Eu menstruada querendo pau :c

Click to this video!


Arrepiei-me, dos pés à cabeça, assim que ele me abraçou por trás. Envolveu-me, nos seus braços fortes, e apertou-me pela cintura fina. O frio na espinha subiu-me pelas costas e me fez gemer. Arrepiou-me a pele, os pelinhos descoloridos dos braços, disparou-me o coração, esquentou-me o corpo, a face de pele macia e rosada. Umedeceu-me na vagina de lábios grandes. Seu membro, sob a calça, crescia e cutucava-me no bumbum macio. Enquanto beijava-me a nuca, suas mãos firmes, sobre minha blusinha cor de rosa, acarinhavam-me os seios grandes. Que delícia... Gemíamos abraçadinhos! Os lábios molhados sobre meu pescoço e a respiração quente na minha orelha deixaram-me looouca! Cadú cheirava-me os cabelos compridos e deslizava suas mãos dos seios à minha virilha. Acarinhava-me a vagina sobre a legging jeans. Eu estava de olhos fechados... Aconchegava-me no seu peito! Virei meu corpo. Abraçamo-nos e nos beijamos. Língua com língua!
Desculpe-me, nem me apresentei. Meu nome é Valdirene, 29 anos, 1,62m, 68,0Kg, pele branca, seios volumosos, bumbum médio, coxas grossas, olhos esverdeados, cabelos castanhos escuros e ondulados. Cadú é meu namorado há dois anos. O que estou lhe relatando aconteceu no primeiro mês de namoro, em meu apartamento, numa noite de inverno. Eu estava menstruada!
Nossos lábios esfregavam-se... As salivas misturavam-se naquele beijo ardente! Meus bicos dos seios, sob a blusinha, o espetavam. Suas mãos apertavam-me nas costas. As minhas? Acarinhavam-lhe a face e nuca de cabelos castanhos passados à máquina. Ele estava barbeado e cheiroso. Perfume cítrico aromático! O volume formado no meio das suas pernas cutucava-me na barriga. Suas mãos acariciavam-me no bumbum. Minha vagina pulsava! Cadú tentou tirar minha calça... Abriu o botão e desceu o zíper. Afastei-me... Fechei minha legging! Ele estranhou minha reação. Fiquei meio sem jeito... Sorri e balancei negativamente a cabeça, murmurando-lhe:
- Hoje não...
Cadú ficou me olhando... Fez carinha de ué! (que dó!) Veio ao meu encontro. Abracei-o. Aconcheguei-o nos meus braços femininos. Precisava acalmá-lo! (risos) Beijamo-nos. Ele tentava novamente arrancar minha roupa... Eu resistia! Contorcia-me sorrindo! (tive uma idéia) Enquanto abraçados, o conduzi para o sofá. Cadú sentou-se. Agachei-me, de frente para ele, sobre sua calça social. Agarrei-o. Beijamo-nos enquanto suas mãos buscavam meus seios. Tirei-os pelo decote da blusinha. Apalpei-os. Acarinhei-me e os ofereci. Abocanhou-me. Um... Depois, o outro! Tinha fome. Que delícia... Sugava-me, carinhosamente, nos mamilos duros! Eu o acarinhava na nuca. Esfregava-me sobre sua calça. Sentia seu pênis ereto. Gemíamos sem parar.
Levantei-me. Ajoelhei-me sobre o tapete colorido da sala. Ele me beijava enquanto eu abria-lhe o cinto, o botão da calça e descia o zíper. Meus seios roçavam-lhe a virilha. As contrações, dentro de minhas entranhas, não paravam. Minha vagina pulsava. Chegava doer... Eu me contorcia! Cheirei-o. Delicioso aroma exalava! Fiquei looouca para saboreá-lo. Abocanhei-o sobre lingerie. Ficou molhada e borrada de batom rosa! Cadú tocava-me os cabelos e rosto. Olhava-me. Sorria. Abaixei sua calça e cueca boxer. Tirei-as, depois dos sapatos pretos. O pênis apontou para o alto! Segurei-o. Agitei-o. Joguei meus cabelos para o lado e passei minha língua da base à cabeça. Cadú gemia. Enfiei-o na boca... Duro e Quente! Sentia-o crescer ainda mais. Meu quadril tremia. Molhei minha calcinha de algodão! (gozei - bão demais)
