Meu pai, meu amor 00 3

Click to this video!



Bruna Gonçalves

Eu Bruna tinha tido a minha primeira relação com meu Pai, tinha sido numa noite chuvosa de sábado para domingo . Eu tinha praticamente seduzido meu pai, ele até se esforçou para que isto não tivesse ocorrido, mas minha determinação tinha sido maior, eu sabia que ia ser bom e que faria bem pra mim e pra ELE . Na manha de domingo eu dormia profundamente quando senti meu braço ser balançado, filha, meu amorzinho acorde, acorde, acorde, e suavemente beijou minha testa, fez um carinho doce e gentil com aquelas mãos enorme no meu rosto . É muito bom ser acordada a sim, tudo para mim era novo e eu estava adorando .Oi pai, bom dia pra você também, Bruna venha, levante e venha comigo,

estou com o rosto amassado, despenteada, me pegou pelos braços e eu fui, me levou para a cozinha, minha surpresa foi tamanha, a mesa estava totalmente cheia, doces, queijos, pães, leite, mel, tinha de tudo um pouco .Eu fiquei com os olhos marejados, Preparei tudo pra você meu amorzinho . Pai eu estou sem palavras, meu muito obrigado, com lágrimas no rosto eu o beijei ternamente . Minhas emoções estavam a flor da pele, vou pentear meu cabelo e lavar o meu rosto e já volto, entrei no banheiro e me vi no espelho, eu estava radiante, feliz mesmo !, já com a aparência um pouco melhor, eu notei meus seios enrijecidos, durinhos, eu estava

explodindo de tesão .

