MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Click to this video!


Olá! É meu primeiro conto. Sou Hugo, 1,75; olhos castanhos, cabelos castanhos lisos, pele branca, e corpo magro definido.
Quando eu estava no penúltimo ano meus pais se separaram. Fui morar com minha mãe em um sobrado, com varias casas.
No térreo só tinha minha casa e mais uma. as outras ficavam no segundo e terceiro andares.
As casas eram tipo meia água, com um corredor que era também o quintal, que dava para o portão de chapa. Por isso, as duas casas tinham uma certa privacidade.
Minha casa era a da frente, e meu quarto tinha uma janela que dava para um corredor próximo ao muro da frente, onde tinha o tanque de lavar roupa e os varais da minha casa. Assim também era o da casa de traz.
A casa era simples mas bem arrumada, e nos primeiros dias eu quase não ficava em casa, pois estava tentando ajudar meu pai.
Um dia minha namorada veio me visitar e ficamos na frente do portão. Estávamos num maior amasso, quando ouvimos alguém pedindo licença.
Quando eu olhei, vi um rapaz da minha altura, branco, olhos grandes e azuis, e loiro com os cabelos curtos e arrepiados. Estava sem camisa e vestia um shorts de futebol e chuteira de quadra.
Eu fiquei sem reação por um tempo. Ele devia ter a minha idade, mas tinha um lindo corpo definido. Peitoral com pelos aparados e crescendo, indo pelo caminho da barriga, até a virilha . A cintura do shorts era bem baixa, mostrando a barra da cueca azul e os pelos da virilha, e os músculos da cintura.
Era uma visão de tirar o folego. Ele ainda tinha rosto de moleque, e parecia tímido com a nossa interrupção.
Eu e minha namorada demos licença e ele entrou. Eu dei uma olhada e vi a sua bunda firme, marcando o shorts. ele entrou na ultima casa.
No outro dia, fui eu quem estava chegando a noite, e vi ele agarrado a uma garota no muro perto do portão. Ali a iluminação da rua era bem fraca, por isso eu só percebi que, ele estava com a mão por baixo da saia dela; e ela com a mão dentro da bermuda dele; quando já estava bem perto.
Eu passei direto e entrei, mas vi que ele parou para olhar para mim antes de eu entrar.
Alguns dias depois, eu estava na sala jogando xbox, quando o telefone toca. Minha namorada queria conversar. Eu fui para a rua, para minha mãe não ouvir a conversa, e ela falou muito.
Meu vizinho chega e para na frente do portão e começa a me olhar, como se esperasse por alguma coisa. Eu dei uma desculpa para minha namorada e desliguei.
O vizinho se aproximou de mim. Ele estava de camiseta preta bem justa, uma bermuda de fibra sintética, daquelas que parte da cueca fica aparecendo, e ele usava uma dourada com inscrições na barra. Ele tinha um sorriso sincero de um cara que quer só se apresentar.
Ele estendeu a mão e apertou forte a minha.
- Oi meu nome é Angelo!
- Hugo!
- Tá morando aqui agora, Hugo!- ele perguntava sempre sorrindo, pronto para fazer amizade.
- Sim!
E ficamos conversando um bom tempo. Ele também era filho de pais separados, mas sua mãe gostava de namorar; segundo disse ele.
Com o tempo criamos uma amizade de vizinhos. Conversávamos na frente do portão, e saíamos com nossas namoradas juntos; jogávamos xbox na minha casa, e ps3 na dele.
Sempre ficávamos a vontade na frente um do outro, mas ainda não de cueca.
Um dia estávamos jogando na casa dele, e ele estava de shorts de curtos. Eu vi uma ereção enorme marcar o shorts e a cueca, pulsando e balançando.
Angelo só olhava para a tela e falava comigo sobre o jogo. Eu achei que era apenas acaso ele estar de pau duro, já que naquela época estávamos numa fase em que isso era comum. Mas não conseguia parar de olhar; e meu pau foi ficando duro também.
Eu comecei a olha-lo mais intensamente. Seu peitoral largo e peludo, bem aparado, sua barriga cheia de gomos, e fina; seu queixo quadrado; suas coxas fortes e douradas de pelos; seu olhar sincero.
Eu senti que estava com tesão por ele, e fiquei confuso. Nos outros dias eu comecei a reparar mais em seu corpo;principalmente no seu volume.
Um dia estávamos conversando em frente de casa, falando sobre sexo com nossas namoradas, quando ele deu um apertão no pau e fechou os olhos, fazendo uma cara de prazer safado.
