EU E MINHA IRMÃ,PERDI A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO

Click to this video!


Olá amigos
Muitos nos conhecem de relatos passados, tanto eu como a Belinha. E para aqueles que não me conhecem... Eu e a Belinha transamos a mais de 30 anos com cães, e em cada transa e em cada aventura que tivemos foi maravilhosas, como do relato passado da nossa amiga Carol. E até sugiro a lerem meus relatos passados, pois assim me conhecerão melhor. Muitas das vezes temos opiniões e pontos de vista por determinado assunto que muitas das vezes vai de contra as nossas próprias convicções. E muitas das vezes estamos equivocadas, seja esse motivo ou não. Com relação à zoofilia ou outro seguimento de sexo é assim também. Mais com relação à zoofilia é pior. Ai entra o preconceito, o falso moralismo e a hipocrisia. Muitos me adicionam e nem sabe o que eu e a minha esposa gostamos, e para nos salvaguardar eu peço que leiam meus relatos e depois voltem se acharem de acordo... Sabem quantos voltam a dialogar sobre isso?-- Poucos. Sem falar que tem os SOU DO CONTRA de plantão, que me adiciona só para criticar. O que na realidade nem me importo... Entretanto se me desrespeitarem tanto a mim quanto a minha esposa eu os deleto e excluo-os. Mais muitas pessoas maravilhosas eu conheci e conheço neste meio, que me proporcionaram alegrias, amigas que dividiram suas experiências com seus cães, muitas que ajudei a entrar nesse meio e mais sabe-se-lá quantas que eu já iniciei.
É por essa amigas e amigos que eu continuo a descrever meus relatos e tambem a reescrever relatos de amigas que me pedem para eu colocar em meu blog.
Muitas amigas me enviam suas experiências e me pedem para eu colocar aqui, mas eu só coloco aqui aqueles em que eu realmente veja se existe a verdade, e sem fantasias. Devido eu a transar a muitos anos com cães sei o que é verdade ou fantasia, por essa razão tenho o maior prazer em divulgar essas pessoas que se relacionam com seus cães. Este relato que eu vou colocar aqui é de duas irmãs amigas minhas que me enviaram. Elas moram em Alegrete RS. E sei que tudo é verdade, pois eu vi algumas fotos que elas me enviaram..mais por segurança eu as deletei essas fotos por motivos obvios. E foi assim:........................................................................................................................................................................................................
Oi meu querido Franco, Você me perguntou como foi que eu comecei com cães e a minha primeira transa, e também como a minha irmã começou a se relacionar com zoofilia.. Vou lhe contar em detalhes, e eu lhe autorizo a contar onde vc quiser. Mais não fale o meu nome e nem o da minha irmã.
Hoje eu tenho 16 anos, sou branca descedente de alemães, coxas grossas apesar da minha pouca idade, seios pequenos e bicos rosados, e virgem. A minha irmã tem 14 anos, os seios dela ainda em formação têm o que se pode chamar de limões uma coisinha linda com aqueles bicos grandes e cheios e também era virgem é claro. Olha Franco, foi assim que tudo aconteceu de eu ter-me decidido a transar com meus cachorros.
Tudo aconteceu a pelo menos um ano e meio, na época eu tinha 15 anos e a minha irmã 13 anos. O quarto dos meus pais fica no mesmo corredor do meu, e o banheiro é coletivo, todos usam. E numa dessas noites que eu estava sem sono fui ao banheiro, quando eu passei pela porta do quarto deles.. Dos meus pais, eu não escutei nada diferente, mas na volta pro meu quarto eu escutei como um rosnar e uns barulhos que os cães fazem quando ficam cansados. Você sabe como é. E estes barulhos viam bem do quarto dentro do da minha mãe. A gente tem dois cachorros, um pastor alemão, e o outro era de um vira-lata sei lá que raça. Mais Franco, mesmo sendo vira-lata ele é grande. Então por curiosidade olhei pelo buraco da fechadura para ver o que estava acontecendo..E o que eu vi Franco deixou o meu coração aos pulos. Ela estava de 4 em cima da cama e o meu pai estava ajudando o meu cachorro a meter nela. Eu fiquei vendo um pouco de tempo, mais depois sai correndo para o meu quarto, sem fazer barulho. Querido, como eu era nova e inexperiente aquela imagem ainda ficou por uns dois ou três dias na minha cabeça, mais com o passar dos dias, e com a correria da escola eu consegui esquecer.
