filhinha inocente continuação

Click to this video!


Não Tão Inocente – 2° Parte

Em quanto ela ia lavar a boca ele foi até seu quarto, queria comer o cuzinho apertado da filha e foi buscar um anestésico tópico para que ela não sentisse dor e quisesse parar a brincadeira. Quando ele chegou na sala novamente ela já estava la sentada no sofá.

“Vem papai!” Naianne falou impacientemente esfregando uma perna na outra.

“Estou indo” ele foi e se sentou ao lado dela “Levanta filhinha e fica de costas para o papai” Naianne obedeceu e ficou de costas na frente do pai com as perninhas juntas, “Consegue abraçar os joelho delicia?”

“Consigo sim, olha!” ela abraçou os joelhos, o pai ficou olhando aquele fiozinho no meio do cuzinho apertado dela e o ponto onde a calcinha tinha se enfiado no finzinho da boceta deixando um do lados daqueles lábios delicioso a mostra. “a gente faz isso na aula de ballet, papai!”

“Isso delicia, fica ai e vai tirando a calcinha de vagar” ela obedeceu e começou a tirar a calcinha encharcada, que ia revelando o real volume das suculentas carnes da boceta dela, que o pai apreciou com aguá na boca. Ele viu aquele cuzinho apertadinho e passou o dedo por cima, destampou o tubo de pomada lubrificante, enfiou no cuzinho dela e apertou, quando o gel se espalhou pelo interior do rabinho dela, Naianne deu um longo gemido, “isso é gelado papai!”, ele enfiou o dedo naquele cuzinho apertado para espalhar o lubrificante anestésico, o que fez com que Naianne gemesse alto, mas sem falar nada.

“Senta no sofá e abre as pernas delicia do papai!”

Ela foi para o sofá se sentar, abriu as pernas e deixou aquela desejável pedaço de carne, rosada, suculenta e molhada a mostra,o pai se abaixou e começou a chupa-la, oque arrancou gemidos mais constates de Naianne “Que gostoso papai, hum, me lambe mais, ai, que linguá gostosa, hã!”

“Você tem uma boceta carnuda e gostosa igual a da sua mãe!”

“Então chupa pra aliviar a saudade dela papai!”

Ele parou de chupa-la e começou a mexer no clítoris dela. Naianne não parava de gemer, e ele se deliciava ao ver gotas do mel de Naianne escorrendo pela boceta dela, ele lambia cada gota profundamente, sentindo a língua penetrar para dentro dos lábios suculentos da boceta da filha o que ela apreciava e demonstrava gemendo alto. Sabendo que ela estava adorando ele começou a enfiar e tirar o dedo da boceta dela, mexer no clítoris e chupa-la, o que deixou Naianne louca, sem parar de gemer um só instante.

“Isso papai, hum, não para ta gostoso, hum, continua” ele falava esporadicamente

O pai de Naianne enfiou tudo o que podia na boca, chupava os lábios carnudos e rosados da boceta de Naianne, queria a carne macia em sua boca, alternava de um, para o outro, paras os dois, enfiava a língua dentro da boceta quente e molhada, sentindo a textura interna do maravilhoso orgão da filha, seu polegar massageava o clítoris deixando ela louca e seus dedos indicador e médio entravam e saiam dela, tudo isso fazendo Naianne escorrer e gemer mais e mais.

Depois de uns belos 30 minutos saboreando a boceta gostosa da filha ele queria enfiar a vara nela “deita filhinha!”. Sem falar nada Naianne dentou de lado no sofá, o pai pegou uma das pernas da filha e colocou no seu ombro “agora você vai sentir a minha vara entrando gostoso em você”

“Mas papai! Ela é muito grande, não vai caber tudinho em mim!”

“Vai sim, você vai adorar!”

“Então enfia papai!”

O Pai de Naianne, começou a esfregar a pica na boceta da filha, sentindo os lábios fartos e carnudos envolverem sua rola e sendo encharcado pelo liquido que escorria da filha. Naianne foi se exitando mais, sentindo a pica dura se esfregando em sua boceta, e provocando ela, sem entrar fundo para sentir sua grandeza. “enfia logo papai, eu quero sentir sua rola dura e grossa, quero sentir minha boceta te engolir!”

