Eu, meu neto e nossa putinha

Click to this video!


Moramos em sobrados conjugados. Minha filha e seu marido trabalham o dia todo e deixa seu filho aos nossos cuidados. Comecei a perceber que meu neto quando chegava depois da aula almoçava com a gente e dizia que tinha que fazer trabalho ou a lição de casa, mas ao invés de fazer na minha casa preferia ir pra casa dele alegando que tinha que usar a internet. Tudo bem. Isto começou a acontecer todos os dias, então, por curiosidade resolvi investigar. Assim que ele almoçou saiu e foi pra casa. Fui direto pra sacada no meu quarto e vejo ele no celular...não demorou muito vi chegando uma garota. Pensei comigo: o moleque ta pegando! Como tenho as chaves resolvi ver de perto. Entrei...não vi ninguem na sala...subi e ouço vozes.... Os dois estavam distribuindo as cartas e começaram a jogar, fiquei meio decepcionado imaginando que nada demais iria acontecer, de repente a garota ficou de pé, tirou a blusa que estava usando e ficou só de sutiã, caramba! Foi aí que entendi que estavam jogando apostando as roupas; me acomodei me preparei para assistir o show. Por duas vezes seguidas perdeu e ficou só de calcinha e sutiã, uma verdadeira gatinha! Corpinho bem feito, bumbum arrebitado e peitinhos pequenos, daqueles que a gente engole de uma vez numa bocada; meu neto perdeu...tirou a camista...perdeu de novo e ficou de cueca e já de pau duro...um volume que lembrava muito o meu pau....pensei comigo....puxou o avô....
Os dois então começam a se beijar.... a garota não perdeu tempo e já apertava o cacete dele....ele por sua vez já alisava a bucetinha dela ainda por cima da calcinha....meu pau já tava estorando dentro da bermuda...ele se levantou e com o pau na cara da garota abaixou a cueca...vi o pau dele pulando e batendo na cara dela...então começou a chupar....beijava....sugava...fiquei pasmo olhando a cena...a garota apertava e chupava com tanta vontade....meu neto gemia....ela continuava de boca cheia...as vezes até a garganta ajoelhada na frente dele....ele acariciando os cabelos dela....levantou ela e lhe deu um beijo...abraçada ao pescoço dele enquanto sua calcinha era arriada, seu sutiã era arrancado...deitou na cama....ela então subiu tambem e ficando de quatro chupava o pau dele....a visão da bunda dela de quatro e sua bucetinha me deixava cada vez mais tarado....pensei comigo: vou entrar nessa...comecei a bater uma punheta....vejo que a garota gosta mesmo de chupar e vejo meu neto gemendo cada vez mais e dizendo que ia gozar...ela não para e continua com a boca no pau dele....continua com a mão e vejo ela levando jatos de esperma na cara..... agarrou de novo o pau dele começou a chupar de novo.... continuava dura....a safada gosta mesmo de chupar um pau, pensei comigo... esfregava o pau dele no rosto todo esporrado e colocava de novo na boca....engoliu toda a porra que sentiu no rosto....subiu em cima dele....a garota tomava toda a iniciativa...segurou o pau com uma das mãos e foi sentando....a putinha sabia mesmo como meter....foi sentando....gemia...parava....as mãos dele segurava ela agora pela bundinha....abria....via o pau entrando....de repente ele soltou o corpo dela....gemeu alto....entrou tudo de uma vez....soltou um gemido mais alto....ficou parada....ajeitou seu corpo....encostou seus peitinhos no corpo dele....sua bunda ficou todinha exposta pra mim....via o pau dele todinho dentro dela....começam então o frenético sobe e desce....sua bunda lisinha erguida pro alto...via o cuzinho dela piscando enquanto a rola dele entrava e saia....ela gemia....pedia pra foder....meter tudo....rebolava a bundinha e intensificava o ritmo daquela trepada, o cacetão entrava e saía da grutinha dela...sem parar, quer dizer, ás vezes parava segurava a bunda dela um pouco e socava mais fundo ainda...
Enquanto via meu neto arregaçando a garota batia uma punheta...então tive a coragem...baixei minha bermuda e cueca....entrei em silêncio...os dois estavam em transe...nem perceberam minha presença....sentei numa poltrona atras deles....continuei com a punheta....devagar....me deliciava vendo o pau dele arrobando a bucetinha dela e ver a bundinha todinha empinada....os gemidos cada vez mais intensos....ouço ela se movimentando mais rápido e anunciando o gozo....de repente ela desaba o corpo em cima do meu neto...o pau dele escorrega pra fora da bucetinha dela ainda duro....assim como o meu....vejo eles se beijando....as mãos procuram o corpo um do outro...os dois parecem insaciados...depois de alguns instantes...num movimento ele consegue inverter a posição e fica por cima dela...nessa momento ela me ve, grita e me apontando pra ele...vovó? o que faz aqui? Nada respondo...me levanto com o pau duro...surpreso to eu vendo vocês fodendo assim...que tesão que tô...a garotinha toda envergonhada e encolhida tampando os peitinhos e com as pernas fechadas...nada fala...e nem meu neto...me aproximo mais...em pé com o pau duro fico do lado dela...vocês bem que poderiam me deixar brincar...olha só meu pau...alisava meu pau olhando pra eles que continuavam mudos...passei a mão nos cabelos dela...no rosto...então ela olhou pro meu neto...não disse nada...depois pra mim...a safadinha então pegou no meu pau...apertou...começou a me punhetar bem devagar...olhando pra mim ainda meio sem jeito disse que só ia me chupar e mais nada...depois foi se ajeitando e ficando de joelhos abocanhou meu pau...olhei pro meu neto...vi que o pau dele voltou a ficar duro...mas continuou vendo a garotinha que chupava a cabeçona inchada do meu pau...nossa a putinha sabia mesmo como sugar um caralho...beijava, lambia e enfiava na boca...engolindo meu pauzão pela cabeça...beijava minhas bolas...se ajeitando ainda mais ficou de quatro ficando exposta as carícias de meu neto, o malandro tratou logo de meter o línguão no cuzinho da menina que gemia com meu pau na boca e rebolava na cara dela.... o safado aproveitou a deixa e foi enfiando o dedo indicador no anélzinho dela, então colocou a mão na buceta e começou a se masturbar...meu neto agora além de chupar o cuzinho dela aproveitava e ia atochando cada vez mais fundo o dedo no rabicó da putinha safada.
