Se minha filha gosta, não vejo problema...

Click to this video!


Como gerente comercial de uma grande firma de alimentos, tenho um bom padrão de vida. O problema foi que passei a viajar muito cobrindo as áreas do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, ficando muitas vezes até 20 dias longe de casa. Houve um tempo que ficava apavorado desconfiando que era um corno com minha esposa indo sozinha constantemente pra nossa casa em Angra dos Reis, mesmo na época do frio. Mas acabei que fui relaxando; pois, frequentando grandes supermercados (clientes) e sendo um cara até certo ponto bem pintoso, tinha facilidade pra arrumar algum rabo de saia pra de vez em quando dormir comigo no hotel. Passei a ter muito mais ciúmes da minha filha Rita do que da minha esposa. Rita com 16 para 17 anos andava me deixando de cabelos em pé; dava-lhe constantes broncas porque andava namorando um moleque bem escroto: mais novo do que ela, mais baixo, magrelo e feio pra cacete. Tinha acabado de retornar de São Paulo, era uma sexta-feira cedo e fui direto pra firma... Logo fui informado que tinha que ir até Belo Horizonte pra fazer uma visita a um cliente e dar uma palestra pra uma turma de novatos na filial... Isso tudo para o dia seguinte que era sábado. Voltei puto pra casa e assim que entrei no quintal vi uma bicicleta encostada numa parede. Reconheci que era do babaca do namoradinho da minha filha e desconfiado dei a volta pela casa e com todo o cuidado abri e entrei pela porta da cozinha. Na sala havia roupas espalhadas pelo chão... Logo ouvi algumas risadas e pra minha surpresa vinha exatamente do meu quarto. Fui empurrando lentamente a porta que só estava encostada e nem acreditei quando vi a cena. Rita estava pelada sobre a cama de casal, de quatro, com aquele moleque também pelado mandando ver no seu traseiro.
- Seu filho-da-puta, dá o fora ou eu vou te arrebentar!
O moleque pulou da cama tropeçando nas próprias pernas passando correndo do meu lado saindo do quarto, enquanto Rita sentou com as pernas dobradas cobrindo os seios com as mãos me olhando com os olhos até esbugalhados:
- Caralho Rita; não acredito que você anda fazendo essas coisas com esse bostinha!
O pior foi que ela logo passou a me olhar normalmente; até me encarando e com seu narizinho empinado:
- Não vem querendo dar sermão não pai; não estou fazendo nada de diferente das meninas da minha idade... Todas as minhas colegas já transam com seus namorados!
Comecei um bate boca com minha filha tentando explicar que o que eu tinha visto não era normal; um pai achar sua filha transando dentro de casa e ainda na cama de casal. Ela teve a coragem de soltar uma risadinha e ainda dizer que preferia transar na nossa cama que era muito melhor do que a dela. Rita já nem se preocupava em cobrir seus seios e pegando umas cartelas que provavelmente aquele moleque não teve tempo de pegar quando saiu correndo:
- E ainda mais pai, olha aqui ó; só transamos usando camisinha!
- Porra nenhum Rita, vi quando ele te largou na cama pra correr; não estava usando camisinha!
Eu ali vendo minha linda filha pelada na minha frente com seu corpinho todo certinho, foi me dando uma misturada de raiva e excitação... Ainda mais com ela abrindo um sorriso malicioso e sem nenhum constrangimento pra me responder.
- É que ele não tava colocando na minha xoxota não!
O sangue subiu pra minha cabeça e também subia pela minha piroca que foi ficando extremamente dura.
- Caralho; não acredito... Até na bundinha?
- Ah pai; eu gosto... E na bundinha não tem perigo dele gozar não!
Tentando não perder o controle fui querendo explicar que ela não podia simplesmente ficar trazendo aquele moleque pra dentro de casa enquanto eu e sua mãe estivéssemos viajando; e ela já com as pernas descruzadas me deixando ver sua xoxota que parecia ter sido raspada com uma lâmina:
- Mas nós não temos outro lugar pra transar pai; e não vejo nada demais já que só deixo colocar na minha xoxota com camisinha!
