Carmen a Gerente putona 2

Click to this video!


Olá eu sou o Vareta G e Vou continuar o meu relato anterior com a gerente do banco:

Já fora do banco envio um torpedo po celular dela: adorei te conhecer você é muito linda e amaria voltar a vê-la brevemente num ambiente fora do banco.
Ela: amaria ter você hoje visitando-me em casa por volta das 8 da noite. (passou o endereço)

Puta que pariu não acreditei.....

Fiquei o dia todo inquieto ansioso, contando os minutos po dia acabar pois não via a hora de voltar a ver aquela deusa.

Deu 4 horas da tarde sai do serviço fui pra casa, chegou a hora me preparei e toca em direção à casa de Carmen.
Chegando lá aperto o botão da Porta e me vem atender aquele mulherão. Meu Deus.... Completamente diferente da gerente do banco que há horas atrás havia me atendido toda formal.
Ela vestia um shorte curtinho aqueles de deixar as bochechas de fora e uma blusa coladinha ao corpo. Fiquei parado admirando aquele corpo.
Ela: vai ficar ai parado ou vai me dar ao menos um beijinho?
Entrei dei um beijo no rosto e elogiei ela já com pensamentos carregados de boas intenções.
Eu: você é muito linda e está muito sex vestida deste jeito.
Ela não disse coisa alguma, apenas sorriu, segurou minha mão e disse vamos lá pra cima que estou arrumando umas coisas no meu quarto.
Subimos, logo no quarto segurei ela firme e taquei um beijo molhado na sua boca, senti seu coração acelerar e ela deu um gemido abafado.
Segurei ela por trás deixei minhas mãos percorrer seu corpo pela barriga fui subindo até chegar aos seus seios eram durinhos nem parece uma mulher com 47 anos. Ela se contorcia de tesao e pressionava meu pau já duro como aço com sua bunda. Passava a língua na sua orelha e falava um monte de putaria:
Esfrega essa bunda no meu pau, vai, ele está aqui todo duro louco pra visitar sua grutinha.
Ela pegou meu pau por trás: nossa filho da putaaaa, está duro do jeito que eu gosto, você vai me comer até eu gozar quero sentir essa tora atolada na minha buceta.
Ela ajoelhou-se em frente à mim, abriu minha calsa e já foi baixando a calça com a cueca tudo junto, de imediato saltou po seu rosto uma tora dura preta e grossa. Caralho, puta cassetao, ela engoliu a minha benga que tem uma cabeça feito cogumelo que quase engasgou de tanta vontade que ela tinha.
Ai que pau grosso e cumprido seu Puto.
Eu: mama gostoso no meu pau vai, ele é todo seu vai, faz dele o que bem quiser.
Ela: posso mesmo?
Eu: deve.
Ela segurou meu pau e bateu gostoso no seu rosto, esfregava no seu rosto com vontade engolia ele e dizia: seu Puto sabia que tinhas uma cobra preta escondida, vai solta ela deixa ela picar vai....
Eu: vai sua gostosa engole todo vai minha putinha gostosa, hoje será minha égua.
Ela pediu para me deitar na cama que ela me "daria um trato".
Pegou meu pau e começou a fazer uma massagem peniana incrível enquanto chupava a cabeça, aquele cogumelo que brilhava de tesao.
Segurei ela rebentei a calcinha, botei ela de 4 e cai de boca no seu cu.
Coloquei minha língua e ele piscou sem parar, ela falava muitas coisas desconexas que mais parecia uma língua estrangeira enquanto esfregava sua buceta que pingava toda molhada.

Com as pernas trêmulas, so deu tempo dela gritar e dar uma ordem que mais parecia uma gerente ordenando: filho da puta me fode, come minha buceta com este pau preto, caralho, deixe de me maltratar e me fode como uma puta vai.