. De pijama fui pra cozinha disposta a me fartar, estava com uma fome incrível . meu pai estava me esperando, também ainda de pijama, e eu vi que ele ficou paralisado, em transe, quando viu meus seios, eu tinha esticado a camiseta, pra realçar ainda mais, eu pensava, este homem não me escapa, É hoje, é agora ou nunca . Tomamos o café ( almoço ) Filha por favor, se troque, eu preciso te levar de volta, sua mãe vai ficar brava se demorarmos . Aquilo caiu como uma bomba na minha cabeça . NÃO PAI, EU NÃO VOU NÃO, GRITEI, pai, não quero ! . Eu estava descontrolada, não vou !, corri para o quarto e peguei o celular, liguei, toca toca e minha mãe atendeu, respirei fundo e calmamente pedi : mãe posso ficar mais este dia com papai ? eu prometo que ele me deixa na escola amanha cedo, a resposta veio logo, pode sim filha, afinal faz tanto tempo que não se veem . pedi novamente, fala pra ELE ouvir, por favor, meu pai sorrindo balançou a cabeça, ok ele fez com a mão . Agora autorizada pela minha mãe eu tomei o café mais gostoso da minha vida, eu sabia que não ia ficar só no boquete que eu tinha feito de madrugada . Tomado o café: eu arrisquei e perguntei, E ai papai, gostou do que fizemos na madrugada ?, nossa antes não tivesse perguntado, ele se levantou e foi pra sala . Eu estava indo rápido demais ?, eu tinha que consertar a situação rapidamente . Dei um tempo, limpei a boca e também fui pra sala, não olhando no olhos dele, fazendo um ar de triste eu me sentei ao seu lado no sofá da sala . Ficamos assim por um bom tempo, quietos, mudos, ele estava pensando e eu também, eu tinha que virar o jogo, coloquei minha mão na nuca dele e massageando levemente pedi calma, Calma pai, não foi o fim do mundo, você não teve culpa alguma, foi eu quem avançou, eu que quis e fiz o que fiz . Por favor não se sinta culpado, não estrague tudo . Ok ele disse, mas não devia ter acontecido, eu não devia ter consentido, EU sou seu pai e isso o que aconteceu não podia ter ocorrido, você me pegou num momento de fraqueza . Eu estou sem sexo faz muito tempo, desde que sua mãe foi embora . Era tudo o que eu queria ouvir, ele não tinha tido outra mulher nestes últimos dois anos e pouco, e eu sabia que ele gostava muito de sexo, eu ficava ouvindo a traz da porta do quarto deles, e ouvia ele pedir pra minha mãe quase todas as noites . Pai estamos em 2012, o mundo evoluiu e as pessoas estão mais abertas a quebrar tabus, a superar preconceitos, eu te amo e te quero a muito tempo, desde garotinha eu te desejo, quando eu tinha 12 anos eu ficava toda esquisita quando você me colocava no seu colo, aos poucos eu fui entendendo, meu sexo ficava latejando, eu roçava com as mãos e meus dedos, pra me acalmar . aos 13 eu já me masturbava, aos 14 eu delirava quando você chegava e me fazia um carinho, meu primeiro gozo veio com minhas mãos em meu sexo e minha cabeça em você papai, sonhava que você estava me possuindo . Nunca quis saber de outro homem, pelos garotos da escola eu nem ligava, eu estou me guardando pra você desde pequenininha, este é meu sonho . Que você seja meu PRIMEIRO homem . Querido vem me realizar como mulher, me FAZ mulher, alias eu sei que sou mulher mas eu quero que você me faça uma mulher adulta sem culpas ou frustrações, me libere para o sexo meu paizinho querido, não tem no mundo um homem mais indicado pra isso que não seja você, você é meu herói, e também meu tesão, meu pai tão desejado, EU AMO VOCÊ . Meu pai tremia, ele nunca na vida tinha ouvido uma declaração destas, passaram se um bons minutos . Fui para o quarto escovei os dentes, me penteie, mas não tirei o pijama, estava decidida eu iria ate o fim, agora era ele quem devia tomar uma atitude, deitei na cama que era da minha mãe e pensando naquele homem maravilhoso dentro de mim cochilei . Acordei já noite, peguei o celular e conferi, sim já era 19 horas, e meu pai não estava por perto, procurei pela casa e nada, meu pai tinha saído, comecei a chorar, meu plano tinha fracassado . Peguei a mochila e colocando minha poucas coisa que tinha trazido sentei no sofá e esperei . Finalmente ele chegou, trazia sacolas e cheirava comida, era nosso jantar, comecei a rir a chorar ao mesmo tempo, me deu um beijo e notou meus olhos vermelhos, não tem razão pra você chorar minha garotinha, tudo vai ficar bem . foi abrindo as sacolas e me mostrou, tinha umas com nosso jantar e uma com uma garrafa de champanhe e um outro pequeno, eu peguei o menor e qual não foi minha surpresa e que tinha um gel, sim um gel lubrificante ! ! ! . Fiquei LOUCA, aquilo era um SIM ! ele tinha aceito, eu seria dele, e ele seria meu, e ainda naquela noite !. Nunca mais vou esquecer aquele dia, 18 de dezembro . Não era para abrir ele disse bravo, queria que meu SIM fosse diferente, tinha pensado em algo mais romântico, estamos dando um passo muito serio em nossas vidas . Pulei no pescoço dele e o beijei loucamente, ele se deixou beijar mas não correspondeu simplesmente se deixou beijar . Calma, vamos fazer a coisa certa, eu vou sim ser seu esta noite e vou amar você . Pensei muito e resolvi que será melhor pra você e pra mim . Na verdade eu sempre te quis, mas não podia imaginar que isso fosse virar realidade um dia . Penso que realmente você tem razão eu serei um bom homem pra você, um macho que você precisa e tanto quer . Eu chorava muito, ele abriu o champanhe serviu em duas taças, bebemos entrelaçados como um casal em lua de mel, minha bucetinha estava babando, eu podia sentir, doidamente eu coloquei dois dedos dentro do pijama e melei os meus dedos e encharcados dei pra meu pai chupar, alternando champanhe