em meu ouvido "corninho gostoso" e saiu, uma unica vez que pude ir no salão ainda a vi, bebendo e sorrindo por qualquer coisa, não tive tempo para cuidar os olhares e voltei para meus afazeres, isto era quase 20h, a janta era sempre marcada para as 22e30 então até este horario estive ocupado e novamente ela só me narrou quando chegamos em casa, então agora passo a contar o que ocorreu.
Marcamos no estacionamento novamente, ele ja conhecia nosso carro e esperava lá, o carro ja foi estacionado num local mais distante para facilitar para eles, novamente se agarraram em pé escorado no carro ele ja estava de pau duro a esperando, a beijava ardentemente e isto a deixa num fogo só, tudo isto misturado a bebida, ao pau duro que ela segurava foram o estopim para minha vadia, ele não aguentava mais e quis entrar no carro, queria comer ela ali mesmo, então quando ele foi entrar no banco de tras ela disse, entra na frente no caroneiro, ele falou que seria mais fácil para eles no banco espaçoso de trás, então ela disse que eles não ficariam ali, ela assumiu o volante e sairam dali, a safada ainda passou na frente do CTG com aquele movimento todo com seu novo amante ao lado, ele apertava as coxas de minha mulher enquanto procurava sua buceta novamente mas ela é baixinha e o carro grande então ela nao pode se abrir para ele, moramos a 5minutos do CTG e foi para lá mesmo que foram, a safada levou aquele estranho para nossa casa, ele ficou apavorado e mais tesudo com a ousadia daquela vadia que deixava o marido e o filho no CTG enquanto ia trepar em nossa casa, ela entrou direto na garagem e para que ninguem visse ele entraram pelos fundos ela abriu a porta da frente e o orientou a esperar ela abrir a dos fundos, assim que ele entrou ja se agarraram em beijos ardentes ela louca e ja alta pelo alcool não se aguentava mais, foram até a sala, ela sentou no sofá e desesperada abaixou a bombacha dele, nem tirou as botas ela abaixou a bombacha e a cueca até os joelhos e pode admirar o pau que só havia agarrado por cima das calças, era dos preferidos dela, grosso torto para cima e extremamente duro, esqueci de dizer, ela esta perto dos seus 40 anos mas ninguem diria isto, o cara tem 29 anos no auge do tesão rss, e ela adorou, sabendo que não tinham muito tempo ela agarrou e chupou o pau, chupou loucamente mesmo sem terem tomado banho, falou que até tinha cheiro mas pouco e isto a enlouquecia mais, ele ja a chamava de puta, vadia e outras coisas que ela adora, ela chupou lambeu o levando ao extase até que pediu para ele lhe foder a boca, ela adora que o homem foda a boca dela como se fosse uma buceta, ela fica imóvel enquanto o cara entra e sai, e ele fez ainda a segurou pelos cabelos que ela tanto adora, a flor que tinha no seu cabelo arrumado logo caiu e enquanto ele metia em sua boca a safada tirou a sapatinha, a calcinha, a blusa e o sutiã ficando apenas com sua saia longa de prenda, ele ao ver os peitoes dela não resistiu e a fez levantar, beijoua muito e logo foi mamar em seus volumosos e deliciosos seios ela não soltou o pau dele que estava durissimo e babado então violentamente ele a virou de costas, a empurrou para o sofá a deixando de 4, nosso sofá que tantas trepadas dela ja viu comigo e outros rss, o fogo era enorme ele a abraçou por tras quase a montando mordendo o pescoço e grudado em seus peitões, mau deu tempo dela levantar a saia que pouco destapou sua linda bunda, ela me disse ter se sentido uma cadela ou uma égua montada pelo seu macho pois ele não segurou o pau ficou cutucando nela pela bunda pelas coxas até que naturalmente o pau achou sua buceta molhada e receptiva, ela ao sentir aquele cabeção duro e quente gemeu alto virando para tras e beijando seu novo amante que facilmente entrou e agora ambos se beijavam e gemiam, ela adora isto, adora se sentir puta, ousada, adora dar prazer aos machos, adora se sentir usada e estava adorando a situação, adorando estar ali sentindo o peso dele sobre ela, o pau enterrado em suas entranhas os beijos quentes e devassos deles, quando ele não a beijava ele mordia seu pescoço, e ela para provocar falava um "não" muito