Meu vizinho barulhento

Click to this video!


Meu nome é Samantha e moro aqui em Contagem próximo a Belo Horizonte. Meu marido vive viajando há trabalho, fica eu e nossos filhos nasceu em casa. Fazia uma semana que meu marido estava viajando e eu já estava morrendo de saudades. Sou clara, 1,60 m, cabelos curtos, bonita de rosto e tenho um corpão. Antes de engravidar do meu último filho, era magrinha e acinturada, e meus seios são médios e minha bundinha se destacavam. Com a gravidez engordei um pouco . Meus seios e minha bunda ficaram enormes e minha cintura, apesar de ter aumentado bastante, ainda parecia fininha. Deixei de ser uma gostosinha de 50 kg para ser uma gostosona de 60 kg. Meu marido viajando nem me masturbar com o consolo conseguia, pois nossos filhos não saía do meu lado e até dormia na minha cama.
Naquele dia um vizinho começou a tocar um funk tão alto que nem conseguia ouvir meus pensamentos. Meu filho chorava com barulho ensurdecedor. Felizmente ele não entendia aquela letra que era indecente. Peguei o menino e o levei para a minha amiga, apenas três casas da minha, e pedi para ela tomar conta porque ia quebrar o pau com o vizinho. Na conversa não adiantava. Vários moradores da rua tentaram e até já saiu briga, mas o desgraçado insistia alegando que durante o dia não havia lei do silêncio.
Toquei a campainha, bati na porta, chamei pelo nome, e nada. Forcei a porta e ela se abriu. Entrei na casa que tremia com o barulho ensurdecedor. Não conhecia a casa e fui entrando em cada cômodo até encontrar o quarto do canalha. Abri a porta e vi o rapaz na frente do computador. Ele via um vídeo de sacanagem e se masturbava. Com aquele barulho, ele não percebeu minha presença e continuava mexendo o cacete. Meu vizinho era um rapaz desempregado de uns 22 anos, negro, magro e alto. Chamava-se Carlos mas era chamado de Juninho. Fiquei impressionada com seu cacete. Ele tinha fama de ser muito bem dotado e algumas garotas tinham medo dele dele. Seus 25 cm de rola muito grossa realmente assustavam. Fiquei sem ação por um instante. A falta de sexo fez eu perder a cabeça e aproximei-me dele. Alisei seu peito e ele tomou um susto enorme, quase caindo da cadeira. Segurei seu cacete e abaixei para chupá-lo. Juninho abriu um sorriso e passou a empurrar minha cabeça para baixo fazendo seu pau bater na minha garganta. Por mais que tentasse, não conseguia engolir alguns centímetros além do cabeção. Parei o boquete pois meu queixo doía. Eu tirei o vestido que usava e mostrei meu corpão. Gostava de usar o mesmo tamanho de roupas de baixo da época que era magrinho. O sutiã parecia que ia estourar com o volume que segurava e a calcinha ficava totalmente enfiava na bunda e na xoxota. Juninho abriu meu sutiã e libertou meus melões do aperto. Ele chupou um com muito esmero, depois o outro com a mesma dedicação. Teve dificuldade para abaixar minha calcinha devido o aperto, mas quando viu minha xoxota depilada, abriu um sorriso. Deitei na cama e ela caiu de boca na minha boceta sedenta e melada. Eu gemia alto, mas com o som, nem ele conseguia ouvir. Gozei rapidinho na sua boca e voltei a chupar seu cacete. Fiquei de quatro e senti sua vara penetrar minha xoxota. Que delícia! Estava matando a fome de rola que me afligia a dias. Juninho socava forte e fundo. Eu rebolava na sua rola sem parar. Sentia o pau bater no fundo da xoxota, preenchendo-me toda. Minha boceta estava sendo arrombada. Estava acostumada com os 18 cm do meu marido, e além disso, a diferença da grossura era enorme. Juninho metia feito um cavalo e fez eu gozar novamente. Continuei de quatro, parada, apenas recebendo suas deliciosas cravadas na bucinha. Juninho enfiou um dedo no meu cuzinho. Meu marido é culpado por eu sentir tesão no cu. Antes de namorá-lo, morria de medo de dar a bundinha, mas meu marido não só conseguiu comer meu cuzinho como fez eu tomar gosto pela coisa. Só que aquentar o pau do Juninho no cu seria outra história. Como dizem, quem tem cu tem medo, e o pau do Juninho colocava medo até na bicha mais arrombada. Infelizmente (ou felizmente) o Juninho não não estava nem aí para ditados populares, ele tirou o pau da minha xoxota e colocou no meu cu. O cabeção nem havia entrado e eu estava esperneando de dor. Tentei fugir mas ele me segurou deixando-me debruçada na cama. Eu gritava a plenos pulmões mas era inútil, pois com aquele barulho nem eu conseguia ouvir. Não sei como ele pegou o gel, mas senti que passava no meu rego. Ele voltou a forçar o pau na minha bunda. A dor parecia que ia me matar. Tentei fugir mas não consegui. Minha visão escureceu por um tempo e as pernas ficaram moles. Seu pau penetrou meu cuzinho até ficar todo dentro. A dor era tamanha que eu tentava respirar com cuidado para aliviar. Eu chorava de desespero. Juninho comia meu cu sem dó, enfiando até o talo. Ele não gozava fácil. Ficou socando por um bom tempo. Eu estava acostumando com o estupro anal e a dor não incomodava tanto. Foi então que me peguei mexendo o quadril. O tesão tomava conta do meu corpo. Comecei a força a bunda para cima na tentativa de ficar de quatro. Ele percebeu e ajudou. Fiquei de quatro e forçava a bunda para trás. A dor, de intensa e torturante, virou um tempero para meu tesão no rabo. Foram mais alguns minutos de um louco prazer masoquista. Juninho começou a meter mais rápido e mais fundo. Comecei a tocar siririca e senti que minha xoxota estava melada de porra. Ele havia gozado na xoxota sem que eu percebesse e como seu pau continuou duro, continuou metendo. Quando gozei senti ele cravar seu cacete no meu cu e seu pau latejar. Juninho gozou junto e encheu meu cu de porra.
Caímos deitados na cama e seu pau amoleceu dentro do meu cu. Naturalmente escapou e a porra escorreu para fora. Demorei um pouco para recuperar o fôlego e pedi para ele baixar o som. Ele desligou o aparelho e perguntou o que eu queria falar. Falei que estava ali para pedir para ele ouvir a música mais baixo. Ele ficou bravo e mandou eu tomar no cu. Respondi que já havia tomado. Ele riu e disse que ia ouvir mas baixo.
Saí de sua casa mancando de dor na bunda. Entrei em casa, tomei dois dorflex e esperei uns 20 minutos para fazer efeito, então fui buscar meu filho. Levou dois dias para eu sentar direito e quase uma semana para meu cu sarar. Quando meu marido voltou, percebeu que meu cuzinho estava mais largo. Falei que senti tanto sua falta que enfiei o consolo no cuzinho. O consolo foi um presente dele e era bem grandão, não tão grande que o pau do Juninho mas quase. O corno acreditou.
Toda vez que Juninho coloca o som nas alturas, pulo o muro (para não dar bandeira) e faço ele abaixar o som. Meu cuzinho vibra quando ouço funk.