Masturbei-o, ao sabor leve de xixi, dentro da minha boca quente. A cabeça encostava-me à garganta. Quase engasguei... Meus olhos encheram-se de água! (risos) Tirei-o da boca. Estava banhado de salivas. Punhetei-o. Toquei-me na xana, sobre a legging, com os dedos da outra mão. Delícia! Gemíamos sem parar. Segurei-o, apontado para o alto, e lambi suas bolas. O saco. Abri suas pernas e passei minha língua sapeca no seu cuzinho. Ele levou um susto... Contraiu seu buraquinho! (risos) Cheirinho de cu sem lavar... Fiquei doooida! (adoro)
Segurei-me nos seios e derrubei salivas entre eles. Esfreguei um no outro. Lambuzei-os. Inclinei meu corpo e abracei seu pau entre meus melões. Apertei-o... Bem gostoso! Cadú gemia. Eu também. (não acreditava no que eu estava fazendo!) Movimentei os seios para cima e para baixo. Diversas vezes. Cheirinho de pinto misturado a salivas subia-me pelas narinas. Fiquei looouca! Sensação de ter uma bunda abaixo do meu rosto. Eu lambia e chupava a cabeça do pau enquanto masturbava-o no meio dos meus seios volumosos. (adoro chupar) Saboreava seu meladinho passando a ponta da língua na fenda da cabeça do seu pintão. Percebendo que ele estava quase gozando, libertei-o dos meus peitos. Enquanto eu chupava-me nos biquinhos lambuzados, olhava seu pau pulsar. Cadú estava com o pescoço inclinado para trás e apoiado sobre o encosto do sofá. Olhos fechados e mãos sobre a cabeça.
Eu queria tomar leitinho! Punhetei-o rapidamente. O corpo do pênis, levemente curvado para a esquerda, estava lambuzado e marcado por veias. Grosso... Rosado... Lindo! Chupei-o. Saboroso... O sabor de esperma já era presente! Cadú gemia. Eu sentia meu rosto quente e lambuzado pela mistura das minhas salivas com a excitação dele. Meus seios espalhavam-se sobre suas coxas peludas. Pinicavam-me! Abocanhava-o nas bolas e saco. Cheirava-os! Ele acarinhava-me no rosto e cabelos compridos. Eu me tocava na xana sobre a legging. Estava uma delícia... Eu não aguentava mais. Sentia minha vagina abrindo e fechando. Meu quadril tremeu frente contrações nas minhas entranhas. Molhei minha calcinha de algodão novamente! (gozei ? bão demais)
Cadú gemia alto. Chupei-o ainda mais. Minha boca subia e descia pelo corpo liso do seu pau. Quente e duro... Pulsava sobre minha língua molhada. Suguei a cabeça... Logo, jorrou sêmen! Jatos, fortes e quentes, escorriam pela minha garganta. Engoli seus espermas... Até a última gotinha! Minha garganta ficou ardida. (risos)
Olhei para ele. Saciado estava. Repousava quase deitado no sofá. Seu pau dava sinais de cansaço. Levantei-me. Tentei beijá-lo de língua... Recebi selinhos na boca! (risos) Meus joelhos doíam. Fui para o banheiro. Minha xana, lambuzada de sangue e gozo, pulsava. Embrulhei, em papel higiênico, o absorvente encharcado. Joguei-o no ?lixo?. (no vaso sanitário NÃO) Lavei minha calcinha de algodão e pendurei-a no registro do chuveiro! (que beleza ? chisques) Masturbei-me durante o banho, pela terceira vez.
Pessoal,
Algumas fotos minhas adoro xxts
Foto 1 do Conto erotico: Eu menstruada querendo pau :c

