Meu bebezão.

Click to this video!


Quando me separei estava com três filhos formados e casados, mas, com minha EX ficou minha filha caçula (Cácia). Eu e minha EX mantínhamos um bom relacionamento e eu sempre procurava estar com meus filhos... Principalmente com Cácia que era meu lindo bebezinho. Quando fui trabalhar em Macaé- RJ, passei a ficar distante de toda minha família. Foi quando minha Ex começou a me ligar reclamando das atitudes de Cácia... Ela por já ter passado dos 18 anos já se achava dona do seu nariz e andava chegando constantemente em casa de madrugada e muitas vezes alcoolizada. Logo que chegou as férias escolares (Cácia ainda estava terminando o ensino médio), fui busca-la pra passar alguns dias comigo e quem sabe tentar colocar em sua cabecinha que ela precisava ter mais juízo e tentar entrar pra uma faculdade. Cácia achou o máximo poder passar as férias numa praia... Eu morava próximo a praia dos cavaleiros. Ao ver minha filha de maiô depois de tantos anos não pude deixar de notar de como ela estava um tesão de menina: baixinha; loirinha; peitinhos médios lindos e bundinha também media e redondinha. Já eu, sempre fui um cara abrutalhado: 1,98 mts; 110 kgs e uma jeba grossa que passava dos 22 cms... Mas apesar de já ter 57 anos ainda estava com tudo em cima: todos os dias acordava cedo pra andar de bicicleta pelo menos 1 hora. Logo no primeiro dia que estávamos indo pra praia, com muito jeitinho fui falando sobre o que eu sabia dela andar chegando em casa de madrugada e alcoolizada. Cácia explicou que gostava de dançar no clube nos finais de semana e que acabava tomando algumas cervejas junto com amigos... Mas que nunca tinha passado dos limites. Fiz algumas observações sobre o perigo do vício em bebidas e também nas drogas e Cácia sempre se mostrando calma:
- Pode ficar tranquilo pai... Sua filhinha sabe muito bem de todos esses perigos.
Chegamos na areia, fui arrumando nossas cadeiras enquanto Cácia ia tirando a bermuda pra ficar só de maiô. Fiquei até meio sem jeito quando sentei e Cácia sentou sobre uma toalha bem na minha frente abrindo um pouco as pernas.
- Tá parecendo muito cabelinho aí em baixo?
Fingi que não entendi e procurando desviar meus olhos da sua xoxota; e ela.
- Pô pai... Olha pra mim; olha! É que estou precisando me depilar, mas não estou querendo usar gilete... Tá aparecendo?
Olhei pra sua bucetinha marcada pelo tecido.
- Muito pouquinho filha... Nem dá pra perceber; principalmente se você estiver em pé.
Fomos pra água, e ela sempre próxima de mim.
- Tô me sentindo incomodada pai... Acho que hoje mesmo vou ter que me depilar; você tem gilete nova, não tem?
Disse que sim, e Cácia me revelou que diferente de outras mulheres tinha ódio de se depilar e que só fazia quando até a calcinha incomodava; e completando.
- Kakakaka... Mas tem homem que gosta que a mulher raspa até ficar carequinha; né mesmo pai?
Tentei me manter sereno.
- Porque está me perguntando isso?
- Kakakaka... Curiosidade pai; mas você já viu alguma mulher toda carequinha lá embaixo?
Resolvi entrar na onda da desmiolada da minha filha.
- Já sim!...
Ela sempre olhando diretamente pra mim.
- Mas fica feia, não fica?
- Depende filha... Tem mulher que fica bem toda raspada e tem também as que ficam bonita com bastante pelo.
Pelo modo com que Cácia sorria, resolvi ver até onde ela manteria aquele tipo de conversa comigo.
- Você chega ficar muito cabeluda?
- Eu? Não, porque uso uma tesourinha pra pelo menos aparar um pouco; kakakaka!
- Você está me deixando muito curioso.
- Hummmm; já sei... Você está imaginando como sou lá embaixo; né?
Estava sendo difícil entender qual seria o motivo de Cácia querer ter tanta liberdade daquele jeito comigo; já que ela não era nada ingênua.
- É claro que estou; você fica chocada com isso?
- Eu ficar chocada? Estou adorando saber que meu paizinho é bastante safadinho; kakakaka!
De repente ela começou a andar pra sair pra areia e eu ainda tive que ficar mais um pouco até meu pau que começava a ficar duro, sossegar o facho... Depois, tentei achar uma brecha pra falarmos mais um pouco de sacanagem, mas Cácia não demorou pra querer ir pra casa.