Acontece que a minha mãe trabalhava em uma loja de papelaria perto de casa, e muitas das vezes ela vinha pra casa na parte da tarde, principalmente quando os patrões dela iam fazer compras no Paraguai ou em Porto Alegre. O meu pai que é caminhoneiro, às vezes fica até 30 dias longe de casa. E foi em uma dessas vezes que tudo aconteceu Franco... Daquela vez eu vi pouco, apenas o que eu podia ver pela fresta da porta, mais dessa vez foi diferente. Eu tinha três aulas vagas e vim mais cedo pra casa, e entrei sem fazer barulho por que meus cachorros não estavam no quintal, quando subi as escadas escutei a bagunça do meus cachorros no quarto da minha mãe. E por descuido, suponho que ela não esperasse que eu chagasse mais cedo, a porta estava entreaberta. E eu fiquei escondida e vendo tudo. A minha mãe estava de pernas abertas e o Luke o meu pastor alemão estava no meio das pernas dela, enquanto o Boby tentava trepar nela, mais não conseguia porque um já estava no meio das suas pernas, e ele ficava dando aqueles gestos de meter, dando aquelas estocadas pra frente e pra traz. Então ela ficou de quatro ajoelhada no travesseiro e o cachorro foi atrás dela, e não demorou muito não, ele acertou a pombinha dela, e sei que foi foi bem dentro porque a minha mãe gritou quando o pau dele entrou com tudo. Não demorou muito não e ela ficou engatada, gemendo e falando coisas estranhas e sem sentido, enquanto que o outro cachorro o Boby, queria também a sua parte e lambia a boceta da minha mãe com o pau do Luke todo dentro dela.
De onde eu estava podia ver tudo, e comecei a sentir algo diferente em minha bocetinha que me acendeu..Estava com um comichão estranho, estava molhadinha...coisa que nunca me aconteceu antes. E vendo a minha mãe engatada foi que me acendeu esta vontade louca. Depois que ela desengatou e ficou em pé, de onde eu estava vi escorrendo de dentro dela muita porra branca, que molhava o tapete. Daí ela em seguida deitou na beirada da cama e chamou o meu outro cachorro e ele foi lamber a sua boceta. Mais ela puxou ele para o meio das suas pernas e trançou as pernas nas costas dele, esse tambem enfiou com tudo nela. Eu comecei a passar a minha mão por entre a minha calcinha que estava ensopada, vendo a minha mãe transar com o Boby. Mais antes dele sair de cima dela eu fui para o meu quarto e tranquei a porta por dentro, fiquei com medo dos cachorros sentirem a minha presença e virem pro meu lado, e daí ia complicar o meu lado.
Então Franco, eu estava com muito tesão, peguei um travesseiro e coloquei no meio das minhas pernas sem calcinha e me masturbei..eu sempre fazia assim. Meu querido, para falar a verdade pra vc... Eu me masturbei com meu travesseiro e gozei, mas foi pensando em meus cachorros fazendo em mim o que eu os vi fazendo com a minha mãe.
Os dias foram passando e nada de sair da minha cabeça aquilo que eu vi no outro dia. Então na ultima vez que eu me masturbei pensando nos meus cachorros me fodendo, eu me decidi... Iria trepar com eles, se a minha mãe fazia eu tambem poderia fazer. A minha irmã se chama Lucia ( esse nome é ficticio que eu coloquei ), eu estudava na parte da manhã, e ela estudava na parte da tarde, e isso me dava oportunidade pra eu ficar sozinha em casa pelo resto da tarde. E como eu estava decidida que os meus cães seriam os primeiros a tirar a minha virgindade comecei a fazer planos para o grande dia, esperando apenas uma oportunidade, para que nada desse errado.
