Ser filho unico

Click to this video!


O que vou relatar aqui um caso bem recente descobri esse site a pouco tempo .
Ao contrario de outros contos que aqui escontrei meu caso e bem diferente pois não sou nenhum garoto de 18 ou 20 tantos anos .
Já sou um homem de 46 anos e minha mãe tem 66 anos mas antes de eu contar tudo vou fazer um resumo da historia .
Tudo começou na minha doce adolecencia nos anos 60 sexo era uma coisa misteriosa e tudo era tabu, mas se dava um jeito tinha um bando de amigos e moleque e uma merda faziamos concurso de punheta e com muito custo conseguiamos comprar umas revistinha de sacanagem tudo do Zefiro e era um troca troca de revista que não acabava e não tinhamos vergonha de falar que era pra bater punheta eu tinha umas 3 bem escondidas, certo dia um amigo descolou uma revistinha com fotos coloridas escrita em ingles mas pouco importava o que estava escrito o bom eram as fotos só que essa revistinha meus amigos me regulavão e nenhum deles me dizia o pq, ai essa revistinha chegou na mão do meu vizinho e depois de muito eu pedir ele acabou me emprestando, so me disse não fica bravo comigo, disse pq, ele me falou que a molecada regulava a revistinha pq a vadia era a cara da minha mãe, logico fiquei muito bravo mas ao ver as fotos percebi que era verdade a puta era a cara da minha mãe .
Eu olhava e olhava a revista e a cada vez que olhava mais eu achava a puta parecida com minha mãe bom e logico bati varias punhetas pra mulher das fotos mas de tabela pensava na minha mãe e o pior sabia que meus amigos tb .
Tinha 14 /15 anos percebi que realmente minha mãe era um mulher bonita e gostosa e sabia que meus amigos sentiam o mesmo logico nunca me falaram isso mas eu sabia, resolvi então me aproveitar disso minha mãe sempre foi metodica em tudo eu sabia todos os horarios e habitos dela ate a hora do banho quase sempre na mesma hora então comecei a espia-la tomando banho pelo bom e velho buraco da fechadura e não tenho vergonha em dizer que eu me acabava na punheta no minimo duas ficava com o pau esfolado e tive tb a oportunidade de ver algumas vezes meu pai fodendo com ela no chuveiro ai eram no minimo 3 punhetas .
Um ano depois eu mantinha a rotina de espiar minha mãe mas aconteceu uma fatalidade meu pai morreu num acidente de carro, eu fiquei arrasado logico minha mãe tb mas fazer o que coisas da vida, estava fazendo o colegial na epoca mantinha os mesmos amigos e amigas a coisa de espiar minha mãe esfriou bastante pois agora eu tinha namorada e a já sabia o que era sexo pois a galera ia a boates e sempre dava pra sair com alguma mulher e foder .
Claro minha mãe ainda era bonita e gostosa as vezes falava pra ela sair mais se divertir essas coisas .
Se passaram mais alguns anos e eu já na faculdade esqueci de vez minha mãe agora eu era um homem sabia quase tudo de sexo, ao termino da faculdade ganhei da minha mãe e de meus avos uma viagem pra Italia pois queria fazer um curso em Milão acabei ficando 4 anos na Italia e la conheci minha futura esposa estava com 27 anos então, voltei casado já e abrimos um escritorio de arquitetura aqui em SP ganhamos bastante dinheiro e compramos uma bela casa fora da cidade, minha mãe morava sozinha em um apto em Moema, e apesar da idade ela ainda era bem bonita e ainda gostosa tinha uma vida boa saia e tinha ate uns amigos mais intimos coisa que eu achava otimo .
Bem meu casamento acabou dez anos depois estava com 37 anos minha ex voltou pra Milão e foi tudo resolvido amigavelmente abri mão de tudo que ela queria ela abriu mão da casa e outros bens ainda bem não tivemos filhos, eu mais ficava na casa da minha mãe do que na minha pois tinha de pegar estrada e ficava mais facil e barato eu ficar com minha mãe .