Meu neto então se posicionou atras e começou a enfiar o pau no cuzinho dela...com certeza ele já tinha comido o cú dela....e empinando bem a bundinha ele lambia e cuspia no cuzinho dela, depois começou a enfiar o dedo polegar no buraquinho, que ia se alargando para receber o intruso, depois de fazer ela se acostumar com aquela sensação de ser enrabada então se colocou atrás encostou a cabeça na portinhola dos fundos da ninfeta, segurou aquela bundinha com firmeza e forçou...
A putinha soltou um grito alto: Aaii! Não pára! Fiquei meio confuso com o que estava ouvindo, mas era isso mesmo; a garota estava gritando de dor mas também gritava para que não parasse: Aaah! Ai,ai, não pára, não se importe com meus gritos, ai...dói...ai, mas é bom,mete...ai...mete até o fim!
Meu neto segurou com força a bundinha da franguinha e meteu o espeto sem dó, ela começou a gritar como uma louca, então me pediu: Tapa a boca dela! Me abaixei e beijei sua boca....nossas linguas se enrroscavam...eu ouvia...agora eu vou arregaçar com essa putinha...meteu a vara bem no fundo do rabo dela...ela mesmo com a boca colada na minha gemia....o tronco entrou rasgando até as bolas baterem naquela bundinha carnuda; ele manteve a posição, o pauzão todo enfiado até o talo no rabinho dela....agora a nossa putinha...abri meus olhos e a vi com os olhos arregalados de dor e tezão com aquele tronco no cú, meu neto agora não fazia movimento nenhum, só deixava nossa putinha com a sensação de ter o rabo todo preenchido por seu caralho, depois que se acalmou mais e parou de gemer ele falou: E aí gatinha? Não era o que você queria? Ela acenava com a cabeça, quase chorando, que sim; Posso tirar o bruto agora? Ou quer esperar mais um pouco? Outro gesto afirmativo. Assim que ele começou a puxar o caralho para fora ela soltou um grito:Aaaii! De novo ele parou. Saio ou fico? Sai...murmurou ela, mas devagar, por favor! Ele sorriu e começou a puxar bem devagar o ferrão das entranhas da garota, que gemia baixinho, quase chorando...
Quando só faltava a cabeçona para liberar o rabo da cadelinha, a safada gritou: Não tira! Não tira! Empurra de novo! Com força! Me come, me fode, me arromba, vai, vai! Mete tuudoo! Meu neto riu e olhando pra mim disse: ta vendo vò como essa cadelinha gosta de sentir meu pau no cú? Não disse nada...olhei pra ela e vi a carinha dela de safada...me levantei e coloquei meu pau na boca dela de novo....meu neto segurou ela pelas ancas e entrou de novo no cú da mocinha...que gemia baixinho com meu pau na boca...quase ronronando: “aaaiiii! Que gostoso! Dói....mas é bom...huuummm....muito bom! Aaaahh!”. Dos gemidos suaves e chupando meu pau, via seu cuzinho se alargando devido ao mastro que entrava e saía do seu traseiro; de repente, meu neto fez menção ao gozo...disse então a ele: isso garoto goza nesse cuzinho gostoso que eu vou gozar na boca dela.... enquanto jorrava a porra no cuzinho dela a putinha engolia minha porra sem engasgar e limpou meu caralhão, espremendo até a última gota. Enquanto chupava meu pau meu neto foi tirando o pau do cuzinho dela bem devagar e ainda ouvia uns gemidos dela...tirou a boca do meu pau...deitou na cama do lado do meu neto...não resisti em ve-la deitada de bundinha pra cima com as pernas semi-abertas...me abaixei e comecei a beija-la....minha lingua parecia um refresco pra ela que sem nenhuma cerimonia foi abrindo as pernas permitindo que minha lingua chegasse no seu cuzinho todinho melado com a porra do meu neto...o tesão fez com que ela esquecesse que não me deixaria penetra-la....continuava passando a lingua bem devagar....chegava na sua bucetinha....ela ia se abrindo cada vez mais....empinava a bunda facilitando para que minha lingua atingisse seu cuzinho todo vermelhinho....minha lingua ora passava pelo seu cuzinho ora pela bucetinha....subi na cama ficando em cima dela o que não demorou para minha pica ficar dura de novo e com isto se encaixando na sua bundinha pela posição que estava em cima dela, como estava com o corpo livre em baixo de mim a safadinha rebitou mais a bundinha com isto forçando a mesma na minha pica e gemendo baixinho...coloquei no meio da sua bundinha o que fez ela gemer fundo... me debrucei em cima dela onde fiquei com minha pica entre seu cuzinho e sua buceta.... forçou para trás meu pau escorregou pra dentro da bucetinha, pois já estava todinha lubrificada....começo a socar a buceta dela...olho e vejo meu neto beijando a boquinha da nossa putinha....ela olhou pra mim e pediu para come-la de frente....assim que abriu as pernas entrei no meio mando pica naquela bucetinha linda depilada vermelhinha...soquei....ela gemia...pedia pra fode-la...rebolava debaixo de mim.... Como rebolava gostoso...gozou....tirei o cacete da buceta...coloquei suas pernas em meus ombros e coloquei no cuzinho....ela gemia...gritava e pedia para socar com mais força, soquei com mais força, ela mechia a bunda tão gostoso, que não demorei pra gozar dentro do cu da putinha....meu neto do nosso lado batia punheta e gozou na boca dela....
Tomamos um banho a três...depois? Depois eu conto mais...
Espero que você tenha gozado antes mesmo de terminar de ler este conto!!
Putinhas que queiram, deixem recados que retornarei...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