Ele enfiou fundo dentro dela que deu um grito de prazer, no vai e vem ela gemia e gritava mais alto em quanto a rola do pai era envolvida pela pele macia, quente e gostosa, dos carnudos lábios de boceta de Naianne, e a cabeça e o corpo da sua vara sendo apertado pelos músculos quentes que praticamente jorravam mel.

“Oh papai!!! Você tem uma vara muito gostosa. Hum. Ta gostoso papai? Gosta da minha boceta apertadinha envolvendo sua rola, ah?”

“Você é uma delicia meu doce! Tão gostosa quanto sua mãe, apertada, quente, carnuda e molhada!” naquele vai e vem gostoso ele passou a apertar os grandes peitos de Naianne que sinalizou que estava gostando com mais gemidos “Aperta forte papai, aperta o biquinho! Hum, isso, enfia mais forte hum.” ele apertava os peitos da Naianne e dava longos beliscões nos mamilos pontudos dela. “Eu enfio mais forte se você pedir pra mim te foder!”

“Então me fode papai, me fode forte, enfia tudo dentro de mim! Vai, assim ah!” ela gemia loucamente, estava quase gritando, o pai puxou a perna que estava em cima do ombro dele e começou a lamber o pequeno pesinho dela que enlouquecia de prazer ao sentir a vara dele entrando fundo em sua boceta, indo e vindo fortemente dura e grossa gritava de prazer.

“Me fode papai, me fode gostoso!” ele foi diminuindo a velocidade, ate ficar entrando e saindo bem devagarinho entrando até o fundo fervendo e saindo até a farta carne de fora. “Oh papai! Que delicia!”

“Que chupar a rola do papai?”

“Quero sim papai!” Ele saiu de dentro dela e sentou no sofá, Naianne ficou de joelho no sofá e abaixou a cabeça para chegar na vara do pai e começou a lamber. Lambia de um lado para o outro de da baixo atá a cabeço inchada, quando terminou de limpar todo o propio gozo, enfiou a cabeça na boca e começou a subir e descer. Tirava da boca e enfiava de novo, parava com o vai e vem e ficava passando a língua em volta da cabeça da pica do pai la dentro. “Coloca tudo na boca, até o fim filhinha” ele falou.

“Mas não cabe papai”

“Cabe sim, pode enfiar tudo na boca, e deixa a boca bem molhadinha.” ele se inclinou para o lado e começou a mexer no rabo gostoso da filha. Naianne deu umas ultimas chupadas, deixou a boca cheia de saliva e foi indo e vindo, enfiou tudo na boca, sentindo a cabeça da pica do pai ficar cutucando o finzinho do céu da boca, enfiou tudo e sentiu ela na sua garganta. Tirou da boca, deu umas chupadelas, levantou um pouco a cabeça deixou um pouco de cuspe escorrer para a rola do pai e enfiou de novo tudo na boca. O Pai adorava e em quanto acariciava e apertava a bunda da filha viu que sua boceta estava pingando e não quis desperdiçar aquele liquido gostoso.

“Vem cá filhinha, fica de pé aqui no sofá de costas, para o papai chupar sua boceta apetitosa” Ela levantou e ficou com a bunda branquinha na cara dele e abaixou, como se foce abraçar os joelho, para continuar enfiando tudo o que podia da rola do pai na boca, que olhou a boceta gostosa da filha parecendo um mega hamburger gigante, a pele lisinha da virilha e por dentro muita carne, colocou a boca na boceta da filha, chupava e lambia e sorvia todo o mel que escorria.

Quando cansou de chupar o pai e ser chupada por ele ela se levantou, virou de frente, se abaixou e de joelhos no sofá enfiou a rola do pai em sua boceta novamente, ele adorou a iniciativa. Ela começou a mexer de vagar, levantando indo para traz, abaixando e indo para frente, os dois se mexiam juntos e ela não parava de gemer, ela abraçou ele e mexia.

