Dia da caça e da caçadora

Click to this video!


Olá,
É a primeira vez que escrevo e publico alguma coisa sobre a minha intimidade sexual e só estou fazendo por essa incrível mulher que me apresentou esse site. De certa forma é uma homenagem a ela. Chamarei-a de Diana, pelos motivos óbvios da discrição.
Não vou relatar como nos conhecemos, e o que aconteceu até o nosso encontro. Isso farei em outro momento, quem sabe.
Cheguei ao local na hora marcada. Ansioso, tenso. Parecia um adolescente que vai para o seu primeiro encontro com medo de colocar tudo a perder.
Não sou um marinheiro de primeira viagem, tenho 41 anos, já tive alguns relacionamentos e uma vida sexual bastante ativa e satisfatória. Não me queixo. Não me considero bonito, tenho bom senso crítico, mas acho que tenho uma figura imponente, charmosa, e que no conjunto pelas minhas atitudes me sobressaio. Minha altura é 1,90m, peso 88 Kg, divertido, inteligente e educado.
Mas isso tudo não era nada, estava eu lá já sentado a pelo menos 40 minutos e nada de Diana aparecer. Ainda assim, creio que esperaria até a última luz ser apagada. Com um pouco mais de uma hora e quinze. Diana chega. Nossa como ela é linda.
Pernas fortes, mas nada masculinizadas. Cintura torneada, uma bunda linda. Usava um salto que evidenciava ainda mais aquele monumento. Seios grandes, mas sem serem desproporcionais, barriga e braços malhados, mas também sem exagero algum. Creio que ela deva medir 1,76m e ter o peso proporcional para o mulherão que é. Olhos penetrantes e curiosos, castanhos escuros, tragavam minha atenção como Xerez no fundo de um copo. Uma boca desenhada a lápis, perfeita, emoldura um sorriso branco e brilhante. Toda essa formosura, era ornada por lindos e bem tratados cabelos. Uma voz rouca, charmosa e excitante e um perfume inebriante completam a descrição dessa deusa.
Nos cumprimentamos, o primeiro beijo (uma onda de calor me invadiu e tive que desviar o pensamento para não coloca-la sentada na mesa, subir sua saia e chupar com voracidade, que era meu pensamento naquele instante). Começamos a conversar sobre trivialidades, o que fazíamos, como foi o carnaval, preferências sexuais, se já havia saído com outras pessoas do site que nos conhecemos. Tudo isso com alguns chopes e alguns aperitivos.
O papo foi ótimo, tínhamos coisas em comum, descobrimos um pouco mais sobre as nossas fantasias e nos elogiamos. Como ela havia ido no seu carro e eu no meu, sugeri ir com ela até a sua casa, deixar o carro lá e ela me acompanhar. Feito isso, fomos a mais um barzinho, onde a temperatura do papo subiu e o nosso tesão também.
Saímos dali e fomos a um motel. Chegando lá, ela me disse que tomaria um banho e ao vê-la nua, fiquei de pau duro na hora. Uma xaninha linda, os peitos que puta que pariu, poderia ficar chupando dias, a bunda agora sem as amarras das roupas mostrava-se ainda mais gostosa.
Depois da ducha, foi a minha vez no banho. Já sai direto pra cama, colocando o meu corpo ao lado do seu e nos beijamos. Nossas línguas se enroscavam freneticamente. Chupei aqueles peitos, pernas, barriga, e me detive com atenção naquela buceta quente e cheirosa. Minha pica latejava e eu só pensava em sentir aquela fêmea gozando na minha boca.
Em algum momento, mudamos de posição e ela pegou na minha pica e colocou na sua boca macia e molhada, chupava com gosto, da cabeça ao saco, não deixando nada escapar. Eu nesse momento olhava para aquela cena e já me extasiava por isso.
Mudei de posição coloquei ela deitava de frente para mim, queria aquela mulher me olhando, eu vendo aqueles peitos e podendo beijar aquela boca. Posicionei meu pau na buceta molhada e meti devagar para sentir e deslizar direitinho e se acomodar la dentro. Comecei a meter com vontade. Estava no céu. Que buceta gostosa.
Meti naquela potranca de todas as formas, de lado, de quatro, ela sentada e todas as vezes sem exceção foram espetaculares. Ela gozou gostoso umas duas vezes. Porém, ainda queria muito mais e ela também. Quando estava comendo aquela gostosa de lado, ela começou a lubrificar o cuzinho e a massagear com um ou dois dedos a portinha e me pediu para comê-la. Ouvir aquelas palavras, daquela deusa, me deixou louco. Não tive dúvidas comecei aos poucos a introduzir todo o meu pau naquela bunda linda. Meti muito, com carinho e vigor, ela rebolava com gosto e gozou. Aquele cú mordia meu pau.
Tirei meu pau daquela deusa e disse a ela para me chupar. Ela começou nova chupada, bem babada. Até um momento que pedi que chupasse o meu cú. Ela veio com vontade, dava chicotadas com a língua, praticamente me comendo com a boca. Que delícia, puta que pariu.
Não demorou muito e gozei forte. Ela engoliu tudo, não deixando uma só gota. Nos beijamos e abraçamos satisfeitos. Pena que ela tinha compromissos cedo no dia seguinte e tivemos que ir, mas combinamos de fazer muitas novas estripulias.
A energia e a troca foi boa. Ainda temos muito o que descobrirmos juntos. Menáges, travestis, bi, casais e etc. Mas depois dessa gozada gostosa, vou deixar ela me comer e escolher alguém para me comer e comer a ela também, para juntos darmos um banho de porra que ela adora.
Diana, a caçadora é voce.
Beijos da sua caça favorita.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 15/03/2013

