Uma Noite Com Uma Amiga Tarada III

Click to this video!


Continuando a noite.

Minha esposa viajava, uma amiga do trabalho que tinha fama de ser tarada me chamou para um chope e acabamos em uma casa de swing. Transei com ela e parei o relato na segunda transa, com um casal formado por um rapaz e uma loira gigantesca e MUITO GOSTOSA.

Estávamos os 4 em uma cabine. Minha amiga estava de 4 em cima da poltrona e o rapaz a estava enrabando. Eu estava comendo a buceta da loira, uma buceta enorme, linda, um capô de fusca, aliás, um fusca todinho. Minha amiga estava virada de frente para nós e enquanto dava a bucetinha para o rapaz chupava meu pau e a buceta da loira, tudo junto e misturado. Ela lambia o pé do meu pau se aproveitando dele quando eu tirava da bucetona da loira. Quando eu estava quase gozando minha amiga tirou meu pau de dentro da loira, arrancou a camisinha e engoliu meu pau e minha porra. A loira não deixou minha amiga sozinha, se uniu a ela e recebeu algumas cusparadas de porra na cara. Senti as duas disputando meu sêmen e meu pau foi amolecendo na boca delas.

Percebi que o rapaz também gozou e se jogou na poltrona. As meninas se olharam e com a boca cheia de porra se beijavam. Fiquei parado. Não consegui mexer um músculo sequer.

Alguns segundos se passaram com as duas se beijando e tocando quando, minha amiga se levantou e vem até meu ouvido dizendo: "Quero uma DP.". Que porra é esta? Pensei. Devido minha cara de espanto, a loira riu e anunciou: "Ela quer Dupla Penetração.". Agora eu entendi.

Meu pau estava meio que cabisbaixo, cansado, mas aquele convite era tentador. O importante era segurar o máximo o próximo gozo.

Me sentei no sofá, minha amiga, de frente para mim, se ajoelhou em cima de meu pau e ele entrou gostoso na bucetinha dela. Uma delícia. Aparentemente o cara não fez estragos muito grandes naquela bucetinha linda. Meu pau (com camisinha) entrou deliciosamente, ela se ajeitou de forma que ele entrou todinho. A loira se colocou ao meu lado, enquanto oferecia a bucetona pra eu chupar, ela ajudava o rapaz a enfiar o pau no rabinho de minha amiga. De dentro da bocetinha de minha amiga eu sentia o pau do cara entrando no rabo dela. A cada movimento dele dentro da bundinha dela, meu pau era espremido na buceta dela. Ela gemia, gritava de tesão e não demorou pra gozar. Confesso que aquela posição me incomodava, não havia como me movimentar ou participar da festinha de minha amiga. O peso dos dois em cima de mim, me dava apenas o direito de movimentar o rosto, a língua dentro da bucetona da loira.

Não demorou muito, minha amiga gozou e o cara também gozou. Continuo achando que ele ainda não havia comido o cuzinho dela pois, gozou rápido ali dentro.

Posições trocadas. Ele se deitou, minha amiga sentou-se sobre ele, enfiou o pau dele na buceta e abriu o cuzinho para meu pau entrar. Neste momento notei uma certa "inveja" por parte da loira. Ela segurou meu pau, deu umas lambidas, cuspiu na cabeça dele e o conduziu até a entrada do cuzinho de minha amiga. Me conhecendo, minha amiga já estava preparada. Abriu ao máximo a anca tornando seu orifício o mais arreganhado possível. A loira colocou meu pau na portinha e, com as duas mãos, começou a força-lo para dentro.

Fui penetrando o rabinho de minha amiga enquanto ela urrava de dor e prazer. Pensei que ela fosse pedir para eu parar mas não. Ao contrário, pediu para entrar inteiro. Da mesma forma que eu, o rapaz que estava dentro da bucetinha dela, sentiu meu pau arrombando aquele cuzinho. Por um momento ele sussurrou: "Nossa, vai estourar a menina.". Não, não estourou, ela aguentou e pediu que fosse até o final, até o pé do pau encostar na bundinha dela. Obedeci.

Segurei ao máximo meu gozo e confesso que fingi ter gozado com eles naquele momento. Fui obrigado, caso eu tivesse gozado não teria forças para colocar a loira no lugar de minha amiga.