Então Franco essa oportunidade veio quando a minha mãe disse que iria viajar com os seus patrões pro Paraguai fazer compras e que se ficasse tarde iriam voltar só no outro dia a noite, o que achei normal, eles sempre iam em um dia e voltava no outro. Como o meu pai estava na estrada... Era a minha oportunidade.
Querido Franco acredite, eu quase não dormi a noite, só pensando no que iria acontecer, a minha irmã dormia em uma cama ao lado da minha, e vendo ela dormir ficava imaginando coisas, como se na hora, ela a minha irmã me descobrisse. Eu já estava com tudo planejado, a minha mãe saiu de madrugada, e depois eu fiquei em casa, disse pra minha irmã que não estava bem e que ia ficar em casa o dia inteiro.
Depois que a minha irmã saiu eu tranquei todas as portas e fechei as janelas, e fui no quarto da minha mãe, depois de arrumar tudo, me decidi que fosse ali no quarto dela que eu iria transar com meus cães... Sentei na beirada da cama e tirei a minha roupa, ficando nuazinha, então comecei a me alisar, passando as mãos em meus seios pequenos e durinhos, a minha bocetinha estava molhadinha com um fio de meu suco quando passei o dedo dentro. Imaginei-me como a minha mãe. Depois eu deitei na cama e comecei a me masturbar de leve, bem devagar e sem pressa. O que na verdade eu estava fazendo meu querido Franco, era criando coragem para o que estava querendo fazer. Até que eu não aguentei mais, fui à porta da cozinha que dá pro quintal e chamei o Luke, o meu pastor alemão, como eu estava enrolada em uma toalha ele veio me fazer festa quase me derrubando, eu dei meus dedos pra ele cheirar, e ele ficou lambendo, ficou louco querendo levantar a minha toalha, já excitado. Então eu subi pro quarto da minha mãe e ele foi atrás de mim, o safado conhecia o caminho. Quando entrei-o já queria subir em mim....o Luke estava acostumado a foder a minha mãe ali mesmo, e agora ele ia tirar a virgindade da filha dela. Daí querido deitei-me na beirada da cama, como vi no outro dia a minha mãe fazendo, e ele veio no meio das minhas pernas... Franco... A primeira lambida foi deliciosa, a língua áspera do meu cachorro me trouxe coisas novas, prazeres que eu nunca pensei que fosse capaz com a lingua de um cachorro, e enfiava a lingua bem fundo dentro de mim, eu gemia e incentivava ele...
-- Ai Luke....enfia essa língua ai vai...me lambe gostoso...ummmmmmmm que bom...isso é muito diferente....
Mais quando o meu começou a quere meter em mim Franco, eu senti medo em principio porque ele é muito grande, e eu sou baixinha. Mais agora não tinha mais volta, o tesão estava muito grande, e queria sentir ele dentro de mim de qualquer maneira, acontecesse o que acontecesse eu estava decidida.
Daí Franco como eu vi a minha mãe fazendo eu tambem fiz o mesmo. Peguei o traveseiro dela e coloquei no tapete do quarto, e fiquei do geito que ela ficou, de 4, e nem precisei mostrar o que eu queria, o Luke veio atras de mim. Primeiro começou lambendo a minha bocetinha, porque eu até depilei os pelos ralos que eu tinha pra isso mesmo, e que estava molhada e escorrendo meu suco. Em seguida ele subiu nas minhas costas. Quando ele me prendeu pela cintura com aquelas patas fortes, mesmo que quisesse sair com certeza não daria mesmo, eu estava dominada. O meu cão me pegou pela cintura e puxou de encontro a ele. E foi então Franco que começou a dar estocadas como vc fala, e não conseguia acertar a minha boceta porque eu estava mais baixo do que ele. Daí eu me ageitei da maneira que pude, já que ele estava me segurando pelas patas nas minhas costas e dando estocadas. Quando a minha bunda ficou mais alta... Ai Franco. Ele me acertou, eu tentei controlar mais não dava mesmo... Quando O Luke acertou a minha boceta virgem, ele enfiou com tudo em uma estocada... Meu querido amigo...a dor foi terrivel...eu gritei de dor, foi rompendo tudo dentro de mim, parecia que eu estava sendo aberta por dentro..o que na realidade eu estava sendo