O irmão do meu amigo tirou o cabaço do meu cu.

Click to this video!


Quando eu era mais novo empre fui meio preso pela minha mãe, já que ela era quem cuidava de mim, filho único e sem pai. A minha ingenuidade atingia o máximo. Nunca tive com quem conversar sobre sexo, tinha vergonha de perguntar para minha mãe. Um dia, fui até a casa de um amigo para chamá-lo para jogar bola, entrei como sempre fazia e ele não se encontrava, estava apenas o irmão mais velho de nome Felipe, ele era um cara forte e bem alto, explicou-me que o irmão mais novo estava na escola ainda e chegaria daqui a pouco e disse que eu poderia esperar ali mesmo no quarto dele. Fiquei por ali, rodando que nem peru bêbado em véspera de natal, sem nada para fazer. Felipe vendo aquilo me perguntou se eu queria ver umas revistinhas e eu disse que queria, ele me entregou um monte de revistas com desenhos de homens e mulheres nuas. Fiquei ao mesmo tempo pasmo e como que embriagado com as figuras, só que não entendia muita coisa do que eu estava vendo e pedi a Felipe que me explicasse. Ele sentou-se ao meu lado e passou a me explicar tudo o que eu perguntava. Logo meu amigo chegou e Felipe escondeu as revistas rapidamente pedindo segredo, que se eu não falasse nada ele me mostraria noutro dia qualquer, quando o irmão dele não estivesse em casa. Guardei segredo. Eu não conseguia tirar as revistinhas da cabeça e sempre ficava de pau duro quanso pensava. Quanto mais o tempo passava, mais eu tinha vontade de vê-las novamente. Assim que apareceu a oportunidade fui falar com Felipe que me contou que no final de semana a mãe, o pai e o irmão deles iriam visitar a avó em outra cidade, e que era para eu aparecer por lá. Contei os dias que faltavam nos dedos e assim que chegou o sábado, acordei e fui direto pra casa do Felipe. Toquei a campainha e ele veio atender com cara de sono, me mandou entrar e fomos até o quarto, meio que sonâmbulo ainda, ele me deu várias revistas e voltou a se deitar, eu mais uma vez não estava entendendo várias coisas e o chamei pedindo que ele me explicasse. Ele levantou-se da cama dele e sentou-se ao meu lado só de cueca e passamos a ler juntos as histórias. Meu pinto estava durinho e mostrei, sem maldade, pro Felipe. Ele me disse que era assim mesmo. Eu perguntei se o dele também estava, ele me respondeu que daqui a pouco ficaria. Continuei a leitura e as perguntas. Felipe dizendo que não estava enxergando direito por causa do sono sentou-se mais perto e encostou a perna na minha, senti um arrepio esquisito e falei pra ele, ele ficou quieto. Num dos desenhos falei pro Felipe que aquilo era impossível, um cara enfiar na bunda de uma mulher. Ele me disse que isso acontecia e me disse que já havia feito aquilo. Eu não acreditei e disse que aquilo só acontecia ali naqueles desenhos, ele levantou-se e pegou uma revista que em vez de desenho tinha fotos e me mostrou uma parecida com o desenho que eu tinha nas mãos. Fiquei olhando aquilo e nem senti ele roçando a perna na minha. Foi então que ele falou: - "Meu pau tá duraço. Quer dar uma olhada?" Inocentemente eu disse que sim e ele tirou um mastro enorme e muito grosso pra fora da cueca. Eu fiquei olhando aquilo como que hipnotizado e ele, enquanto segurava minha mão foi levando-a em direção ao seu pau e perguntando se eu queria segurar para ver como era duro, quando dei por mim já segurava aquele pau, duro como pedra e muito quente, ele apertava e soltava a mão dele que estava sobre a minha, e me perguntou: - "Quer ver como a cabeça aparece todinha?" - "Quero", respondi num fio de voz. Ele tirou a mão dele sobre a minha e mandou que eu abaixasse a pele até ele dizer que estava bom. Foi o que fiz e vi aquela cabeçorra vermelha e melada ir aparecendo até ficar toda de fora. Ele disse que ia me ensinar a bater uma punheta, pediu para eu tirar meu pinto pra fora, e segurar com minha outra mão, colocou outra vez a mão sobre a minha e começou a tocar uma, mandando-me fazer o mesmo com a outra mão, quando viu que eu já me virava sozinho tirou a mão dele e me deixou batendo duas punhetas ao mesmo tempo. Felipe me perguntou o que eu estava sentindo, eu disse que não sabia explicar, mas estava muito gostoso. Eu não conseguia tirar os olhos do pau dele e vendo isso ele me perguntou se eu estava a fim de aprender outras coisas. Assenti imediatamente. E ele disse: - "Mas isso tudo tem que ficar em segredo só entre nós dois, senão não te ensino mais nada." Concordei. Foi quando ele colocou a mão no meu pescoço e me mandou dar um beijinho na cabecinha daquele mastro e foi empurrando a minha cabeça em direção da piroca dele, quando a pontinha da cabeça encostou na minha boca eu dei um beijo de leve. Então ele me mandou colocar a ponta da língua pra fora e lamber só um pouquinho a cabeça.Fiz, primeiramente meio sem jeito e com um pouco de nojo e receio, mas dentro em pouco e com as explicações do Felipe eu lambia a cabeçorra vermelha daquela pica como quem lambe um sorvete de morango. Ele soltava gemidos baixos e me perguntou se eu não estava sentindo meu cu dar umas piscadas. Eu respondi que sim e ele me mandou continuar lambendo. Felipe pegou uma foto da revista