- Nossa eu tô de pau duro só de pensar.- e balançou o pau, por dentro da bermuda, para eu ver.
Eu estava só de shorts, sem cueca, e meu pau ficou duraço, sem como esconder.
- Caramba Hugo! tem quanto ai?
- Não sei, nunca medi!
- Eu já! o meu tem 19 cm!
- E isso é quanto?
- Não sabe medir não cara!
- Não é isso! só queria saber se isso é muito, pouco ou normal.
- Eu sei lá! mas vamos entrar antes que alguém veja você assim.
Fomos para as nossas casas. Eu já estava deitado pronto para iniciar uma punheta, eram quase 00.00, quando ouço um barulho na minha janela
Angelo tinha o costume de me chamar pela janela, mas nunca tão tarde; sua mãe devia estar ocupada com alguém.
Eu abri a janela, e vi Angelo em pé, seu peito brilhando levemente de suor.Ele vestia um short de pijama cinza-claro com uma cordinha de amarração na frente, caindo por cima do volume marcando o short, que estava bem justo nas coxas e virilha.
Fiquei louco de tesão, e agradeci por estar dentro do quarto, com a luz apagada, pois estava só de cueca slip azul-claro com barra prateada, que mal segurava minha ereção.
- Oi! eu estava sem sono. Quer conversar um pouco?- já falou sentando no beiral da janela, que era baixa.
- Claro!- e me sentei também, só que com o corpo virado para dentro do quarto.
E ficamos ali; próximos um do outro. Eu sentia o calor do seu corpo e o cheiro delicioso que saía dele. Conversávamos baixinho, para não acordar nossas mães.
A luz do poste da rua dava uma leve iluminação, pois não atrevia acender a luz do meu quarto e minha mãe aparecer.
De repente percebo uma ereção crescendo no shorts de Angelo, que estava sem cueca. Eu estava esperando aquilo desde que ele chegou, e fiquei falando sacanagem com ele só para ver se ele ia ficar exitado.
A pica ia crescendo para baixo, se apertando em suas coxas, então ele pegou o volume e ajeitou para cima; a deixando livre para crescer mais e armar uma barraca deliciosa.
Eu estava em brasas. Meu pau tremia dentro da cueca, e comecei a sentir um liquido escorrer pela minha coxa, saindo da cabeça do meu pau.
Angelo manipulava a pica por cima do shorts, a apertando e puxando para baixo, só para soltar e ela voltar para sua posição de rocha. Ele me olhou e sorriu bem safado.
- Que ver?
Eu não disse nada, só olhava o volume. Ele desamarrou os cordões e folgou. Na hora saiu uma cabeça grossa e meio avermelhada, pulsando para o céu, cheio de veias vermelhas. Ele segurou e apertou, puxando para cima e apertando, até que saiu um liquido branco da ponta. Depois ele soltou e libertou seu saco pesado e com pelos dourados, e ficou brincando com os testículos.
- O que acha?
- Parece bem grosso!
- E pesado! quer sentir?
- Não!- falei no susto, mas doido para tentar.
- Tem uma régua ai?
Eu fui até o armário e peguei minha mochila, tirando a régua. Angelo a pegou e encostou em seus pelos da virilha, bem rente ao pau e me olhou.
- Vê só quanto tem!
- Nossa! acho que tem 20 cm. - disse, não conseguindo disfarçar a admiração.
- agora mede o seu!
Eu fiquei meio sem jeito mas peguei a régua da sua mão, e enquanto ele estava distraído, brincando com o pau; eu cheirei rapidamente a régua; sem tirar o olho da sua ereção pulsando.
Tirei meu pau para fora e coloquei a régua, mas estava escuro aonde eu estava; peguei o celular e usei para iluminar.
- Rápido! vê logo quanto eu tenho.
- 18 cm, quase 19. Nossa! seu pau é bem grosso.- e pegou de leve no meu pau; eu quase gozei.
- Que se acha de batemos uma agora, aproveitar o tesão.
- Tá bom!- falei meio sem graça.
Angelo começou a se masturbar bem devagar. Seu peito arfante; suas coxas retesadas; seu corpo encostou no meu. E abaixei minha cueca e comecei a me punhetar olhando para sua punheta.
Ele começou a olhar para minha ereção, e começou a arfar mais forte, e eu também. Soltávamos gemidos sem querer. Angelo passou seu braço livre pelo meu peito, me abraçando, enquanto batia uma. Eu encostei minha cabeça em seu ombro, e aspirei seu cheiro de macho no cio. Eu sentia seu corpo quente, seus tremores.
Mas nem ele, nem eu, aumentávamos o ritmo. Nossos corpos começaram a tremer; as respirações começaram a falhar. O suor de Angelo me molhava. O barulho da punheta, me deixava elétrico.