sem vontade pois ela dizia para ele não a deixar marcada para o marido não ver ao mesmo tempo que oferecia mais o pescoço a ele, no inicio ele ficou assim todo sobre ela seu peso seu corpo colado ao dela que de 4 aguentava e gemia, o pau pouco saia de dentro ele mais remexia do que tirava e socava e embora estivesse muito gostoso ela nesta posição gosta que o macho meta forte então ela safadamente pediu, "ai gostoso, mete que não aguento mais, mete forte" ele atendeu seu pedido, finalmente desgrudou o corpo dele do dela, ficando de pé enquanto ela agora empinava mais o bundão para ele, pela primeira vez ele teve a real visão do traseiro lindo de minha esposa então a segurou pelos quadris e a cutucou forte, agora o gemido dela foi alto, bem alto, ela adora se exibir, adora a ideia de alguem passar na rua e escutala trepando, e ele entrou no jogo a cada estucada mais forte que ela gemia ele retribuia a chamando de puta, vadia, casadinha safada, e não demorou a ele começar a bater em seu bundão, na terceira ou quarta batida ela gritava e ja anunciava seu gozo, é dificil minha esposa gozar nesta posição, mas a mistura do alcool do fogo de estar dando em nossa casa para outro macho gostoso e pauzudo a fez perder o controle, começou a pedir mais e mais pau que ia gozar entre gritos e gemidos e assim que começou a gozar gemendo o macho não resistiu e falou que iria gozar, e só então ela lembrou e gozou mais forte ainda sabendo que o comedor estava sem camisinha e iria enchela, ela ja estava gozando quando ele começou a gritar e chamala de gostosa e ela ajudava rebolando e só conseguia elogiar o pau duro e pedir leite dentro e assim os dois gozaram, ela como demora tendo espasmos de extase, seu gozo dura as vezes mais de um minuto, então ele acabou primeiro que ela mas continuou socando forte como ela ordenava e a bucetona laciada de minha esposa ja eliminava o leite que ele tinha dado a ela mas ele nao parou continuou socando nela, até que ela não aguentou mais e pediu para ele parar, mas ele sorrindo, suando e a segurando firme continuou metendo, não forte como antes, mas continuou a comendo e falou a ela que não iria tirar de dentro dela que queria gozar novamente, ela embora cansada achou aquilo o máximo, pois, apesar dela ter bons amantes, poucos dão uma atras da outra, e ela sentia o cara ainda bem duro dentro de sua buceta ensopada, ela ja estava gostando das estocadas, gostando de sentir o leite dele vazando pelas coxas e ja molhando o sofá, mas estava cansada da posição então pediu para ele parar, ele parou e saiu de dentro de minha mulher que imediatamente expeliu porra pelo nosso sofá, ela ficou de pé rapidamente para não molhar mais ainda o sofá e sua xota piscou de tesão ao sentir o mar de porra escorrendo por entre as pernas, e mais contente ficou ao olhar para aquele macho que estava com as bombachas arriadas até os joelhos onde a bota estava, ele estava ainda de camisa mas com a camisa aberta mostrando um peito masculo com poucos cabelos bem como ela gosta mas principalmente o que chamou atenção dela foi o pau duro, apontando para cima e balançando de tesão então ela ajudou ele a retirar o restante da camisa, das botas e bombachas e o agarrou pelo pauzão duro e melecado que ainda estava, safadamente o conduziu ao nosso quarto para trepar em nossa cama, ele seguia atras dela como um cachorro puxado pela coleira, ao chegar lá ela o beijou novamente e desta vez ela jogou ele em cima de nossa cama bem como ele havia feito com ela no sofá, sorrindo ela viu ele se ajeitando na cama para ela e seu pau duro como rocha apontando para cima então ela veio como uma gata no cio por cima dele ao abrir a perna para sentar em seu cacete sentiu o leite entre as coxas, e sentiu mais leite fluindo de sua buceta quando sentou seu corpo sobre o cacete duro dele, o pau entrou facilmente na minha larga e alagada esposa, ela sentia a porra dele saindo pelas beiradas da xota e em seus suaves movimentos iniciais sentiu fazer melecar a barriga e o saco enorme dele com seu próprio leite, era tanta porra que ele conseguiu ainda se preocupar e flaar que iriam molhar a