e mandou eu fazer igual, enfiar a pica na minha boca e enquanto ele segurava a minha cabeça, eu fazia isso e ele dizia: "Aperta os lábios, passe a língua em volta da cabecinha, tira da boca e lambe até em baixo, lambe meu saco. Enfia o ovo dentro da sua boca e chupa. Volta lambendo até a cabeça e enfie o máximo que puder na boca até engasgar." E fiz tudo o que ele dissera e me deliciei com aquele caralho. Ele me mandou parar depois de alguns minutos e pediu que eu tirasse meu short por completo e minha camiseta. Eu tirei e fiquei pelado na frente dele, ele me fez dar uma meia volta e ficar de costas para ele, passando a mão e apertando a minha bunda ele disse: - "Que bundinha linda você tem!!! Quer que eu faça uma coisa mais gostosa com você?" Respondi que sim e ele me mandou ficar de quatro sobre a cama, bem na beiradinha, foi até o armário e pegou algo, voltou e disse colocando o dedo dele na entradinha do meu cu: - "É aqui que tava piscando?" Com isso meu cu piscou mais rápido ainda e ele me falou que ia passar uma coisa meio geladinha que eu ia adorar, derramou um creme no alto do meu reguinho e ficou aparando com os dedos na entrada do meu cuzinho, senti aquele líquido gelado escorrer pelo meu rego e me arrepiei todo, ele passou a massagear a entrada do meu cuzinho com aquele creme, depois me deu um travesseiro e mandou que eu colocasse na boca. Ficou em pé atrás de mim pincelando seu caralho no meu rego até que encostou o pau enorme na porta do meu cu fazendo uma leve pressão. E me perguntou: - "Você achou que uma pica não entrasse em um cu? Agora vou mostrar como se faz isso." E forçou um pouco mais a entrada, mas o meu cu era virgem e o pau escorregou. Felipe colocou o pau de novo na entrada do meu cu e começou a abrir minhas nádegas e comecei a sentir aquela pica ir entrando bem devagar, começou a arder e eu reclamei, Felipe me mandou relaxar, que no inicio era assim mesmo, ardia e doía um pouco, mas que depois ficava muito gostoso, e que ele só ia colocar a cabecinha. Inocente eu confiei nele e enquanto minha bunda era aberta pelas mãos dele a cabeça de repente entrou toda. Meu cu apertou. Tentei ir para frente com a dor que senti, mas Felipe me segurava com firmeza pela cintura e ficou imóvel me dizendo: - "Calma, relaxa, a cabeça já foi, agora vamos ficar quietinhos até sua bundinha deliciosa se acostumar com a grossura da minha vara. Depois vou mexer com a cabecinha aí dentro bem devagarzinho, você vai adorar. Que cu quentinho e apertado você tem! Estou adorando esse cuzinho, você vai gostar tanto que vai virar meu freguês, vai ficar viciado no meu caralho." Enquanto ele dizia essas coisas eu sentia a cabeça se mexendo dentro do meu cuzinho de um lado pro outro, ainda ardia, mas a dor tinha diminuído bastante, e eu cai na besteira de dizer isso pro Felipe, ele então abriu mais a minha bunda com as duas mãos e meteu mais fundo. Gritei e ele me mandou tapar a boca com o travesseiro que era pra eu aguentar e falou: - "Não era isso que você queria viado, não queria levar no cu?" Ficou parado por alguns instantes e meu cuzinho começou a se acostumar com o volume dentro dele. Felipe então me disse: - "Bom, bom, você foi feito pra isso. Agora vem o melhor garoto. Vou te dizer o que vou fazer. Vou meter até minhas bolas encostar na tua bunda, quaro sentir meus colhões baterem nas suas coxas. E não adianta reclamar, se quiser pode até chorar, e vê se tampa a boca com esse travesseiro senão te encho de porrada. Você vai ter que aguentar todo meu pau dentro desse cuzinho gostoso. Depois vou começar o vai-e-vem. Vou te arrombar todo, arrancar todas as suas preguinhas e vou encher teu cuzinho com muita porra quente." Felipe então começou a fazer o que havia falado, me segurou pela cintura firmemente e enfiou até onde pode, senti uma dor imensa e afundei a cara no travesseiro com medo das porradas. Ouvi sua voz dizer: - "Merda, ainda falta entrar um pedaço." E ele começou a enfiar e tirar aquele mastro de dentro do meu cu, primeiro bem devagar, mas conforme o tempo ia passando e aumentando o tesão, Felipe começou a bombar com mais força e no final já estava usando da violência. Nem sei quanto tempo durou aquilo, só sei que foi bastante. De repente, ele tirou quase o pau todo pra fora e me agarrou, apertando minha cintura e enfiou de uma só vez, senti uma dor filha da puta, lancinante na frente, bem na minha barriga e fui sentindo aquele caralhão inchar e começar a latejar e Felipe derramou toda a porra que tinha, dentro do meu cuzinho deflorado. Ele foi me fazendo deitar e ficou sobre mim e eu pude sentir aquele monstro de músculo ir diminuído gradualmente de tamanho e ele retirar o caralho de dentro do meu cuzinho todo ferido. Mandou eu me lavar e quando voltei me pediu que fosse pra casa e que não falasse nada pra ninguém, senão ele me bateria e que se quisesse mais ele estaria ali, que poderia me ensinar a chupar melhor ainda e engolir porra. Eu me vesti e sai com as pernas bambas, com o cu ardido e doendo, mas estava satisfeito e logo no dia seguinte não via a hora de experimentar mais daquele caralho.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario amarcio