Cácia tomou um banho e saiu do banheiro enrolada numa tolha se aproximando bem em frente do sofá em que eu estava sentado lendo um jornal aguardando minha vez de tomar banho... Como tínhamos combinado de sair pra almoçarmos.
- Vou deitar um pouco... Você me chama daqui uns 40 minutos?
Olhando, tive certeza de que ela estava fazendo de propósito... Mesmo a toalha tendo tamanho suficiente pra cobri-la até pelo menos a metade das suas coxas, Cácia enrolou-a sobre os peitos de modo deixar aparecendo alguns centímetros da sua buceta. Tive que me controlar pra não meter a mão e vê-la nua de uma vez. Fui pro meu banho de pau duro e não tive como evitar de me masturbar pra aliviar toda aquela tensão... Demorei no banho e após me enxugar resolvi ficar só com a toalha enrolada no meu corpo. Minha intensão era esperar o tempo que ela me pediu pra poder entrar no seu quarto e ver qual seria sua reação ao me ver só de toalha. Não fiquei surpreso ao vê-la deitada de bruços com a toalha solta sobre seu corpo cobrindo só até a metade da sua bunda... Se ela sabia que eu ia entrar no seu quarto, aquilo também só podia ser de propósito. Sentei na cama.
- Cácia???!!! Já passou dos 40 minutos.
Ela virando o rosto pro meu lado.
- Já estou acordada pai... Mas estou com tanta preguiça.
Senti que meu pau começou a ficar duro novamente, e naquele momento resolvi deixar que ela percebesse. Em menos de um minuto meu pau já tinha feito a toalha subir formando uma enorme barraca no meu colo.
- Pelo que estou vendo você ainda nem colocou a calcinha.
Ela obviamente olhando na direção do meu pau e sorrindo.
- Tá aparecendo alguma coisa?
- Hummmm... Estou vendo quase toda sua bunda.
- Ah é? Ainda bem que é só minha bunda; kakakakaka!
Tive a audácia de pedir pra que ela deixasse com a cabeça sobre minha perna, e Cácia ao movimentar seu corpo fez praticamente a toalha escorregar deitando praticamente toda parte de trás de seu corpo exposto. Cácia deitou na minha coxa num modo que sua cabeça ficou encostando no meu pau duro... Terminei de tirar sua toalha e fazendo carinho nas suas costas; ela.
- Desse jeito vou acabar dormindo de novo.
Fui descendo minha mão na direção da sua bundinha.
- Então dorme filha... Depois a gente sai pra almoçar.
Cheguei com a mão nas suas nádegas e fui massageando-as... Cácia colocando sua mão na minha coxa onde estava sua cabeça, entrando por baixo da tolha.
- Que carinho gostoso pai... Hummmm... Hummmm!
Tendo certeza de que podia, levei minha mão até abaixo da sua bundinha e fiquei passando os dedos na sua buceta.
- Oooooh pai... Hummmmm!
Cácia enfiou mais sua mão por baixo da toalha apalpando primeiro meu saco antes de segurar firme meu pau. À partir daquele momento nenhuma palavra precisava ser dita. Abri a toalha e vi o susto estampado no rosto de Cácia vendo o tamanho da minha jeba... Mas logo estava sorrindo, suspendendo seu corpo pra começar a beijar a cabeça da minha piroca.
- Nossa pai... Não imaginava que fosse tão grande assim.
Confesso que fiquei um pouco assustado com a atitude dela enfiar a boca e começar a chupar a cabeça e alguns centímetros do meu pau esfregando seus lábios... Minha filha tão nova e já bem putinha. Pedi pra que ela parasse de me chupar e virando-a de barriga pra cima dei umas mamadas nos seus peitinhos voltando a passar os dedos na sua buceta. Eu deitado do seu lado, Cácia virou ficando de costas pra mim e segurando meu pau.
