Mulher do meu amigo tava necessitada

Click to this video!


Esse conto é verídico é a primeira vez que relato na net, Quando fiz dezoito anos resolvi seguir meu caminho,longe da minha família vim morar em uma cidade próximo a BH onde havia muito emprego,logo fui morar com uns amigos .Um deles (Carlos), disse que ia se mudar porque estava querendo alugar uma casa para morar com sua Irmã (Carol) que vinha de BH com seu marido (Douglas)também em busca de emprego.Fui logo dizendo que queria ir com ele pois tinha mais amizade com ele,e assim foi feito.
Então conheci sua irmã e seu marido que era muito gente boa, criamos um vinculo de amizade muito grande principalmente com ela que era muito extrovertida que adorava funk e uma cervejinha e como ela era mais velha (25) que ele (19), ela ditava as regras, ele era muito ciumento e ela muito safada com isso brigavam muito.
Eu muito caseiro sempre estava fazendo companhia pra ela com isso conversávamos muito e ela sempre desabafava dizendo que o marido não dava muito no couro já que o tempo que estava em casa era no video-game e que não ligava muito pra ela que sempre estava em chamas.A partir dai passei a vê-la diferente com olhos ipnotizados de desejo, ela nao era tao bonita,um pouco baixinha mas dona de uma bunda imensa dura e empinada, seios fartos e bicudos.Quando ela ia lavar roupas no sábado ela levantava vestia apenas uma camiseta do marido então eu ficava perto dela só pra vê-la toda molhada com aqueles seios colados na camisa as vezes penso que era de propósito que molhava tanto,ali eu ficava com tanto tesão alisando meu pau através da blusa de moleton olhando para aquele bundão juntamente com seus peitões à amostra na camiseta molhada.
Percebi também que ela sempre me seguia na casa que era grande e ela sempre deixava bem claro que me achava bonito e que suas primas também achava,ate então tava tudo tranquilo mas certo dia de frio eu estava deitado no sofá coberto assistindo tv e seu marido no quarto jogando,ela veio pra conversar comigo ela vestia um vestido bem soltinho de tecido bem leve no qual adentrava no meio de suas nádegas volumosas, ela foi sentar no cantinho e acabou sentando no meu pé e ali ficou, eu meio sem graça e ela fingindo não ter percebido continuou numa boa, mas meu pé já estava doendo e comecei a contorcer para tirá-lo foi quando ela deu uma reboladinha de leve e agasalhou meu pé entre seu rabão,nesse instante deu um sorriso malicioso e uma gemidinha, meu pau estava latejando meus lábios trêmulos e a respiração acelerada,então ela disse que não estava fazendo tanto frio e deu uma levantadinha rápida e descobriu meu pé e se sentou novamente dessa vez já não havia nem o edredon e nem o seu vestido empedindo de tocar na sua pele pois não estava usando calcinha e meu pé já não estava no seu rego e sim no rumo de sua xana que ardia em calor e estava toda ensopada passei a mexer meu pé e ela a rebolar cada vez mais encaixando sua buceta nos meus dedos e fechando os olhos de prazer,e eu deixei me levar pela situação já estava me punhetando discretamente e tudo isso sem interromper o assunto para que seu marido não percebesse nada, ela já não mais aguentando não segurou mais seu gozo e amoleceu em cima do meu pé sentindo isso também gozei e me sujei todo já que não havia tirado a bermuda nem o edredon dos pés pra cima .ela se levantou foi na varanda buscou uma toalha de rosto e me entregou sussurrando ao meu ouvido “gostoso”.
A noite sai com minha namorada e descarreguei toda aquela ansiedade provocada por Carol na coitada que ficou toda estarrecida com o meu desempenho naquela noite sem saber que meus pensamentos estavam na buceta da Carol.
Passaram três dias, Douglas já havia saído pra trabalhar e eu já estava na cozinha pronto pra ir também Carol chega põe a mão na minha barriga e diz:
_ Hoje não vou trabalhar tenho que irar atestado médico fica também!
_Não posso já faltei essa semana assim perco meu emprego!
_Que pena!estou daquele jeito rsrsrs! Me deu selinho e voltou pro quarto,tomei meu café e sai atrasado,no meio do caminho percebi a burrada que estava cometendo e voltei pra trás .Chego em casa bato na porta do quarto dela que estava meio aberta ela me convida a entrar dou de cara com ela nua na cama com as pernas bem abertas me dizendo eu sabia que ia voltar com um sorriso irônico e com aquela buceta carnuda me chamando dessa vez não pensei muito tirei meu pau pra fora da calça fui ate ela e arrastei-a pra beirada da cama ajoelhei-me no chão e arregacei sua buceta com os dedos e comecei a chupar com vontade seu grelinho e penetrava cada vez mais com minha língua sugando seu suco salgado enquanto ela expremia minha cabeça entre suas coxas grossas, meu pau já estava babando de tesão então projetei minhas pernas pra cima da cama ficando em 69 meio que de lado na qual ela abocanhava meu pênis conduzindo-o ate o fundo de sua garganta ao mesmo tempo que massageava levemente minhas bolas, com isso meu membro pulsava dentro daquela boca gulosa dois minutos depois ela dizia não aguentar mais e queria ser logo penetrada.Então coloquei-a de quatro só naquele momento que pude ver e confirmar as verdadeiras dimensões daquela bunda espantosa, ela apoiou seus seios no colchão e pude ver aquela buceta carnuda toda aberta só pra mim,não fiz negaça já que estava toda molhada enfiei meu pau até onde deu e comecei a bombar devagar pois não queria gozar rápido,ela gemia baixo ela rebolava pra cima pra baixo pro lado pra frente pra trás era uma loucura e sempre dizendo que era disso que estava precisando isso foi mexendo comigo e me deixando mais empolgado, fui bombando cada vez mais rápido “plaft,plaft,plaft,plaft”e com a violência das estucadas na sua xota a cama começou a bater na parede e Carol colocou a mão na minha barriga pedindo que parasse senão iria acordar o Carlos que estava dormindo (ele trabalhava a noite e dormia durante o dia );então ela forrou o edredon no chão e pediu para que eu deitasse, estiquei me no chão segurei meu pau e apontei pra cima,parecia um toco de madeira rústica de tão duro e ela veio por cima engolindo tudo com aquela buceta fogosa e começou a cavalgar suspirando forte uma vez ela já havia me falado que por cima gozava com mais facilidade então aproveitei a situação levei a mão na sua bundona abri bem a suas nádegas ajudando-a no seu incansável sobe e desce escorreguei os dedos entre meu pau e sua xota lambusando-os naquele líquido viscoso e levei ate a porta do seu buraquinho rosado e fui massageando até entrar a metade do dedo do seu cuzinho quente que não parava de piscar aí foi a gota d’agua ela se desmanchou em um gozo intenso.
_ ah! O que que é isso moleque você quer me matar seu gostoso tarado! mesmo ela estando amolecida em cima de mim não parei de bombar,um minuto depois ela recuperou as forças e disse pra ficarmos de pé e assim foi, ela se virou de costas pra mim encostou as mãos na parede e disse: _Você gostou é todo seu !pegou meu nervo e conduziu até seu buraquinho. Não estava acreditando mas fui em frente senti as suas pregas dilatando e meu ferro entrando com facilidade e esquentando com tantas mordiscadas do seu ânus dei no máximo quatro bombadas que foi o suficiente para inundar o seu interior de porra que já não aguentava mais segurar, estava fraco com as pernas bambas e tremulas e sentei me na cama ainda sem acreditar no que havia acontecido.logo ela se enrolou na toalha e correu para o banheiro e vesti minha roupa e fui pro meu quarto pra me recuperar. depois ainda tiramos mais uma antes de Douglas chegar. eu fui trabalhar após o almoço duro foi encontrar desculpas para patroa . Depois disso eu e Carol tivemos muitas transas emocionantes no qual contarei depois em outros contos se vocês tiverem gostado desse é claro!.Então quem gostou vote no conto o que me fará mais animado contar sobre Carol e outras aventuras sexuais que tive, hoje tenho trinta anos e muitas casos pra contar.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario jordanel

