EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Click to this video!


Olá pessoal tudo bem? Esta é a continuação do relato das minhas amigas do Rio Grande do Sul, elas enviaram e me pediram para eu relatar aqui em meu cantinho. Foi assim que me contaram como tiveram e teem relação incestuosas com a mãe delas e com seus cães .
Oi meu querido Franco, ai está a continuação do que eu tinha ti mandado na semana passada tá bem?........Depois que a minha mãe saiu do quarto eu estava realmente abalada, primeiro por ela me ter descoberto naquela situação engatada com o Luke, e por outro lado aflita de como eu iria contar pra minha irmã Lucia. Mas com a minha irmã deu tudo certo, e ela aceitou numa boa de a nossa mãe saber que a gente transava com nossos cães, ela até ficou aliviada, pois assim a gente não tinha que ficar tão escondida.
Meu pai ainda estava viajando Franco, já tinham se passado uns 20 dias ou mais depois daquela conversa com a minha mãe. Eu estava com mais tesão ainda, na ultima vez eu não me saciei plenamente com nosso cachorro porque eu já ti contei, e queria meter com ele de qualquer maneira. Então como eu não tinha aula neste dia voltei pra casa correndo, a minha irmã já estava de saida pra escola de tarde, mais ela ia na casa de uma amiga fazer um trabalho e só voltaria a noite e assim, eu teria o dia inteiro só pra mim e meus cachorros.
Dei um banho nos dois, e enquanto lhes dava banho já estavam excitados comigo, já que eu estava só de calcinha e sutiam, molhada e com os bicos dos seios durinhos. A nossa vantagem é que em minha casa é cercada de muros altos, acho que foi de propósito que meu pai fez esse muro dessa altura. Depois que tomei um delicioso banho me enrolei numa toalha e ao me secar comecei a me excitar passando a mão em minha bocetinha Franco, e ela estava depiladinha precisava de ver. Não aguentei mais e fui chamar o Boby, queria que ele me fodesse muito dessa vez, eu gostava do nó dele que é grande e me abria toda. Abri a porta da cozinha e ele já veio no meio das minhas pernas pra me lamber, e muito safadinha abri, queria sentir a lingua dele fundo...meu querido que delicia, a lingua dele era fantastica em minha boceta, me arrepiei toda de tesão.
Depois me segurei, e subi pro meu quarto com meu cachorro me seguindo atras, daí Franco sentei na beirada da cama e abri minhas pernas pra ele me lamber, que delicia de lingua meu querido amigo, e vc bem sabe disso. Quando a lingua do Boby que é aspera passa em minha boceta eu me tremo toda de tesão. Mais Franco muitas das vezes quanto mais a gente toma o cuidado para não sermos supreendidos am algo, muitas das vezes, coisas inesperadas nos acontece. E acho que eu estava com tanta vontade de meter com meus cães que esqueci a porta da cozinha aberta. Eu estava de olhos fechados gozando com a lingua bo Boby quando tive uma supresa. Quando abri os olhos, minha mãe estava parada perto de mim vendo tudo. Eu tentei me recompor na mesma da hora, o boby nem queria saber, ele tentando abrir as minhas pernas com a pata e eu tentando encontrar uma toalha pra me cobrir.
-- Mãe...a senhora..está..ai?
-- Claro filha, vc deixou a porta da cozinnha aberta. Tenha mais cuidado. E eu estava gostando do que eu estava vendo e não quis ti atrapalhar.
-- Mais mãe é que... tentei argumentar, se encontar as palavras certas.
-- Calma filha, e vendo vc com o boby...eu tambem fiquei com vontade. Nessas alturas Franco o Boby estava junto da minha mãe, que ficou sentada na beirada da cama. – E então? Está mais calma agora? Ela me falou com carinho passando as mãos pelos meus cabelos.