- Enfia em mim pai... A muito tempo que sinto esse desejo de ser sua.
Somente horas depois é que Cácia me contou que a muitos anos atrás; de madrugada e no escuro do corredor, me vendo transando com sua mãe passou a sentir estranhos desejos por mim.
Segurando sua perna um pouco no alto e ela conduzindo meu pau até sua buceta, comecei a empurrar.
- Ai meu deus... Aaaaiiii meu deus... É muito grosso pai; devagar... Aaaaiiii... Aaaaiiii!
Sentindo meu pau entrando na bucetinha apertada da minha filha, de repente me senti o pior dos homens... Tirei meu pau.
- Oh meu bebezinho... Não posso fazer isso com você!
Ela levando a mão, segurando meu pau e colocando-o na portinha novamente.
- Não para pai... Tá muito gostoso... Enfia ele todo em mim; enfia!
Enfiei novamente alguns centímetros e fiquei parado na dúvida se devia continuar ou não... A própria Cácia, gemendo muito foi empurrando seu corpo pra trás fazendo sua bucetinha deslizar engolindo mais da metade da minha pica.
- Mete pai... Eu é que estou querendo dar pra você... Vai! Vai!
Não tive como voltar atrás; fui empurrando o restante e logo comecei a socar lentamente e a cada socada ia aumentando a velocidade... Cácia uivava como uma cadelinha no cio e em menos de dois minutos estava gritando que estava gozando. Minha sorte é que em muitos anos de sexo com várias mulheres aprendi controlar minha vontade de gozar. Esperei Cácia ficar relaxada após seu orgasmo, e sem tirar meu pau da sua buceta.
- Gostou de gozar com o papai?
Ela virando o rosto e me puxando nitidamente oferecendo seus lábios.
- Muito, muito... Me beija pai; me beija!
Era o fim da picada... Além de estar com meu pau todo dentro da buceta da minha filha comecei a beijar sua boquinha quente e deliciosa... Dei mais algumas socadas e tirei da sua buceta pra gozar sobre a toalha. Fiquei ainda deitado com Cácia por mais alguns minutos onde ela me fez várias revelações: Cácia tinha perdido sua virgindade a mais de um ano, e como eu e sua mãe já estávamos separados ela passou a sentir um desejo muito forte de transar comigo. Tentei fazer ela me contar como e com quem ela tinha perdido o cabaçinho e ela deitando sobre meu corpo e descaradamente me dando vários beijos na boca.
- Isso nunca vou poder contar paizinho... Mas pode ter certeza de que serei só tua, até quando você me quiser.
Ela me deixou encucado... Poderia ter-me dito simplesmente que tinha sido com algum namoradinho, mas pelo modo com que ela falou só podia ter sido com algum homem bem próximo da nossa família... Passei a desconfiar do meu filho mais velho (Fernando) que sempre foi muito sem vergonha... Eu o vi muitas vezes andando dentro de casa de pau duro por ver até sua mãe trajando roupas sumárias e apertadas, e lembrei de quando o peguei na área cheirando uma pequena calcinha eu só podia ser da Cácia.