“Poe a língua pra fora delicia!” ela obedeceu e ele começou a chupar sua língua e sua boca, agarrou nos peitos gostosos da filha e começou a apertar do jeito que ela gostava. Naianne se empolgou e começou a beijar o pai em quanto mexia e sentia a rola dura dele entrando e saindo dela mais rápido e com mais força. Logo o pai começou a chupar forte as enormes tetas da filha que adorou.

“Papai? Fode gostoso meu buraquinho que você colocou a pomadinha? Hum!”

“Fodo sim, seu cudinho com certeza é muito gostoso”

“Ele é bem apertadinho, alarga ele pra mim papai!”

“Vira de costas delicia! Naianne se empoleirou na pontinha do sofá e foi abaixando o rabo gostoso dela, o pai pegou o pau e mirou no cuzinho dela, constatou que era realmente muito apertado. Ela foi soltando o peso e um gemido longo e interminável em quanto a rola do pai ia entrando até o fim, no cuzinho apertado dela.

“Isso papai, fode meu rabinho, fode gostoso, enfia tudo nele.” O cuzinho de Naianne ia apertando a rola do pai, que começou a entrar e sair, sentindo que era mais quente do que a boceta carnuda dela.

“Ta doendo delicia?

“Não... hum, ta muito gostoso papai, muito! Hum!” Naianne sentia a rola grossa entrar em seu cuzinho quente e alargar ele, ela começou a ir para cima e para baixo, adorando a sensação da vara enorme preencher seu buraquinho apertado. Ela soltou o peso e forçou para aquela vara enorme entrar tudo o que poderia dentro dela e começou a rebolar no pau do pai, gemendo loucamente em quanto sentia a vara dentro de si e os peitos balançarem, o que ela adorou.

“Me solta papai, deixa eu pular na sua pica, hum, quero sentir minhas tetas balançarem” ela ficou bem em cima da rola do pai e começou a ir pra cima e para baixo, levantando e abaixando, fazendo as tetas dele iram para cima e para baixo, ela pulava cada vez mais rápido e forçava cada vez mais para baixo, estava quase gritando, em quanto ele sentia a cuzinho da filha envolver e forçar sua rola para dentro e o mel da boceta da filha escorrendo e pingando em suas bolas o telefone tocou.

Ela parou de pular em quanto o telefone tocava mais uma vez, ela parou de engolir a picado pai com o rabo e saiu de cima dele que atendou o telefone ali ao lado. Naianne se ajoelhou no chão e começou a lamber a rola do pai que falava ao telefone, colocou tudo na boca e chupa forte, deixando a boca bem molhada, chupou as bolas dele e enfiou o membro dele todo na boca de novo, o pai a cutucou.

“É a mamãe ela quer falar com você!”

“Oi mamãe!” Ela disse animada ”Sim, o papai ta cuidando direitinho de mim... consegui sim... foi fácil...” disse extremamente animada “mas mamãe. Ta bom, eu vou...” fechou a cara e fez biquinho, “ta bom, até a noite, mamãe, to com saudades!” desligou o telefone. “A mamãe volta hoje papai” ela disse com um sorrio nos lábios “mas ela quer que eu vá na casa da Jéssica pegar os cadernos que eu deixei lá...”

“Ela disse que volta hoje? Então é bom você ir pegar os cadernos.” ele parecia meio contrariado mas não disse nada mais.

“Mas eu quero terminar papai, quero tomar seu leitinho de novo!

“Então engole minha pica de novo que jaja eu te dou leitinho pra beber!”

Ela ficou de pé no chão e abaixou enfiando a pica dele na boceta e começou a mexer fazendo volta, ele se inclinou e encostou no sofá deixando a filha mexer do jeito que queria, ela parou rápido e enfiou no cuzinho de novo.

“Vai papai, me fode bem gostoso pra gente terminar e me avisa quando tiver leitinho!” então ela começou a rebolar rápido e forte com a rola dele dentro de si, subindo e descendo e rebolando gostoso, como uma dançarina de funk, sentindo a pica do pai a invadir internamente. Ele deixou ela rebolar até não aguentar mais.