Angelo gozou, esguichando porra para o ar, e eu gozei olhando para seu pau espumando porra, sujando minhas coxas. Depois de controlar a respiração; ele limpou a baba que escorria da boca, e me soltou; passando a mão de leve pelo meu ombro e indo para o tanque, onde começou a lavar o pau meia bomba; sempre me olhando com uma interrogação.
Depois de lavar o pau ele amarrou as cordinhas do shorts e veio em minha direção, colocando as mãos no meus ombros.
- tô indo! amanhã a gente se vê!
No outro dia, nossas mães saíram, deixando nós em casa. Elas sempre faziam isso. Pois se sentiam aliviadas, pois ficávamos jogando o dia todo rpg, no domingo.
Eu fiquei esperando Angelo me chamar, mas ele demorou; então eu fui na porta dele; estranhando que a janela da sala, que dava para o corredor, estava fechada.
Eu ia bater na porta, quando escutei um barulho de gente gemendo, e entendi que ele estava fodendo com sua namorada. Ele sempre fazia isso; e eu era cumprisse, meio que sem opção.
O gemido parou e eu voltei para casa. Um tempo depois ele apareceu na minha janela, com a namorada do lado, e ela me deu um tchau! depois que Angelo levou ela no ponto de ônibus; Angelo me chamou e jogarmos.
Quando eu entrei na sala dele, logo senti o cheiro de sexo, ele percebeu e deu om sorriso safado, indo abrir a janela; que diferente das janelas dos quartos, que ficavam na altura das coxas. As janelas das salas eram na altura do peito.
Começamos a jogar e nos divertir. Angelo só estava de bermuda, e deu para perceber que estava sem cueca; com os pelos pubianos amostra. Sempre coçando o saco e o pau. Depois de um tempo minha atenção foi atraída, pois ele não parava.
- O que você tem? Você não para de coçar o pau!
- Desculpa! tô ti atrapalhando?
- Não! mas tá com algum problema?
- Não! é que meu pau esta um pouco esfolado da foda.
Ele simplesmente colocou o pau para fora; que estava mole; me mostrando que estava um pouco vermelho. Os pelos estavam crescendo de novo( ele tinha raspado umas semanas antes). E enquanto ele mexia no pau, ele começou a crescer, ficando em ponto de bala, em segundos.
Angelo começou a punhetar, olhando para mim.
- Pô! eu estava cheio de tesão. Ela nem quis fazer de novo, e eu só parei por que vi um vulto na porta.
- Era eu, que vim para ti chamar para jogar, mas tava tudo fechado.
Ele colocou o pau para dentro do shorts, e voltou a jogar. Mas eu fiquei incomodado.
- Num vai lavar não?
- Depois! agora vamos terminar essa fase.
Depois de meia hora, Angelo encheu um balde grande com água quente( nas casas não havia chuveiro quente), e levou para o banheiro. E veio na sala.
- Vem tomar banho!
- Eu?
- Tem mais alguém aqui?
Eu fiquei sem reação, mas ele não esperou resposta e foi para o banheiro; que ficava entre a porta do quarto de sua mãe, e da cozinha, de frente para a sala, nas costas do sofá; e deixou a porta aberta. Eu não sabia bem o que fazer,mas levantei e fiquei na entrada da porta. Vendo ele tirar o shorts e ficar nu na minha frente, com o pau mole e pesado, balançando e chocando deliciosamente no saco.
Eu comecei a ficar de pau duro, e tinha decidido ir embora; mas Angelo veio, nu, me agarrou por trás, me puxando para o banheiro. Eu senti seu corpo colado no meu, e meu sangue ficou quente.
Eu ainda tentei lutar.
- A para de palhaçada! vem tomar banho comigo cara! vai ser legal!
- Tá bom! mas me solta!
Angelo me soltou, e me virei para ele; que estava com o rosto e peito, vermelhos, com a benga duríssima, pulsando e balançando; fingi ignorar.
Angelo começou a beliscar minha cintura, me fazendo cocegas. Eu dando risada; ele puxou minha camisa para cima, tirando. Eu me soltei rindo e tirei a bermuda e a cueca, ficando nu, de pau duro.
Começamos e rir do pau do outro, e Angelo começou a tentar apertar o meu pau. Eu me esquivei e sai correndo para, e pela sala, fugindo ele. Ele me pegou por trás e encostou o pau na minha bunda, e senti o calor do seu tesão, no meu regô. Eu parei na hora, e acabamos caindo deitados no sofá. Angelo aproveitou para dá uma esfregada na minha bunda; me prendendo com os braços.
Depois de parar de rir muito, fomos para o banheiro e começamos a tomar banho. Jogando água um no outro, e ensaboando as costas do outro, brincando pra caralho ( rsrsrs), sempre com o pau duro, e roçando de tempos em tempos no outro. Mas ficamos só nisso.