cama, ela só sorriu e caindo sobre o corpo dele agora por cima disse, " eu troco os lençois depois" então agora era ela quem comandava ela o beijou ardentemente, enquanto alternava reboladas, cravadas e esfregadas de xota em seu pau, para quem ja leu meus contos, esta é a posição preferida dela, e a cama tem q ser forte para lhe aguentar, o que ela mais gosta é de um pau bem duro e gigante dentro, gosta de cravar ele todo até sentir o saco em sua bunda então sem tirar nenhum cm de pau de dentro ela adora ficar indo para frente e para tras, friccionando seu clitoris na base dura do pau que a preenche e assim ela faz, em movimentos violentos que podem quebrar uma cama fraca, enquanto mexe assim forte ela gosta que o macho aperte ou chupe seus seios, adora e pede que bata em sua bunda que a ajude a mecher ou a abrir suas nádegas para que a penetração seja mais profunda, e ela fez tudo isto com ele, a porra dele que lubrificou sua barriga e saco só a deixava mais tesuda e mais gostoso eram os movimentos dela enquanto se sentia preenchida e cheia de leite, por instantes ela olhava o quarto e não acreditava que estava trepando com um desconhecido em nossa cama, ela ja deu para mais de um em nossa cama, mas sempre foram pessoas que ja haviam a comido ou que ja a comiam a tempos, e desta vez não, ela sabia o nome, mas não sabia o sobrenome do macho que ja havia esporrado dentro dela e que iria novamente o fazer, ele fechava os olhos e a apertava pelos peitoes, por vezes para delirio dela ele levantava o corpo e sugava os peitos enquanto ela rebolava e não aguentando ela mandava ele chupar forte deixar marcas nela que o corno não a comia mesmo e que nem veria e ele fez, apavorado a chamando de vadia dizia que iria deixar ela marcada para ela lembrar e deixou, contei 5 hematomas em seus seios quando a comi em casa, e ficaram brincando assim por um bom tempo, ela estava louca para gozar mas antes disto saiu de cima dele se abriu toda e espeerou ele vir por cima ela queria tambem sentir a pegada dele por cima e ele entrou, entrou fácim em minah esposa, o lençol estava com marcas de porra que escorria dela o pau entrava facilmente na buceta larga e laciada de minha esposa que levantava e abria as pernas o máximo possível para sentilo todo dentro, depois ele ajoelhou e ficou olhando seu pau entrar nela olhando a buceta dela vermelha inchada vazando leite mas deliciosa, olhava os hematomas e a chamava de louca, ela não me contou, mas certamente ela falou para ele o que ja falou a outros machos quando pede a marca, ela manda deixala marcada e diz que o corno não a come, e se come só mete e goza ela nao precisa nem tirar a roupa, é uma boa desculpa para eles acharem que eu não vejo o corpo dela mesmo rsss, em outro dia vi as mensagens que ele enviou ao celular dela e numa delas ele descrevia o enorme tesão de penetrar ela nesta posição vendo seu corpo branquinho com as marcas dele pelos seios, segundo ela fuderam mais calmamente por mais um bom tempo, ela aproveitando as metidas gostosas daquele pau duro, ele botou ela de bruços e penetrou em sua vagina se deliciando ao sentir a bunda gostosa dela encostada ao corpo dele mas em momento algum ele tentou o cuzinho dela e ela ficou quieta, tambem não ofereceu rss, até que ela nao aguentando mais pediu para sentar novamente que queria gozar e ele obedeceu saiu de cima dela e ainda admirou o rabo dela deitada, nua suada, então novamente deitou deixando o pau duro a disposiçao de minha vadia, desta vez ela que admirou aquele jovem homem gostoso em nossa cama, um pau grosso e duro babado do tesão dela e não aguentando mamou, mesmo nem sempre fazendo pois normalmente não mama pau usado rss, mas o tesão estava a flor da pele e ela sabia que talvez não pudesse mais chupar aquele pau gostoso pois gosariam e teriam que sair, então caprixou mamou, fez caras e bocas enquanto ele delirava, safadamente ela falava que iria limpar aquele pau maravilhoso para que lhe enchesse de leite novamente e ele mandava ela chupar, lamber punhetiar e curia ver o rosto transtornada de tesão de minha mulher, rosto este que eu conheço bem, rostilho