“Já to quase gozando delicia, vem tomar minha porra filhinha.”

“Mal deu tempo de ela se virar e ela sentiu o primeiro jorro de porra na cara, não querendo desperdiçar ela abocanhou a pica do pai e sentiu mais vários jorros cheios de porra por sua boca. Com tudo aquilo na boca ela começou a chupar o pai, sentindo o gosto do leitinho quente dele em sua boca acompanhado pelo voluma da sua rola. Ela tirou a pica dele da boca e engoliu tudo, ficou lambendo e limpando direitinho a pica do pai e pegou tudo o que pode de seu rosto e engoliu.

“Papai eu queria mais!”

“Mais porra?”

“Mais de tudo! Quero sentir essa pica grande e grossa entrar dentro de mim!” ela fez uma carinha de dó.

“Mas não da, vai logo buscar o que a mamãe mandou, que ela já ta chegando. Depois a gente da um jeito de trepar mais, o papai vai dar um jeitinho de te foder gostoso. Quer ser a putinha do papai?”

“Quero sim papai, vou ser sua putinha gostosa quando quiser, assim como a mamãe!” ela sorriu e fui para o quarto se trocar.

O pai de Naianne subiu para o quarto, fechou a porta, deitou na cama e dormiu.
conti:

Foto 1 do Conto erotico: filhinha inocente continuação

Foto 2 do Conto erotico: filhinha inocente continuação

Foto 3 do Conto erotico: filhinha inocente continuação


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario nando_28

nando_28 Comentou em 02/07/2013

MERECEU MEU VOTO...

foto perfil usuario notório

notório Comentou em 05/04/2013

Adorável seu conto, teve o meu voto e os meus parabéns.

foto perfil usuario ordau

ordau Comentou em 02/01/2013

tesudo demais!! mata qualquer um de tesão!!! já vou lendo a continuação!

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 25/12/2012

Boa noite, você montou um enredo sensacional, e tens uma narrativa erótica excitante, me deixou com muita vontade de participar desta foda magistral da sua personagem,. Parabéns .




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


21855 - PAPAI DE TANTO ME PROTEJE,ME COMEU - Categoria: Incesto - Votos: 26
21857 - Descobrindo sensações - Categoria: Incesto - Votos: 9
21858 - PAPAI também é um HOMEM - Categoria: Incesto - Votos: 8
21859 - Agora sim... MULHER! - Categoria: Incesto - Votos: 7
21889 - MINHA IRMÃ JULIA - Categoria: Incesto - Votos: 13
22112 - banho delicioso - Categoria: Incesto - Votos: 6
22114 - Desvirginei o cuzinho da minha enteada - Categoria: Incesto - Votos: 13
22115 - Ensinando a cunhadinha a ter prazer - Categoria: Incesto - Votos: 10
22116 - Minhas fotos me excitaram - Categoria: Incesto - Votos: 8
22117 - FIZ PORNO E PAPAI DESCOBRIU - Categoria: Incesto - Votos: 8
22127 - catador de latinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
22361 - MEU PAI FEZ PUTINHA - Categoria: Masturbação - Votos: 19
22362 - MEU PAI FEZ PUTINHA 2 - Categoria: Virgens - Votos: 12
22366 - MEU PAI FEZ PUTINHA 3 - Categoria: Incesto - Votos: 18
22439 - MEU PAI FEZ PUTINHA 5 - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
22440 - MEU PAI FEZ PUTINHA 4 - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
22441 - comi a maninha - Categoria: Incesto - Votos: 21
22442 - amor de irmão - Categoria: Incesto - Votos: 3
22444 - amor de irmão 2 - Categoria: Incesto - Votos: 13
22490 - apaixonada pelo irmao - Categoria: Incesto - Votos: 4
22572 - apaixonada pelo irmão - Categoria: Incesto - Votos: 3
22581 - angravidei do pai domeu irmão - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
22604 - priminha safadinha - Categoria: Lésbicas - Votos: 7
22851 - apaixonada pelo irmao 3 - Categoria: Incesto - Votos: 3
22853 - comi minha mãe e minha maninha - Categoria: Incesto - Votos: 12
22854 - pai e tio - Categoria: Incesto - Votos: 4
22889 - descabaçada pelo irmão bebedo - Categoria: Incesto - Votos: 25
22936 - pai e meu mano - Categoria: Incesto - Votos: 5
22938 - ferias na fazenda - Categoria: Incesto - Votos: 7
23003 - ferias na fazenda 2 - Categoria: Incesto - Votos: 5
23642 - filhinha inocente - Categoria: Incesto - Votos: 28
23790 - filhinha inocente continuação - Categoria: Incesto - Votos: 20
23902 - filhinha inocente continuação - Categoria: Incesto - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil loiro171
jaimisonrodrigues.dasilva