Após notar que minha amiga e o rapaz haviam gozado, tirei meu pau de dentro do cuzinho dela e me joguei contra as treliças que nos separavam do corredor lotado de gente assistindo. Pude sentir alguns dedos, e pelo toque e suavidade, eram femininos. Exausto ainda ouvi as vozes de meninas vindas do corredor dizendo: "Que delícia." "Nossa, eu queria estar ali no lugar dela.". Isto me animou de novo.

Posições trocadas, sai a morena, entra a loira, Troca de camisinha.

Cansado, deitei-me na poltrona e coloquei meu pau em forma de espada a espera daquela bucetona. Mas, não foi assim. A loira de fato se sentou em meu, mas sentou literalmente, se costas para mim, ela ajeitou meu pau na porta do cuzinho e sentou. Devagar, bem devagar. Eu, pouco ou nada pude fazer a não ser apreciar a penetração. Meu pau deslizava para dentro do rabo dela e eu apenas olhava. Minha amiga dava uma força e segurava meu pau apontando para o infinito enquanto entrava naquele rabo. O rapaz tentou entrar no meio das pernas da loira pra comer a bucetona dela, mas ela pediu que ele aguardasse; "Espera, espera eu colocar esse par em minha bunda, depois você coloca em minha buceta.". Pensei, "exclusividade". eitcha. Delícia.

Minha amiga anunciou que faltava pouco para que meu pau estivesse todo lá dentro e então ela chamou o rapaz. a bucetona da loira estava molhadinha ainda, eu havia chupado aquela bucetona aos montes e ela estava cheia de tesão.

O cara foi pra cima dela e não aguentou muito. Gozou. Eu sentia a loira rebolando com meu pau dentro dela e percebi quando o pau do cara caiu e saiu de dentro dela. De novo, "exclusividade". A loira pulava, rebolava, subia e descia em meu pau. Fodia com vontade e urrava de dor e prazer. Enfim, gozou.

Naquela do cara sair de cima, a posição de ficar por baixo da loira nem foi tão incomodante como foi com minha amiga. Os movimentos da bunda da loira eram movimentos longos me permitindo também participar. E foi delicioso.

Senti a loira a gozando gostoso e gritando.

Posições mudadas. Camisinhas trocadas. O rapaz se deitou, a loira colocou o pau dele no rabo e ficou de frente para mim, em posição de fazer xixi. Soquei o pau naquele bucetão sem dó, de novo, soquei tudo que podia, afinal, eu sabia que depois daquela eu ia baquear. Fodi legal. Soquei, tirei e coloquei dezenas de vezes, a loira gozou enquanto minha amiga chupava meu pau e a bucetona dela.

Também gozei dentro dela. Acompanhei o gozo dela e inundei a bucetona dela de porra. Ela sentiu meu pau ejaculando e forçou um último impulso de gozo, vindo lá do fundo do tesão.

Percebi que o pobre rapaz já nem participava, apenas não se mexia pois não podia.

Me recolhi. Meu pau amoleceu e sai de cima da loira.

A busca pelas roupas: "Onde esta minha camisa?", "Alguém viu meu sapato?" "Meu tênis? Viram?". Era somente este tipo de comentário. Abandonamos a cabine sem uma só palavra sobre nada.

"A gente se vê.". Disse minha amiga ao casal no final do corredor.

Me dirigi ao banheiro com o combinado de nos encontrarmos em nossa mesa.

Nos corredores, a caminho do banheiro, ainda ouvia uma ou outra menina comentando: "É este sim! É este que estava com as meninas lá." - "Será? Vamos ver.".

Fui ao banheiro e como um bom quarentão que se preze, ando preparado.

De um compartimento secreto de minha carteira, saquei um comprimido azul e joguei na boca. Pronto, em meia hora estarei pronto pra outra.

Voltei pra mesa e minha amiga já estava por lá. Mais duas cervejas, risos, perguntas bobas e um convite por parte dela: "Vamos de novo?". "Claro que vamos.".

Tomamos nossa cerveja, tempo quase que suficiente para o efeito da pílula e saímos à caça.

Nos corredores nos encontramos de novo com aquelas meninas e, bem...