lindo que de inocente passa a safado em instantes e ela sabe provocar, chupar lamber olhando nos olhos do macho, gemer gostoso enquanto da prazer a quem merece, e para provocalo mais falou que poderia passar a noite toda fazendo aquilo mas como não tinham tanto tempo ela iria sentar nele até ela gozar e sentir ele dando mais leite para ela, e ele disse para ela fazer que certamente ele tinha muito leite ja guardado, então ela subiu novamente em cima dele, e o vazio que ela sentiu quando ele saiu dela, o vazio com um misto de gelo pois ao pau abandonar sua vagina ela sente o ar gelado a preenchendo, agora ao contrario a vagina que aberta e molhada parecia estar gelada agasalhava aquele mastro novamente, aquele mastro duro, grosso e quente e ela guase gozou só em terminar a penetração, desta vez ela não brincou como antes, estava muito louca, assim que enfiou tudo dentro ela deitou sobre ele se aninhando no seu corpo grande, beijando a boca quente dele rebolando mexendo tirando botando e pedindo mais, pedindo mais pau, pedindo leite, e os dois novamente se descontrolaram, ela rebolava beijava, esfregava os peitos no rosto dele que mordia e chupava onde podia, enquanto a vadia pedia agora em voz alta para que qualquer desavisado que passasse na rua pudesse ouvila pedindo pau, pedindo leite, e o pior, para mim pelo menos, pedindo leite para a casadinha, isto, ela dizia, GOZA DENTRO DA TUA CASADINHA, e ele correspondia falando que iria inundar a puta que tava trepando na cama do corno e isto só acendia mais ambos, ele segurava ela forte pelas nádegas a puxando contra si, fazendo com que o cuzão dela se abrisse e isto fez ela lembrar de quantas vezes ja levára dois paus, um macho por baixo abrindo seu anus par o outro enfiar e o tesão bateu forte lembrando disto ao mesmo tempo que sentiu falta de outro pau para lhe completar, embora ela estivesse com o corpo colado ao dele ela subia e descia violentamente os quadris contra seu pau que feito estaca a penetrava fundo, até que ele percebendo a ansia dela escorregou mais para baixo da cabeceira da cama sentando-se logo após, ela por sua vez cruzou as pernas por sobre o corpo dele ficando literalmente sentada nele, as pernas dela as costas das dele, as dele as costas das dela, o pau perfeitamente encaixado, posição só possivel com dotado e sem barriga, meu pau pequeno e minha pequena barriga quase impedem uma penetração assim, agora ela podia forçar mais a vulva contra o corpo dele, os amantes se equilibravam um agarrado ao outro, ela segurava forte a bunda dela e ajudava nos movimentos, as pernas dela entrelaçaram as costas dele mas sempre tendo o cuidado para ficar o máximo aberta possivel, para sentilo o maximo profundo que podiam e assim rebolaram, beijaram chuparam um ao outro ela por vezes levantava a cabeça jogando o corpo para tras enquanto ele a segurava e se deliciava nos seios oferecidos a sua cara, agora ele judiava dela, não só chupava como mordia os bicos, ela ao inves de reclamar como seria o normal só gemia mais alto o chamando de safado, que tava judiando da casadinha e ele por sua vez a chamava de puta, dizia que tinha que ser casada com um corno mesmo para não comer uma mulher gostosa feito ela e o pior, que só um corno não sentiria aquele cheiro de sexo no quarto, o cheiro do suor dele na cama, no colchão e ela gemia e ria de olhos fechados enquanto ele falava e fazia o que queria, ela poucas vezes ficou nesta posição mesmo com seus amantes pauzudos pois é incomoda para o homem que tem que segurar a parceira e ela não é uma vadia fácil de se segurar rss, mas ela disse que o encaixe no pau era perfeito ela sentia ele tão profundo como sentando ou de 4, então ela me disse que novamente perdeu o controle, começou a mexer forte a levantar e sentar na vara dele sentia as mãos dele ja la embaixo em suas nádegas mas perto de sua vagina a abrindo mais e mais e ela dizia, ISTO, ABRE ABRE MAIS, METE METE FUNDO, enquanto ele ja ordenava a ela VAI GOZA PUTA, GOZA GOSTOSO NA MINHA VARA DENOVO, e ela não aguentando falou que sim que iria gozar entao colou a testa a testa dele se concentrando ao máximo