Minha mãe continuava metodica ate no horario do banho mas ai vcs sabem banheiro tem tranca so do lado de dentro então eu nem podia espia-la mas ela ate que me ajudava as vezes saia nua do banho coisa que me deixava louco de tesão eu por minha vez adiquiri habitos bem diferentes eu sempre saia do chuveiro pelado pra me enxugar no quarto e as vezes dava de cara com minha mãe que sempre arregalava os olhos e dava uma olhadinha no meu pau e dizia o menino cobre essa coisa eu dava risada e ia pro quarto, ela dizia isso pq Deus foi generoso comigo eu desde pequeno sempre tive o pau grande e grosso não e como a molecada dos contos diz 25 x 15 coisa exagerada, e grande tem 21 x 10 acho normal já minha mãe acha grande e lembrando das vezes que vi meu pai e ela fodendo o meu esta bem maior .
Bom vamos a parte final, em 2003 então com 43 anos e ela com 63 tive um surpresa quase boa recebi um telefonema dizendo que minha mãe havia caido no clube e havia trincado o pulso e quebrado o tornozelo sai correndo do escritorio e fui ao hostipal ao chegar o medico veio falar comigo sua mãe esta bem sorte ela estar em boa forma nem parece que ela tem 63 anos mas ela vai ter de ficar de molho por no minimo 3 ou 4 semanas o pulso daqui 8 dias vai estar bom mas o tornozelo vai demorar mais, passado uns 15 minutos ela vem na cadeira de rodas fui em sua direção perguntei se estava tudo bem ela ainda meio sob efeito de sedativo disse que sim, o medico voltou e me disse ela tem de tomar esse sedativo por 3 dias disse ok .
Tratei de arrumar uma enfermeira e disse que iria leva-la para minha casa pq era mais sossegada perto do hostital aluguei um par de muletas e por sorte havia um senhora lá que era enfermeira e estaria livre em 2 ou 3 dias deixei meu endereço e telefone e fui a casa da minha mãe pegar roupas e objetos pessoais pra ela passar uma temporada na minha casa tudo em ordem saimos e fomos pra minha casa eram já umas 9 horas da noite qdo chegamos descarreiguei tudo levei minha mãe pro quarto ela meio grogue ainda acabou dormindo com a roupa do corpo eu ate quiz tirar mas estava cansado tb tomei um banho jantei e fui dormir já que iria ficar aquela semana em casa em qto a enfermeira não viesse .
No dia seguinte me levantei passei pelo quarto da minha mãe ela já tinha acordado e estava na cozinha fazendo o cafe passei por ela disse bom dia dei-lhe um beijo e disse sossega mãe senta aqui e deixa que eu faço o cafe, perda de tempo ela respondeu pode deixar ja esta pronto .
Ela se sentou servi o café pra ela e ficamos batendo papo ela me perguntou nossa esse remedio da um sono eu disse e vc vai ter de tomar 3 dias pouco tempo depois chegou minha empregada que tirou a mesa e partiu pro serviço domestico fomos para sala ela me pergunto dormi com a roupa do corpo estou desde o tombo com ela, pergunta pra Maria se ela pode me dar um banho rapido pelo menos pra eu tocar de roupa chamei Maria que de imediato disse não ser problema nenhum elas foram pro quarto eu me vesti e fui ate a cidade comprar o remedio e algo pra deixar em casa frutas e comida em geral acabei encontrando uns amigos na cidade e voltei mais tarde do que imaginava ao chegar Maria já tinha ido embora ela fez o almoço e deixado a casa em ordem .
Minha mãe estava na sala lendo o jornal confortavelmete no sofa ela vestia uma saia dessas tipo indiana bem folgada e uma camiseta minha bem folgada tb, perguntei tudo bem ela sim tudo bem qdo vem a enfermeira respondi daqui uns 3 dias só .