Nos vestimos. Angelo colocou uma cueca branca box da lupo, e uma bermuda preta bem folgada na cintura. Eu vesti a minha roupa. Voltamos a jogar no sofá. Lá pelas 17:00 h, nós fizemos um lanche, e depois Angelo inventou de vermos um filme pornô, que nós tínhamos arrumados a meses atrás, mas nunca tínhamos visto juntos.
Era um pornô de coroas versus garotões, muito bom na época. No começo ficamos só assistindo, lá pela segunda cena, Angelo começou a apertar o pau, me olhando de tempos em tempos, fazendo carinha de safado.
Eu tomei a dianteira e coloquei meu pau para fora; mesmo mole. Angelo soltou um sorriso, e esperou meu pau ficar em ponto de bala, e tirou seu pau para fora; já babando. Começamos a punhetar só olhando para a tela, mas de vez em quando, olhávamos para o pau do outro. Aumentando a velocidade juntos.
Angelo pegou no meu pau, sem olhar para mim, e começou a me punhetar freneticamente. Sua respiração aumentou e ele começou a gozar; e, eu, vendo ele gozar; comecei a mexer a cintura fazendo um movimento de vai e vem, na mão dele. E gozei muito; sujando a mão dele, e o sofá. Começamos a rir.
Depois disso nos limpamos com a toalha, e ficamos jogando, até nossas mães chegarem.
As semanas passaram, e um dia a mãe de Angelo inventou de viajar com o pai de Angelo. Mas o pai dele, pediu para ela deixar ele com alguém, e não sozinho.
Minha mãe, é claro, Ficou solicita, e nós ficamos felizes, pois Angelo ia ficar dois dias em minha casa.
No sábado, Angelo foi para minha casa depois da 13:00 h. Fomos para a piscina de um clube, que ficava perto da escola dele; e brincamos com seus amigos até 18:00 h. Chegando em casa, nós lanchamos, e tomamos banho separados. Ficamos vendo televisão até tarde, e fomos dormir; pois minha mãe nos mandou dormir. Já eram 01:00 h.
Nós tiramos as roupas e ficamos. Eu fiquei de cueca slip cinza; mas Angelo tirou a cueca e colocou um shorts de pijama meio transparente, e meio apertado nas coxas, pois as coxas dele eram bem grossas, e deliciosamente peludas.
Eu tinha arrumado uma cama no chão para ele, mas ele pegou o cobertor e travesseiro, e me empurrou para o canto, deitando comigo.
Ficamos até tarde conversando, assistindo videos de humor; rindo muito.
Lá pelas 03:00 h, o sono começou a bater; mas Angelo já estava dormindo. Ele estava com o cobertor até a cintura, e seu peito estava nu. Eu comecei a iluminar com o celular, vendo aqueles músculos brilhar; pois ele tinha raspado o peito de novo; sua barriga firme e com gomos; seus pelos pubianos saindo pelo pijama, me tentou, e eu puxei a cintura do shorts e vi que seu pau molhe.
Tomei coragem e coloquei a mão dentro do shorts, sentindo a textura do seu pau, que começou a crescer enquanto eu mexia nele. Eu comecei a punhetar Angelo, bem devagar; olhando para seu rosto.
Quando eu vi que ele estava arfando de olho fechado, eu aumentei o ritmo, sentindo o pau dele pulsar na minha mão, e me punhetando junto. Ele logo gozou muito na minha mão, e eu gozei sentindo a delicia de um homem sentindo prazer através de mim.
Angelo abriu os olhos, olhando para o teto, e soltou um espiração forte, e voltou a dormir, e eu também.
No outro dia eu acordei com Angelo se esfregando na minha bunda, com o pau dentro do shorts. Eu estava virado para a parede, sentindo aquele calorzinho duro na minha bunda. Ele me abraçou, e senti seu peito forte e com os pelos nascendo, espetando minha costas; fiquei de pau duro na hora, e abaixei minha cueca. Coloquei minha mão na cintura dele, e apertei o pau dele, puxando a frente do pijama, sentindo aquela vara grossa de pele, socar meu regô, com uma fome, flexionando tão rápido, jogando e apertando sua virilha contra mim, com tanta fome; bufando no meu pescoço; que começou a ardeu meu regô; mas a sensação era muito, e comecei a rebolar na pica dele.
Gozei sem colocar a mão no pau, e sentindo Angelo me apertando contra a parede, fodendo meu regô, gozando em toda minha bunda, me abraçando, gemendo no meu ouvido, tremendo muito.
Gente! vai ter uma continuação. Por favor! comentem, para eu saber se estou fazendo direito. É meu primeiro conto, baseado nas minhas experiências pessoais. Abraços!