enquanto ele a segurava e ela rebolava com o pau todo cravado novamente começou a gozar e a quase chorar na vara dele dizendo AII TO GOZANDO, TO GOZANDO GOSTOSO NESTA PICA, AIII ME ENCHE, GOZA COMIGO GOSTOSO ME DA LEITE, PRECISO DE LEITE, e ele então a obedeceu e gozou novamente junto com ela só dizendo, TOMA TO TE ENCHENDO GOSTOOOOOSA, e nesta hora os dois só rebolavam e se olhavam gemendo um olhando no olho do outro quase como um agradecimento, desta vez o orgasmo dela acabou antes do dele mas ela caprixou ainda mais nas mexida, ficou tirando a buceta até a metade e voltando a cravar sentindo o leite novamente vazar agora direto no saco e em nossa cama, e quando ela viu ele perder as forças se atirou para trás, ele ficou sentado com ela deitada sobre as pernas dele ainda encaixados mas numa penetração ja não tão profunda, o pau dele dentro dela ja deixava vazar bastante leite, ele escorado para tras recuperava o folego olhando para ela toda suada a sua frente, seu pau uma meleca só da sua porra clara e dos liquidos brancos dela e ela não foi nenhum pouco cuidadosa ao desencaichar sua vagina da vara dele, assim que o pauzão saiu deixando ela ainda aberta o leite escorreu para nossa cama, e ambos riam satisfeitos, por instantes ficaram assim ela deitada no meio das pernas dele ele sentado, conversaram, se elogiaram e riram da situação, então como estavam muito suados foram para o banho, ela achando uma pena ter que se lavar e não poder me mostrar como havia ficado, mas no banho não fez questão de limpar a vagina para ver se deixava leite dele ainda dentro, tomaram um banho juntos agora em clima de namoro, ele lavou ela com bastante sabão e ela fez o mesmo, caprixando na hora de lavar o pau, é lógico que ela falou que não me traia constantemente mas disse gostar de sexo bem mais que eu, e ele feliz disse que tinha visto isto rss, continuaram se banhando, o safado lavou o cabelo ela não para que ninguem visse no CTG quando ela voltasse que ela havia tomado banho ele lavou a bucetona dela enfiando um ou dois dedos, ela brincando pediu para ele parar que estava sensivel mas era mentira, ela nao queria deixar sair todo o leite dele então só a lavou 'por fora', novamente houve muitos beijos e elogios ele lavou os peitos dela carinhosamente admirando cada uma das 5 marcas que deixou sobre minha mulher e quando ela estava por encerrar o banho ele a beijou mais ardentemente e ela sentiu o pau quase duro entre as pernas, não acreditou pois o homem havia gozado ja duas vezes e ali estava novamente com o pau semiduro e piscando, claro que ela agarrou o pau dele e não demorou para ele estar como antes, ela achou o máximo embora estivesse cansada o suficiente, ela pegou e o elogiou pela sua força e ele riu dizendo que não era todo dia que conseguia uma mulher como ela e que tinha que aproveitar, ela então abaixou e chupou ele, a intenção dela ela chupar até fazer ele gozar sobre ela, como não estava tesuda o suficiente certamente não deixaria gozar na boca mas chuparia até ele dar um banho de leite em seu corpo seus peitos, como ela gosta de fazer no chuveiro, mas ela disse que não aguentou as pernas estavam cansadas e ela nao conseguiu ficar acocorada e chupando, voltar para cama significaria demorar mais e ja haviam demorado demais, então fingindo estar afim novamente virou de costas para ele empinando a bunda e novamente sentindo ele entrar dentro dela, a penetração não foi fácil, embora sua vagina estivesse bem melecada a entrada ja estava lavada e limpa então para não machucar a agora sensivem bucetona ela fez bastante espuma com o sabonete e novamente sentiu ele entrar duro e quente dentro dela, desligaram o chuveiro e ela ficou aguentando as investidas dele, ela como vadia que é adora satisfazer o macho e não daria o braço a torcer mas as penetrações estavam dificeis para ela, não a machucavam pois estava ja larga e molhada mas como ja havia gozado a segunda vez estava com a buceta sensível e ele estucava forte fazendo ela gemer mais de incomodo do que prazer naquela hora, ela é puta velha e sabe que a cada gozada que um homem dá, a próxima será masi