amarcio Comentou em 10/10/2016

Muito boa sua história

foto perfil usuario

Comentou em 18/01/2016

Vc tinha quantos anos na epoca ? e vc e esse irmão do seu amigo ainda mantem contato ? ele tinha quantos cm ? gostei mais vc ainda deixou isso em duvida

foto perfil usuario rebarba

rebarba Comentou em 28/12/2015

Pronto! Socializou com o irmão do amigo! Hehehe

foto perfil usuario casadoamaler

casadoamaler Comentou em 15/04/2015

a perda do cabaço com alguem que sabe o que faz é inesqiuecivel. #votado

foto perfil usuario pett25

pett25 Comentou em 06/01/2015

Sem duvida o melhor conto que ja li... muito top!

foto perfil usuario chaozinho

chaozinho Comentou em 03/01/2015

Oh tesão de conto. Lendo de pau durissimo.

foto perfil usuario juniorgay

juniorgay Comentou em 24/10/2014

Lindo seu conto.Depois que a gente da a primeira vez,ja era nunca mais para de dar.Beijos e teve meu voto.

foto perfil usuario hqz

hqz Comentou em 28/09/2014

Delicioso o conto. Que idade vcs tinham?

foto perfil usuario rickboxer

rickboxer Comentou em 27/09/2014

Muito bom cara fiquei cheio de tesão continue

foto perfil usuario pmsafadu

pmsafadu Comentou em 27/09/2014

Muito tesão teu conto, bem relatado..gozei antes mesmo de terminar de ler....que delícia...

foto perfil usuario cornoorgulhoso

cornoorgulhoso Comentou em 24/09/2014

Muito bom fiquei toda molhadinha imaginando meu marido no lugar do irmao do seu amigo e eu chupando sue pica

foto perfil usuario macho sungao

macho sungao Comentou em 23/09/2014

Queria eu ter tirado teu cabaço cara !