Era minha filha, mas nenhum ser humano podia aguentar uma visão daquela sem perder a cabeça. Fui me aproximando da cama.
- Ah é? Então você acha que é só colocar uma camisinha que está tudo bem?
Vi que ela foi ficando assustada me vendo abrindo minhas calças. Mas quando ela me viu colocando meu pau duro pra fora, abriu um largo sorriso.
- Nossa pai? O que você vai fazer?
- Pega uma dessas camisinhas e coloca em mim!
Rita com as mãos trêmulas pegou uma cartela, abriu e mostrando conhecimento rapidamente colocou a camisinha no meu pau.
- Fica de quatro aqui mais perto de mim que vou te mostrar a diferença entre um homem e um moleque!
A safada da minha filha parecia nem um pingo preocupada em saber que eu ia lhe enfiar a vara; pelo contrário, o tempo todo ficava de olho na minha piroca e obedeceu ficando na posição de cachorrinha ajoelhada na beirada da cama com sua maravilhosa bundinha virada pra mim. Direcionei meu pau, dei uma pincelada e achando a portinha fui enfiando.
- Aiaiaiaiaiaiaiiiii!!!!... Devagar pai; o seu é muito grosso!
Era exatamente o que eu queria faze-la sentir... Aquele moleque bostinha não devia nem ter pinto direito e estava metendo na sua bucetinha; fui empurrando arregaçando sua vagina.
- Ué!!! Qual o problema; estou usando camisinha!
- Uuuuaaaiiiiii! Ai! Ai! Ai!... Caramba; assim você vai me rasgar pai!
Segurei firme sua cintura com minhas duas mãos e comecei a socar naquela bucetinha apertada com a máxima força que eu podia, fazendo Rita gritar escandalosamente:
- Aaaaaiiii Paaaaiiiii! Aaaaaiiiiii! Ooooooh meu Jesus Cristo; não vou aguentar! Ai! Ai! Aaaahhhhh! Aaaaaahhhh!...
Rita puxou um travesseiro e abraçando-o passou a mordê-lo gemendo muito... Ela não queria demonstrar que estava tendo um orgasmo. Dei mais umas tantas socadas e parando meu pau todo encravado na sua bucetinha fui gozando.
- Ooooh Rita! Rita! Que delícia meter na sua bucetinha! Ooooh! Ooooohhhhhhh!!!
Tirei meu pau e Rita deitou na cama meio encolhida e em silêncio. Terminei de tirar minha roupa e entrei no banheiro (quarto suíte) pra tomar meu banho... Minha consciência pesava, mas não podia negar pra mim mesmo que tinha sido talvez a melhor trepada que tinha dado em toda minha vida. Sai do banho e no quarto vi que Rita continuava deitada na mesma posição. Larguei a toalha e pelado deitei abraçando-a por trás.
- Você me perdoa filha? Eu não devia ter feito isso com você!
Ela chegou seu corpo mais pra trás me fazendo abraça-la melhor e mais forte.
- Mas eu gostei pai!
Adorei ouvir aquilo:
- Ah é filha? Não está com raiva de mim?
Ela pegando minha mão e colocando sobre um dos seus peitinhos pra que eu apalpasse.
- Como posso ficar com raiva se o meu desejo é deixar você fazer de novo?
Virei minha filha deixando-a de barriga pra cima e vendo seu sorriso.
- Você quer transar comigo novamente, é?
- Sempre que você quiser pai!
Não podia existir pai mais feliz do que eu. Mamando nos seus lindos e maravilhosos peitinhos, tive uma brilhante ideia... Perguntei se queria ir comigo pra Belo Horizonte pra voltarmos no domingo; Rita demonstrando total liberdade levou a mão na minha piroca.
- Vamos ficar em hotel?
- Vamos sim filha... Só eu e você num quarto com uma cama de casal como você gosta!
- Oba! É claro que eu vou querer!
Era uma pena que eu não podia ficar mais um pouquinho ali na cama com minha filha; não queria chegar muito tarde em Belo Horizonte. Rita deixou um bilhete pra sua mãe explicando que tinha viajado comigo, e partimos.
Em cinco horas de viagem, Rita foi se abrindo comigo e não titubeou em me contar que vinha a muito tempo pensando constantemente em sexo, mas que não tinha nem dois meses que ela começou a transar com seu namorado.
- E onde foi na primeira vez?
- Hihihihihi! Foi atrás pai!
- Hahahahaha! Não é isso filha; em que lugar que vocês transaram pela primeira vez!
- Ué; lá em casa mesmo... Ele já chegou até a dormir comigo, com você e a mãe viajando.
- Mas agora, você vai parar de levar aquele moleque lá pra casa, não vai?