e minha baba, vi nos olhos dele um brilho que jamais tinha visto . Agora a fera estava desperta e pronta, lentamente ele foi tirando a roupa, a camisa os caçados, a calça, e pediu no meu ouvido baixinho, filha abaixe minha cueca . MAGNIFICO ! ! !, a pica do meu pai era magnifico, grande, mas sem ser exagerada, reta, duríssima, não era torta, mas era grossa, no escuro do quarto na madrugada eu não tinha a visão que eu tinha agora . que lindo homem eu tinha na minha frente ! . Posso ? perguntou, tremulante respondi sim pode, ele foi tirando a minha camiseta, eu estava sem sutiã, ele suavemente apertou meus seios com as duas mãos, levantando os, eles são médios, mas sumiam nas mãos dele, apertou os bicos com mais força, arrepiei dos pés à cabeça, mais lentamente ainda foi descende e ficando de joelhos começou a abaixar as calças do meu pijama . Fiquei NUA, totalmente nua na frente do homem da minha vida, sabia que não teria mais volta, a mágica estava acontecendo . Um homem andando com a pinto duro e uma visão inesquecível, ele, o pinto balança de um lado para o outro, e um barato, eu ri e ele também riu, pegou mais champanhe, tomamos de um gole só, chega ele falou, me pegou pelo braço e num repente me colocou no colo dele, exatamente como fazia quando eu dormia na sala e ele me levava para o quarto . Só que agora éramos somente nos dois, completamente nus e ele me levava para a cama dele e o que iria acontecer ali era uma coisa PROIBIDA ! ! !, segurei o pescoço dele e beijei, beijo de amor, de tesão, chupei, queria deixar marca, ele nem me pediu pra parar, gostou, e continuou a caminhar, entramos no quarto e ele acendeu a luz, quero que jamais se esqueça disso, desta noite, veja tudo muito bem, esta bom pra você ? eu respondi sim meu amor esta bom . deitou me na cama, colocou uma mão na minha cabeça e foi descendo, descendo, olhos, pescoço, seios, estômago, e finalmente no meu SEXO, eu tremia, estava gelada em boa parte do meu corpo, só meu sexo estava em chamas . com a palma da mão ele foi passando na minha bucetinha, suavemente colocou um dedo e mais um, mas não introduziu, só na vulva mesmo, ele estava ajoelhado ao lado da cama, me beijou a boca e também foi descendo, beijou meu sexo e lambeu, com a língua toda melada me deu um beijo, e perguntou, tem gosto de que ? respondi de BUCETA !, ainda de joelhos virou minha cabeça e segurado com força colocou a pica dele na minha boca, eu não fazia nada SÓ obedecia, começou um vai e vem, mas não forçou muito não . Ficou em pé e me mostrando aquela pica ereta, balançou umas 3 vezes, só pra mostrar mesmo, se exibir, aquilo me deixou DOIDA, vem me fode, me fode, supliquei, e ele veio . Colocou seu corpo sobre o meu e me beijou na boca, a pica roçando minha buceta e a boca me beijando, INESQUECÍVEL ! . Quando achei que ele finalmente iria me penetrar ele escorregou o corpo e começou a chupar minha buceta, eu gritei de tesão, segurei nos cabelos dele e quase arranquei uma parte, pressionei a cabeça e a boca dele contra a minha buceta, eu não queria largar, mas ele fazendo força se afastou, pegou minha mão direita e me fez segurar seu membro na porta da minha buceta, pressionou o peito no meu peito e levantando o quadril começou a penetrar, ele e bem mais pesado do que eu, eu me sentia toda dominada, foi entrando devagar, entrou mais um pouco e parou, com a barba roçando meu rosto falou, aguenta firme minha filha porque vai doer um pouco, vou dar uma estocada, porque não tem outro modo, tem que ser assim, senão não tiro seu cabaço, Nos preparamos e com a respiração segurada fiz que sim com a cabeça, ELE meteu com força, GRITEI, o mais forte que deu AIIIIIIIIIIII, vai devagar eu pedi, mas ele e que estava descontrolado, começou a bombar a bombar, eu gemia tremia e sentia muita dor, mas doidamente pedi, vai caralho, me fode, me fode, rasga minha buceta !, Porque sentir dor é bom ?, não sei responder, mas é isso mesmo, doí pra caralho, mas é bom . Teve um minutos que eu perdi, não sei bem o que ouve, mas assim que me restabeleci pedi, goza em mim papai, enche minha buceta com seu gozo . Ele devia ter bombado muito porque não demorou quase nada e eu o vi tremendo em cima de mim, tinha juntado as pernas e subia e descia com muita força em meu corpo, deu varias estocadas com mais força e urrando dise, vou gozar, meu gozo esta vindo, esta vim. . .. do, foram três ou quatro estocadas finais, e parou, ofegante, soltou os braços e ficou em cima de mim largado, suado, ainda tremendo, mas bem mais devagar, eu ainda fiz um pequeno esforço pra que a pica dele não sai se de dentro de mim, mas não teve jeito . EU estava extasiada, mas não tinha gozado, ele agora ao meu lado respirando fundo, aquilo foi me dando um novo animo, eu não estava sentindo minha buceta, mas desci minha mão e fui conferir, nossa, me surpreendi, estava toda melada, molhada, espalhei aquilo tudo em minha mão e olhei, CARALHO tinha sangue e porra, não aguentei e sem pensar muito lambi, como uma cadela no cio, fui com a mão buscar mais e lambi novamente, era meu sangue e a porra do meu pai, do meu paizinho . Estava toda dolorida e quase não sentia minha buceta, mas estava feliz, meu pai sereno e tranquilo ao meu lado . É bom de mais ! Tantos anos esperando mas valeu a pena, cada dia que eu esperei, cada minuto, OBRIGADA, obrigada, meu paizinho, com um gosto de sangue e porra na boca nos beijamos . Já era madrugada, alta madrugada, segunda feira estava chegando, desmaiamos, acordamos com o sol no rosto . Já, já, eu continuo no 4 este meu relato, o relato do inicio da minha vida sexual com PAPAI .