jordanel Comentou em 05/02/2013

Muito bom.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil chuky
chuckyhomen

Nome do conto:
Mulher do meu amigo tava necessitada

Codigo do conto:
25519

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
04/02/2013

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


o meu vizinho me comeu conto eroticowww.conto erotico cumendo o cu virgem da mulher do enpregadolanterna samba pornô por tu amorultimos contos sadoxvideos incesto tento resistircontos erotico casada nao resistecontos erótico glauciaContos erotico travest baile funktezao pelo papai incestoswww. pornoszooxxxvideoscontos porno viagem de navioCaseiro bem dotado sendo seduzido pela patroa contos eroticoporno conto mae gravedawww.fudendo no aviaoconto erotico tentacao esposaconto erotico transwi no tremconto quero outro engravidando minha esposaConto erotico acordo de cueca meladaQuadrinhos eróticos Novinha virgem chora na pau do paicorno consolo cinco dedos no cu contoconto erótico gay com vizinhosafado boca duraconto tia boqueteira no banhocontos erótico Julianadei para 3negos contoscontos eróticos de corno com fotocontos de homens casados e suas escapulidascontos eroticos gay o nilmaconto erotico com o anaoContos eroticos minha avo da pra todo mundocontos eroticos de bichinhas novinhas qierendo pica duracontos eroticos do meu filho dotado me comendoPresente pro meu corno.conto eróticoConto erotico emquadrinho corno chupaocontos arrombado o cu pelo padrinhoultimos contos sadoconto erotico esposa casada gravoda pro entregador de gasfomos no clube so pra ver mas ela deu pro pauzudocontos eróticos mayara e as amigas fudidasvídeo convencer marido ser cornoconto erotico boqueteiraconto erótico marido compreensivoquadrinhos inseto hentai violentei imazinhaconto eroticos ladroes invadem casa e comem a mulher na frente do maridocontos eroticos estupro vadiasContos eroticos -Sou casada e vi a pica do meu amigo pelo facebookconto erotico comi o filho do meu amigoincesto professor fode duas alunas em mozmelkor hentai hdconto de porno de menina com padrastocontos eróticos - gravida de um pivetemaegravidafilhocontoNovinha meteno com pais ou padrastosobrinhacabacinhocontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmaFilha da puta comeu meu cu contoconto erotici de casal que trasa com mulher mais novinha orguiaporno real em Araruama traicoescontos porno mulher novinhocontos eróticos professora submissaconto erotico: levei um tapa na bundaconto erotico esposa amarrada e vendadacomi meu maninho brincado d lutinha contosgayconto eroticode mocinha tomando injeçaoanimes porno mãe e filhofiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornover conto erotico sob velhos taradoENCOXANDO A MÀE III - CONTOS EROTICOScontos dopou irmã fuder guadrinhotransando com a mamae conto fotocontos eroticos de maes chupando filho