sim. O pau do meu cachorro ia me rasgando, e senti quando o pau dele tirou a ultima barreira pra entrar no fundo da minha boceta, a dor foi ainda maior. E ele dava estocadas fortes, com muita força, parecia que não ia parar mais de enfiar tudo aquilo dentro de mim, senti quando o pau dele forçava o meu utero pra dentro. E um calor estranho estava me tomando dentro da minha bocetinha. Mais o pior ainda estava por vir meu querido, eu senti quando uma coisa grossa começou a me abrir por dentro, me rasgando e tirando minhas ultimas pregas de virgindade... O nó Franco... Abria-me. Eu gritei de dor... E comecei a chorar. Ainda bem que eu estava sozinha em casa. A minha boceta era pequena para tudo aquilo de pau, um invasor muito grande pra mim. Eu estava sendo deflorada por um cachorro.
Depois de uns 5 minutos ele parou em minhas costas, mais continuava preso em minha boceta, e a dor foi passando, senti Franco, que eu estava sendo inundada por algo quente, era a porra dele que estava sendo enfiada, ejetada dentro de mim, eu estava sendo inundada de porra, iria ficar estufada de muita porra dele nesse dia. Até que ele parou em minhas costas a resfolegando de cansaço, e eu abaixada com aquele peso nas minhas costas e na minha boceta o seu pau e nó engatado dentro de mim. Eu senti o seu pau pulsar, e sei que em cada pulsada ele espirrava uma torneira de porra para dentro de minhas entranhas.
Mais o bom querido Franco, foi que depois a dor foi passando e começou um prazer diferente. Por causa da porra dele dentro de mim, comecei a sentir certa ardência e isso foi me acendendo outra vez, eu comecei a bolinar o meu clitóris por baixo, foi alisando ele com uma das mãos, e foi ficando delicioso....a dor foi trazendo no lugar prazer...muito bom mesmo sentir tudo aquilo dentro de mim, que gostoso muito bommmmmmmmmmmmmm...e o seu pau pulsando me dava mais tesão. Franco era tanta porra que ele estava derramando dentro de mim que estava vazando de dentro da minha boceta pelas minhas pernas... E eu passava as mãos e molhava mais ainda para me dar mais prazer. Foi assim que eu gritei alto de gozo... De prazer... Essa foi a primera vez que eu tinha tido um orgasmo, e foi maravilhoso uma sensação maravilhosa. Eu estava toda dolorida mais satisfeita com certeza. Sem falar das minhas costas arranhadas pelas suas unhas.
Então Franco, o Luke começou a se mexer, querendo sair de dentro de mim...e porque o nó ainda estava grande foi me abrindo cada vez mais quando estava saindo, e se soltando de dentro da minha boceta..E a dor foi aumentando..até que aaiiiiiiiiiiiiiiiiiiii....aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii......ele saiu de dentro querido. A porra dele escorreu muita de dentro de mim pelas minhas pernas, molhando todo o travesseiro..estava misturada com sangue. A porra que escorria estava rosada por causa do meu himem que se rompeu, e com certeza algum vaso de sangue também. E não parava se escorrer pelas minhas pernas toda vez que eu me mexia. Eu fiquei chorando um tempão por causa da dor. Mais ao mesmo tempo feliz que era a primeira vez que eu tinha gozado e com um cachorro. E não me arrependi não. Depois dessa vez Franco, eu fiquei acabada, com a minha boceta dolorida por quase uns 15 dias, mais toda vez que eu pensava naquela foda eu já sentia vontade de fazer de novo, só não fazia porque eu estava ainda machucada por dentro, que tinha que usar um absorvente todo esse tempo.
Mais, um mes depois eu voltei a trepar com ele, e dessa vez foi melhor ainda, pois o caminho da minha boceta estava aberta para sentir o pau do Luke e do Boby. Franco foi assim dessa maneira que tudo aconteceu. Mais na próxima eu preciso ti contar como foi que meus cães tambem tiraram a virgindade da minha irmã, e como a minha mãe me flagrou eu metendo com os nossos cães, e tambem como eu e a minha irmã hoje metemos com eles.
Na próxima eu ti conto tudo
Beijos.