demorada, geralmente com seus amantes que ela conhece ela se aproveita disto, por vezes faz o cara gozar rápido para depois poder trepar mais tempo na vara antes que ele goze, mas ali era o contrário ela sabia que ele iria demorar e isto seria incomodo, ela ja nao sabia o que fazer, chegava a sentir tesão afinal um pau duro dentro sempre da, mas suas pernas estavam cansadas demais para tentar gozar naquela posição, em um momento ela tentou oferecer dele gozar no corpo dela numa punheta mas ele sem dar muita atenção continou socando nela e disse, VOU GOZAR DENTRO, NEM PENSAR EM TIRAR, e ela continuou se segurando na parede e sendo penetrada por aquele jovem vigoroso, ele batia na bunda dela e isto não tinha mais prazer apesar dela deixar e gemer para ele, ela rebolou, gemeu, gritou denovo tudo para fazer seu amante gozar logo mas ele continuava brincando, tirando, botando batendo nela, puxando pelo cabelo, apertando os peitos e a beijando gostoso, nos beijos ela estremecia pois as metidas fortes cessavam e ela podia aproveitar mas logo ele a segurava forte pelos quadris e começava novamente a tortura, em uma hora ela ja quase sem forças abaixou mais o corpo ficando quase de 4 e passou a acariciar o saco dele por baixo ele gemia gostoso então ela começou a fazer mais espuma para facilitar a penetração e seu amante continuava a meter sem dó, até que então ela teve a ideia de fazer algo que para ela é até normal mas nem sempre faz qdo sai com homens pela primeira vez, vendo que estava toda cheia de espuma o que facilita a penetração, ela levantou o corpo se contorceu toda e olhando nos olhos dele segurou seu pauzão retirou de sua vagina e o guiou para seu cu, ele ficou imóvel e ao ver o que ela tentava ele começou a falar NÃO ACREDITO, NÃO ACREDITO, NÃO ACREDIIIIIIITO, e em instantes minha vadia tinha seu anus invadido por mais um macho, mais um macho que certamente iria encher o rabo dela de porra e agora a coisa mudara, ao ver o espanto e o tesão dele em sentir o pau entrando no rabo dela ela voltou a ficar fogosa, mesmo pq sua sensivel vagina havia ganho um descanço, apesar de grosso com bastante espuma o pau entrou gostoso e sem dor e ela pode aproveitar, agora ela via que ele estava extasiado olhando o pau entrando e saindo do rabo dela,ele continuava dizendo, não acredito, e meu Deus, enquanto ela comandava os movimentos, até que ela safadamente falou, VAI GOSTOSO METE, COME O CUZINHO DA TUA CASADA, APROVEITA QUE NÃO É PRA TODOS, então levantou mais o corpo e se voltou a se segurar na parede agora quase de pé, o cu fica mais acima a penetração foi mais fácil então ele colou o corpo ao dela novamente a beijando a acariciando os seios, espalhando mais espuma por entre os corpos que escorregavam um no noutro, quando ele tocou o clitoris dela agora o incomodo havia ido embora e o tesão voltou, ela gemeu e forçou mais o rabo contra ele que ia e vinha devagar sentindo o encaixe perfeito de seu bundão ao corpo dele, o cansaço foi embora quando ela sentiu aquele homem colado ao corpo dela por tras, sentir o pau entrando deliciosos e pressionando seu intestino, sentir as mãos dele percorrerem seu corpo, apertarem seus seios segurarem seu rosto para que ele a beijasse e por fim tocando seu clitoris lhe deixando louca novamente, ela disse que conseguir fazer anal sem dor é ótimo, ainda mais com um dotado, sentir o pau duro, sentir o rabo alargado e a pressão gostosa que faz dentro é demais, embora estivesse muito gostoso ela não resistiu e mandou ele meter, e ele entendeu, novamente a agarrou pelos quadris e começou a meter, meter, e foi aumentando o ritmo até que a fodia fácil como o fez na buceta, agora ele se descontrolava e falava muitas coisas entre elas a chamava de puta, gostosa, dizia que o cu dela era uma delicia que ela era uma mulher perfeita e ela gemia dizendo que o pau dele era gostoso demais que estava duro feito ferro denovo que tava detonando o cuzinho da casada mas sempre mandando ele meter e meter, começou a provocar ele perguntando se ele iria gozar em seu cu e ele dizendo que sim fazia ela dizer mais cooisas do tipo, AI VAI GOZAR NO RABO DA