Almoçamos, voltamos novamente pra praia, e à tarde quando retornamos pra casa fomos juntos pro banho. Muita agarração debaixo do chuveiro: beijos; mamadas nos peitinhos; mão na bundinha; mão na xoxota e mão no pau duro. Cácia não pensou duas vezes pra agachar e mamar na minha pica demonstrando que tinha muito habilidade... Enquanto ela me chupava gostoso, novamente pensava na possibilidade dela também ter mamado no seu irmão. Gozei muito lambuzando todo seu rosto e quando fomos pra cama resolvi lhe retribuir chupando sua bucetinha... Era sua primeira vez com um homem com a boca na sua buceta que Cácia ficou alucinada.
- Huuuuuuuuuhmmmmm... Huuuuuhmmmmmm... Isso é bom demais pai... Oh que língua gostosa... Aaaaiii... Aaaaiii... Não para... Não para... Chupa... Chupa que eu vou gooooozaaaarrrrrrr.
No dia seguinte, cheguei da padaria onde fui comprar pão pro nosso café e já encontrei Cácia dentro da cozinha peladinha... Ela pulando no meu pescoço e me beijando.
- Vamos pra cama pai; vamos?
Cácia demostrava estar com muito tesão esfregando seu corpo em mim e me beijando descontroladamente. Não pensava dar uma trepada tão cedo, mas como fiquei de pau muito duro resolvi satisfazer minha bebezinha tarada. Assim que comecei a enfiar meu pau na sua bucetinha e vendo sua ansiedade pra trepar comigo, resolvi tirar proveito daquilo... Enfiei somente um pouquinho e logo tirei começou a implorar pra que eu enfiasse tudo.
- Só se você me contar quem foi que tirou sua virgindade.
- Pelo amor de deus pai; não faça isso comigo... Não posso contar; não posso... Mete pai; mete!
Enfiei novamente até apenas a metade e depois de dar duas bombadas tirei.
- Foi seu irmão Fernando; não foi?
Cácia arregalou os olhos.
- Hãããã????? Não... Não foi não!!!!
Fiquei esfregando meu pau somente na portinha da buceta.
- Pode me contar a verdade filha... Mesmo que tenha sido seu irmão, prometo que vou guardar segredo.
- Mete logo pai... Eu conto; eu conto!
Enfiei até o cabo, e bombando lentamente fiquei aguardando ela falar... Já estava até na dúvida se tinha sido mesmo o Fernando. Cácia me fez prometer novamente que não ia brigar com ela e meio assustada e gemendo ao mesmo tempo.
- Foi ele sim pai... Foi o Fernando!
Um sentimento estranho foi se apoderando de mim que comecei a dar violentas socadas na sua buceta... Cácia começou a berrar e assim que ela gozou, tirei da sua bucetinha e com meu pau todo lambuzado com seu liquido vaginal fui empurrando no seu cuzinho.
- Não pai, aí não... Vai doer; vai doer!
Como se quisesse castiga-la fui enterrando todo meu pau no seu cuzinho sem me importar com seus gritos. Mas bastou começar a socar pra Cácia ir se acalmando e gemer aceitando meu pau no seu gostoso cuzinho.
- Você ficou com raiva de mim pai?
Me dei conta que não podia recriminá-los, já que eu como pai estava adorando transar com ela... Segurando suas ancas fui socando com mais calma.
- Perdão filha... Nunca que vou ficar com raiva de você ou do seu irmão.
Realmente, nunca mais toquei naquele assunto. Depois das férias, Cácia quis vir morar comigo e passando a ser minha única mulher fez-me outra revelação bombástica... Tive que prometer que também ia guardar aquele segredo. Cácia disse que passou a desconfiar que Fernando; depois que eu estava separado da sua mãe e ele já casado, que ele e sua mãe andavam transando. O estranho foi que passei a torcer pra que aquilo fosse verdade... Assim não me sentiria tão culpado em trepar com minha própria filha.
Foto 1 do Conto erotico: Meu bebezão.

