Surpresa em casa

Click to this video!


Cheguei no horário habitual, tudo estava escuro no andar de baixo, sabia que Minha mulher estava no quarto. Fui até a cozinha e me servi uma vódika com limão e gelo. Subi sem pressa. O quarto tem uma luz fraca a porta do banheiro semiaberta iluminava. Abri lentamente. Os dois estavam na banheira. Um de cada lado, como que se recuperando de uma atividade intensa.
Ela falou -oi amor!
Ele abriu os olhos e sorriu.
-querem alguma coisa?
-O que você esta bebendo? Ele perguntou.
–vodika limão e gelo. Respondi mostrando o copo.
-Quero um desse!
-Bebo junto! Falou minha mulher.
Entreguei-lhes o meu copo e desci para buscar outro.
Quando retornei eles já haviam saído da banheira, ela nua passava um creme no corpo, ele ainda se enxugando. Bebericava o copo vez ou outra. Ela me beijou e continuou. Com a toalha cobrindo o cabelo foi até o banheiro colocar o creme no armário. Pegou o copo, tomou um gole e olhou para o Marcos ainda nu. Seu pênis ainda em um estado semi ereto, ela o acariciou e olhou para mim e disse- você chegou tarde, brincamos a tarde toda.
Não seja por isso. Seu pênis agora rijo novamente pulsava.
Ela se abaixou e e olhando para mim e sentou na borda da banheira e começou lentamente a lamber-lo, primeiro ao longo do corpo e se demorando um porco mais na glande, descia lentamente e retornava, então o engolia, sugava e fazia fazia movimentos para cima e para baixo, sem deixa-lo escapar, movimentos alternados rápidos e lentos, depois o lambia novamente e voltava a engolir. Ele colocou a mão em sua nuca, não forçando, apenas acompanhando o movimento e regulando lentamente. Ele tremia o corpo em espasmos cada vez que chegava até a glande. Seu pau agora estava pulsando mais forte com as veias ingurgitadas. Ela levantou, de frente para ele, suas pernas em volta das dele foi descendo e lentamente introduzindo aquele mastro dentro dela, molhada e aberta por uma tarde de sexo, entrou com facilidade. Subindo e descendo foi acelerando, o estalo causado pelo choque em seus corpos fazia a sonoplastia do momento, no fundo o gemido de ambos. Ele esticava suas pernas em espasmos a cada descida. Ele a agarrou pelos glúteos e levantou, por algum tempo fizeram o movimento no ar, ele a levantava e descia mantendo o pau dele dentro de. Minha mulher. Então subitamente ele parou e a levou para a cama, ela na borda e ele com os pés apoiados no chão continuou penetrando com um ritmo acelerado. O corpo de minha mulher era jogado para frente e para trás, seus seios sacudiam quase que no ritmo inverso. Os dois gemiam. Parou por um breve momento, segurou sua perna e rodou Carol sobre a cama, agora ela estava de quatro na cama e ele a penetrava por trás, no ritmo acelerado continuou ate gozarem. Ele um pouco antes com estocadas firmes e mais espaçadas, ela continuou por um pouco mais jogando seu corpo contra ele mantendo a penetração e soltou um gemido de prazer. O espasmo durou um minuto talvez, então relaxaram o corpo, ela deitou de bruços e lentamente se virou, ainda ofegante, ele deitou ao seu lado de olhos fechados com respiração profunda. Eu excitado, de pé e olhando aquela cena maravilhosa. Quase não me aguentava. Meu pau quase não cabia na calça. Continuei minha bebida vendo os dois nus em cima da cama. Alguns minutos depois ele levantou, e disse que precisa ir. Deu um beijo em minha mulher. E falou para ela. – Fala para ele do fim de semana na casa de praia,virou para mim e continuou -vai ter mais um casal e dois amigos lá, vai dar uma festinha boa. Se vestiu e saiu.
Ela sorriu e falou- voce não vem?.
Fui até ela e a beijei, sugava sua boca e fui descendo até seus seios, lambia seus mamilos. Fui tirando minha roupa de qualquer jeito, enquanto beijava seu corpo. Ja nu sobre ela. Ela segurou meus rosto, me beijou e levou minha cabeça entre suas pernas. Meu lábios roçaram sua púbis depilada e logo estavam em suam buceta. Afastei a cabeça um pouco para vê-la melhor. Vermelha e inchada, com o gozo dos dois escorrendo lentamente. Ela segurou novamente minha cabeça e puxou em direção a ela, agora meu rosto roçava sua buceta “melada” com o sabor dos gozos misturados, lentamente lambi seu clitóris, muito sensível ela segurava, depois puxava novamente. Passava então a língua dentro de sua vagina, vi que ela gostava, demorei beijando e lambendo alternadamente. Depois de algum tempo puxou minha cabeça em direção ao seu rosto me deu um beijo languido e disse – Me fode! Nem precisa achar o caminho de tão molhada meu pênis a penetrou com facilidade, saia totalmente e depois entrava sem nem precisar ajeitar. Não demorou muito para gozar. Ficamos deitados por um longo tempo lado a lado.
Depois ela me falou sobre os planos de fim de semana. Mas fica para a próxima.
Foto 1 do Conto erotico: Surpresa em casa