Rita dando até gargalhadas.
- Coitadinho do Carlinhos; mas acho que ele acabou de perder sua namorada... Kkkkkkk!
- Isso filha... Vê se arruma um namorado mais apresentável; esse tal de Carlinhos é feio pra caralho!
Estávamos num trecho de transito lento, e Rita tirando o cinto de segurança pra ficar de joelhos sobre o banco me dando um abraço e um beijo.
- Pra que outro namorado pai? Só vou querer ficar com você!
Não levei muito a sério o que ela me disse, mas resolvi aproveitar aquele seu deslumbramento repentino por mim... Fui saindo da estrada pra fazermos um lanche num posto de gasolina; virei pra sapequinha.
- Você tá querendo dizer que quer ser minha namorada?
Ela voltando a me abraçar e a me beijar no rosto.
- Não pai... Quero ser sua outra mulher!
- Minha amante; é?
- É pai... Sua amante pra transar com você; sempre que quiser!
Nunca podia imaginar que minha filhinha fosse tão safada como estava me demonstrando. Dei-lhe um beijo na boca.
- Puta-que-pariu Rita... Acho que você nem tem noção do que está me propondo!
Ela me grudou pra também me beijar na boca.
- Claro que eu tenho... Sei que você e a mãe não andam se entendendo direito; não é?
Chegamos no hotel +- 18 horas e como os recepcionistas já estavam acostumados em eu levar mulheres pro quarto, acho que nem acreditaram quando fiz questão de registrar Rita, demonstrando que era minha filha... Mas mantive o quarto de casal, com apenas uma cama. Tínhamos que tomar um banho antes de descermos para um lanche e Rita não fez nenhuma cerimônia pra ir tirando toda sua roupa na minha frente... Rapidamente também fiquei nu e puxei Rita pra cama e beijando seus lábios fui explorando todo seu corpo passando a mão na sua pele aveludada. Rita mesmo tendo pouco tempo de sexo, novamente sem se importar que era com seu próprio pai, passou a tomar a iniciativa de ficar por cima de mim e dando vários beijos no meu peito foi descendo até chegar na minha piroca dando beijinhos e lambendo:
- Você é muito gostoso pai... Vou querer esse seu pinto todo dentro de mim!
Caralho!... Minha filha era uma ninfomaníaca sexual, mesmo sendo tão nova. Mamou na minha piroca por uns dois minutos e de repente segurando meu pau foi se ajeitando como se quisesse sentar nele:
- Deixa colocar primeiro a camisinha!
Ela continuou sentando e procurando colocar meu pau no buraquinho da sua vagina:
- Eu sei que com você aguenta esperar eu gozar primeiro; depois, vou querer que você goze na minha bundinha!
Era muito safada minha filha... Fez até careta pra conseguir descer e ir fazendo meu pau ir entrando na sua buceta.
- Aaaaah! Aaaaah! Ooooooh que delíiiiiiicia!
Rita passou a subir e a descer freneticamente no meu pau que sua buceta parecia uma metralhadora. Com os olhos fechados, Rita gemia e ria ao mesmo tempo... E como se sua energia terminasse, ela ficou sentada nas minhas coxas com meu pau todo enfiado e só rebolando:
- Ooooh! Oooohhhhhhh! Huuuummmmmmmm tô gooooozannnnnndo!!!!
Tive que segurar e esperar que ela se recuperasse daquele seu longo orgasmo... Logo Rita tirando sua buceta do meu pau, ficou de quatro:
- Vem pai... Vem gozar na minha bundinha!...
Com meu pau já todo lambuzado com seu líquido vaginal, não tive dificuldade pra ir enfiando e alargando também seu cuzinho:
- Uuuuuaaaaiiiiii! Uuuuuuaaaaiiii! Nooooossa; isso é bom demais pai... Mete! Mete tudo pai!!!
Dei umas palmadinhas nas suas nádegas e soquei com vontade percebendo que Rita gostava de sentir dor no sexo... Gozar dentro do cuzinho apertado na minha filhinha, foi indescritível.
Só retornamos no domingo a tarde, e Rita demostrou o tempo todo que que tinha nascido pra trepar.
Hoje, até gosto quando minha esposa vai sozinha pra Angra dos Reis e fica lá por vários dias... Foda-se se ela anda trepando com alguém. Rita adora uma cama de casal e sozinha comigo vira uma verdadeira amante trepadeira, e também, sempre que pode viaja comigo.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario dibinhocarinhos