Bem meus amigos, esta é a primeira parte deste relato dessas minhas amigas do Sul, mais leiam o que eu estou colocando a seguir, que foi tambem a iniciação da irmã dela com esses cachorros. Se voces mulheres desejarem compartilhar suas experiências com seus cães me adicionem, e também os que desejarem conselhos ou informações sobre esse assunto por gentileza nos adicionem que responderemos a todos.No mais um abraço e leia o próximo relato dessas minhas amigas, que eu vou colocar a seguir.

" O AMOR PEQUENO SE MOSTRA GRANDIOSO EM CATÁSTROFES: O AMOR GRANDE E O SEXO SE PROVA TODOS OS DIAS NAS PEQUENAS COISAS E NAS FANTASIAS REALIZADAS" by Franco


Foto 1 do Conto erotico: EU E MINHA IRMÃ,PERDI A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO

Foto 2 do Conto erotico: EU E MINHA IRMÃ,PERDI A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 07/09/2012

Família bem resolvida, heim!

foto perfil usuario luciano sax

luciano sax Comentou em 14/10/2011

EXELENTE CONTO! MELHOR SERIA SE EU ESTIVESSE NA HORA DESSA TREPADA PARA FICAR OLHANDO ESSAS GATAS SENDO COMIDAS PELO CACHORRO.

foto perfil usuario negaosafado23cm

negaosafado23cm Comentou em 19/09/2011

muito bom mesmo

foto perfil usuario paniko

paniko Comentou em 16/09/2011

q bucetao dessa safada




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


13422 - UMA GRÁVIDA ME INICIOU EM ZOOFILIA - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
13450 - BELINHA, COMO PERDI A MINHA VIRGINDADE COM UM CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 9
13463 - EU VOLTEI A FAZER SEXO ANAL COM MEU CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13582 - UM CAVALO PARA DUAS GAROTAS = PARTE I - Categoria: Zoofilia - Votos: 6
13583 - UM CAVALO GOZOU NA MINHA CUNHADA - PARTE II - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
13628 - A MINHA INICIAÇÃO NO ANAL COM MEU CÃO APOLO - Categoria: Zoofilia - Votos: 11
13844 - COMO MINHA IRMÃ PERDEU A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
13880 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS PARA CINCO CÃES. - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13917 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS, 5 CÃES. - DIA 1º - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
13977 - QUATRO DIAS,NOVE GAROTAS E CINCO CÃES, 1ª noite - Categoria: Zoofilia - Votos: 3
14018 - A MINHA INICIAÇÃO COM O MEU LABRADOR - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
14084 - FIQUEI ENGATADA COM UM HOTWEILLER DE UMA AMIGA - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
14111 - O HOTTWEILER ENGATOU EM MIM E ME ENCHEU DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
14396 - CONTO ESPECIAL=UMA JAPONESA NUM ANAL COM NOSSO CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 14
14397 - A MINHA INICIAÇÃO COM MEU CACHORRO APOLO - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
14398 - EU E A MINHA MÃE TRANSAMOS COM NOSSO CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 12
14497 - O MEU PRIMEIRO ORGASMO FOI COM MEU CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
14762 - INICIEI A UMA ALUNA DE 18 ANOS COM O MEU CÃO - I - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
14763 - EU INICIEI MINHA ALUNA COM MEU CÃO = FINAL - Categoria: Zoofilia - Votos: 9
15269 - A MINHA PRIMEIRA VEZ FOI COM UM CACHORRO - PARTE I - Categoria: Zoofilia - Votos: 6
15354 - A PRIMEIRA VEZ COM UM CACHORRO DE UMA AMIGA- FINAL - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
15549 - COMO UM CACHORRO TIROU A MINHA VIRGINDADE - Categoria: Zoofilia - Votos: 2
15655 - DANIA,APENAS 19 ANOS E INICIADA PELOS NOSSOS CÃES - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
15735 - POR CAUSA DE UM FILME EU FUI INICIADA EM ZOOFILIA - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
16313 - EU TRANSEI COM O CACHORRO DE MINHA NOIVA - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
16643 - A MINHA NOIVA FOI INICIADA COM UM CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 14
16990 - DUAS IRMÃS UMA INICIADA, TRAÇADAS POR UM CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
18250 - EU DEI PRA UM CACHORRO POR CAUSA DE UMA M - Categoria: Zoofilia - Votos: 5
19234 - FLAGREI A MINHA ESPOSA ENGATADA COM MEU CACHORRO - Categoria: Zoofilia - Votos: 4
20004 - FLAGREI A MINHA PATROA ENGATADA COM UM DOG - Categoria: Zoofilia - Votos: 31
21338 - UM CAVALO ENCHEU A MINHA ESPOSA DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 29
22340 - O CAVALO ENCHEU A BOCETA DE MINHA CUNHADA DE PORRA - Categoria: Zoofilia - Votos: 18
22870 - A MINHA ESPOSA E MINHA CUNHADA INICIADA COM UM CÃO - Categoria: Zoofilia - Votos: 27