Foto 1 do Conto erotico: MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Foto 2 do Conto erotico: MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Foto 3 do Conto erotico: MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Foto 4 do Conto erotico: MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Foto 5 do Conto erotico: MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario putopoeta

putopoeta Comentou em 04/12/2016

Porra, é difícil se achar contos por aqui com uma riqueza de detalhes que fazem o leitor sentir cada sentimento do protagonista. Gozante!

foto perfil usuario amarcio

amarcio Comentou em 18/10/2016

Que história gostosa, deixa excitado do inicio ao fim

foto perfil usuario marcosvenutti

marcosvenutti Comentou em 15/04/2016

Puta que pariu adorei a sua história, tb tenho as minhas, mas as suas são de mais. Ow vontade de conhecer seu vizinho.

foto perfil usuario haroldolemos

haroldolemos Comentou em 08/02/2016

Caralho, fera, que tesão de conto! Você, sim, sabe usar a narrativa com diálogos...e isso dá muito tesão...os diálogos. Putz, gozei muito, mano. Abração, aí.

foto perfil usuario boybumbumgg

boybumbumgg Comentou em 18/11/2015

Nossa, que delícia ...

foto perfil usuario luisbijp

luisbijp Comentou em 24/10/2015

Otima história. Li todos os contos. Parabéns pela narrativa e pela emoção que deixou nas palavras.

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 17/09/2015

conto deliciosoooooooooooooooooooooooooooooooooo bjos Laureen

foto perfil usuario vbn3011

vbn3011 Comentou em 30/08/2015

muito bom. fiquei de pau duro

foto perfil usuario coroa zs

coroa zs Comentou em 30/07/2015

Delicia de conto! Me deixou de pau duro. Vou ler a continuação e todos os outros.

foto perfil usuario mirandatop

mirandatop Comentou em 22/07/2015

Muito bom!

foto perfil usuario yuta

yuta Comentou em 18/07/2015

Cara, gostei da forma como narrou, nada direto. Primeiro o flerte de ambos, depois a apresentação, o nascimento da amizade confuzindo a intimidade... estou interessado em ler a continuação...

foto perfil usuario nayarah

nayarah Comentou em 17/07/2015

Q delicia de conto,muito bom.

foto perfil usuario pauloclima

pauloclima Comentou em 17/07/2015

Caralho, fiquei de pau duro o conto todo kkkk.