-- Vou no banheiro eu falei. E sai com a toalha enrolada. Quando voltei nem ela e nem o Boby estavam no meu quarto.
-- Mãe. Eu chamei.
-- Lucia vem cá, olha só que gostoso.
A minha mãe tinha ido pro quarto dela, mais a porta estava só encostada, quando abri a ela, estava com uma das pernas abertas em uma cadeira de braço de encosto...Você sabe que cadeira é desse tipo Franco?..Então..ela estava só de calcinha e sutiam. Eu já tinha visto a minha mãe nua é claro, mais essa era a primeira vez que estava ao lado dela, e vendo o boby lamber a sua boceta. Vendo aquilo Franco o fogo dentro de mim voltou a acender, e agora muito mais ao ver a minha mãe gozar assim na lingua de um cachorro. No começo fiquei um pouco encabulada, mais depois me soltei, porque ela mesmo me ajudou.
-- Vem cá filha, vou ti ensinar como é que se mete com um cachorro. Eu vi você lá com ele e não pude resistir. Fui ao lado dela. A minha mãe se levantou tirando o Boby do meio das suas pernas. Depois falou pra eu sentar na cama enquanto tirava a calcinha e o sutian, eu obedecia como uma automata. O tesão estava falando mais alto querido amigo.
-- Mais mãe..ele....a senhora vai..
-- Esqueça isso...abre as pernas pra ele ti lamber de novo. Eu sou agora a sua professora. E ri junto com ela. Abri as minhas pernas e o Boby voltou a me lamber, agora meu querido Franco ela estava mais ensopada ainda. Ele enfiava a sua lingua bem no fundo da minha boceta. Enquanto a minha mãe ficou nua ao meu lado e para a minha supresa ela começou a alisar os meus seios. Eu gostava quando a minha irmã alisava e depois colocava na boca. E era uma delicia. Mais dessa vez foi bem melhor, eu estava com a minha mãe e alem dela alisar começou a me lamber meus seios..um de cada vez. Que delicia Franco. Depois foi a vez dela tambem gozar na lingua do boby. Ela ficou na beirada da cama e abriu as pernas pro nosso cachorro lamber ela.
Franco deixe-me falar como é a minha mãe. Ela tem 35 anos, e mesmo com essa idade acredite o corpo dela dá uma lavada em muitas amigas minhas mais nova. A boceta dela é depilada só na parte de baixo com grandes labios, grande e carnuda, os seus seios são firmes ainda, um belo par de pernas e uma bunda durinha e linda.
-- Agora querida, ele vai enfiar esse pedaço de carne dentro da sua cona....Voce vai ficar abertinha com o nó dele dentro de vc.
-- Vai mãe, eu quero ele dentro sim..me ajuda ele enfiar esse pau dentro da minha boceta.
A minha mãe pegou um endredom e dobrou em duas partes e disse pra eu ficar ajoelhada nele, e depois eu levantar a minha bunda bem pro alto. E fiz como ele me mandou Franco. Depois ela pegou o Boby e colocou atras de mim, na minha bunda. Tão logo colocou, ele desceu com aquele peso todo nas minhas costas me segurando com as patas em volta da minha cintura. E começou com aquele vai e vem rápido. Mais nesses vai e vem o seu pau batia nas minhas coxas e em volta da minha boceta. Franco logo ele acertou a entrada e foi enfiando em cada socada mais fundo dentro de mim, cada vez mais fundo meu querido, que eu sentia ele empurrar o meu utero para dentro com a ponta do seu pau.
-- Aii mãe...é gostoso demais...aiiiiiiiiiiiiiii..ummmmmmmmmmm que delicia de pau.....Assim vou gozar mãe.....vou gozar..ummmmmmm.
-- Isso querida, deixe ele encher vc com o nó, ele vai ti abrir todinha.
-- Aiiiii mãe....estou sentindo ele me abrir com o nó......ummmmmm..aiiiiiii...mão...que bomm......um....A porra dele está me ummmmmmmmmmmmm, está me inundando por dentro.
-- Querida esta é a melhor parte, quando ele enche a gente da sua porra quente.