Foto 1 do Conto erotico: Meu vizinho barulhento

Foto 2 do Conto erotico: Meu vizinho barulhento

Foto 3 do Conto erotico: Meu vizinho barulhento

Foto 4 do Conto erotico: Meu vizinho barulhento

Foto 5 do Conto erotico: Meu vizinho barulhento


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 07/08/2015

Vc não tem dó do seu cu hém....rs, so pega pinto grande e grosso,, votei Adorei as fotos lindas

foto perfil usuario camps

camps Comentou em 08/07/2015

Que delícia de conto, quando o tesão bate ninguém se segura...

foto perfil usuario moicano1511

moicano1511 Comentou em 28/02/2015

Ai que delicia,queria te conhecer tmb sou de contagem...

foto perfil usuario casalsampab

casalsampab Comentou em 29/01/2015

muito bom parabéns

foto perfil usuario

Comentou em 28/01/2015

Bom conto e belas fotos, adoraria comer vc tbm...

foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 28/01/2015

Que delicia de conto amor, me excitei tanto que fiquei toda molhadinha enquanto lia. Votado, leia meus contos, comente, vote se gostar irei adorar. Eu e meu marido temos contos novos postados. Beijos. Ângela: Casal aventura.ctba

foto perfil usuario sogiro

sogiro Comentou em 28/01/2015

Nossa que cu delicioso sua vc tem sua putinha, adoraria lamber seu cuzinho e depois meter e gozar dentro. Bom conto fiquei de pau duro e estou batendo uma punheta vendo suas fotos. Deliciaaa de cu.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