Nome do conto:
filhinha inocente continuação

Codigo do conto:
23695

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
24/12/2012

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


sexoconto insesto rolana bucetaConto erotico- ja que meu marido nao me satisfaz dei para o meu sogroContos eróticos bem safadao com o amigo tímido e virgemconto erotico gay o colo do vovôthalia conto travesti com fotosTeacher e cavalo contos eroticosminhas fotos peladas filho viu contosou puta e pratico zoofiliaporno amador novinha tendo orgasmo prolongadorecatada babando no pau do amigo safado fotosminha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileiroconto erótico fogo no celeiroputas do moz no sexocontos eroticos coroa dando gostoso p 2novinhosConto erotico caseiroquadrinho pornocomo meu tio me viciou na rola dele gaycontos eroticos gays com cadeirantesmarido frouxo contos eróticossexoanal loira anikka senta tudo em pau grande egrossoconto erotico sentou no fuzilConto gay como que gucomi minha cachorra bace zoofiliacontos loira bunduda e meu tio picudoconto erotico no dia seguinte eduardo veio me buscar pela manhaconto erotico trai meu marido com um moreno dotadocontos mia mulhezinha arumou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rolona dele contoscontos veridico de incesto irmao novinho bem dotado seduz sua irma casada e fode elavovo do sexoconto pornô de marido e chamando o sogro para poder ir junto com elecontos tia e sogra bêbadaMinha esposa dando pra meu amigo em contosfodendo irma contocontos eroticos gay infanciapaguei um boquete pro meu tio gay e dei tambem contosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erotico ninfeta chantagemconto erotico meu amigo provou pra mim que minha esposa e facinhaconto erótico esposa e amiga travestiSafadinha novinha conto eroticoContos eroticos com motorista macho do uberquadradinho erotico incesto COM HUMORcontos eroticos uma puta adora pica pretaViciado em buceta da irmã e chega ao ponto de engravidar conto eróticoquadrinho real de sexo com o vovôbuceta melada conto eroticoMania de ficar pelada acabei dando pro meu namoradoconhecendo senhora conto eroticocontos eroticos trair meu marido no puteirocontos erotico gay menino na escolinha de futebol com volume no calçao de futebolconto da casada que deu para o pauzudo sofreu muitocontos eróticos meu primeiro quando comecei a me masturbarConto mete ai ui ui uiconto erotico criei pelo bucetaquadrinhos eroticos gay 2017 gay virgensContos eroticosProfessora gostosa transandoconto erótico mijaramcolegiais com fio detal noonibus sarrando narola duraConto erotico vendo a primaesposa velho pauzao contosContos eroticos com coroasConto foda com uma rabuda de fio dentalconto erótico evangélicas gostosasconto de primo fudendo primalactofilia contosconto falado depiladora travesticonto erotico com concunhadoblog lindas sexConto abusaram minha irmafavela eroticomae ajuda o filho a bater uma punheta em contos eroticosolhos arregalados na pica monstrocontos eroticos coroa forróConto erotico com fotos Cheirando calcinhas da vizinhaaincesto contos eroticos dora sinsucontos eronicos d pesoas q foderam cm animasincesto pai tira virgindade da filha quadrinhoscontos eróticos incesto férias c a mãecontos eróticosconto erótico calourame vestia como menininha contos