Mais a minha mãe fez uma coisa Franco que a minha irmã já tinha feito. Ela foi na minha frente, eu ainda engatada com o Boby, passou os dedos dentro da boceta...e passou na minha boca. E meu querido Franco...eu lambi os dedos dela acredita? Não senti nojo não, muito pelo contrário eu senti mais tesão.
-- É uma delicia mãe. Deixe eu lamber a senhora. E a minha mãe ficou na minha frente, com o Boby engatado em minha boceta e parado na minhas costas resfolegando. Ela colocou a boceta dela na minha boca. Franco...quando eu lambi a boceta dela...acredite a minha mãe gemeu alto, ela gemeu de prazer, nem parecia a minha mãe tão recatada...ela parecia com todo respeito uma puta querendo prazer. Depois meu querido, ela me deu um beijo longo e demorado. Foi quando o nó do Boby conseguiu se soltar da minha boceta, e eu gozei nessa hora com a porra dele escorrendo pelas minhas pernas e molhando todo edredom. Em seguida a minha mãe sentou na beirada da cama e puxou o boby de bunda para o meio de suas pernas, e eu ajudei ela, levantei o pau do meu cachorro que ainda estava duro e espirrando porra quente e enfiei na boceta da minha mãe.
-- Isso filha...ummmmmmmmmmmmmmmmmm. soca essa tora em mim. Aiiiii adoro quando o nó fica atolado em mim tambem.
E eu socava com força Franco o pau do Boby dentro da boceta dela, com violencia mesmo, até o nó encostar dentro da sua boceta. E a minha mãe ia gemendo cada vez mais alto querido.
-- Aii ai ai ai.....Filha...eu vou.....eu vouu ai eu vou gozarrrrrrrrrrrrrrrrrrrr...
Franco e ela gritou e gemeu alto....ela teve um orgasmo maravilhoso...era a primeira vez que eu via a minha mãe gozar assim. Quando tirei o pau do Boby de dentro dela...escorreu ainda muita porra dele pelos labios da sua boceta, descendo para o chão.
Ela estava cansada e se recompondo, eu deitei ao seu lado, depois ela me olhou nos olhos e me perguntou:
-- Está arrependida?
-- Não mãe, não mesmo. Eu gostei muito. E lhe dei um beijo no rosto. Ela tambem me pegou e me abraçou.
-- Mais tem uma coisa Leila. Você não pode contar pra ninguem isso que fizemos hoje tá bem? Nem pra Lucia e nem pro seu pai...Vai ser o nosso segredo. Promete?
-- Sim mãe...eu nunca contaria ..jamais faria isso. Eu tenho vergonha.
-- Mais não tenha vergonha não querida. Isso que nós fizemos foi lindo. E não temos do que se arrepender nunca mesmo.
Bem Franco quando a minha irmã chegou a noite ela me perguntou assim:
-- E então mana...fodeu com eles?
-- Sim. Eu balancei a cabeça.
-- E nem me esperou pra gente fazer junto? Ela veio pro meu lado me abraçando e me beijando na boca.
-- Eu estava com muito tesão..não resisti. E depois ela saiu.
Pois bem querido Franco...está ai o que vc me pediu para eu ti contar em detalhes, eu ti contei o máximo que pude, mais eu não alterei nada mesmo. Depois dessa vez eu sempre transo com a minha mãe e com nossos cães. Mais ainda vem o melhor meu querido amigo. A minha mãe me autorizou eu a ti contar como foi que nós tres metemos com os dois cães...só que a minha irmã estava junto tambem. E Foi eu a minha mãe e a minha irmã, nós tres juntas com nossos dois cães, e a minha mãe realmente nos ensinou a transar com eles. Franco, vc já conversou com ela pelo msn sabe que é tudo verdade.
Depois eu ti mando como foi que aconteceu.
Beijos meu querido.
Bem meus amigos, está ai o relato das minhas amigas maluquinhas do Rio Grande do Sul
Se vc mulher deseja compartilhar seus relatos, suas aventuras com seus cães ou até conselhos, estamos a disposição.
No mais abraços Franco e belinha