Isso eu conto outro dia.

abraços

As mulheres que desejarem contato podem add. Beijos

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario abusadinha

abusadinha Comentou em 12/01/2014

Muito gostoso de se ler seus contos, tem a qualidade da escrita... Votado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


40618 - Uma Noite Com Uma Amiga Tarada - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
40769 - Uma noite com uma amiga tarada II - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
41117 - Uma Noite Com Uma Amiga Tarada IV - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
41119 - Uma Noite Com Uma Amiga Tarada V - última - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
41146 - A mãe da vizinha feia - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
41255 - Pediu comida de cachorro e acabou sendo comida - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
41457 - Uma noite toda com a vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
41504 - A chantagem da filha da Vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
41618 - A garota do site - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
42376 - Nosso primeiro encontro - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
42382 - Segundo encontro - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
42887 - A faxineira pagou boquete - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
43193 - Minha PRIMA DELICIOSA - Categoria: Incesto - Votos: 10
43373 - O corno chegou na hora H - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
43390 - Um corno no SKYPE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
50629 - No carro em movimento é delicioso - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
50721 - O CORNO FICOU OLHANDO EU FODER A ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
50936 - ESTAGIÁRIA FAZ UMA GULOSA MARAVILHOSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
51013 - PROFISSÃO: CORNO MANSO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
51130 - COMENDO UMA MORENA GOSTOSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil tô atoa, vem.
tatoa

Nome do conto:
Uma Noite Com Uma Amiga Tarada III

Codigo do conto:
40850

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
07/01/2014

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


putaqueriu gozei toda pornowww.mulherescasadascontoseroticos.commae e filha iniciada na zoofiliatitias sedutoras incesto anal forçadocontos pegando no pau do titiocontos eroticos maduras dormindo fotosConto erotico novinha evangelicaFilha da puta comeu meu cu contoLidiane meu pelado pau bem dotadoconto erotico fiz corno vesti a roupa da mulhercontos de sexo anal com a minha cunhadinhawww.contos eroticos mae fude com filho novenho pauzodo dando cuconto erotico passei a mao na tia na multidaocontos eroticos minha cunhada me deu o cu de presentefoto de cusinhod virgenscontos de travestis na praia molecomendo minha mae cuzuda gostosa depois que o papai sairpai fica com tesão da filha na praiaInsesto.contos casada encoxada no chou perto do maridodei promeu cunhado jeancontos gay bebado paiContos eroticos hentai hd,medicaporno conto erotico meu sogro roludoConto erotico vendo a bucetinha primaxxvideo curumimahhh gozei bem gostoso na bucetinha da minha irmã e tia no incesto. comconto erotico meninaContos eroticos hentai hd,medicaCONTO EROTICO NO ASSALTO A CASAConto erotico ajuda no banhoContos e fotos filhos pauzudosjanaina meu sogro tem. pauzaocontos eroticos csada dando a força/para/dotado e acabou virando uma puta/perto do maridoconto erotico comendo o cu da cazafaconto erotico meu sogro de 60 anosMEu amigo gay me falou que tem vontade de chupa no meu peniscontos eroticos incesto com avôprimo cantageando xvideos gaycontos eroticos mulher casada transa com velho de 60anosdominando com hipnose tesudaConto erótico vizinha separoucontos erotico ensinando o filhovideo porno coroa amandura amandoconto gay de camisolinhaContos eroticos comendo cu da mamae com o papaicotos eroticos conto erótico eenfermeirodando para a familia conto eroticocontos eroticos minha mulher doente comi minha sogra na areacontos eroticos so no meu cuzaoconto eurotico alistamento comi o sargentocontos eroticos de esposa iniciando o marido como putinhaquadrinhos eroticos a cu invocante 1Filho come mae bebada historias em quadrinhosconto eroticos corna pega no flagraContos eroticos com fotos de podolatria com a medicaehomem deu o cu conto eroticoquadrinho pono reaiscoto erotismo historia tarada pelo velho roludoconto erotico onibusmeteção no pesqueirocontos eroticos panela velhacontos sexo estupro e sadomasoquismoconto erotico sexo lombradocontos eroticos reais/corno nem viuxvideos papai comendo filunhasdepilei minha tia contos eroticoscontos eróticos de encoxando coroa no tremsexo indicando virgemconto erótico menina mendiga cusogra gostosa metendovcom o genrocontos eroticos juvenisContos Eróticos MEU BUNDAOprima caipira contos eróticocontos eroticos o empregado do nelsonContos eroticos perdi a apostaconto erotico deixei o viado sem andar