Percebi que ela ficou um pouco contrariada mas pensei tudo bem deve ser impressão minha me levantei comi algo e fui tomar banho estava eu no sossego do meu banho qdo escuto um barulho no corredor vi minha mãe de muletas saido do raio de visão achei estranho, sai como sempre pelado e fui pro quarto me enxugar ao chegar na sala minha mãe um pouco inquieta vendo tv, algo errado perguntei, ela respondeu quase nada esta quase na hora do meu banho como vou fazer, eu respondi mas vc já não tomou banho logo cedo a Maria jogou agua no meu corpo não lavei o cabelo não isso não aquilo e bla bla bla, fiquei irritado e disse levanta que eu dou banho em vc, ela o que ! eu isso mesmo levanta que eu te dou banho, magina que vc vai me dar banho vc e quem sabe já te vi sem roupa um monte de vezes resolve e me diz o que vc quer fazer, levantei fui a cozinha tomar um café uma cervejá, qdo ela me chama tá bom vai ...
eu disse vai indo pro seu quarto que eu já vou fui me trocar e já pensando que eu iria tocar no corpo dela e iria ficar perto dela ver ela peladinha bem de perto me senti com 15 anos novamente não teve jeito meu pau começou a ficar duro puta que mancada pensei tirei a bermuda vesti uma sunga bem apertada e vesti um short por cima mas mesmo assim dava pra perceber o volume pensei pra mim mesmo foda-se pus um chinelo e la fui eu ao chegar ela estava ainda vestida, respirei fundo e disse bom vamos lá tirei a camiseta dela ela estava de sutiã seus peitos são grandes e claro caidos a saia era dessas de elastico foi facil de tira tb ela usava um calcinha branca de algodão bem generosa tb no tamanho liguei o chuveiro desabotuei seu sutiã primeiro susto o peito gostoso ela tb meia envergonhada não disse nada ate então ai fui tirar a calcinha dela segundo susto a sem vergonha tinha aparado os pentelhos o que deixa a mostra uma buceta espetacular foi dificil ela não perceber meu pau estufando o short, foi qdo ela disse Benza Deus meu filho em ato continuo disse senta logo pra acabar logo tb olha minha gente apesar da minha idade da idade dela e do tempo que fiquei casado posso garantir uma coisa se alguem tiver essa tara pela mãe e passar pelo que passei digo uma coisa e du caralho, lavar a mãe e algo indescritivel lavar o cabelo o rosto e normal mais os peito e um grande par de peitos uma senhora bunda e um bucetão como o da minha mãe não tem pau que resista, e tem mais a cara que minha mãe fazia qdo lavei aquele bucetão tava na cara que meu sonho de adolecente iria rolar e não ia demorar muito não caimos na real ao mesmo tempo ela vermelha de vergonha e eu com pau quase estourando as costuras percebi que minha mãe havia liberado liquido vaginal e logico que ela percebeu tb ...
Ainda bem acabou enxuguei minha mãe rapidamente ela já havia pegado a muda de roupa apenas um singelo camisão daqueles que vão ate o joelho mas o melhor vem agora ela me disse não vou por nem sutiã e nem calcinha ai eu quase morri do coração .
Eu fui pro meu quarto me tranquei no banheiro e bati uma punheta pq senão meu pau explodia .
Jantamos em silencio mal nos olhavamos mas tive de dizer tá na hora do remedio ela tomos pegou a muleta e foi pro quarto eu nem dormi paasei o noite vendo tv .