Foto 2 do Conto erotico: Surpresa em casa


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario joclacaves

joclacaves Comentou em 17/11/2014

maravilha, tesaõ de femeã...

foto perfil usuario rui coutinho

rui coutinho Comentou em 15/11/2014

muito bom seu conto cheio de tesão votei com muito prazer as foto tem de ser peladinha da mais exitacao

foto perfil usuario eutoaquipraver

eutoaquipraver Comentou em 14/11/2014

goatei, sua mulher é linda quero ela pra mim

foto perfil usuario grego970

grego970 Comentou em 14/11/2014

Delícia de conto...até me senti dentro dessa buceta deliciosa e molhada!

foto perfil usuario koppe

koppe Comentou em 14/11/2014

sua mulher é uma delicia

foto perfil usuario psales

psales Comentou em 14/11/2014

seu conto é mto bom, e sua esposa mto gostosa... parabéns




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


40611 - Quando descobri, já era tarde - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
43035 - Corno safado doidinho para ver a esposa fudendo. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
55912 - MINHA ESPOSA DANDO PARA O PORTEIRO ! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
56058 - Minha esposa, e o SR Geraldo ! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
56114 - Dei minha mulher pro marido da minha prima comer - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
56516 - Zelador Gostoso - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
56517 - Flagrei e Filmei minha namorada dando - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
56840 - FUI CORNO NA FESTA NO SÍTIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
56843 - Fui Corneado pela Amante - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
56847 - Fui Corneado pela Amante (Continuação) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
57102 - MINHA ESPOSA DE FÉRIAS NA PRAIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
60351 - Experimentando o que desejou - Categoria: Fantasias - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil petroleiro
querovcgata

Nome do conto:
Surpresa em casa

Codigo do conto:
56250

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
14/11/2014

Quant.de Votos:
29

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


trote na faculdade conto lésbicoaronbando as pregas com pausadocontos eroticos o istrutor da alta escola pauzudoanal comicsos melhores contos de corno manso que bota sua esposa pra fude muito com o comedorconto erotico fodendo minha tia negracomi minha cunhada, contoscoto erotico sou a putinha do papaiquadrinho de porno realmeu padrinho me comeiconto erótico de gay fodenfo com catadores de recicláveis machoContos eróticos bem safadao com o amigo tímido e virgemGostosas sendo arronbandas por negão em quadrinhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaesesto na prai naturista contosfiumi porno adoro ver acaucinha da minha irma no varauconto tenho pintelhos nas cuequinhas de rendaconto erotico dona de casaera pra ser so uma massagem mas minha esposa agarrou o massagistacontos sexo minha mãe grávida de quem?contos erotico brivadeira de esconde em grupofudendo a esposa do amigo na estrada contos eróticoscontos eroticos goza dentro no fundo da minha bucetaCachorrao com paugg adora fuder cuznho da safadaonto erótico angolanoconto erotico comendo um cuzinho dormindoQuadrinhos eróticos Oh Não Pare Mamãe!zoofiliacantocontos eroticos de cunhada fudendo com o tiove contos herotico Minha filha deficirnte mentalLapis na buceta contonaruto gay fudendoQuadrinhoseroticosirmascontos eroticos de mulheres que gosta de toma ser xingadajanaina meu sogro tem. pauzaoContos eroticos seios gigates taradocontos de nifetinhas dando pros arredores de ruatravestis dotado 25 cm sao pauloksado abcver imagem porno dA liga da. justica em quadrinhoconto erotico joguinho com tiacontos eroticos de mozconto erotico porno gay thomaz costacontos eroticos novinha evangelica na casa do tioquadrinho.porno gayconto erotico gay vendendo meu namoradohq gay sexo pai e filhocontos eroticos pai usava vibrador para filha ficar com o grelaoconto de suruba caseira insestuosaConto erótico tampavaPeaocontoseroticosquadrinho erótico foda gostosa com a mamãe no zoológicoconto com a patroacontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogroconto de arrombaram o meu cu me dando dinheirocaseiro conto gayfilho fazendo massagem-contoerotismo contossoquei consolo ate no meu utero contos eroticosContos sobre beijos e podolatriaconto meu namorado e mansocontos erticos comendo a rabada da minha tiacntos eroticos cunete com o enteadoContos gay pau pequenocasa dos contos eroticos minha filha mim pediu para chupalacontos mulher gostosa da pro travesti e pro cãofogosatoda contosconto erotico novidade dia dos namoradosconto erotico meu pradinho e muito picudodesabafos de incestoconto erotico eu e meu cunhado e um casalprono aflsa pededo cabaçogostoza bunda grande negrascontos porno reais de troca de casais de primos com brincadeira de jogos e massagemtripla penetração na buceta mulher estrupadda virgem por tres belo sexoconto gay uber Recife