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 13/05/2015

Excitante parabes




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


63720 - Thor, meu amor ! Por : Monica - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
63721 - Eu e meu irmão Marcelo,conto nota mil ! - Categoria: Incesto - Votos: 18
63831 - E.E.U.U., incesto - Categoria: Incesto - Votos: 18
63832 - E.E.U.U., incesto, parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 13
63833 - E.E.U.U., incesto, parte 3, final . - Categoria: Incesto - Votos: 12
63834 - Bem dotado, mesmo de verdade ! ( 1 ) - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
63934 - CHICÃO !, chantagem para traçar a sogra . - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63935 - Familia nossa parte 1 - Categoria: Incesto - Votos: 18
63936 - Familia nossa parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 19
63937 - Descobrindo um mundo novo . - Categoria: Gays - Votos: 4
63938 - Tres é bom ! - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
63939 - Masturbando o garoto . - Categoria: Heterosexual - Votos: 26
63989 - Maginifico verão ! parte 01 - Categoria: Incesto - Votos: 12
63990 - Magnifico verão parte 02 - Categoria: Incesto - Votos: 7
63992 - Magnifico verão ! parte 03 - Categoria: Incesto - Votos: 6
63993 - Magnifico verão parte 04 - Categoria: Incesto - Votos: 6
63994 - Magnifico verão parte 05 - Categoria: Incesto - Votos: 5
63995 - Magnifico verão parte 06 - Categoria: Incesto - Votos: 6
64159 - Plano de sedução 0000 1 - Categoria: Incesto - Votos: 7
64160 - Plano de sedução 0000 2 - Categoria: Incesto - Votos: 6
64161 - Plano de sedução 0000 3 - Categoria: Incesto - Votos: 6
64162 - Plano de sedução 0000 4 - Categoria: Incesto - Votos: 6
64163 - Corneada pela filha 000 1 - Categoria: Incesto - Votos: 13
64164 - Corneada pela filha 000 2 - Categoria: Incesto - Votos: 10
64165 - Corneada pela filha 000 3 - Categoria: Incesto - Votos: 9
64166 - Corneada pela filha 000 4 - Categoria: Incesto - Votos: 10
64168 - Corneada pela filha 000 5 - Categoria: Incesto - Votos: 11
64169 - Corneada pela filha 000 6 - Categoria: Incesto - Votos: 8
64294 - Troca X Troca 01 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
64305 - Troca x troca 00 2 f i n a l - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
64307 - Chantagem, meu irmaõ safado - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
64837 - Meu pai, meu amor 00 1 - Categoria: Incesto - Votos: 5
64839 - Meu pai, meu amor 00 2 - Categoria: Incesto - Votos: 8
64844 - Meu pai, meu amor 00 4 - Categoria: Incesto - Votos: 7
64845 - Meu pai, meu amor 00 5 - Categoria: Incesto - Votos: 4
64846 - Meu pai, meu amor 00 6 - Categoria: Incesto - Votos: 4
64847 - Meu pai, meu amor 00 7 Final . - Categoria: Incesto - Votos: 7
64848 - Segunda Vida ! 001 - Categoria: Gays - Votos: 1
64849 - Segunda Vida ! 002 - Categoria: Gays - Votos: 2
64852 - Segunda Vida ! 003, final . - Categoria: Gays - Votos: 3
64853 - T J, T J . tamo junto 0 1 - Categoria: Gays - Votos: 3
64854 - T J, T J . tamo junto 0 2 - Categoria: Gays - Votos: 2
64855 - T J, T J . tamo junto 0 3 - Categoria: Gays - Votos: 2
64856 - T J, T J . tamo junto 0 4 - Categoria: Gays - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil radaelatino
radaelatino