Foto 2 do Conto erotico: Meu bebezão.

Foto 3 do Conto erotico: Meu bebezão.

Foto 4 do Conto erotico: Meu bebezão.

Foto 5 do Conto erotico: Meu bebezão.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario adorolokuraspro

adorolokuraspro Comentou em 02/01/2014

dlççççç

foto perfil usuario c1

c1 Comentou em 28/04/2013

D+.

foto perfil usuario

Comentou em 10/03/2013

seu bebe cresceu...

foto perfil usuario

Comentou em 12/11/2012

Parabéns, mereceu o meu voto Leia e comente meus contos, vote se gostar

foto perfil usuario djpikão

djpikão Comentou em 04/11/2012

parabéns otimo conto se quiser adc meu msn pra gente trocar uma ideia fique a vontade djpikaolive

foto perfil usuario kkareka

kkareka Comentou em 06/09/2012

delicioso

foto perfil usuario amigo 777

amigo 777 Comentou em 01/09/2012

oi, gostei muito. Queria manter contato com alguém que pratica incesto.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


14584 - Virei o viadinho do meu tio. - Categoria: Gays - Votos: 15
14685 - Pai probre e tio rico... Descobrindo um segredo. - Categoria: Incesto - Votos: 31
15190 - Papai... Meu melhor amigo. - Categoria: Incesto - Votos: 19
15434 - Fiel ao primo e ao amigo. - Categoria: Gays - Votos: 10
15632 - Tia popuzuda. - Categoria: Incesto - Votos: 14
16115 - Meu pai foi meu primeiro macho. - Categoria: Incesto - Votos: 18
16606 - Minha filha Zara. - Categoria: Incesto - Votos: 22
16641 - Minha esposa virou atriz pornô. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
17136 - Sobrinha gostosa e safadinha. - Categoria: Incesto - Votos: 16
17287 - Minha filha peladinha na webcam. - Categoria: Incesto - Votos: 38
17532 - Minha filha de criação. - Categoria: Incesto - Votos: 20
17635 - Ganhei outra amante... Minha filha. - Categoria: Incesto - Votos: 26
17915 - A melhor sogra do mundo. - Categoria: Incesto - Votos: 18
17994 - Depois dos 45, voltei a dar a bunda. - Categoria: Gays - Votos: 16
18080 - Se minha filha gosta, não vejo problema... - Categoria: Incesto - Votos: 23
18422 - Meu padrasto me iniciou. - Categoria: Gays - Votos: 13
18823 - NASCI HOMEM E CRESCI MULHER. - Categoria: Travesti - Votos: 40
19756 - Eu mesmo me enrabei na primeira vez. - Categoria: Gays - Votos: 18
20087 - Amigos da onça. - Categoria: Gays - Votos: 8
21192 - Minha doce irmãzinha. - Categoria: Incesto - Votos: 26
21533 - Meu irmão me fez gostar de um pau bem grande. - Categoria: Gays - Votos: 22
22093 - Tem muito macho que gosta de bundinha masculina. - Categoria: Gays - Votos: 24
24067 - Final de ano na cama com minha filha. - Categoria: Incesto - Votos: 43
25826 - Amigos pra sempre. - Categoria: Gays - Votos: 16
26167 - Corno - primeira vez foi em família. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
28462 - A FAMÍLIA MARRETA... - Categoria: Incesto - Votos: 17
31019 - Dona Dalva e seu filho Igor. - Categoria: Incesto - Votos: 28
32750 - Minha filha Mariana. - Categoria: Incesto - Votos: 40
34452 - Filha e esposas puta. - Categoria: Incesto - Votos: 47
35961 - FILHÃO DO PAPAI... - Categoria: Incesto - Votos: 37
36643 - Meu irmão sabe que eu como sua mulher. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
40065 - Troca de chifres. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
41385 - Não resisti minha filha fogosa. - Categoria: Incesto - Votos: 39
42069 - Transformando o filho em amante. - Categoria: Incesto - Votos: 29
43310 - Pai careta & filha maluquinha. - Categoria: Incesto - Votos: 27
45352 - Filha ninfomaníaca. - Categoria: Incesto - Votos: 36
69357 - Virando a putinha do filho. - Categoria: Incesto - Votos: 47
87275 - Um pai bastante safado... - Categoria: Incesto - Votos: 22
89091 - Meu filho é uma boneca linda. - Categoria: Incesto - Votos: 26
89356 - Minha filha me provocou... - Categoria: Incesto - Votos: 26
89748 - Indo morar com meu tio Júlio. - Categoria: Incesto - Votos: 18
91359 - Eu, tia Dalva e tio Paulo. - Categoria: Incesto - Votos: 31
91437 - Meu pai imaginava me comendo, transando com mamãe. - Categoria: Incesto - Votos: 24
91670 - Incesto japonês. - Categoria: Incesto - Votos: 26
92341 - Minha tia Rose... - Categoria: Incesto - Votos: 30
94651 - Dou pro meu pai até hoje. - Categoria: Incesto - Votos: 17
98268 - Família incestuosa. - Categoria: - Votos: 8
103439 - Pai e Mãe & Filha e Filho - Incesto consentido. - Categoria: Incesto - Votos: 34
105311 - Com ciúmes do meu pai, ele acabou me comendo... - Categoria: Incesto - Votos: 33
105602 - Pelo tamanho, meu pai parece um jumento... Adoro. - Categoria: Incesto - Votos: 38
105836 - DO TÊNIS DE QUADRA, PRA CAMA COM MEU PAI... - Categoria: Incesto - Votos: 19
106012 - FÉRIAS NA PRAIA, SOZINHA COM MEU PAI. - Categoria: Incesto - Votos: 34
106316 - Eu, meus pais e meus dois irmãos... Putaria gostosa. - Categoria: Incesto - Votos: 21
111615 - QUANDO FLAGREI MINHA IRMÃ MAMANDO NO MEU PAI. - Categoria: Incesto - Votos: 24