dibinhocarinhos Comentou em 11/11/2016

muito bom, adorei...................

foto perfil usuario farense

farense Comentou em 25/05/2014

Que filhinha tão gostosa do papai, quando se descobre o prazer fica-se insáciavel.

foto perfil usuario apeduardo

apeduardo Comentou em 27/07/2013

assim ela mata o papai, parodiando a musica. valeu

foto perfil usuario

Comentou em 04/06/2013

uau delicia!!!

foto perfil usuario c1

c1 Comentou em 28/04/2013

PUTA QUE PARIU FOI DEMAIS.

foto perfil usuario ocs

ocs Comentou em 15/04/2013

Uhuuuu!!!

foto perfil usuario

Comentou em 10/03/2013

Gente, isso é sério viu... eu tbm não vejo nenhum problema, vcs sabem disso...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


14584 - Virei o viadinho do meu tio. - Categoria: Gays - Votos: 15
14685 - Pai probre e tio rico... Descobrindo um segredo. - Categoria: Incesto - Votos: 31
15190 - Papai... Meu melhor amigo. - Categoria: Incesto - Votos: 19
15434 - Fiel ao primo e ao amigo. - Categoria: Gays - Votos: 10
15632 - Tia popuzuda. - Categoria: Incesto - Votos: 14
16115 - Meu pai foi meu primeiro macho. - Categoria: Incesto - Votos: 18
16606 - Minha filha Zara. - Categoria: Incesto - Votos: 22
16641 - Minha esposa virou atriz pornô. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
17136 - Sobrinha gostosa e safadinha. - Categoria: Incesto - Votos: 16
17287 - Minha filha peladinha na webcam. - Categoria: Incesto - Votos: 38
17532 - Minha filha de criação. - Categoria: Incesto - Votos: 20
17635 - Ganhei outra amante... Minha filha. - Categoria: Incesto - Votos: 26
17915 - A melhor sogra do mundo. - Categoria: Incesto - Votos: 18
17994 - Depois dos 45, voltei a dar a bunda. - Categoria: Gays - Votos: 16
18422 - Meu padrasto me iniciou. - Categoria: Gays - Votos: 13
18823 - NASCI HOMEM E CRESCI MULHER. - Categoria: Travesti - Votos: 40
19674 - Meu bebezão. - Categoria: Incesto - Votos: 17
19756 - Eu mesmo me enrabei na primeira vez. - Categoria: Gays - Votos: 18
20087 - Amigos da onça. - Categoria: Gays - Votos: 8
21192 - Minha doce irmãzinha. - Categoria: Incesto - Votos: 26
21533 - Meu irmão me fez gostar de um pau bem grande. - Categoria: Gays - Votos: 22
22093 - Tem muito macho que gosta de bundinha masculina. - Categoria: Gays - Votos: 24
24067 - Final de ano na cama com minha filha. - Categoria: Incesto - Votos: 43
25826 - Amigos pra sempre. - Categoria: Gays - Votos: 16
26167 - Corno - primeira vez foi em família. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
28462 - A FAMÍLIA MARRETA... - Categoria: Incesto - Votos: 17
31019 - Dona Dalva e seu filho Igor. - Categoria: Incesto - Votos: 28
32750 - Minha filha Mariana. - Categoria: Incesto - Votos: 40
34452 - Filha e esposas puta. - Categoria: Incesto - Votos: 47
35961 - FILHÃO DO PAPAI... - Categoria: Incesto - Votos: 37
36643 - Meu irmão sabe que eu como sua mulher. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
40065 - Troca de chifres. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
41385 - Não resisti minha filha fogosa. - Categoria: Incesto - Votos: 39
42069 - Transformando o filho em amante. - Categoria: Incesto - Votos: 29
43310 - Pai careta & filha maluquinha. - Categoria: Incesto - Votos: 27
45352 - Filha ninfomaníaca. - Categoria: Incesto - Votos: 36
69357 - Virando a putinha do filho. - Categoria: Incesto - Votos: 47
87275 - Um pai bastante safado... - Categoria: Incesto - Votos: 22
89091 - Meu filho é uma boneca linda. - Categoria: Incesto - Votos: 26
89356 - Minha filha me provocou... - Categoria: Incesto - Votos: 26
89748 - Indo morar com meu tio Júlio. - Categoria: Incesto - Votos: 18
91359 - Eu, tia Dalva e tio Paulo. - Categoria: Incesto - Votos: 31
91437 - Meu pai imaginava me comendo, transando com mamãe. - Categoria: Incesto - Votos: 24
91670 - Incesto japonês. - Categoria: Incesto - Votos: 26
92341 - Minha tia Rose... - Categoria: Incesto - Votos: 30
94651 - Dou pro meu pai até hoje. - Categoria: Incesto - Votos: 17
98268 - Família incestuosa. - Categoria: - Votos: 8
103439 - Pai e Mãe & Filha e Filho - Incesto consentido. - Categoria: Incesto - Votos: 34
105311 - Com ciúmes do meu pai, ele acabou me comendo... - Categoria: Incesto - Votos: 33
105602 - Pelo tamanho, meu pai parece um jumento... Adoro. - Categoria: Incesto - Votos: 38
105836 - DO TÊNIS DE QUADRA, PRA CAMA COM MEU PAI... - Categoria: Incesto - Votos: 19
106012 - FÉRIAS NA PRAIA, SOZINHA COM MEU PAI. - Categoria: Incesto - Votos: 34
106316 - Eu, meus pais e meus dois irmãos... Putaria gostosa. - Categoria: Incesto - Votos: 21
111615 - QUANDO FLAGREI MINHA IRMÃ MAMANDO NO MEU PAI. - Categoria: Incesto - Votos: 24

