Primeiro a filha depois a mãe.

Click to this video!


Meados de 2012, chego numa pacata cidade de Minas, formado em veterinária, para trabalhar em uma fazenda. Cheguei um dia antes do inicio do trabalho para conhecer a cidade e seu povo, digo mulheres. Como toda cidade interiorana há apenas um local aonde os jovens se reúnem. Fiquei impressionado com a quantidade de mulheres bonitas, mas uma em especial me chamou a atenção, devia ter seus 17 anos, morena cor de jambo, olhos castanhos, cabelo comprido até a cintura, como dizíamos, foi feita a mão.
O desafio profissional era grande e me tomava todo o tempo, no início de segunda a segunda, a rotina era intensa, deixei de morar no hotel, e fui pra fazenda, embora não fica muito distante da cidade, mas, era um sacrifício que tinha que cumprir, afinal recém formado e trabalhando numa fazenda modelo padrão da pecuária brasileira tinha que abrir mão de algumas coisas. Morando na fazenda e com o passar dos dias, fui ficando amigo da peonada e fui sabendo de tudo sobre a cidade, seu povo e principalmente da família do patrão, que a rádio peão, dizia que a mulher era uma gata e a filha uma deusa.
Foi marcado um churrasco de confraternização na fazenda, enfim iria matar minha curiosidade e ver se a peonada tinha mesmo razão. Tenho 24 anos, 1,80, 75 kgs e 20 cm.... Iniciamos o churrasco regado com muito chopp, e passado algum tempo, chega o patrão com a família. É realmente os peões não tinham inventado nada. A patroa uma verdadeira potranca, qual foi minha surpresa a filha era a morena que eu havia me encanto assim que cheguei na cidade. Determinado momento da festa, o patrão manda me chamar e me apresenta para sua mulher e filha. Bem esse é o Leonardo, nosso novo veterinário. Patricia, foi gentil, mas, meio indiferente, voltando-se a conversar com outros convidados em seguida foi a vez da filha Caroliina que notei que me engoliu com os olhos, mas disfarçou para o pai não perceber. Vi que ela gostava de uma cerveja. A festa estava tão animada que não percebi o tempo passar. Notei que a Carolina estava discutindo com o seu pai, foi quando ele me chamou e disse: Leonardo faz um favor, estou com muitos convidados ainda, leva minha filha para a cidade, eu prontamente me coloquei a disposição. Já era 10 hs da noite, e iniciamos a viagem até a cidade. Carolina se mostrou uma menina muito desinibida, começamos a conversar e ela fez mil perguntas a meu respeito e disse que me havia visto num barzinho da cidade, e eu me abri e disse que das meninas que estavam lá, ela foi a que mais me atrai com sua beleza impar. Talvez solta pela bebida, conversar comigo e colocava a mão na minha perna, isso foi me dando um tesão enorme, pensei vou correr um risco, coloquei minha mão na sua perna, fiquei temendo pela sua reação mas qual foi minha surpresa ela abriu um pouco mais a perna como quem diz, continua..., fui deslizando minha mão até chegar na sua buceta,e ela fazia o mesmo até o meu pau que já estava latejando de tesao. E viagem que seguia,fui subindo minha mão até chegar no seu rosto, aonde dei um tapinha de leve, ela...aiiii...Leo, entre nessa estradinha dentro desse eucalipal. Mal parei o carro e nos atracamos intensamente, ela desabotou meu zíper e tirou meu pau pra fora, foi quando ela ficou perplexa e disse que nunca tinha visto um pau desse tamanho e grosso. Vc vai sentir cada centímetro sua putinha, quero foder minha patroinha igual o garanhão da fazenda fode a égua. Carol caiu de boca no meu pau, eu pressionava sua cabeça e segura, fazendo ela sufocar..., loucamente ela mesmo tirou sua blusa, foi tirando a calça, bota, tudo e puxou minha calça, tirou minha camisa, foi botão pra todo lado. Pulou em cima de mim toda pelada, louca, deitei o banco da caminhonete e ela já na posição de cavalgar, pegou meu pau e foi lentamente introduzindo na sua buceta que estava melada, a medida que meu pau ia entrando naquela buceta apertada, ela tremia toda, até que eu segurei nos braços dela e comecei a dar estocadas cada vez mais forte, ela gemia, urrava, gritava, não me contive, dei um tapa na cara dela, bate mais, bate que eu mereço. Saiu do controle, com as duas mãos ela bagunçava seu cabelo, apoiou as mãos no meu peito e começou a cavalgar loucamente, eu batia na cara, na bunda e ela gemia, urrava, até que explodimos num gozo juntos, fazendo ela cair desfalecida sobre mim. Ficamos ali meia hora, a insaciável queria mais. Desci da caminhonete, meu pau latejava de tão duro que estava novamente, abri a porta do lado dela, tire-a e disse, vem cá, ela, quero que me fode de novo, quero sentir esse caralho dentro de mim....Cala a boca sua putinha, aqui vc não manda, quem manda é eu. Peguei uma corda de amarrar latão que estava na carroceria, peguei minha putinha, e amarrei-a num pé de eucalipto. Comecei a beija-la intensamente, foi quando ela gemendo de tesão implorou para eu fude-la com força. Ajoelhei e comecei a sugar sua buceta, mordiscando fazendo ela tremer. Me fode logo, vem, me arregaça seu puto. Peguei meu pau e comecei a pincelar na sua buceta, levando ela ao delírio, até que comecei a penetrar com muita força, ela gritava que ecoava na floresta, bate na minha cara seu tarado,ta me arregaçando toda até que novamente explodimos num gozo.
Nos recompusemos e foi quando percebemos o tanto de tempo que estávamos ali, e fomos e ela preocupada se os pais já havia chegado. Ao chegar na sua casa, estava sua mãe no portão, que ao encostarmos já foi nos repreendendo querendo saber aonde estávamos, que sorte nossa que seu marido ficara na fazenda, e insistia querendo saber aonde estávamos, qual minha surpresa a Carolina, me tascou um beijão em frente a mãe e disse, com o sorriso nos lábios. Não vou falar porque a senhora deve imaginar e foi maravilhoso e foi entrando.
Dona Patricia, foi logo me repreendendo dizendo que tinha traído a confiança deles e que no dia seguinte era pra mim ir até a casa deles para ter uma conversa com ela e o marido. Foi saindo e logo pensei, adeus emprego. Conforme intimado no dia seguinte fui até a casa dos patrões, mas ai já é outra história.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario fudedordecu