foto perfil usuario hersu

hersu Comentou em 12/07/2015

Ai que tesao de conto...muito bom mesmo

foto perfil usuario drikosantos

drikosantos Comentou em 12/07/2015

Nossa... muito bom seu conto. Só no final não ficou muito claro se houve penetração ou ele só fez esfregar no seu rego.

foto perfil usuario thiagotdb19

thiagotdb19 Comentou em 12/07/2015

muito bom.

foto perfil usuario boy94br

boy94br Comentou em 11/07/2015

Cara, que conto top! So o final que ficou muito rapido, mas foi otimo! kk

foto perfil usuario betoclaudio

betoclaudio Comentou em 11/07/2015

Nossa! puro tesão! que isso! continua.

foto perfil usuario iondaimerasengan

iondaimerasengan Comentou em 10/07/2015

Kk muito bom cara Continue aee :v

foto perfil usuario fuckme

fuckme Comentou em 09/07/2015

ótimo

foto perfil usuario teuxxfelipe

teuxxfelipe Comentou em 08/07/2015

Prvf tem q ter continuação o conto está ótimo, fico aguardando

foto perfil usuario guganoronha

guganoronha Comentou em 08/07/2015

Quero um angelo pra mim kkk Conto MT bom, gozei mt

foto perfil usuario guganoronha

guganoronha Comentou em 08/07/2015

Quero um angelo pra mim kkk Conto MT bom, gozei mt

foto perfil usuario betopapaku

betopapaku Comentou em 08/07/2015

Puro tesão!

foto perfil usuario marchi

marchi Comentou em 08/07/2015

nusss isso nau é verdade

foto perfil usuario _adriel_

_adriel_ Comentou em 08/07/2015

e uma delicia seu conto

foto perfil usuario

Comentou em 08/07/2015

Muito bom cara, ansioso pela continuação.

foto perfil usuario breno2014

breno2014 Comentou em 08/07/2015

LINDO O CONTO. GOZEI. TEM CONTINUAÇÃO?

foto perfil usuario andrehramos

andrehramos Comentou em 07/07/2015

Muito bom! parabéns!

foto perfil usuario cctbano

cctbano Comentou em 07/07/2015

Me apresenta o Ângelo.....rsrsrse

foto perfil usuario odnan

odnan Comentou em 07/07/2015

Vai em frente, garoto! Belo conto. Muito bem relatado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


67582 - TESÃO DO MEU VIZINHO, BRINCA COM MINHA BUNDA. - Categoria: Gays - Votos: 43
67592 - MEU VIZINHO GOSTOSO METEU QUIETINHO NO MEU CU. - Categoria: Gays - Votos: 55
67929 - O VIZINHO DESCOBRIU QUE BEIJAR E FODER É BOM - Categoria: Gays - Votos: 34
68009 - O VIZINHO METEU EM MIM NA CERCA. - Categoria: Gays - Votos: 47
68226 - MEU VIZINHO LOIRINHO ME VISITOU. - Categoria: Gays - Votos: 34
68334 - O VIZINHO ME LEVOU NO MOTEL - Categoria: Gays - Votos: 29
68468 - MEU VIZINHO, MEU IRMÃO E EU - Categoria: Gays - Votos: 32
68545 - ONDE COME, O VIZINHO, DORME DOIS, FODEM TRÊS #1 - Categoria: Gays - Votos: 27
68579 - GOZANDO NA CUECA DO IRMÃO GOSTOSO. - Categoria: Gays - Votos: 29
68715 - ONDE FODE, O VIZINHO, DORME DOIS, FODEM TRÊS #2 - Categoria: Gays - Votos: 26
68791 - MEU VIZINHO MEU AMOR - Categoria: Gays - Votos: 26
68935 - MAMEI O VIZINHO GOSTOSO. ARREGAÇADO PELO IRMÃO. - Categoria: Gays - Votos: 24
68941 - COMO EU AMAVA MEU VIZINHO GOSTOSO!!! - Categoria: Gays - Votos: 24
69689 - DE FÉRIAS COM O VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 20
69737 - CURTINDO UMA PEGAÇÃO NA SALA COM O VIZINHO - Categoria: Gays - Votos: 18
69949 - DE BRIGA COM O VIZINHO - Categoria: Gays - Votos: 17
69988 - ONDE DORME UM, COMEM DOIS, FODEM MAIS DE TRÊS. - Categoria: Gays - Votos: 19
70283 - A VISITA DO VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 20
70474 - VISITANDO O VIZINHO GOSTOSO. - Categoria: Gays - Votos: 22
70635 - VIAJANDO COM O VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 24
70937 - VIVENDO SEM O VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 22
70979 - A VOLTA DO VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 19
71064 - DE VOLTA PARA MEU VIZINHO GOSTOSO. - Categoria: Gays - Votos: 19
71119 - MORANDO COM O VIZINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 24
71167 - FODENDO GOSTOSO COM O VIZINHO. - Categoria: Gays - Votos: 14
71359 - FOMOS VIZINHOS. - Categoria: Gays - Votos: 18
71979 - O VIZINHO GOSTOSO. FIM! - Categoria: Gays - Votos: 23
76902 - PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS COM OS AMIGOS - Categoria: Gays - Votos: 17