CASADA VAI, O CORNO NÃO VAI NEM VER, AHH METE MAIS, ME RASGA VAI, e ele metia forte e forte enquanto agora ela tocava o clitoris com sua própria mão e deixava ele mais loco dizendo que ia gozar pelo cu pra ele e que era pra ele encher o rabo dela que ela queria voltar pro CTG com o cu ardendo e cheio e logo ele a pressionou mais contra a parede do banheiro fazendo os peitoes dela colar no azulejo, enfiou a mão entre as pernas dela socando dois dedos em sua vagina apertada pelo pau que lhe preenchia o rabo e assim gozaram, agora só gemiam e gemiam falando que estavam gozando ela peerdeu o controle e gemia dizendo, ai meu cu, ai meu cu, mete enche ahhhh, e ele embora a apertasse contra si fazia fortes movimentos de cintura quase retirando completamente o pau de dentro do rabo dela e voltando a meter, gozaram pela terceira vez juntos e isto é raro, foram perdendo as forças, ele foi parando de socar forte ela foi se segurando mais na parede até que ele afastou o corpo dela e ficaram conectados só pelo pau dele que ainda estava dentro do rabo, recuperaram o folego e antes dele tirar o pau de dentro dela ele fez um pedido, que ela abrisse bem a bundona para ele ver o pau saindo, e ela o fez, ele viu o pau saindo até sair o cabeção, o cu como ja conheço fica completamente aberto por instantes e se tiver que vazar leite é nesta hora, normalmente quando ela da o cu para seu amante pauzudo eu nem vejo leite vazar pois apesar do cu fizar arrombado o pau ejacula no fundo e até o leite brotar o cu ja se fechou e no máximo vejo um pontinho branco, não é como na xota q fica vazando por tempo, por isto eu como corno prefiro que gozem na bucetona dela até rss, depois disto, tomaram outro banho, se arrumaram e foram embora, ela largou ele uma quadra antes do CTG pois ja estavam fora a 1he30 eu ja tinha dado falta dela no salão mas achei q estava no estacionamento, até que ela chegou e veio onde eu ja arrumava a janta para o pessoal, vi ela vermelha, ela é loira e quando transa fica um camarão e assim ela estava, mechi com ela ela falou que era a caipira mas piscou o olho para mim e todos riram achando q eera mesmo o efeito da caipira que as mulheres bebiam, quando não tinha ninguem perto ela falou ao meu ouvido, ESTOU CHEIA E NOS DOIS BURACOS, me beijou e senti o gosto de pau e porra pois a puta havia limpado o pau dele na primeira foda e ficou com bafo de porra, eu ri e perguntei como conseguiu dar o rabo no carro ela sorriu e disse sempre em meu ouvido, DEI O RABO NA TUA CAMA CORNINHO, quase morri, chamei ela de louca, enquanto ela sorria e dizia que eu veria o estado do quarto pois havia duvidado da coragem dela levar um estranho em nossa casa, perguntei novamente quem era e ela nao quis dizer, então tive q servir a janta, logo após isto dei umas incertas no salão e fiquei a cuidando de longe não sendo dificil perceber a troca de olhares entre ela e um homem bem mais novo e bonitão, ele estava com outros dfiois homens que tambem olhavam para ela quando ela não via e riam, ou seja, é certo que o cara contou aos outros, novamente o mixto de ciumes e tesão passou por mim, cheguei a pensar em não chegar perto dela para eles não verem quem era o corno, mas não resisti, logo fui para nossa mesa e dançamos várias vezes, o cara foi cuidadoso não o vi olhando para ela, mas quando eu virava de costas via ela olhando e sorrindo para ele, quando dançamos ela me disse que o cu ardia e que a calcinha nao segurava a porra que escorria dela, e ela ria mais e mais, fomos embora logo depois do comedor dela, em casa deu pra aproveitar e provar a xota dela, estava maravilhosa, vermelha inchada e com gosto de macho, enfiava a lingua e ela logo após sugava minha lingua me chamando de corno, mau entrei nela e gozei abundantemente, transamos por vários dias relembrando a foda dela, vi inumeras msgs que eles trocaram por celular depois, estão combinando de trepar novamente, ela irá na casa dele, mas isto será outra história. As fotos q coloco são nossas mas nao da foda claro pois ela nao fotografou.
Foto 1 do Conto erotico: ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 21/03/2017