Nome do conto:
Meu pai, meu amor 00 3

Codigo do conto:
64841

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
11/05/2015

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


cachorro chupando meu pau contofui chantageada e tive que bater uma punheta para meu patraocontos eroticos d pai ou irmao vendo a filha ou a irmao transando com o namoradoquadrinhos pornos de sadodescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticoscontosgays incestoultimoscontos eroticos fudendo o rabinho da minha avocontos erótico pai enrabou filinho gayporno marido apanha a mulher a foder e ela diz anda juntateContos erótico , meu namorado meteu rola no priquito da minha amigagorda da favela. trasadiicontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosestorias di zoofilia co caxorros bei dodadocontos bucetinha pauzaocontos eroticos amiga rabudaConto erotico de maesinha gostosa de camisolinha transparenteaureolasgrandesenegrasa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticosminha esposs adora ser cornuda contos eroticosconto erótico de mulher traindo marido com amigo taradobrusa folgada da gostosaconto anal elevadorTomando na xotade calcinhaconto sarro entre heteroConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcontos gay tomei porra dormindosentei gostoso pro velho e pro cachorro deleconto eróticocontos eróticos de mulher seduzindo sobrinhoscomentario de atris porno apos gosada na bocatrai meu marido por.dinheiro contoajudei um amigo a ser corno contos eroticos cheirou o cusinho suado da negrinha e meteu a vara nelafudendo bucetas deliciosas de mulheres gostosas noivasporno quadrinho filha chantageandoconto erodico de madriacontos com foto de emprega mostra bucetawww.contoeroticos mae fihlo.brconto erotico arrombei o velhopequei milha maes fudedo com um negao lopradonao acreditei quando ele disse 23cm conto gayConto erotico de mulheres safada delirando no paubrincando na floresta conto eroticocontos eroticos de cunhada fudendo com o tiocontos eróticos minha cunhada ficou doida pelo meu pauzaocontos eróticos em serra negra sp 2017Lidiane meu pelado pau bem dotadomexendo na minha xereca contosconto erotico gay fofinhoeu conto cunhado leva a cunhada casada para o motelarrombada no quarto contos cornosconto incesto q boceta boaconto gozei na alianca delasabado na piscina com a madrasta quadrinho eroticoincestocontogaynão gozes dentro filho incestocdzinha depravadacontos incesto na praia de nudismoconto arebentei cu traveste novinhaconto comi um padre gayultimos contos sado professora submissa 28contos gay borracheiromenor foyandoketmarinarelatos eroticos arebentei os cabacinhos das duas novinhas chorou muitoConto erotico emquadrinho o camionheiro comedor 3incesto pai que bolinou suas filhas pequenas de oito e seis anosdias japinha colando velcro meladadoce nanda contos eroticosminha cunhada fudendo escondido no jardim eu assisti a tudo e tambem fudi elaconto erótico de gay fodenfo com catadores de recicláveis machoConto porno de incesto meu irmao me come dedi pequenacontos eroticos com vovo e papaiporno cunhada bebada