fudedordecu Comentou em 02/07/2014

e cara de sorte

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 02/07/2014

Bjus na piriquitá delas gostei muito do teu conto pena que vc não postou fotos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


49424 - Primeiro a filha depois a mãe (continuaçãol) - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
49554 - Primeiro a filha depois a mãe (Gran Finale) - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
60503 - Uma transa selvagem inesquecível. - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
64118 - Eu, minha esposa e a Paula. - Categoria: Heterosexual - Votos: 33
64334 - Eu, minha mulher e Paula, a continuação. - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
67049 - CUNHADA CARENTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
69745 - CARLA ME PRESENTEOU: PAULA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
70452 - MINHA ESPOSA PROVOCOU MINHA SOGRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
70457 - LOUCURA DE FANTASIA REALIZADA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
80572 - Fodendo a Patroa na festa que estava minha esposa. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
80578 - Namorada me largou peguei a sogra. - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
80583 - Eu, minha esposa Mariana e Paula - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
80592 - Eu, Paula e Carla (chifrando o marido) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
80595 - FODENDO A MÃE DO MELHOR AMIGO - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
80942 - CASO DE FAMÍLIA - Categoria: Incesto - Votos: 6
84658 - FODENDO A MULHER DO AMIGO COM CONSENTIMENTO - Categoria: Heterosexual - Votos: 14

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico mallkau

Nome do conto:
Primeiro a filha depois a mãe.

Codigo do conto:
49323

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
28/06/2014

Quant.de Votos:
11

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contoerotico vitamina94contos eroticos como fode a ben novinhaConto porno desdi pequena pai e mae me comenovinho da o cu sem lubrificante e chora sexo gaywww.conto erotico de jardineiro estrupando novinha viegemouvir contos eroticos seduzi meu sobrinhoCANTOS FOTOS EROTICAS DE NEGAO PIROCUDO COM TRAVESTI NOVINHAScontos eroticos encanador brcontos eroticos de mae cuzudas com fotosConto porno desdi pequena pai e mae me comecontoporno enfiei bananaporno tia não acredita ao ve o sobrinho engoli o proprio pintomeu padrasto me flagroubucetas do brasilfilhaputacontocontos eroticos me amarraram e comeram na obraultimos contos sadocontos eroticos de mulheres que vao na pescaria com marido e ele fica bebadocontos eroticos negao jumento e minhas esposacontos eroticos de vaqueiro de rola grande e grossaso dou a buceta para meninos contos coroassonha cm amado na pescinao prefeito porno em quatrinhoconto minha tia minha safadaporno real em quadrinhos imagenscache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma Materiais heroticos para mulheresconto erótico fiquei grávida de novochupei na faculdade contosPai tirando a virgindade do filho novinho branquinhomeu capataz fudeu minha esposa e encheu a buceta dela de porraPorno orgias incestuosas iniciando com masturbacao coletiva contosconto erotico transex sexo pegou boy novinhocontos eroticos mae e filho Mozcontos porno menininha indefesaconto erotico incesto novinhacontos eróticos crossdresser com negaocontos eróticos com mulher gordatransa inesquecível no transito conto eroticobuceta sussurrantecontoerotico papai goso na filhinha bbconto erotico comi no meio do cafezal uma cdzinha com da fodascontos eroticos com fotos pag 148conto corno ela deuconto de buceta de namorada traindo com camioneiroconto erótico gay dormindo só de cuecacontos eroticos sexo com minha mae de bikinidei ocu para o meu padrinhowww.xvideos esposa branquinha depois de uns drinks foi deitar maridoconto eroctico do marmajo comendo o cuzinho da novinha no quadradinhominha tia anda de bicicleta sem calcinhas contos eroticosconto de erotico melhor amigo hetero e gay videoquadrinhos eroticos a cu invocante 1contos eroticos perdi a aposta e dei o cucontos eróticos minha enteada e uma putinha2017video erotico com a manteponheta subrinha gostosa quadrinhos pornoMostrei minha vagina ao meu pai. Conto eroticocontos dopou irmã fuder guadrinhocontos erotico puta gosta de piça ggconto ballbusting sado relato cuecasexo com colegas de trabalho esfregando a pica na buceta directamente para a buceta quadradinhos eróticoGay dando em AlagoasFilha da puta comeu meu cu contoporno gay da liga da justisaque mas vadia aqui mozconto erotico cunhada e sobrinhaconto erotico obrigueirelato de primeiro analconto erotico amiga da minha mulhersexo com putona de fio dental com argolas na orelhaconto erotico comendo a mulher do pastorWww.conto eroticomorena no trem