deliciosa

foto perfil usuario edu aventureiro

edu aventureiro Comentou em 23/10/2015

Que tesão este seu conto, na forma do enrredo, e principalmente no tesão que senti ao lê-lo. Continue...

foto perfil usuario rui coutinho

rui coutinho Comentou em 18/10/2015

cara que conto maravilhoso é como se o leitor estivesse vendo tudo acontecer de perto eu fiquei encantado com sua historia linda e sensual do começo ao fim parabéns gozei na cueca de tanto tesão sou corno ha 18 anos amo ver minha esposa se deliciando num cacete bem grande e grosso ela tem dois amantes assim um negão e um brancão

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 17/10/2015

Muito bom e bem escrito. Aprovado e votado. Leia também os meus contos. Para melhor me conhecer comece por ler o 1º conto. Todos os meus contos são reais.

foto perfil usuario guto_poa_rs

guto_poa_rs Comentou em 16/10/2015

Maravilhoso conto amigo. muito bom.. Excitante.. delicia deve ser ter uma esposa assim..Parabéns

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 15/10/2015

conto super excitante, e foto dum delicioso anal...amei e votei...bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12342 - Amante da esposa la em casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
12371 - Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
12436 - Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
12469 - INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
12479 - PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12578 - PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12645 - ATUAL AMANTE O INICIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12666 - OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12709 - ESPOSA TRANSANDO NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13013 - MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13169 - NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
13171 - AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13325 - ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13603 - AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13769 - ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
13955 - ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
14253 - ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
14557 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14729 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14935 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14949 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15094 - ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
15096 - PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15216 - ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15259 - ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15968 - PRIMEIRO SWING DO CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16110 - PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16607 - ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16627 - ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
16934 - PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
16966 - PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
18111 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
18115 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
18295 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
19314 - ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
19938 - ESPOSA DANDO PARA COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20767 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
20768 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20769 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
22017 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
22018 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
22019 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
23307 - ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
25452 - ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
26816 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
26852 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
27032 - NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
27652 - ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
28366 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
28367 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
29811 - ESPOSA COM NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
30123 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
31212 - PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
33094 - ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
36901 - ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
43645 - DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
46418 - ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
50214 - ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53229 - PRIMEIRA VEZ COM O AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53992 - AMIGO DE AMANTE COMENDO MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
54589 - AMANTE NARRANDO COMO REALMENTE FOI O ENCONTRO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
61019 - ESPOSA E NOVO EMPREGO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
62243 - MARIDO NAO COMEU ELA DEU RABO PARA AMANTE. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
65576 - ESPIANDO AMANTE E ESPOSA SEM ELA SABER - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
66277 - AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
66977 - ESPOSA NOVINHA TRAINDO SEU PRIMEIRO NAMORADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
68118 - PRIMEIRO ANAL COM AMANTE PREFERIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
70553 - AINDA NAMORADA AMANTE DO CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
71654 - FESTA COM AMANTE NEGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
73929 - ESPOSA DANDO AO AR LIVRE PARA O CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
77768 - FINALMENTTE UMA AMANTE AMIGO MEU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
78053 - Vingança da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97684 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
98334 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
98619 - MARIDO ESCONDIDO NA CASA DO AMANTE ASSISTINDO ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil cacolabin
casalsul

Nome do conto:
ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA

Codigo do conto:
72266

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
14/10/2015

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


Conto Erotico quadrinhocontos eróticos gay chupei a pica fedidadesenhos hentay porno taxista comendo as pasageirasdoce nanda contos eroticosroziney do porno.comcontos eróticos em tambabaenteadascontospiroka do primoporno guaxinim putinha libera pro tio safadaoconto erotico ajudano vizinha bucetuda e gostosachupando imobiliária conto gayconto erotico preparando para picacontos eroticos da filha do pastor trai o maridinhoconto erotico mae safadavideo motorista fretado esquece video pornogarototranzConto erotico de bucetinha novinhamulheres chupando pica de cavalotirei a virgindade do meu irmao duduquadrinhos eróticos realistapornô dargostozopeso conto heterocontos eroticos de defloraçao analnovinha cavala cavalgando no vibrado xvidioscontos eroticos novinha espiando seus tios transaremnoiva traindo Fui comida no dia o meu casamento porno contoconto meu marido mereceu ser xingadoContos e fotos de tias e sobrinhos pauzudosPosiçoes alucinante para menage masculinocontos eroticos de casais liberais em gostoso menage com cacetudochorei na vara de outro pro corno ver contosmeninas capturada. abusadas e escravizadas quadrinho eroticoNo hotel irma e irmao conto eroticocontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigacontos eroticos de lesbicas praticando lactofiliaconto eroticos pelados em casacontos eroticos gay. violentadoConto erotico ninfetinhaconto erótico menina mendiga cuFOTOS PORNO DOS SIPISONconto erotico deixa eu verxvideo gozando no pautia chupando a buceta da sobrinhaContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoConto erótico dando a boceta para o namorado virtualConto erotico evangelicamarido quer ser corno contocontos eroticos na praialimomada giibi pornoFotos pornogay passivo parou no presidio e enfiaram a rola nelehistoria em quadrinho que movimento para uma boa masturbaçaocarreteiro sendo comido pelo chupaconto erotico com foto isso que e gosta de ser cornocontos eroticos sou casada caridosa com meu sobrinho sou puta safada/contosPau grande e preto no meu c. Conto erotico eterosexual.contos de filhos espiando a maedando o cuconto erotico femdom traiçaomeu tio me comeu contos eroticoscontos negao comeu meu cuultimos conto sadoconto me lambuzou de porracontos eroticos meu marido cumeu minga amiga e enfiou a maocontos gay apartamentocontoseroticosdpvaginalamigo do meu marido e maniaco contos eroticoporno de marrentas violentadasComendo o rabinho da menina moça contos eróticosantoniomarcoscwb@hotmail.comcontos eróticos titia negra interracialfotos em quadinhos porno vigindade