“ A mãe é para os filhos o que a luz é para todos nós: Só lhe sentimos falta, quando ela se apaga”

Foto 1 do Conto erotico: EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Foto 2 do Conto erotico: EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Foto 3 do Conto erotico: EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Foto 4 do Conto erotico: EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Foto 5 do Conto erotico: EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario hotblack

hotblack Comentou em 02/12/2011

nossa franco! Sua amiga é muito gostosa. Meu pau ficou durissimo. Um abraço.

foto perfil usuario TatuadorTarado

TatuadorTarado Comentou em 26/11/2011

Nossa, q mulher gostosa q Vc tem meu amigo!! Q punheta gostosa q eu bati olhando pras fotos dela!!! Fazia tempo q naum saía tanta porra do meu pau!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


13422 - UMA GRÁVIDA ME INICIOU EM ZOOFILIA - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
13450 - BELINHA, COMO PERDI A MINHA VIRGINDADE COM UM CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 9
13463 - EU VOLTEI A FAZER SEXO ANAL COM MEU CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13582 - UM CAVALO PARA DUAS GAROTAS = PARTE I - Categoria: Zoofilia - Votos: 6
13583 - UM CAVALO GOZOU NA MINHA CUNHADA - PARTE II - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
13628 - A MINHA INICIAÇÃO NO ANAL COM MEU CÃO APOLO - Categoria: Zoofilia - Votos: 11
13764 - EU E MINHA IRMÃ,PERDI A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 20
13844 - COMO MINHA IRMÃ PERDEU A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
13880 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS PARA CINCO CÃES. - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13917 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS, 5 CÃES. - DIA 1º - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13977 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS E CINCO CÃES, 1ª noite - Categoria: Zoofilia - Votos: 3
14018 - A MINHA INICIAÇÃO COM O MEU LABRADOR - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
14084 - FIQUEI ENGATADA COM UM HOTWEILLER DE UMA AMIGA - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
14111 - O HOTTWEILER ENGATOU EM MIM E ME ENCHEU DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
14396 - CONTO ESPECIAL=UMA JAPONESA NUM ANAL COM NOSSO CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 14
14397 - A MINHA INICIAÇÃO COM MEU CACHORRO APOLO - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
14497 - O MEU PRIMEIRO ORGASMO FOI COM MEU CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
14762 - INICIEI A UMA ALUNA DE 18 ANOS COM O MEU CÃO - I - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
14763 - EU INICIEI MINHA ALUNA COM MEU CÃO = FINAL - Categoria: Zoofilia - Votos: 9
15269 - A MINHA PRIMEIRA VEZ FOI COM UM CACHORRO - PARTE I - Categoria: Zoofilia - Votos: 6
15354 - A PRIMEIRA VEZ COM UM CACHORRO DE UMA AMIGA- FINAL - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
15549 - COMO UM CACHORRO TIROU A MINHA VIRGINDADE - Categoria: Zoofilia - Votos: 2
15655 - DANIA,APENAS 19 ANOS E INICIADA PELOS NOSSOS CÃES - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
15735 - POR CAUSA DE UM FILME EU FUI INICIADA EM ZOOFILIA - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
16313 - EU TRANSEI COM O CACHORRO DE MINHA NOIVA - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
16643 - A MINHA NOIVA FOI INICIADA COM UM CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 14
16990 - DUAS IRMÃS UMA INICIADA, TRAÇADAS POR UM CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
18250 - EU DEI PRA UM CACHORRO POR CAUSA DE UMA M - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
19234 - FLAGREI A MINHA ESPOSA ENGATADA COM MEU CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
20004 - FLAGREI A MINHA PATROA ENGATADA COM UM DOG - Categoria: Zoofilia - Votos: 31
21338 - UM CAVALO ENCHEU A MINHA ESPOSA DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 29
22340 - O CAVALO ENCHEU A BOCETA DE MINHA CUNHADA DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 18
22870 - A MINHA ESPOSA E MINHA CUNHADA INICIADA COM UM CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 27

Ficha do conto

Foto Perfil francoebelinha
francoebelinhafranco

Nome do conto:
EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO

Codigo do conto:
14398

Categoria:
Zoofilia

Data da Publicação:
24/11/2011

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de noras novinhas que trai com sogroconto erotico em quadrinho a esposa e o cachorrokaçador35contos eroticos zoofilia cao super bravoscontos gay o negao arrombou meu cuzinhoporno/japones/pai/comendi/mae/filha/sogra/cunhadafotos gordodelicia..peladascontos gozando com tio desde pequena no incestodom-cuervo@gmail.comconto. deixe ver minha buceta sem calcinha conto erotico agarrada a forçacontos eroticos mae fode com filho pauzudo com downQuadradinho erotico conto 2006menor foyandoporno dos irmaos qui fode infelismentcontos sexuiasmeiri casada no porno em Uberlândiasabendo que minha empregada e entra dentro do quarto eu fiquei nu e de pica dura sexocontos eroticos prima calcinhaveia sai de festa bebassa e pegaram ela na rua e fuderam so o cutrai lado corno ele rocavarconto meu amor meu sobrinhocartoons eroticos gaysContoeroticoevangelicaAi que delicia me fode gostoso mais forte mete tudo conto eroticover gibis eroticos da caçadoraconto estuprado por varias travestiConto gay me levaram como forma de pagamentomecânico se esfregando em gayConto erotico fui fagrada brincando de esconde escondecontos eroticos incesto brincando de casinhar u s mexendo no glilinho ela gozadormi bebado perdi as pregasContos erotico corintiano enteado como empregadaso foto dinovinha querendo xupa como econtos eroticos de gay dando a bunda pro pai do meu amigocontos porno com vovô picudoconto erótico esposa dominadatomei gala de macho conto erotico gaysó provocar amigo conto erótico cornosiririca com objeto contos eróticoso tio caçula contos eroticos porno gayMinha sogra pelada casaria com aquele mulherãouhhhhh nenem que peito enfermeirafui da banho no meu filho e o pau dele creceu sexofodi gostoso/contoVideos travestis sado dominatrix boafodaconto erotico xoxota velhameu pedreiro chupou meus seiosquadrinhopornotraicaoconto erotico com padresexo maninhacontos eroticos avo e netascotos eroticos estruprei o cu da amiguinha da minha filhafudi com minha nae enquanto ela dormia cintos eriticos incestisconto erotico de gay sendo fodido no matoesposas insatisfechas con negrosmae safadona empina o rsbo po filhoConto erótico interacial tema pedreiroconto porno velho roludoultimos contos sadorego conto heterochupa o caralho dele na minha boca, mama do leite dele, mama corninhoincesto mae e filhovirei cadela de treis caxorroela acordo tda molhada de pora dele pornohistoria em quadrinhos lucia vendo um homen batendo punheta no banheiro oh familiaconto erotico pai fudendo filha virgemcontos erotico minha sogra doidina pra mida a bocetacomi minha irma porque me atisou pornomeu rockeiro roludo conto erotico