Eu: quer pau sua vadia gostosa?
Aquela mulher estava completamente descontrolada de tesao, bem diferente da mulher comportada do banco.
Segurei ela, virei e lhe coloquei de "frango assado", fui enterrando meu pau e ela foi gritando e rebolando no meu mastro.
Ela: fode a sua vadia vai, come sua égua seu Puto, segura está porra que ainda vai comer meu cu, seu preto safado.
Eu enterrava meu pau fundo e dizia: abre gostoso po teu macho vai...
Ela deu um grito e.... Ahhhhh caralho, me fode não para seu filho da puta se parar eu mato você seu Puto ahhhhhhh estou a gozar caralhooooooo fodeeeee hahhhhhhh.
E desfaleceu.
Dei um beijo gostoso nela com meu pau ainda duro na sua buceta... Deitei ao seu lado, deu uns 5 min e ela já dava sinais de vida. Pegou meu pau que a esta altura estava meio bombas deu uma mamada o bichinho petrificou novamente.
Ela: come meu cu do jeito que fodeu minha boceta. Poe devagar pois faz tempo que não entra nada nele.
Eu: pode deixar que eu cuido bem dele.
Dei uma linguada nele que já piscava de tesao e fui logo enfiando um dedo para abrir o caminho. Ela já rebolava.
Encostei a cabeça na portinha e fui pressionando. Entrou a cabecinha e dei uma parada para ele habituar. Mandou prosseguir fui enterrando minha benga ate sentir ele todo dentro.
Ela: ahhhhhh caralho fode, vai comer sempre esse cu, hahhhhhhh caralho, fode, vai come o cu da sua cadela vai.
Dei umas palmadas na sua bunda enquanto atolava meu pau nela, segurei o cabelo dela e bombava com força parecia que eu estava por cima de uma égua. Vai rebola sua puta, faminta de rola deixa eu arrombar esse cu, puta, vadia. Aiii que gostosa, sua safada.
Aquela mulher rebolava e dizia seu filho da putaaaa essa rola vai me comer sempre que eu quiser, preto safado, seu Puto, comedor de xoxota, come vai come meu cu direitinho, istooo come vai.
Eu afundava e meu tesao foi subindo cada vez mais... Meu pau foi ficando maior e ela gritava eu anunciei meu gozo ela saltou e disse: seu filho da puta não desperdice nem uma gota quero este leite aqui na boquinha vai...
Jorrei muita porra grossa na boca dela e ela bebeu todinho e agradeceu a foda maravilhosa.

Olhei e já eram 2 horas da manhã, vesti e me despedi com um beijo molhado e gostoso.

Foi tão gostoso, já faz algum tempo e até hoje continuo fodendo está coroa gostosa...

Coroas que gostem de alguém mais jovem.. Cá estou me chamem que eu dou um trato em vocês.
Beijos....

Foto 1 do Conto erotico: Carmen a Gerente putona 2

Foto 2 do Conto erotico: Carmen a Gerente putona 2

Foto 3 do Conto erotico: Carmen a Gerente putona 2

Foto 4 do Conto erotico: Carmen a Gerente putona 2

Foto 5 do Conto erotico: Carmen a Gerente putona 2


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


58156 - Carmen a gerente Putona - Categoria: Coroas - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil varetag
varetag

Nome do conto:
Carmen a Gerente putona 2

Codigo do conto:
58157

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
25/12/2014

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos de encoxada de kellacordei de pau duro conto incesto cestoGay com chiclete e esperma na bocacontos eroticos comendo a vendedora de bijuteriasquadrinho erotico pai fudedo com a filhaconto esposa aluguelConto erotico bebendo porraconto erotico meu irmao meu machocontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciao dia que a novinha se arrependeuwww/boceta da minha sobrinha gisele de 35 anos.comcontos eroticos trai meu marido quando ele viajou com dois rokudoshentai tirando o atrasovizinha gosta de Leitinho contoporno marido empresto a mulher pros amigo a noitecontos porno de seducao de tiaver imagem porno dA liga da. justica em quadrinhosexo gay conto eróticofica de quatro vou te enrrabar contoslactation porn comicsxvideis 2017comi a minha tiacontos eroticos sozinha em casa com o pepino e meu cachorroquadrinho gay: o jardineiro gayconto gay o negao comeu meu cuconto erótico em quadrinho Tietaconto erotico estupradomulher d moz urinar xvideoQuadrinho de foda e meteçãoinicio de uma fantasia conto eróticoquadrinhos porno coroasmulheres chupando pica de cavalocontos de sexo com a fran mulher do meu amigo fotoscontos eróticos AVS contos eroticos donzelas cuzudascontoeroticodfnegrosbundudosConto erotico flagrasou loirinha dei o cu aem parar no beco escuro contos eroticoscontos eroticos policialagarrei minha tia velha e transamos contoscontos gays casado e comido feito sanduicheconto erotico traveco mexeu comigovem me esfola isso me fode contocontos eróticos gay dando a bunda para um vendedor de pipocasexo em quadradinho de pokemonconto erótico dona de casa sozinha encanador conto gaym u lhergostosapornomulhe rocacaipira dorminoconto erotico de mulher coroa no campoconto meu sogro passando bronzeador em mimnovinhas campo grande ms peladinha incesto contos eróticoscontos eroticos de esposa iniciando o marido como putinhacomeu a tia bebada xgmeus.dois subrinhos fuderam minha esposa na minha frente conto eoticoler contos sou puta mais figindawww.contos eroticos filho caçula pauzudo come cu da mae viuvaincesto quadrinhos irmaos virgensConto erotico de menina semastubandoeu e meu namorado adoramos uma gay contocontos velho da rola grande arregacou a novinha minha esoosaAte o talo contos eroticosquadrinho erotico engravidouConto erotico gay garotos bundudos fazendo troca-trocaConto erotico cabacoconto de suruba caseira insestuosaConto agarrei e comi elavizinho conto realcontos eroticos rala rala na infanciaquadrinhos eróticosdei pro meu filhoconto erotico meu queridinho pauzudo me fez um filhoQuadrinho erotico beijo gregoconto meu casamentou melhorou muitocontos de incesto com palavrao