Amigo, não importa se foi o 1° conto que escreveu, importa que ficou muito bom! Parabéns... Claro que vale voto! Mas poxa, vc poderia ter nos contado como conheceu essa deusa maravilhosa...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico xxxpepper

Nome do conto:
Dia da caça e da caçadora

Codigo do conto:
26937

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
09/03/2013

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Conto erotico de medicocontos eroticos terminando com as pregas da novinha sem lubrifica o cuzinhoclube dos cornos contosvideos amadores de gugagutosexo erotico dp siriricacontoseroticosdpvarginalfui corno da namorada contos 2017contos eroticos mulheres 50tonasAi pai tira meu cabacinho contoCalca buceta pra crossdressquadrinho porno simpsonconto erotico deflorando a menininhacontos erótico trans surpresacontos eróticos com fotos fui desafiada pelo meu marido virei puta dos amigos delesQuadrinhos eróticos a caronacontos eroticos sonia traiucontos eroticos sou casada virei empregada do vizinho parte 15porno hentai amigo negro do meu filmeconto erotico shortconto erotico com fotos/ rabo da maecontos eroticos gay dando pra 2 marceneiroscomi a comadrequadrinho erotico DBZ hentaiConto erotico corno capixabafoto novela porn incesto flagra comendo cu irmãcontos eroticos de iniciação gay: mete devagarcoroas contos de sogras sessentonacontoeroticodfvideo escorregou e tro errado pornoconto me lambuzou de porracontos eroticos me comeraoo no onibus quando eubera novinhaChaves contos eróticos animadosVai filho me come ai mae que delicia conto eroticoquadrinho pono reaiscontoeroticocaseirodei o cu pro meu padrinhosex incesto cunhada bebada contocorneando o noivo na cara dele sem ele perceber contos eroticosporno soutinhoComo e bom fuder com o velhinho contoscontos eroticos gay meu pai de vinte e dois anos bebado comeu meu cu quando eu tinha oito anosrelatos de fragantes com novinhas fazendo sexochrisrían and pornoimages de familia sacana comendo o cu da mae quadrinho eroticosou loirinha dei o cu aem parar no beco escuro contos eroticossentadinha no colo do titiosexo porno noiva fundedo com padrinhoedinara gostosa peladaa minha cunhada e o cavalobalconista lambeu minha xotaejaculadas cara contoidosa gozando contoquadrinhos eroticos piratas do sexocontos eróticos vovó comendo o cu da netinhahq pornô gay incesto com meus primoscasada amasso coroa caronaconto erotico aliviarconto erotico juliana traindoUltimos contos de coroacontos eu e meu irmao fazendo suruba com nossa maequero ver cabacinnha gemer de tesaosendocontos eroticos eu transex e o elrtricista safadoirmao fode irma contos EroticosRaspei minha buceta na presença de meu sobrinho contos femininocontos eróticos festa da empresa de minha esposacasada que fes zoofilia pela primera vescomendo minha mae cuzuda gostosa depois que o papai saircontos gosou.na deficiente fisicaGATA KERENDO FODER RAPIDOfotonovelas corninhos tia sobrinhoentiadacontoeroticocontos eroticos lesbica ultimoscontos eroticos viciada em velho chupador de bucetaconto erotico esposa amarrada e vendada