Ficha do conto

Foto Perfil francoebelinha
francoebelinhafranco

Nome do conto:
EU E MINHA IRMÃ,PERDI A VIRGINDADE COM NOSSO CÃO

Codigo do conto:
13764

Categoria:
Zoofilia

Data da Publicação:
16/09/2011

Quant.de Votos:
20

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


traficante pirocudo contos e fotoscomendo calcinha vizinhavacilei e engravidei do meu filho conto inceztocontos eroticos encestocontoeroticonotrabalhor u s mexendo no glilinho ela gozaMeu marido viajano meu sogro dormiu comigo contocontoerorico fiqei surpreso ela centou o cú no pausexo prazeroso. loira corpo gostoso mamae. coroa deu bucetinha pro neguinhocontos eroticos gay me vestiam de menina pra me comerfilme porno coroa com cuzao cheirando suorcontos arrombando a filhaamadoras chorou quando pediu pro namorado enfiar so a cabecinha na boca dela mas ele enfiou a rola na garganta e ela engasgouA menininha da rua contos eroticosa cunhada d********* para o cunhado foto em quadrinhosdesenho porno de negaocontos eroticos gays com cadeirantesquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosContos eroticos usando botas e luvascontos eroticos acontecido 1anal com garotasempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticoscontos erotico sobrinho pausudo so de sungaContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativascontos de sexo com a minha avosindica do predio transando com porteiroa cunhada pastora evangélica contoscontos eróticos de pedreiro velhinho estupradornovos contos eroticos de pastorescontos eroticos de mulheres que trai o marido cm o melhor amigo do pausadoo dog picudo arrombou a coroa conto ilustradonovinha ficou mevoza poke gozou detrocontos categoria estuprocantos eróticos real papai gosou sem camisinhacasado cdzinha vadia contosadorei dar a buceta pro meu filho contos com fotohq porno marvelcontos eroticos minha esposa engravidou do amanteeu e a evangelica casada da minha esposa conto eroticoconto erotico com o açougueirovídeos sexos mulher ver pau do amarte fala que vai doercontos eroticos gay enrustidoConto erotico de garçom do jebao e meninahistorias porno reais de caminhonerosirmã boa contocontos eroticos podolatria com a madrasta dormindomulheres com pau grande e grosso na punheitaComi minha tia no navio conto eroticoEu fui fudida pelo meu padrinhoEu e os negoes contos gaycoto erotico banho teencontos espreitei a lingerie delabatendo punheta de chinelo contosquadrinhopornotraicaogostoza bunda grande negrasquadrinhos eroricos A gerente eabudaContos eroticos de travestis do dote avantajado.contos eroticos. fodendo com meu filhojusticeira hentairelatos eroticos paguei e comi o cuzinho da minha sobrinha bem novinhacontos eroticos amiga rabudacontos.eroticos biquini punheta incestocontos eroticos com foto comi minha aluna putabucetinhasQuadrinho erotico familia favelaContos vovo estrupa netaconto erotico formaturaolinda contos gaytio chupando peito da sobrinhaporno gay quadrinho kakecontos lesbicas conteacoes incestocontos eroticos menage femininowww.entiadacontoerotico