foto perfil usuario demyan

demyan Comentou em 23/09/2014

Muito bom o conto... Me deixou todo exitado...

foto perfil usuario netogyn

netogyn Comentou em 23/09/2014

muito bom. Meu pau ta melado aqui. Vlw

foto perfil usuario

Comentou em 23/09/2014

Eu daria meu cu todo dia para esse homem.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


53576 - Aquela bela e gostosa bundinha. - Categoria: Gays - Votos: 65
53652 - Surpresa (boa) no lava-jato. - Categoria: Gays - Votos: 58
58451 - O namorado da minha cunhada - Categoria: Gays - Votos: 42
58560 - Deixei o filho do meu padrasto comer o meu cu. - Categoria: Gays - Votos: 63

Ficha do conto

Foto Perfil otvgomes
otvgomes

Nome do conto:
O irmão do meu amigo tirou o cabaço do meu cu.

Codigo do conto:
53750

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
22/09/2014

Quant.de Votos:
71

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


porno gay quadrinho mozto ruconto erotico femboy na academiaempregadafragante.ALEX_pirocudo.spconto erotico meu.comprimo tirou minha virgindadeContos eroticos dei a buceta para meu vizinhobanda desenhada erotica aminha prima carina 2Contos gay pau pequenocontos acordei sendo chupada Contos Eroticos Gay: Gangbang com o vovoconto comi o cu cunhada virgemsexo menage femininoconto eroticoContos eroticos mamando nos peitõescontoeroticovizinhaEngravidando do amante quadrinhos eroticosconto incestoentrei no quarto da mae comi ela em quanto papai dormiarelatos sexuais feminino casais amigos jogando strip pokerNovinho do cuzinho ardido contos eróticos gaysQuadrinhos eroticos gay a transformacaopriminha gostosa se eu pudesse fazer sexo anal g****** horasconto erotico gay negao sarado e bem dotado meu comeu aforca sem do nem miedadewww.xvideo incesto afilhado fode madrinha de grelo enorme.como pau do meu cunhado me lacio a bucetaPequei minha ermazinha de biquineconto.erotico.minha.mulher.com.outro.homem2017deixaram minha esposinha toda baguncada contos cornosContos fotos meu genro e meu filho fez uma dp gostosa na minha filhacontos erotico meninocontos erotico sendo comida por travesticontos deixei meu melhor amigo me acariciarcontos erotivos comendo sogra e esposa juntascontos e relatos sexoincesto irmã gordinha com irmao dotadodesejos inconfessáveis pornocontos:pênis do meu filho endureceQuadrinhoseroticosirmascontos de incesto proibido sogracontos eroticos meu sogro pauzudoincesto desabafo contoContos trai meu marido com velho negao pedreirocontos eróticos sou viciada em putaria sou putonacontos eroticos tomando gala com biscoito gayconto minha esposaconto erotico enrabei o flanelinhaconto erotico gay no médico htcont erot mandei pode minha filhaeu conto chantagem do meu irmão para mim comerPornomulher pebada q mexe muitoenrabador de gravidas contoscontos eróticos hetero gozando no gayconto minha primeira chupadaContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.no.parque.aleeducadora@hotmail.comquadrinho de sexo gaypapai descabačando fililha hertaicontos eroticos ambientados no nordestesó o meu amante que me satisfaz"regina" download video pornocontos eroticos de viados encubadoscontos eróticos lésbicos mulatas casadas comendo sobrinha com consultascontos de assalto com incestocontos acordei sendo chupada conto erotico gay menino solitario da o cucontos estrupada estacionamentomeus filhos de doze anos metem na nossa frente contos eroticospiroka do primohentay gibis gayconto gay empurrando rola no meu sobrinhoflagrei minha mae de sem calcinha e pediu para eu lamber sua xanaconto vendo meu cu baratinhoporno coadrinho filio gozando dentro da mamai drmindoConto erotico primo vendo a bucetinha da primaporn amigos do filhocontos eroticos boca grandecontoeroticomulhervadiacontos pornor lebian incestuoso com enteadashostoria de sexo meu tios mimcomeucontos eroticosmulher com encanadormeu padrasto me iniciou na zoofiliacom o dedo no meu cu contopornocontoincestoContoerotico enguadrinho eu fode minha irma anãcontos eróticos meu sobrinho acabou com as pregas do meu c******salinas vampxvideos pica da grosura do cano de100mulheres chupando pica de cavalo