Dormi no sofa mesmo ao abrir os olhos minha mãe estava sentada na poltrona disse bom dia ela respondeu bom mesmo ela estava feliz bem humorada mais jovial mais tudo, disse temos que falar do banho de ontem né mãe ela disse temos sim e digo mais quero que vc me de outro banho hoje mas demorado e mais profundo, eu pirei na hora, bom chegou a hora da verdade vou confessar uma coisa pra vc mãe carrego esse tesão por vc desde os 14 / 15 anos vc nem imagina o numero de punheta que bati em sua homenagem, ela respondeu pra mim sem culpa e sem traumas vamos fazer o que temos de fazer sem perguntas sem procurar motivos e desculpas para o que vai acontecer só quero saber de vc o seguinte vai ter coragem de ir ate o fim, disse afirmativo e da sua parte tb, ela confirmou e naquela manhã mesmo eu e minha mãe viramos homem e mulher, e digo mais naquele dia minha mãe me deu tudo mas tudo mesmo fodemos praticamente o dia todo eu tive realizado minhas tara comendo aquele cuzão maravilhoso fazer aquela espanhola de diretoria e gozar na cara dela comer sua buceta foi algo cimema chupei bombei gozei e chupei de novo e bombei de novo fazia tempo que nenhuma mulher oferecia o rabo de bom grado pra mim coisa que minha faz direto comigo se bem que fique dolorida ainda no dia segunte mas ela pede biz sempre, prometo num proximo conto dar mais detalhes da coisa que minha mãe e mestra sexo oral ....


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela3234

Nome do conto:
Ser filho unico

Codigo do conto:
6817

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
14/01/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos orabao da madrinhaporno sofucado ate desmairasanhada pegou meu Pintoconto corno descobre as aventuras da mulher com seus amantes fixosConto erotico gay perdido na ilhaContos e fotos de senhoras de bundas grandesconto erotico em quadrinho encostando no onibuscontos de travestis na praia molemeu filho me fode contocasa dos contos eroticos minha filha mim pediu para chupalaGemendo pro corno ouvir.conto eroticomeu selvagem e atrevido filhofilha e nora putas cu pequenoconto erotico gay negao sarado e bem dotado meu comeu aforca sem do nem miedadecontos de cornos permitidocontos.eroticos biquini punheta incestoquadrinho erotico filhaprovoquei meu padrasto contoscalcinha para o sobrinho contosContos gay pau pequenoconto erótico esposa engrávida depois de um estuproconto porno velho roludopornô pai e filho em quadrinhosconto incesto desabafo de uma mae capitulo xicontos erotico mae na prai e filho pausudo 30cm de cuecaconto minha esposa me puniu com um dildoconto erotico jornaleiroconto eroticomamando na maninha eo marido dela chupando meu pauContos eróticos evangélicoscontos eróticos variadoscontos eróticos de punhetaconto erotico entregador de pizza a forcaultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vezcontos erotico quadrinhoscontos eróticos bebadacontos homem bissexualconto erotico com negaocontopunheteirodei a bucetapromeu filhocontos porno de mulheres que não aguentarao pau enormeEu sempre eu levo minha irma no meu carro pro motel ela sempre ela raspa sua buceta pra eu fuder ela conto eroticoNovinho do cuzinho ardido contos eróticos gaysultimos contos sadomazoquistaconto erótico coroa dano p mlkContos eróticos gay menage militarescontosdeanalconto erotico minha priminha tardavacontos eróticos entre tio e sobrinha ainda bebezinha adotiva"pedrojrrg"contos forcada zoofiliatio safado me ensinando dirigirconto erotico comendo cu madrasta negra no mercadoHq de eroticos porno gaycontos eróticos papai meu amorconto de farmaceutico pornocontos de incesto engravidei minha mae e minha irmãporno conto mae novoconto erptico comi minha tiacontos eroticos podolatria com a madrasta dormindocontos pornos gays de amigo da praiaver vídeo pornô gay gay hétero tirando a virgindade do seu cunhadinho a forçaconto erotico desde novinhaconto ertico sou juíza mais sou safadamulher chupa cu do homemcontos eróticos com fotos cumi o cuconto erotico menageconto erotico comi minha coleguinha de escolathe willing ward quadrinhos gay pornofilmo a buceta da prima de tualhaPrimo skatista conto gaysou loirinha dei o cu aem parar no beco escuro contos eroticosconto fama ter pau enorme