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico baudoscontos

Nome do conto:
Meu bebezão.

Codigo do conto:
19674

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
31/08/2012

Quant.de Votos:
17

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


perdi as preguinhas do cu quando era pequenacontoshentaiincestoContos eróticos foda de sobrinha que foi fodida pelo tio e o primo ao mesmo tempoconto namorada e sogras vivem nuaspai meu amante contohistoria em quadrinho porno traicaocuzinho fechadocontos eroticos com foto comi minha aluna putacontos eroticos fizeram um estrago no meu cucontos incesto pais e filhaporno freira o'malleypunheta amigos conto eroticoquadrinhos sexo gaysexo casada contos meu marido foi buscar cerveja tirei a calcinha de ladocontodevaginacontos eroticos gay mijoSEXOS. BEM ERODICOo clima esfriou a jiboia dele no meu c****** sem dó conto eróticocasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contofamilia favela dando o cu zinho pro papaicontos eroticos com imagens eu e meus amigos comemos a minha mae bebadapeludoe pauzudo conto corno mansocontos gay nóiaconto erotucos eu esoosa e familia nuscontos eroticos aronbaram o cu da japinha no onibuscarita+de+placerconto erotico meninaconto roludo regacou minha esposacontos eróticos da sogra toma leitinho na cama do genrocontos eroticos encanador brcotos erotico eu fimji dormi esposa trsanocontos gay com estupro por guarda vidascontos eróticos incesto 2017 sou vagabunda do meu filhoquadrinhos porno vovo voieurmenini dragao porno hq gayConto pai lambendo xoxotacontos de corno acampandodeixaram minha esposinha toda baguncada contos cornosContos eróticos real com fotos. Corno delira ao ver ao um muleke do pau grande e preto comendo o cu da minha mulhervideo sexo minha esposa com negao pintor me traindoconto erotico swing pornocontos encesto minha mae dopada meu pai rosando no meu cucontos erotico viadinho do meu irmao marcelo.comquadrinho porno filho gay acha vibrador da maehomem transa dentro uma loja de colchonetes pornôContos mae apostaconto erotico anais fotos"conto" "fisting" "buceta"conto erotico ninfetinhadando a mulher pra negoes contosquadrinho porno de sogracdzinhas nuas fotos no clo do coroaconvenci minha mulher a dar a buceta pro nosso filho de doze anos contos reais e veridicospunheta sentado no mesmo banco dela no onibussurfista tarado pega boy gay contocontos papakuconto erotico ajudando minha mãe a malharconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeuContos eroticos eu flagrei a minha sobrinha casada com outroporno mae eroticoConto erotico marido surdoconto erótico sendo consolada na rola do papaiconto erotico mmavídeo de pornô Carla deitado na cama meu coração no c* delameninas arrombadasirmã conto eróticomulher vampira quadrinhos pornthiago tirou foto do pau durohotwife e marido contoscontos dona rose gata da noite usuaria contos eroticosNa pica do meu pai agora sou mulher dele amo dar a xana pra ele fotos nuas da mia xana