48224 - Fui corneado e bebi leite - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
48604 - liberei a esposa para os vizinhos - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
49003 - Minha esposa sendo arrombada por outro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
49005 - Esposa realizou fantasia e virei corno manso - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
49308 - Esposa chega em casa arrombada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
49668 - Sou casada e dei para o meu primo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
49864 - Fui dar uma de babá, e acabei arromda pelo filho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 29
49866 - O filho novinho da minha amiga tem uma rola de jum - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
50941 - Meu vizinho negro coroa e gostoso! Parte:1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
50944 - Meu vizinho negro coroa e gostoso! Parte:2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
50945 - Meu vizinho negro coroa e gostoso! Parte:3 final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
51800 - Meu Vizinho Sortudo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
55014 - DEI POR DINHEIRO E ACABEI ESTUPRADA - Categoria: Heterosexual - Votos: 24
55140 - Arrombada pelo professor de informatica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
55141 - Traí meu marido com um caralhudo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
55920 - Meu cunhado me arromba na festa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
56754 - casada traindo com o patrao - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
56755 - casada traindo com o patrao final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
57016 - Meu vizinho bem dotado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
58000 - Dando a bunda, pra arranjar emprego para o marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 39
59232 - Dei a buceta e o cu para um caminhoneiro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
60347 - Minha esposa sofreu na mão de um roludo - Categoria: Interrraciais - Votos: 14
60619 - Esposa arrombada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
60728 - Foda forçada, mas com muito tesão - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
61106 - O NEGÃO ARROMBOU O MEU CUZINHO - Categoria: Interrraciais - Votos: 21
61108 - Fudida por amigos - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
65048 - O filho novinho da minha amiga arrombou o meu cuzi - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
65049 - O filho da minha amiga cresceu e me comeu! - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
66061 - Trepando com policiais - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
67602 - O pauzão do amigo do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17

Ficha do conto

Foto Perfil casalcontagem
casalcontagem

Nome do conto:
Meu vizinho barulhento

Codigo do conto:
59779

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
27/01/2015

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


escrava contos eroticosputaria punheta sem experiênciaconto erotico meu pai me ensinou a ser machobambam e pedrita sexocontos eróticos de gay comi o meu enteadothalia conto travesti com fotosporno amador novinha tendo orgasmo prolongadoContos erotico papai tirou minha virgindadecontos eróticos lesbicos colando os velcroscontos eróticos comi minha vizinhaContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaconto erotico pai roludono carnaval conto eróticovideos gays orgia urso gemedeira na bocaConto erotico negao pintudo com novinhaconto eroticos fodadosexocontos eroticosconto erotico briga gaycasada trai marido com empregado negro roludo quadrinhosPornô lésbicas contosBombado pauzudo conto gaycontos comi o cuzinho dela dormindoconto erotico sem andarMeu filho comeu minha buceta cabeluda casa dos contoscontos eroticos nudismo forçadocontos eroticos de cunhada fudendo com o tiovideo porno noiva engrvidar do cunhado antes de casarcontos eroticos gay amigos se dedandoconto erotico velho no onibusmães+putas+brasileiras+fodendo+com+filhoscalcinhas de npvinhas meladimhasrabo da minha putacontoeroticoburroconti porno mulher do pastoreu arreganhei minha bucetacomtos eroticos tomando banho com meu filhoConto erotico gay o amigo do meu paiContos eroticos velhotas na zoofilia com cabritosporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porrabundao da mamaeConto erótico d pai acordando sua filhinha d pijaminha com seus peitinhos pequeno delíciacontosgay2017conto erotico desejo sem tamanhosexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhatirando a carencia do meu papai conto eroticoscomo deixei meu comer meu filho cuconto punheta no computadoraprendendo a ser putinha/contosContos de incestos .,minha bundona estA deixando , meu filho louco tesaoContos eróticos adoro da meu cu escondida do meu maridoConto eroteco emgravidei minha maefiumi porno adoro ver acaucinha da minha irma no varaumenina conto eroticochupei conto erotico gaycontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos eróticos me comeram tanto que não conseguia nem andarContos eroticos com gays e travestis negros dotadosconto erotico fodendo com cracudoguadinho entiada erótico cotocontos vimos uma rola gigantemeu primeiro bem dotado conto eroticopornocontos ele viu ela dormindo de fio dental minha esposaquero ver várias Lidiane transando você tinha raspadinhacaderante. putas. e gostosa de porto alegrev videos encooxou e ela pegoucontos eroticos marido obrigado a vestir beybidol pros amigosconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhomoreno hetero contoconto erotico nao resisti e comi minha filhapauzao do negao no meu rabo contosnamorada traicao submisso conto eroticobrazzer vijiando filha transa pela janelafui trair meu marido e chorei arependida o cara comeumeu cucontos eroticos: fodi com meu filho no carrocontos mulher gostosa da pro travesti e pro cãofiz anal com meu filhoultimos conto sado