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico baudoscontos

Nome do conto:
Se minha filha gosta, não vejo problema...

Codigo do conto:
18080

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
02/07/2012

Quant.de Votos:
23

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


so bucetudas chorando quando a pica entrouIrmas fazendo sexocontos seduzida pelo pauzao do papaicontos eroticos minha cunhada me deu o cu de presenteporno soutinhocontos gay mulherzinhA safada obedienteconto gay padrinhoLoirinha punheteira contos eróticosconto erotico os padres chuparm minha bucetinhacontoeroticoburroesposa vagabunda maridocontos eróticos desenhohydreigon e seu dono pornoviuva carente de rola gosando e rebolando muito gostosocontoeroticodfContos eroticos com motorista macho do uberconto erotico deflorando a menininhalevei no cu pagando um bola gato contos eroticoscontos eroticos novinhos bebadosconto erotico com nora puta e gostosahttp://contos eroticos dando a bunda pros pedreiroscontos eroticos de Aribjrcontos eróticos com fotos comendo o bundão na praiaContos Eroticos - Dentista, gayNa fazenda meu irmao ele entrou no quarto ele fudeu minha buceta a força eu adorei conto eroticofotos de mulher abrino finjen abuseta peladacontos de cornos bipornô hentais o filho bebado comedo a mãe em desenhoConto erotico tia tesudacontoschupando bucetonafica de quatro vou te enrrabar contoscontos gays meu primo me pegou cheirando a cueca dele e me fudeuContos eroticos dei a buceta para meu vizinhoQuadrinhos porno a semama do saco cheioabajun pornovale tudo com a sogra conto pornotirei o cabaço da minha enteadaamadores pauzudosficar excitada com historias em quadrinho sacanasdei pro meu enteadocarinhos e posicões que travestis adoramContos eroticos gordinho sendo comido pro lixeiroscontoeroticoburroconto erotico vi o volume no onibuscontos comi minha irma por enganocumendo cu da neginhha contoscontos eroticos incestos/irmao roubando calcinha irmaContoerotico filinhas netinhas sobrinhas teencontos eróticos evangélicapornocontoincestoconto erotico surpresa na faveladando de mamar ao irmaos pai tio avô contos eroticosConto porno desdi pequena pai e mae me comenovinha com viu tetau repolacontos eroticos mamei o negao e falando com o namoradocontos incesto rego filhacontos eróticos gay chupei o cu do meu paidesde pequena iniciada em zoofiliaconto erótico lambeu a chana e tirou cabaconha da sobrinhacontos eroticos como virei amante do meu avoO anao da pica grande.conto eroticoconto pegando na bunda da tiaQuadrinhos porno a semama do saco cheiomaurosafadoContos erótico meu pau e enorme mas a sogra quis contoschantagem comi a minha irma contos eroticos traindo marido no festacontos eróticos de duas irmãs vizidade sei cou o cãowww.contoerotico.pai e. filha na praiacontos eroticos a irmazinha do amigocontos primeiro sexo grupal suruba dando pra váriosBlack Wade: O Lado Selvagemdo Amor - Parte3porno de os Simpsons quadrinhoshomem escroto excitado gozando gemendo no grelo pra caralhohomens transando em quadrinhos pai e filhoscontos e relatos sexoincesto irmã gordinha com irmao dotadofudendo um cuzinho gostoso brasilporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoconto erotico na igrejacumendo cu da neginhha contossogro chupando a nora