Foto 2 do Conto erotico: Eu menstruada querendo pau :c

Foto 3 do Conto erotico: Eu menstruada querendo pau :c

Foto 4 do Conto erotico: Eu menstruada querendo pau :c


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario mak19x5

mak19x5 Comentou em 18/01/2014

Mais conto maravilhoso tem meu voto linda

foto perfil usuario fauro

fauro Comentou em 03/10/2013

muito bom, bem escrito com detalhes e uma excelente escrita sem erros de português. Parabéns tem meu voto.

foto perfil usuario antoniolobo

antoniolobo Comentou em 01/10/2013

Adorei! um tesao de conto!

foto perfil usuario

Comentou em 01/10/2013

Delicia teu conto, excitante..beijos, votei

foto perfil usuario el tarado

el tarado Comentou em 01/10/2013

Belo conto e belas fotos.Parabens!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


35248 - Meus primos tirando meu cabacinho - Categoria: Virgens - Votos: 57
35831 - Roçando minha bucetinha - Categoria: Lésbicas - Votos: 46
42735 - Virgindade reconstruida - Categoria: Virgens - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil kinderannaa
kinderannaa

Nome do conto:
Eu menstruada querendo pau :c

Codigo do conto:
36073

Categoria:
Masturbação

Data da Publicação:
29/09/2013

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


ultimos contos sadoconto porno meu irmao fica olhando minha calcinhavelhos gordos gays contoslarguei esposa e sai com.com amigo contosgaysContos e fotos senhoras que gosta de negros pauzudosfamília favela fodendo na favela com o negrochupadora da advogada, todas as tardes lhe chupa o grelodotado do bate papo contomulhe na zoofilia en pe si esfregano no caxorrovovó bundudaconto estrupei minga patroa pirnoconto vendo meu cu baratinhosexo deixando mae com bunda doendo contocontos eróticos gay dando a bunda para um vendedor de pipocacontos eroticos: fodi com meu filho no carroContos eroticos fui fudida pelo meu sogroContos gay com espadachimcomi minha tia contobuceta da mae com fotos contosminha esposaxvConto porno de incesto meu irmao me come dedi pequenarelatos reais de casais amadores que iniciaram no menage em familia 2017contos eroticos meu pai e eu nos amamos em segredo e engravidei deleconto eroticos encoxando crente no onibusporno corno ainda nao consumado conto eroticocontos eroticos os pedreiros acabarao com minha buceta e meu cuConto erotico neguinho pintudoconto erotico mulherzinhacontoeroticocalcinhacontos eroticos fudendo a coroa crenteContos eroticos de travesris lindas do pau gostosos.cheiro da bucetinha da minha filhinhaContos eroticos marido leva roludo para esposa certinhafamília parte 1 contos eróticoscomi o cuzinho da minha enteada contosconto namorada me traiu com amigos de trabalho mas me vingueicontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaahentai lucia e arthur quadrinho completoconto gaguei mas gostei de dar o cucontoerotico desde de pequena meu vôconto erotico cobradoraconto eroticconto erotico festival de pipanovinha com viu tetau repolaporno em quadrinhos escrava sexual do padrastocontos meu namorado mim perdeu na apostacontos eroticos com fotos velhos roludos com meninasEntiada ninfeta assustada com pausao do padrasto conto eroticoContos erticos picantes de gays com fotos ilustrativassou puta do meu tiocontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmacomendo a gabi minha filha caculaconto erotico tia com bunfaocontos eroticos de viadinho fresco sendo arrombado por um cavaloFotos bucetas que calsa vergonha de mostralascontos herotico dividafudendo com o padre conto eroticocontos eroticos de maes sendo acediadas pelo filho reaismeu filho tem uma rola impressionante contos de incesto femininocomi minha cachorra bace zoofiliaConto de putinha objeto de prazer para todos os machoscontos eroticos em quadrinho professora doloresporno contos eroticos pai comeu meu cu numa aposta ,gaychantagiei a negra contocontos incestos com virgensPorno de um padrasto rebentado a buceta delacomercuegostosocontos eróticos de afilhadinhas novinhas dando bucetinha a troco de dinheirotravesti do pirocao com casal conto eroticohentai travesti . a vinganca das alunas 2xvideo de zeniho família sacana pornomeu genro pauzudo me rasgou toda flagras reaiscontos eroticos dando presente para a cunhadinhaConto erotico de novinhaconto erotico gay vendendo meu namorado