Ficha do conto

Foto Perfil hugowendel
hugowendel

Nome do conto:
MEU PRIMEIRO TESÃO, O VIZINHO GOSTOSO.

Codigo do conto:
67410

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
06/07/2015

Quant.de Votos:
72

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


mulher casada traindo o marido com vendedor de vassouraConto erotico enteada chupandowww.contos eroticos minha esposa e professora flagrei ela metendo com aluno bem dotado.com.brconto erotico minha prima me seduziuconto erótico de padrasto de rola grande que fudeu sem dó nem piedade enteada de dez anosconto casei com uma loira do cu largoso cuzudas contos eroticos de sexocontos porno de seducao de tiaAFELHADA PELUDA FODENDO COM PADREminha ideia deu certo minha mulher me fez corno.com.contonetacontoeroticoconto quadrinho engravidando a mamãcontos eroticos pedi pra minha prima nao dar bandeiraCadeirante pauzudoconto erótico assedio de fio dentalcontos eroticos velhinhos taradosvagabunda+bucetuda+amadoraContos e fotos de tias e sobrinhos pauzudosConto gay como que gucontos com fotos quadrinhos trem lotadoxvideos papai comendo filunhasconto erotico.amdando.de cavalocontoeroticodfcreempie em granny italian tres porquinhoscontos eroticos amiga rabudasexo gostososexo em quadrinhoscontos comeram cu da esposa no escuro na barraca marido dormmindo com fotosporno em quadrinhos familia pervetidaver conto erotico sobre padeiroContos eroticos viagem com mamãe hotel na beira da estradalesbian etiada porno filmeporno mulher pega punheta e fode em homem esguioconto erotico incesto publicoContos eroticos meu avô me ensinou uma brincadeiracontos esfolando mamaeultimo contos eroricos com fotos 2017 de tanto meu marido fatasia na cama virou cornocontos erotico,incesto,entre avos e netos,fotosComi.a cunhada na marra contoscontos de menininhas que foram enganadas para fazer sexoconto erotico menos mamãe que o acomodou temporariamente em meu quartoconto erotico gay dando para um homem suadoconto erotico incesto baba pervertidascontos enrabada na oficinacontos minha vida de cornocontos porno de sogro comedor de noracontos eroticos adolecente grarvida incestocontos eróticos aulas com maestroultimos contos sadoconto eurotico gay rabaomamae tem sonhos eroticos e acorda o filho com uma chupadaconto erotico meninaconto de buceta de namorada traindo com camioneroContos de cornos de siliconadascontos eroticos do treinador em quadrinhosfui penetrada por um jumento num hotel, traição. conto eróticocontos eroticos coroa estendendo roupacontos eroticos na calada danoite com fotoshq de sexo gaycontos eróticos adoida minha sogra pediu pra mim tira fotos delacasada contos reclamando do marifo fodedorPorno contos incesto mamaes ensinam tudo as ninfetinhas inicio orgiasRola veuda escorrendo leitinhocomi a comadreconsegui fuder o cu da minha sogra contos pornoConto erotico titia tarataTraficante comer o amigo dele do tráfico conto eróticosenrei no pau de meu filho sem qerer e senti as bola contosconto eroticos com fotos comi rabao da madrinha namarramulher que dá a b***** para gordinha pede soca gordinho só que é gordinhovideos de sexo de gugagutocontos eróticos fantasia marido bebadogeline tecavüz porno dergileriConto erotico evangelicacontos eroticos dominacao