17599 - Dessa vez, só eu e a putinha - Categoria: Coroas - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico coroa48

Nome do conto:
Eu, meu neto e nossa putinha

Codigo do conto:
17494

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
29/05/2012

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contoseroticoscuarrombadoboafoda69.comgordo camiomeiro pauduruquadrinho pesadelo pornoConto erótico. picante perdendo a virgindadevideos zoofilia gozadas inesperadascontos erotico de vizinho tarado e pai ciumentoVidioporno professora de quadrinhomeu mano novinho pirocudo alagou minha xota, videosaquele moleque me trepou com toda sua garra conto eróticoconto erotico filha e sogra e ex presidiarioconto incesto engravideiconto erotico sexo com o sobrinhomãe nuasperdir a aposta e tive que fa a bucetaContos eroticos com animaiscache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma sobre lamber e chupar a vaginacontos eroticoscasada crente mas gosta de rola,contos eroticoscontos eroticos orabao da madrinhaeu conto sou casado meu cunhado fica passando um pau em mimnegras dargostozoconto pornô estrupo a minha vóEsfolando a piminha inocenti contos eroticosprima damo chota pro primocontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos de tio safadoContoeroticoputonaconto erotico de primo saradocontos erotico rabuda descobre q marido e viado e o sogro comeu elaconto erotico doce nandaAnal gay fuderoso de chorarcontos estrupada. sogro viagemnegao roludo rasga novinha com srxo exaustivoContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativascontos vovóeróticosRelatos de gang bang com esposa bunduda de corno mansoconsegui fuder o cu da minha sogra contos pornoContos eroticos dei a buceta para meu vizinhocontos eróticos de doutor advogado e clienteContos comedor de gay na infanciacontos eroticos fotos coroas e novinhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenao meu chefe ta mi fasendo de escrava sexual contos erotdeu na minha frente contoencoxando a nora 2017trimmed pussy hairmulhertraz.comomarido e um travestimcontos eroticos gay host daddywildcat conti eroticocontos eróticos, Swely DadeiraConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punhetacontos sexo minha tia grávidaxvideo gozando no pauvideos de cornos que chuupamgay video catisgadaConto erotico - Estuprei a mina no baile funkContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonacontos erótico de mae filho filha e sobrinhacontos meu.tio roludo doeu pediu arregoputa exibindo contoConto erotico meninascontos-eroticos-afilhada-padrinhocom fotocontos porno com vovô picudotia chupando a buceta da sobrinhavizinha chantagem anal contocontos eroticos incesto maravilhosonegro coroa eletricista,contosconto erotico gay mecaniconovia de 12 lerva um pau gradeconto erotico com foto transei com minha irmatrai meu marido com irmao delecontos eroticos gays com papais roludosconto erotico de cornoconto porno gravida cu medicoConto erotico comendo a sobrinha novinha de minha esposaconvidar puta de moz numero de selularfilho tarado contocontos eroticos como deixei meu filho me comercontos gay apartamento